Idolatria na Igreja Católica

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 9 meses 24 dias atrás.

Nas minhas andanças pela internet descobri um curioso texto, escrito supostamente por um católico e divulgado por protestantes, chamado Tratado da Verdadeira Devoção – escrito por um católico. Não, não é o Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem de São Luís de Montfort (este era o que eu estava procurando). Trata-se de um texto herético protestante (mesmo que se diga “escrito por um católico”, se for verdade, o tal católico que escreveu é de facto um herege protestante) onde o autor se esmera para provar a idolatria da Igreja de Cristo. O assunto é tão velho que já está gagá, mas vou me deter n’alguns comentários sobre esta obra específica por causa das referências ao Tratado verdadeiro, o de São Luís Maria.

Começa o texto com o velho blá-blá-blá sobre se “adoração” e “veneração” são a mesma coisa. Na Doutrina Católica, é óbvio que não são; se “todos dicionários colocam veneração como sinônimo de adoração” (op. cit., p. 3) eu não sei se é verdade mas, ainda que seja, não faz nenhuma diferença, porque é evidente que um dicionário não é o lugar adequado para se buscar o sentido de termos teológicos específicos da Doutrina Católica. Esta tem dois mil anos e não tem nenhuma obrigação de “se adequar” às exigências dos dicionários, pois os católicos sabem que a Doutrina se aprende no catecismo; se os protestantes querem aprender teologia no dicionário é problema deles, e só vai fazer com que eles não entendam nunca o que a Igreja está dizendo.

Acerta o autor do livreto quando diz que “veneração é ato de culto” (op. cit., p. 2) mas erra ao dizer que isso, por si só, já caracteriza a existência de idolatria. Como todo protestante, ele só aceita que exista culto de adoração. O que, dentro da Teologia Católica, é falso, pois existe o culto de latria devido a Deus e o culto de dulia devido aos santos e às imagens dos santos. Portanto, nem todo culto é culto de latria, e “revelar” que a Igreja cultua os santos é descobrir o sol ao meio-dia no céu límpido. As citações de diversas passagens bíblicas onde “venerar” (ou “honrar”, ou “cultuar”, ou qualquer coisa parecida) é usado no sentido de “adorar” são irrelevantes, primeiro porque as traduções portuguesas modernas não necessariamente contemplam a terminologia grega ou hebraica original com esta fidelidade farisaica que exige o autor da obra e, segundo (e muito mais importante), porque o sentido das palavras é evidentemente mais importante do que as palavras em si. Os católicos aceitam que se diga “venerar a Eucaristia” no sentido de latria. Mas, em contrapartida, exigem que seja aceito “venerar a Virgem Santíssima” no sentido de dulia.

O mesmíssimo vale para a citação do II Concílio de Nicéia (sobre adorar/venerar as imagens). A interpretação dada pelo “católico” sobre as passagens do Apocalipse onde São João adora um anjo e dos Atos dos Apóstolos onde Cornélio adora São Pedro é completamente estapafúrdia:

Na verdade, tanto João como Cornélio não tentaram adorar com adoração de latria, pois eles sabiam que o anjo e Pedro eram criaturas, e que, portanto, não poderiam ser adoradas. Eles queriam, na verdade, venerá-las, ou seja, prestar-lhes adoração de honra.

Contudo, vimos a Palavra de Deus advertindo que a adoração, seja de latria ou de dulia (de honra), só são devidas a Deus. Ou seja, que a veneração (como é popularmente conhecida a adoração de honra) só pode ser dada a Deus. Portanto, venerar uma criatura (um anjo ou um santo) é idolatria, sobretudo se a veneração coloca o santo no lugar de Deus. [op. cit., p. 5; grifos no original]

