“Palavra de Deus” não se resume à Bíblia

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 10 meses 13 dias atrás.

Ainda na série “catequese básica para bispos”, o Sínodo sobre a Palavra de Deus nos traz mais uma grata surpresa, ao relembrar outra obviedade bastante esquecida: Palavra de Deus não é somente a Bíblia. De facto, são os protestantes – desgraçadamente seguidos por alguns “católicos” – que fazem esta identidade absurda e sem fundamento algum. Para a Igreja Católica – que é a guardiã fiel e legítima do Depositum Fidei -, nem tudo o que Deus nos revelou foi consignado por escrito.

«A Sagrada Escritura é a palavra de Deus enquanto se consigna por escrito sob a inspiração do Espírito Santo, e a Sagrada Tradição transmite na íntegra aos sucessores dos Apóstolos a palavra de Deus, a eles confiada por Cristo e pelo Espírito Santo para que, com a luz do Espírito da verdade, eles a guardem fielmente, exponham-na e a difundam com sua pregação», declarou o sucessor do cardeal Joseph Ratzinger [cardeal William Levada], citando a Dei Verbum, do Concílio Vaticano (II, 9).

Queira a Virgem Santíssima que o Espírito Santo continue iluminando o Sínodo dos Bispos!

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

0 thoughts on ““Palavra de Deus” não se resume à Bíblia

  1. franc1968

    Mais uma pedra sobre a herética tese da sola scriptura luterana. De fato, há alguns católicos, em especial alguns de formação carismática, que acreditam nisso. Cada vez mais aprecio o Papa Bento XVI: com a lâmpada da fé verdadeira, ele está iluminando os caminhos da Igreja.

  2. Eduardo Araújo

    Não foi à tôa que ele escolheu o nome Bento, historicamente associados a papas que tiveram de dedicar o seu pontificado a solidificar a tradição e a doutrina da Igreja, então ameaçadas por tendências a sectarismo infiltrados no próprio clero.

  3. presentepravoce

    Esclarecendo o assundo.

    A RCC não prioriza a Bíblia “A Palavra de Deus” acima de toda a tradição da Igreja, resta nos lembrar que esta Bíblia também faz parte da tradição e que foi guardada e preservada pela Igreja durante séculos e se hoje temos em nossas mão esta palavra, foi porque a Igreja julgou sobre tudo e concordou que toda esta palavra realmente é a inpiração do Espírito Santo, sabemos que este mesmo Espírito continua vivo dentro do seio da Igreja e que continua agindo e falando com seu povo.

    Em João 14 fica bem claro que Ele nos guiará a toda a verdade e que fará o povo de Deus relembrar tudo que foi dito por Jesus, mesmo que Ele nos fale de maneira diferente, sempre estará falando o que já foi dito, afinal de contas a Igreja Católica escreve todos os seu documentos baseando-se e se inspirando nesta mesma palavra que já está escrita e divulgada para todos os filhos de Deus.

    Porém, existem pessoas que com uma desculpa super-espetacular preferem dizer que não somos capazes de compreender aquilo que o proprio Deus nos deixou de presente e fazem suas proprias traduções e transcrições, baseando em partes ou subtextos e excluindo outros que não lhes agradam.

    Um absurdo muito comum é dizer que:

    O Batismo no Espírito Santo foi inventado por protestantes, sendo que já no momento do Batismo de Jesus, João Batista mandou seus discipulos seguirem Jesus, porque Ele lhes Batizaria com o Espírito Santo.

    Logo, A Rcc não é protestante, simplesmente pelo fato de ler e seguir um texto que a propria Igreja Catolica considerou como obra e Inspiração do Espírito Santo.

    Isto não é heresia e sim obediência à sagrada escritura.

    Amar a Deus sobre todas as coisas e ao proximo como a si mesmo.

    Deus em primeiro lugar, mas isso já gerou discusão antes e não chegamos num acôrdo, porque se diz que devemos seguir a Igreja mesmo que ela cometa seus erros, porém estas duas frases entram em conflito e o que vemos na prática é cada um fazendo a sua própria vontade, e nem a de Deus ou a da Igreja são seguidas em sua plenitude.

    Uma palavra de (Josué 24,15)

    Porém se vos desagrada servir o Senhor, escolhei hoje a quem quereis servir: se aos deuses, a quem serviram os vossos pais além do rio, se aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais. Porque, quanto a mim, eu e minha casa serviremos o Senhor.

    Que Deus vos abençõe