Aprovação da Santa Sé

closeAtenção, este artigo foi publicado 9 anos 22 dias atrás.

O Vaticano aprovou semana passada a nova tradução dos principais textos litúrgicos para uso nos Estados Unidos. O trabalho responde a repetidos pedidos feitos pela Santa Sé, cobrando maior fidelidade das traduções vernáculas ao texto latino.

Entre as principais mudanças, vale salientar [tradução livre do link acima]:

  • Na Consagração, o padre vai se referir ao Sangue de Cristo que é “derramado por vós e por muitos” – uma tradução mais precisa de “pro multis” – ao invés de “por todos”, como é na tradução atual;
  • Na fórmula principal do ato de contrição, os fiéis vão se acusar de terem pecado “por minha culpa, por minha culpa, por minha mais penosa [most grievous] culpa”.
  • Quando o padre falar “o Senhor esteja convosco”, os fiéis vão responder “e com o teu espírito”, ao invés de simplesmente “e contigo também”.
  • No Agnus Dei, o texto cita o “Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo”, tradução melhor do que a atual no singular – “o pecado”.
  • Na Oração Eucarística, referências à Igreja usarão os pronomes femininos (she, her) ao invés dos impessoais (it).
  • No Credo Niceno, as palavras de abertura serão corretamente traduzidas por “eu creio”, ao invés de “nós cremos”.

E no Brasil? De acordo com o site da CNBB,

[a] primeira parte do trabalho, na qual constam as quatorze Preces Eucarísticas e as orações litúrgicas do tempo do Advento, Natal e Quaresma, já estão traduzidos e foram apresentados aos bispos da CETEL.  A equipe pretende concluir sua tarefa até o final de 2007, apresentá-la aos bispos da CETEL para a sua avaliação e depois encaminhados à Assembléia para a aprovação.  Esperamos que no ano de 2009 ou, no máximo em 2010, possamos publicar a 3a. Edição Típica em português.

Rezemos para que os nossos bispos façam um bom trabalho, à exemplo dos bispos norte-americanos, para a maior glória de Deus!

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

0 thoughts on “Aprovação da Santa Sé

  1. Captare

    Amém!

    Se bem que eu duvido que eles façam correções tão “radicais” quanto as feitas lá nos States…

    Mas, para Deus, tudo é possível…