Se a “veneração” coloca o santo no lugar de Deus ela, por definição, é latria e não dulia, de modo que a frase não tem nenhum sentido. Agora, se “venerar uma criatura” for sempre idolatria, então o autor da obra difamatória vai precisar explicar por que a Bíblia manda, p.ex., honrar os velhos (cf. Lv 19, 32), por que o Templo era “venerado no mundo inteiro” (IIMac 3, 12), por que Jacó se prostrou diante de Esaú (cf. Gn 33, 3), por que o carcereiro “lançou-se trêmulo aos pés de Paulo e Silas” (At 16, 29), por que “José celebrou, em honra do seu pai, um pranto de sete dias” (Gn 50, 10), por que Lot prostrou-se diante dos dois anjos que chegaram a Sodoma (cf. Gn 19, 1), ou ainda por que Deus prescreveu: “Honra teu pai e tua mãe” (Ex 20, 12), entre muitas outras coisas. Donde se vê a que absurdas contradições chega o livre-exame das Escrituras, tomando textos isolados, misturando-os com preconceitos e desprezando quer a Tradição da Igreja, quer o próprio conjunto dos demais livros da Bíblia.

Segue o suposto “católico” com uma enorme lista de “[t]extos oficiais da Igreja Católica admitindo (sic) a adoração de imagens” (op. cit., pp. 5-10). De novo a mesma coisa: o pressuposto de que toda veneração é adoração, de que adoração é uma palavra que só pode ser usada no sentido de latria, de que a Igreja é alguma espécie de idiota que não sabe nem mesmo o que Ela própria diz. Não é sequer concedido a Igreja o beneplácito de ter a Sua Doutrina julgada da maneira que Ela mesma a entende; o protestante pega textos católicos, interpreta-os com um sentido expressamente contrário àquele que a Igreja lhes dá, e quer com isso mostrar como Ela é idólatra. Um esforço gigantesco e inútil, pelo simples fato de que a Igreja não entende os Seus textos do mesmo jeito que os entende o “teólogo dos dicionários”.

Adoração é latria, é daí que vem a palavra “idolatria” (que significa “adoração a ídolos”), e se a Igreja deixa claro que existe uma coisa chamada “latria” e uma outra coisa chamada “dulia”, então é porque Ela diferencia as duas coisas, e não é intelectualmente honesto dizer que Ela as considera ambas iguais. O máximo que os protestantes podem fazer é tentar provar que tanto a latria quanto a dulia são proibidas pelas Escrituras Sagradas. Só que isso é impossível, porque até as mais criativas exegeses (como a acima citada, de São João e de Cornélio) são incapazes de explicar o conjunto das Escrituras Sagradas, onde vemos, sim, criaturas sendo honradas o tempo inteiro.

As páginas subseqüentes são fruto de uma leitura seletiva do Tratado da Verdadeira Devoção à SSma. Virgem de São Luís Maria Grignion de Montfort. O autor do livreto dá às palavras do santo um sentido expressamente condenado por ele – coisa, aliás, muitíssimo parecida com o expediente de fazer a Igreja “admitir” que adora imagens. É como se alguém dissesse “o sol ilumina e o fogo queima, mas a lua pode refletir a luz do sol e, por isso, também ilumina, e o ferro pode ficar em brasas se em contato com o fogo e, portanto, também queima”. Daí o gênio sentenciasse: ah! Ele diz que a lua ilumina, mas só o sol ilumina e, por isso, ele diz que a lua é sol! Ele diz que o ferro queima, mas todo mundo sabe que só o fogo queima e, portanto, ele diz que o ferro é o fogo! É em um “raciocínio” estritamente análogo a isto que se baseia o “católico” escritor do livreto. Afinal, São Luís de Montfort deixa claro, por diversas vezes, que as qualidades atribuídas à Santíssima Virgem o são por graça, por causa de Deus, e não por “natureza” ou por poder próprio. Lembra repetidas vezes que Maria é uma criatura e não o Criador. Mas as suas palavras encontram os ouvidos surdos (ou os olhos analfabetos) do suposto católico que não quer saber de outra coisa que não atacar, per fas et per nefas, a Doutrina da Igreja.

