Boas notícias sobre assuntos diversos

closeAtenção, este artigo foi publicado 9 anos 15 dias atrás.

Em Goiânia, uma clínica de aborto foi fechada. A responsável pela operação foi a Delegacia Estadual de Apoio à Mulher (DEAM), capitaneada… por uma mulher! Miriam Aparecida Borges é a delegada titular, e disse investigar há mais de um ano o médico assassino. Fazem vibrar a simplicidade das palavras dela ditas ao jornal:

[E]ssa clínica não vai abrir mais.

Parabéns a Miriam Aparecida! Aborto é crime, e pode e deve ser denunciado. Não deixemos a lei “cair em desuso”, pois agir, na prática, como se já estivesse vigorando uma lei que se deseja aprovar é uma das táticas preferidas dos criminosos que estão no poder.

* * *

Em Patrocínio Paulista, o túmulo da pequena Marcela de Jesus – falecida na última quinta-feira – tem atraído visitas. O zelador do cemitério disse que, em dez anos de trabalho, nunca viu nada igual. Belíssimas as palavras da Márcia Beane, a pediatra que acompanhou a menina desde o seu nascimento, e que mereciam ser gravadas em tábuas de bronze e expostas nas praças das cidades Brasil afora:

– Marcelinha mudou minha vida. A gente pensa que sabe tudo. Ela ensinou que não se deve fazer pré-diagnóstico. Sou outra pessoa, mais humilde, conformada com minhas limitações – disse a pediatra ao jornal.

Parabéns a Márcia Beane! Tomara que o exemplo da pequena Marcela possa ainda mudar a vida de muitas outras pessoas que, no mundo em que vivem, são tão necessitadas de bons exemplos!

* * *

Fraternidade Toca de Assis recusa doações feitas por um grupo gay, noticia um [ao que parece] site que apóia o homossexualismo. A notícia foi dada também no Jornal da Manhã. A senhora responsável pela doação se diz “horrorizada”; os verdadeiros filhos de Deus estão jubilosos. A Toca de Assis sobrevive de doações, mas prefere a integridade da honra à despensa abarrotada.

“Somos uma fraternidade católica. É claro que a Igreja não exclui ninguém e ama o pecador. Mas não podemos incentivar o homossexualismo. O homem foi feito para a mulher”, ressaltou Irmão Bonifácio, guardião da Toca de Assis.

Parabéns à Toca de Assis! E que o exemplo dos filhos de São Francisco possa inflamar o zelo dos católicos, para que eles percebam a importância de serem irredutíveis em alguns aspectos, e de “não darem cabimento” algum aos que militam contra a Igreja de Nosso Senhor.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

14 thoughts on “Boas notícias sobre assuntos diversos

  1. Eduardo Araújo

    Jorge, são três notícias aparentemente pequenas, porém ricas na sua mensagem, que poderia ser sintetizada em uma palavra: dignidade.

    Dignidade – autêntica – de uma mulher que fecha uma clinica de aborto, revelando por seu ato como se dá o verdadeiro combate a clandestinidade.

    Dignidade humana, fartamente humana, de Marcela de Jesus, com sua vida plena de significado para todos nós.

    E a dignidade de nossa Igreja, contrariando os seus costumeiros agressores, ávidos por apontar faltas dos clérigos, mas que se desesperam com demonstrações de grande caráter e coerência equilibrada, como a de Irmão Bonifácio.

  2. wagnermoura

    Ei, Jorge, que coisa, não? Bom, especificamente sobre o fato com a Toca de Assis eu fico muito inquieto com a artimanha que aprontaram com eles. E também acabo por me questionar sobre o que de fato deveria ser feito… Lembremos de Madre Teresa, por exemplo. Ela aceitava doações sem uma restrição específica… Lembra do caso do ditador do Haiti que fez doações para ela? Bom, é claro que são exemplos diferentes. O que você acha?

  3. Pablo

    Tanta gente passando fome, morrendo de fraqueza e pedindo desesperadamente para Deus mandar comida, e esse pessoal recusando comida que foi recebida pela comunidade e apenas REPASSADA por uma ONG de Gays. Realmente, esse pessoal MERECE morrer de fome, pois a comida, independente da onde venha, é comida e não merece ser desperdiçada!

