Tristes notícias

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 11 meses 10 dias atrás.

Às vezes eu fico perplexo com as coisas que encontro pela internet; o primeiro impulso é o de não acreditar nos próprios olhos. A história de Rousseau do “Bom Selvagem” é certamente contrária à Doutrina da Igreja sobre a natureza humana decaída após o Pecado Original; mas, em contrapartida, a Total Depravation é doutrina protestante também contrária ao ensino da Igreja. Não fosse por isso, bem que alguns católicos seriam levados a acreditar que a natureza humana é mesmo intrinsecamente má, principalmente se considerassem as notícias que lhes chegam pelos meios de comunicação.

A primeira das barbaridades com a qual me deparei hoje foi o lançamento de um livro, nos Estados Unidos, chamado “101 lugares para fazer sexo antes de morrer”. Como se não bastasse a publicação de uma obra com este propósito hedonista tosco, os autores fizeram questão de incluir uma blasfêmia: um dos lugares sugeridos para se fazer sexo é dentro de um confessionário.

“Em vez de carregar todo esse pecado mortal por aí com você por semanas até a confissão, por que não combinar as duas coisas (sexo e confissão) em uma rápida e protegida sessão?”, escreveram os autores Marsha Normandy e Joseph St. James.

Que motivo minimamente racional poderia levar uma pessoa a fazer uma agressão dessas, escapa-me completamente. Três meses atrás, um casal foi flagrado fazendo exatamente isso na Itália. Se o pecado em si já é absurdo, a apologia pública do pecado – quando não se obtém nenhum benefício anexo que não seja a ofensa gratuita – é particularmente demoníaca.

Mas o que me entristeceu profundamente foi ver a foto da garota que está… leiloando a sua virgindade. Ela quer um milhão de dólares, para pagar os estudos. 22 anos. O leilão “acontecerá num bordel em Nevada, o Moonlite Bunny Ranch, onde a irmã dela trabalha para pagar as dívidas da faculdade”. Segundo a reportagem, “há pessoas que a apóiam, como o dono do Moonlite Bunny Ranch”. Meu Deus, até onde podemos descer? Imaginar que uma garota é capaz de menosprezar assim o próprio corpo, expondo-se qual mercadoria à venda em um bordel…

O que há de comum entre as duas notícias? A premeditação. É este o aspecto mais doloroso de tudo isso, e é isso que faz a sugestão do livro ser pior do que a atitude do casal na Itália. Igualmente, se o sexo fora do Matrimônio é já um pecado grave, a exposição pública em um leilão de bordel adquire requintes de perversidade que provocam estupor. Olho para o rosto da garota, e Rousseau me diz que ela não é capaz de fazer isso; leio a notícia, e Calvino me diz que a natureza humana é intrinsecamente depravada. Mas olho para a Cruz de Cristo, e percebo que foi por amor a esta garota que foi vertido o Sangue de um Deus no Calvário. Senhor, tende misericórdia de nós todos.

Christe, Redemptor Mundi,
miserere nobis.
Virgo Maria, Refugium Peccatorum,
ora pro nobis.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

0 thoughts on “Tristes notícias

  1. Pingback: Deus lo vult!

  2. Pingback: Mais comércio diabólico « Deus lo vult!