No final, a inteligência ilustre responsável pelas páginas deste livro não quis assumir-se, mantendo-se anônimo. É forçoso reconhecer que ele, ao menos, tem senso do ridículo; eu próprio ficaria envergonhado de reclamar a autoria de linhas sofríveis assim. O responsável pela divulgação do livreto – Wellington Leão, do “Notícias do Evangelho” – diz que o autor pediu para ser mantido no anonimato “temendo (…) que pudesse ser excluído do catolicismo”. Quanto a isso, aviso ao ex-católico que ele não tem com o quê se preocupar: a excomunhão por heresia é automática, latae sententiae, segundo prescreve o Código de Direito Canônico, de modo que o anonimato não o protege de se auto-excluir da comunhão com a Igreja de Cristo.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

57 thoughts on “Idolatria na Igreja Católica

  1. Roberto

    “Paz a esta casa. São Mateus 10, 12

    Como são cegos e surdos esses protestantes que não sabem ler a Bíblia e nem ouvem os argumentos da Verdade. Simplesmente baixam a cabeça para a grama seca, como disse um dos postantes, e ficam no “é porque é, pois o Espírito Santo me disse”. Todos querem ser o profeta que Deus revela em sonhos. Como adoram dizer isto! Todos tem o dom da profecia, das línguas (e da interpretação delas), de cura, etc. Sou testemuha de uma das “curas” deles, aliás, meia-cura, pois o “abençoado” ficou ainda meio capenga. Pode existir meio milagre? Ah, e foi alerdeado como cura! Eles repetem as mesmas coisas que o pastor diz. São meros “papagaios”. Basta ver o assunto imagens. Não conseguem responder porque Deus mandou Moisés fazer uma imagem de cobra, colocar num poste (haste) e, quando alguém fosse picado, bastava OLHAR PARA A IMAGEM e ficavam curados!!! (Números 21, 6-9)
    Entendo que são pessoas simples, sem conhecimentos próprios da Palavra e são influenciados pelos “pastores”, esses sim culpados, pois são salteadores, mercenários cegos, guiando cegas ovelhas para fora do redil do Senhor, a Una, Santa, Católica e Apostólica Igreja, a única Esposa de Cristo, pois Ele não é poligamíco, nem adúltero, jamais abandonaria a “velha bimilenar” por outra jovem, ou outras jovens criadas por aqueles que dividem o Cristo, os anticristos, conforme nos falou São João.
    “Até quando tu, que és o Senhor, …” vais aturar “esta raça incrédula” e “guia de cegos”. Hipócritas, Cristo Senhor os conhece. Túmulos caiados!
    como ousam não chamar de bem aventurada a “mãe do meu Senhor”? A primeira a ouvi-lo, já no interior de seu ventre, o seu primeiro choro, seu primeiro sorriso, sua primeira palavra. Fariseus, seguem “a letra que mata”. Abram seus ouvidos, pois “a fé vem pelos ouvidos” e não pela letra, lida e não compreendida. Ouçam aquela que é “sustentáculo e coluna da Verdade”, pois “quem vos ouve a Mim ouve e quem vos REJEITA a Mim rejeita.”
    Querem mais? Deus abençoe (e perdoe)estas almas.
    Pax domini.

  2. Altair LB

    16 E os soldados o levaram para dentro do palácio, à sala da audiência, e convocaram toda a coorte.

    17 E vestiram-no de púrpura e, tecendo uma coroa de espinhos, lha puseram na cabeça.

    18 E começaram a saudá-lo, dizendo: Salve, Rei dos judeus!

    19 E feriram-no na cabeça com uma cana, e cuspiram nele, e, postos de joelhos, o adoravam.

    Será que houve aqui verdadeira adoração por parte dos soldados; acredito que não. Podemos concluir com isso, que o que realmente importa é a intenção dos nossos atos e não o termo ou gesto usado.

    A verdadeira adoração a Deus, consiste em reconhecer a Deus como unico Deus e Senhor, criador de todas as coisas visiveis e invisiveis. E isso independe de terminologia, gestual ou qualquer outra coisa.

    Nós católicos não veneramos os Santos como deuses, mas como modelos de vida cristã e intercessores diante de Deus. O contrário é calúnia protestante.

    Cremos que todos aqueles que morreram em comunhão intima com Deus, estão continuamente diante de Deus intercedendo por nós com suas orações.

