Caminhada pela vida – a repercussão

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 10 meses 29 dias atrás.

Tive duas surpresas hoje, nos jornais de Recife, com relação à maneira como foi abordada a II Caminhada Arquidiocesena pela vida, que aconteceu na manhã de ontem, em Boa Viagem. Uma boa surpresa, e outra ruim.

A desagradável surpresa foi encontrar, no Diário de Pernambuco, uma matéria ridícula e falseada sobre o evento que atraiu milhares de católicos para as ruas da cidade ontem, a fim de defender a inviolabilidade da vida humana. Dizendo que o evento “aconteceu em todo o país” (sinceramente, para mim é novidade) e publicando impressões negativas a fim de induzir os leitores a acreditarem que a caminhada foi um fracasso (“Protesto não conseguiu chamar a atenção da população para a causa”, e “Em uma hora de evento, o voluntário e simpatizante da causa, André Gustavo Roodrigues (sic) havia conseguido apenas quatro assinaturas, sendo uma dele”), a reportagem é de uma parcialidade inacreditável.

Entre os internautas que comentaram a notícia – até o presente momento, todos condenando a reportagem tendenciosa -,  podemos encontrar:

– “A materia foi muito infeliz em não passar a verdade. As assinaturas que estavam sendo colhidas, foi por um grupo que luta para ter uma radio catolica em nosso estado. A coleta de assinaturas não tem nada haver, com o aborto ou pesquisa de celulas troncos. Antes de publicar uma materia, o jornalista tem que saber exatamente para não sair falando errado.” Dinaldo Vieira de Melo Neto

– “Gostaria de saber se estão terceirizando as matérias a serem publicadas por este jornal de grande circulação em nosso estado,pois a matéria só traz inverdades. Primeiro, o evento trouxe cinco trios elétricos tocando música católica e animando o povo. Segundo,a coleta de assinaturas era para a luta de termos uma rádio católica em nosso estado. Terceiro, porque não ouviram também a Comissão que organizou o evento,se ouviu, por que não publicou a fala deles? Parece até que apenas o fotógrafo foi ,tirou fotos e o jornalista “pescou” informações de outras pessoas( como na brincadeira do telefone sem fio,que ao final sai tudo errado)ou pesquisou em outros sites. Peço que tenham mais respeito pelos seus leitores,trazendo informações verdadeiras e não apenas o que ouviram falar,que realmente procurem ouvir a população, a organização do evento e NÂO PUBLIQUEM SUA OPINIÂO.” Rosangela Cunha

– “Admiro a pouca importância que um jornal como o Diário vem a dar a um evento como esse que visa a proteção da vida humana que nos dia atuais vem sendo tão banalizada.Desprezível a atitude do jornal em não publicar a verdade. Ricardo Melo” Ricardo Melo

A surpresa agradável, por outro lado, foi ver que a Folha de Pernambuco publicou uma matéria muito melhor do que as que foram publicadas pelos jornais concorrentes. Com a manchete de “Caminhada pela Vida atrai 15 mil católicos”, a reportagem apurou que, “segundo estimativas da Polícia Militar (PM), cerca de 15 mil pessoas fizeram parte da manifestação cristã, triplicando o número de pessoas que participaram da caminhada no ano passado”. Foi o único jornal a fornecer uma estimativa de público. A Folha também entrevistou participantes da caminhada e publicou as suas falas. Informou ainda que, “apesar das 15 mil pessoas aglomeradas e agitadas, cantando por Cristo, nenhum caso de tumulto ou briga foi registrado pela PM”.

Os crismandos da Paróquia das Graças também publicaram no seu BLOG algumas fotos do evento, ao qual eles estiveram presentes. Vale a pena dar uma olhada.

P.S.: Cometi uma injustiça: o Jornal do Commercio também noticiou a caminhada católica, ontem à noite. E também apresentou uma estimativa de público: “[a] estimativa da organização é que pelo menos 10 mil pessoas passaram pela avenida”. O “detalhe” (que provocou o meu engano) é que esta matéria não foi publicada na versão impressa do jornal

P.S. 2: Também o Pe 360 graus também noticiou e, embora eu não tenha assistido, soube que foi veiculada uma reportagem no Bom Dia Pernambuco (da Rede Globo local) esta manhã.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

0 thoughts on “Caminhada pela vida – a repercussão

  1. Erickson Oliveira

    A imprensa brasileira se leva ao banheiro — e não se lê. Pra mim, a única surpresa foi a reportagem positiva da Folha de Pernambuco…