  4. Jorge Ferraz

    Wagner,

    Não conheço o caso do ditador do Haiti, mas tenho certeza de que, p.ex., se as “doações” fossem obtidas por meio do confisco dos bens do povo, e Madre Teresa soubesse disso, ela não iria aceitar. Mas as situações são mesmo diferentes.

    Outrossim, no caso da Toca de Assis, há a armadilha preparada. Certamente ninguém rejeitaria a doação de um pecador, ainda que fosse gay; mas se os fariseus gayzistas querem tocar as trombetas diante de si e ainda pegar a Igreja “de calças curtas”, não se lhes deve dar asas.

    Doação de um assaltante, sim; doação fruto de um assalto, não. Doação de um homossexual, sim; doação oriunda de um evento anti-católico, não. Necessário discernimento para separar as duas coisas. O pessoal da Toca está de parabéns!

  5. Jorge Ferraz

    Pablo,

    esse pessoal MERECE morrer de fome

    Quanta caridade! Foi você o responsável pela doação? Caso positivo, ainda bem que não foi aceita; deveria estar envenenada!

    Comida é comida, sem dúvida, mas os fins não justificam os meios, para a Moral Católica. Nem mesmo para ajudar os necessitados é lícito apoiar aberrações como a Parada Gay.

    Se a ONG gayzista não queria aparecer nos holofotes midiáticos, e nem vincular a Parada da Vergonha Gay à doação, por que simplesmente não deixou a comida em algum lugar sem identificar a procedência?? Garanto que não seria rejeitada. Mas o que eles querem é aparecer, e não gostaram do plano deles ter ido por água abaixo.

  6. Léo

    A atitude da Toca de Assis pode ser resumida em uma palavra: coerência!

    Abraços,

    Léo

  7. Captare

    Ótimas notícias mesmo! è difícil até selecionar qual a mais relevante delas.

    É impressionante como tem gente que não posta um comentário de incentivo ou de sugestão sequer. Mas quando surge a oportunidade de criticar uma postura sensata da Igreja, quer logo dar pitaco. Pablooow! Se manca, meu filho!

  8. Pablo

    Todo mundo sabe que a Igreja é uma instituição falida. Quem tem fé em Deus, tem fé na sua casa, no trabalho, na faculdade, a presença num “recinto religioso”, apenas reforça que os padres, pastores e derivados querem ganhar dinheiro e difamar qualquer coisa que foge do padrão imposto por eles. É triste perceber como eles usam o nome de Deus para propagar o ódio, a fome, a miséria, sem perceber que Deus não tem nada a ver com isso. Quem causou todo esse ódio, essa revolta e a fome, foi o próprio homem que só enxerga seu próprio umbigo e deixa as diferenças ultrapassarem o resto.

    Se fossem tão apegados com Deus, se fossem fiéis ao Seu ensinamento, não teriam tanto ódio no coração e ajudariam. Como diz o ditado “Fazer o bem sem olhar a quem”.

    Pensem nisso! ;)

  9. Jorge Ferraz

    Pablo,

    De facto, “fazer o bem sem olhar a quem” é uma máxima a ser seguida, e é legado do Cristianismo, por ser ensinamento de Jesus, sintetizado de maneira sublime na parábola do Bom Samaritano.

    Aconselho-te, pois, a praticar este ditado. Começando pela Igreja; que tal fazer-Lhe o bem, começando por não lançar invectivas injustas contra Ela?

    Abraços,
    Jorge

  10. Pablo

    Todos sabem que não é injusta! Quantos milhões o Vaticano não teve de desembolsar para pagar indenizações de padres pedófilos?

    Não estou afirmando que todas as Igrejas são assim, mas a Igreja Católica, que um dia já teve voz ativa na vida das pessoas, hoje em dia não é mais assim, hoje em dia é muito mais válido você ter sua fé na hora de dormir, realizando suas orações e agradecimentos, do que ir até uma Igreja com padres pedófilos e apenas dar-lhes mais dinheiro para fazer todo esse mal.

  11. Pingback: Aborto: notícia boa, notícia ruim « Deus lo vult!

  12. Anderson Marques

    Apesas de atrasado não poderia deixar de comentar essas boas notícias. Me chamou mais atenção a que se refere a Toca de Assis…

    É importante lembrarmos que não devemos permitir que mais escândalos invadam a Igreja, que devemos sempre agir com coerência, que o alimento perecível (comida) é inferior à imperecível (Cristo que no dá a vida eterna).

    Os fins não justificam os meios, parabéns Toca de Assis!!!