    Parabéns Jorge por seu trabalho em defender a fé católica, que ainda hoje é atacada por todos os tipos de heréges. Deus te abençõe sempre e não deixe desanimar-se.

    Paz e Bem!!!

  3. Altair LB

    A citação biblica no meu comentario acima é de Mc 15, 16-19, tirado da biblia tradução de João Ferreira de Almeida
    usada pelos protestantes.

    Paz e Bem!!!

  4. Candido Rubim Rios

    O Jorge, o texto é muito bem articulado,entende-se muito bem a mensagem mas meu caro vais ficar explicando até perder a paciência, não jogue pérolas aos porcos.

  5. Olegario

    Jorge, Salve Maria.

    Um dos textos mais esclarecidos que já li sobre o assunto.
    Meus parabéns!

    Olegário.

  6. Altair LB

    Caro Jorge, Paz e Bem!!!

    Gostaria de postar aqui, o ensinamento de um grande mestre e defensor da fé cristã do século V.
    Trata-se de S. Agostinho, bispo de Hipona, num tratado que ele escreveu “contra Fausto”.

    Vejamos o que esse grande homem de Deus disse:

    “O povo cristão celebra a memória dos seus Mártires com religiosa solenidade, para se animar a imitá los, participar dos seus méritos e ser ajudado com a sua intercessão; não dedica, porém, altares aos Mártires, mas apenas em memória dos Mártires. Com efeito, qual é o bispo que, ao celebrar a missa sobre os sepulcros dos Santos, disse alguma vez: Nós te oferecemos a ti, Pedro, ou a ti, Paulo, ou a ti, Cipriano? A oblação é feita a Deus, que coroou os Mártires, junto dos sepulcros daqueles que Deus coroou, para que a evocação desses lugares santos desperte em nós um sentimento mais vivo de amor àqueles a quem podemos imitar e Àquele cujo auxílio nos torna possível a imitação.
    Veneramos os Mártires com um culto de amor e de comunhão, semelhante ao que dedicamos nesta vida aos santos homens de Deus, cujo coração sabemos estar já disposto ao martírio em testemunho da verdade do Evangelho. Mas àqueles que já superaram o combate e vivem triunfantes numa vida mais feliz, prestamos este culto de louvor com maior devoção e confiança do que àqueles que ainda lutam nesta vida. CONTUDO, O CULTO CHAMADO DE LATRIA, QUE CONSISTE NA ADORAÇÃO DEVIDA A DIVINDADE,RESERVAMO-LO SÓ PARA DEUS, E NÃO O PRESTAMOS AOS MARTIRES NEM ENSINAMOS QUE SE LHES DEVA PRESTAR.COMO A OBLAÇÃO DO SACRIFICIO FAZ PARTE DESSE CULTO DE LATRIA – E POR ISSO SE CHAMA IDOLATRIA A OBLAÇÃO FEITA AOS IDOLOS – nós não o oferecemos nem mandamos oferecer aos Anjos, aos Santos, aos Mártires; e se alguém cai em tão grande tentação, é advertido com a verdadeira doutrina, para que se corrija e tenha cuidado. Os Santos e os homens recusam-se a apropriar-se destas honras devidas exclusivamente a Deus. Assim fizeram Paulo e Barnabé quando os habitantes da Licaónia, impressionados com os milagres feitos por eles, quiseram oferecer-lhes sacrifícios como se fossem deuses; mas eles, rasgando os seus vestidos, proclamaram que não eram deuses, e deste modo impediram que lhes fossem oferecidos sacrifícios.
    Uma coisa, porém, é o que nós ensinamos, e outra o que nós suportamos; uma coisa é o que mandamos fazer, e outra o que queremos corrigir e nos vemos forçados a tolerar, enquanto não conseguimos corrigi-lo.(Do Tratado de Santo Agostinho, bispo, «Contra Fausto»)

    Mais claro que isso impossivel, só não entende quem está a serviço do pai da mentira.(Jo 8, 44).

    Permaneçamos fiéis a sã doutrina da salvação que está na Igreja Católica e não tenhamos medo daqueles que julgam segundo a aparência, pois Jesus nos julgará conforme a verdade(Jo 8, 15-16).

    Paz e Bem a todos!!!

  7. david Martins

    Na minha vis~~ao, por tudo que tenho lido, ouvido e visto, pelos testemunhos de alguns filhos ilustres da igreja, o “barco” papal est´´a “a deriva nas ´´aguas turvas da sofism´´atica teologia romana.

  8. Jaqueline Graieb

    David, concordo contigo. Ela, a igreja romana, já está começando a pedir arrego a outras religiões. Não é à toa que o papa acena com união com protestantes, com isso e aquilo.

    A igreja católica romana sempre foi mestra nisto. Ela é a Meretriz Babilônica de que fala a bíblia.

  9. Messias

    “agradeço a martino lutero por ter se levantado 95 teses a respeito da Igreja que voçês afirmam que é de cristo, onde está escrito que à igreja católica é a verdadeira.”

    De fato, Na Bíblia não está escrito que a Igreja católica é a vedadeira. Nela está escrito que é o luteranismo, né?

    Na Bíblia também diz que essas são verdadeiras:

    Igreja Evangélica Missão Celestial Pentecostal
    Igreja Evangélica Florzinha de Jesus
    Igreja Pentecostal Trombeta de Deus
    Igreja Evangélica Cenáculo de Oração Jesus Está Voltando
    Igreja Evangélica Deus Pentecostal da Profecia
    Igreja Evangélica Pentecostal Rebanho do Senhor
    Igreja Pentecostal Alarido de Deus
    Igreja Pentecostal Esconderijo do Altíssimo
    Igreja Batista Coluna de Fogo
    Igreja comunidade Porta das Ovelhas
    Igreja de Deus que se Reúne nas Casas
    Igreja Evangélica Pentecostal a Volta do Grande Re
    Igreja Evangélica Cristã Pentecostal Jesus Pastor
    Igreja Evangélica Pentecostal Creio Eu na Bíblia
    Igreja Evangélica Pentecostal Missões Portas Eternas
    Igreja Evangélica a Última Trombeta Soará
    Igreja Evangélica Pentecostal Sinal da Volta de Cristo
    Igreja Pentecostal Jesus Nasceu em Belém
    Igreja Evangélica Assembléia dos Primogênitos
    Igreja Assembléia de Deus dos Remanescentes
    Igreja Evangélica Almas para Cristo
    Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Eis-me Aqui
    Igreja Evangélica Explosão da Fé
    Igreja Evangélica Vida Profunda
    Igreja Pentecostal do Fogo Azul
    Igreja Pentecostal o Poder de Deus é Fogo
    Igreja Evangélica em Obra de Libertação
    Ministério Favos de Mel
    Igreja Evangélica Pentecostal Labareda de Fogo
    Igreja Evangélica Internacional soldados da Cruz de Cristo
    Igreja a Serpente de Moisés, a que Engoliu as Outras
    Assembléia de Deus com Doutrinas e sem Costumes
    Igreja Pentecostal Assembléia dos Santos
    Igreja Pentecostal da Unificação em Jesus Cristo
    Templo Evangélico da Sétima Trombeta
    Igreja Primitiva do Senhor
    Igreja Evangélica Universal Jesus Breve Vem
    Igreja Pentecostal Monte da Obra Missionária
    Igreja Pentecostal Remidos do Senhor no Brasil
    Igreja de Jesus Cristo no Universo
    Assembléia de Deus da Reforma Universal
    Tabernáculo o Senhor é Meu Pastor
    Catedral Evangélica Pentecostal do Grande Deus
    Congregação de Profetas Jesus Nosso Rei dos Judeus
    Igreja Atual dos Últimos Dias
    Igreja Cristã Pentecostal Universal Sarça Ardente
    Igreja Despertai Para Jesus
    Igreja de Deus Assembléia dos Anciãos
    Igreja do Evangelho Triangular no Brasil
    Igreja Evangélica Ministério Cristão Fé e Palavra Pentecostal
    Igreja Evangélica Facho de Luz
    Igreja Evangélica Pentecostal a Tenda da Salvação
    Igreja Evangélica Pentecostal os Mensageiros do Rei Jesus
    Igreja de Novo Amanhã
    Igreja Evangélica Pentecostal Primitiva Unida
    Igreja Pentecostal Barco da Salvação
    Igreja Pentecostal Jesus Vem e Vencerá pela Fé
    Igreja Evangélica Pentecostal Cuspe de Cristo
    Igreja Evangélica Pentecostal a Última Embarcação Para Cristo
    Igreja Pentecostal Jesus Vem Você Fica
    Igreja Lugar Forte
    Igreja Pentecostal o Senhor Pelejará por Vós
    Igreja Pentecostal Povo de Deus Marcha
    Igreja Pentecostal Uma Porta para a Salvação

  10. Sidnei

    “A igreja católica romana sempre foi mestra nisto. Ela é a Meretriz Babilônica de que fala a bíblia.”

    Engraçadinhos os protestantes, falam cada palhaçada que a gente tem que ouvir e fingir de surdos para não partir para ignorância, agora, meretriz por meretriz, vai ver qual são as igrejas que estão apoiando o aborto, casamento e ordenação de bispos e bispas, pastores e pastoras gays e lésbicas, que aceitam casais que horas casam, se separam, casam de novo, voltam a se separar, casam novamente, tudo abençoados por estas igrejas e pastores, e por aí afora, meretriz por meretriz os adventistas também chamam as outras igrejas protestantes por não guardarem o sábado e os TJ por acreditar na SANTÍSSIMA TRINDADE, realmente, vir alguém aqui para nós insultar talvez no intento de querer nos ofender, perderam o tempo pois o que mais conseguiram foram nos levar a gargalhadas.

  11. EDMILSON

    MEUS CAROS PROTESANTES ESSA SIM É A VERDADEIRA VENERAÇÃO DAS IMAGENS PREGADA PELA IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA
    Pois no meio das seitas protestantes não falta quem diga: “
    Os católicos são idólatras”, porque além de fazerem imagens de esculturas, o que a bíblia proíbe absolutamente cf. Ex 20, 4-5.23; Lv 19, 4; 26,1; Dt 4, 16-20; 27, 15; Sl 113 ou 115, 4-8; Is 44, 9-20 … também estão indo atrás de ídolos mudos cf. Is 45, 20; 46, 7; Jr 10, 3-5 …

    Muitos por não conhecerem o contexto bíblico de tais textos e por não conhecerem realmente a doutrina da igreja católica,
    Chegam à conclusão de que a bíblia condena a fabricação e o uso de qualquer tipo de imagens, até mesmo das imagens sagradas dos santos, ou qualquer procissão com imagens e que por conseguinte condena a doutrina e prática da igreja católica.

    E por isso,” por falta de conhecimento bíblico e da doutrina católica, deixam a Igreja católica para participarem de igrejas ou seitas fundadas por homens”.

    Agora por meio deste estudo você verá através da bíblia e da doutrina católica que tais textos não condena a fabricação e muito menos o uso das imagens sagradas pois nem todas procissões religiosas com imagens, e por conseguinte não condena a doutrina e prática católica.

    Vou mostrar aqui as principais objeções, perguntas e dúvidas dos protestantes contra o que “supostamente” imaginam ser a doutrina e prática católica em relação ao assunto, para que você tenha o conhecimento do fundamento bíblico das mesmas, ou seja, para que saiba que a bíblia não as condena.

    Então façamos, antes de tudo, umas distinções básicas entre “Santo” e “imagem”. Santo ou Santa é um homem ou mulher, servos de Deus, os quais são santos exatamente por terem obedecido fielmente a Deus e se tornado assim modelos de vida cristã.
    Maria disse: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim, segundo a vossa Palavra” (Luc 1,38).
    Agora a Imagem é uma representação de um ser, alguém ou alguma coisa em seu aspecto físico, assim imagem é uma fotografia, desenho, estátua, um quadro, etc.
    Uma imagem é só uma imagem, um símbolo, uma lembrança ou um sinal, até o momento em que é adorada, a partir dai então vira ídolo.

    As imagens sagradas são “representações” de Cristo e dos seus santos.

    Agora uma outra distinção fundamental precisa ser feita entre adorar e honrar (venerar). E devemos saber o que significa ídolo e idolatria.
    Adorar é reconhecer alguém como seu Deus e Senhor, e a Ele se submeter em obediência, prestando-lhe culto como Criador do Universo e dono absoluto da nossa vida.
    O culto de adoração somente se pode dar a Deus porque só ele é o criador e Senhor do universo e da nossa vida.
    Venerar é honrar, homenagear, respeitar, louvar … mas não reconhecer aquela pessoa ou objeto como Deus.
    Já Ídolo é uma imagem de um falso deus, de uma falsa divindade, é um falso deus inventado pela fantasia humana, é “tudo” que ocupa o lugar de Deus em nosso coração, é ” tudo” que damos prioridade e amamos igual ou mais do que Deus, por conseguinte, nem todo ídolo é imagem e nem toda imagem é ídolo.
    Agora a Idolatria, etimologicamente, é a composição de duas palavras ídolo + latria, isto é, adoração de ídolo, é o ato de adorar o falso deus.
    Idolatria não é o uso de imagens no culto divino, mas prestar à criatura ou objeto o culto de adoração que devemos exclusivamente a Deus.
    É por isso que são Paulo em Col. 3,5 nos adverte que a avareza é uma idolatria, e como sabemos avareza é um sentimento e não uma imagem, a avareza é idolatria uma vez que o avarento coloca o dinheiro no lugar de Deus, como valor supremo da sua vida,
    idolatrar é colocar alguém ou alguma coisa no lugar de Deus. Por isso podemos então refletir: onde estariam os verdadeiros ídolos e idólatras na sociedade moderna? infelizmente os artistas, os cantores, os jogadores, os times de futebol, os programas de televisão “principalmente as novelas”, o sexo, a beleza física, o dinheiro, o poder, a fama e tantas outras coisas é que ocupam o primeiro lugar do coração e pensamentos de muitos ! A idolatria é o pior e mais grave pecado que se possa fazer !
    Seitas protestantes saibam que a Igreja Católica ensina que devemos adorar somente a Deus! A todas as outras criaturas e às imagens dos santos devemos apenas respeito, honra e veneração.
    Aliás, a Igreja só venera os santos e os honra, porque foram fiéis seguidores de Cristo e por isso se tornaram para nós modelos de vida evangélica.
    Suas imagens tem, para nós a finalidade de lembrar a pessoa e seus bons exemplos em nosso meio;
    Merecem respeito pelo que representam, tal como um retrato de nosso pai ou nossa mãe.
    O que diz mesmo a Bíblia sobre imagens?
    No célebre trecho de Ex 20, 4-5 tão citado por vocês protestantes, vocês deixam de lado o versículo 3: “Não terás outros deuses diante de minha face”.
    Ora, naquela época não havia imagens de Jesus, Maria ou dos Santos, até mesmo porque eles nem existiam ainda.
    O Êxodo foi escrito aproximadamente 1.250 anos antes do nascimento de Jesus.
    São Francisco morreu em 1.226 depois de Cristo, São Benedito em 1563, Santa Teresinha em 1897, então não poderia estar se referindo a eles.
    A Bíblia fala de “deuses”, “ídolos” para substituir o lugar do verdadeiro Deus.
    Agora Isso nunca quiseram os Santos!
    Maria se declarou a “Serva do Senhor” (Luc 1,38) S. Francisco dizia “Meu Deus e meu Tudo”.
    Agora veja uma outra passagem muito usada por vocês protestantes onde está escrito: “Com a sobra faz um deus, um ídolo, diante do qual se prostra para adorar e orar, dizendo: “Salva-me, tu és o meu Deus” (Is 44,17).
    Ora, a própria citação já fala que o que Deus proíbe é fazer imagem na forma de ídolo, de fato leia Dt 4,16, na tradução revista e atualizada no Brasil, SBB, que são considerados como deus em substituição ao Deus único e verdadeiro cf. Ex 20, 3-5. 23; Dt 7, 25; Is 44,17.
    Fala que adorar imagem é considerá-la como deus cf. Ex 32, 4; Is 44,7, ou teologicamente falando, é também valorizá-la igual ou mais de que Deus.
    Ora saibas que nenhum católico(a) “que conhece e obedece a doutrina católica” considera os santos e suas imagens a coisa mais importante de sua vida, menos ainda os (as) considera como Deus,
    Agora afirmar o contrário é mentira e calúnia, que assim como a idolatria, fecha a porta do céu para quem morre com ou em tais pecados.
    Já fala em se prostrar para adorar, o que não é o nosso caso de católicos, diante das imagens. Pois GILMAR MENEZES se ajoelhar-se diante de alguém ou alguma coisa não significa logo, adoração.
    Os noivos que se ajoelham diante dos pais e lhes pedem a bênção, não estão adorando os seus pais!
    Moisés se prostrou diante do seu sogro Jetro (Ex 18, 7); Betsabé se prostrou diante de Davi (1Rs 1,16 ), Josué e todo o povo se ajoelharam diante da arca a qual tinha duas imagens de esculturas de anjos ( Js 7, 6 ) e nem por isso cometeram idolatria, porque não se prostraram em adoração e sim em reverência.
    VEJA AGORA
    no versículo 4-5 de êxodo 20, Deus não está proibindo fazer qualquer espécie de imagem ou com qualquer finalidade, pois se assim fosse, toda humanidade estaria condenada, pois quem é que não tem ou não manda fazer retrato, pintura, escultura, desenho ,
    estaria proibindo a profissão do escultor, desenhista, pintor … Mas está proibindo qualquer tipo de imagem de ídolo e fazer imagem para serem adoradas.
    Todas as vezes que Deus condena as imagens ele se refere à ” idolatria”, na qual se reconhece e considera a imagem como único Deus em substituição ao Deus verdadeiro.
    E a prova de que Deus só proíbe fazer ídolo ou fazer imagens com a finalidade de serem adoradas está no fato de que ; Quando não é para adoração, Deus permiti e manda fazer imagens:
    Por ordem de Deus Moisés fez e colocou duas imagens de esculturas de anjos sobre o propiciatório da arca. “O Senhor disse a Moisés: Farás dois querubins de ouro. Estes querubins
    terão suas asas estendidas para o alto e com as asas protegerão a tampa da Arca da Aliança. E ali eu virei ter contigo”. (Ex 25,18-22 ).
    Agora veja que no templo construído por Salomão foram confeccionadas imagens de querubins de madeira( cf. 1 Rs 6, 23-28); todas as paredes do templo e até as portas foram revestidas de imagens de querubins( cf. 1 Rs 6, 29-35),
    tais obras se fizeram com a ordem do próprio Deus (cf. 1 Crônicas 22, 10. 15-16; 28, 18-19) e com a sua divina aprovação pois vemos que Deus abençoa este templo, porque sabia que as imagens lá não eram ídolos ( deuses ), e sim, imagens sagradas (cf. 1 Rs 9, 3), pois foram feitas por ordem divina, que, já no deserto encheu Bezaleel de seu próprio espírito- espírito de sabedoria, inteligência e ciência- para realizar toda espécie de obras em ouro, prata e bronze … assim como para talhar ( esculpir) a madeira( isto é, fazer imagem de escultura de madeira)
    Confira: Ex 31, 1-5, de fato leia 1 Rs 6, 29 na edição revista e corrigida de João F. de Almeida.
    vê-se assim com que apreço Deus considerava as esculturas de seu templo. Por isso os querubins da arca da aliança( Ex 37, 1. 3-5. 7-9) não eram para serem adorados, mas também não eram simples adorno, eles lembravam que tudo devia convergir para o Deus que fizera aliança com o povo,
    lembravam ainda a mediação “secundária ” dos anjos(cf. Heb 1,14) e integravam os objetos do culto,ou seja, participavam do verdadeiro culto a Deus, de fato, Deus além de pedir a Moisés para fazer essas duas imagens de anjos, diz que é ali, no meio dos querubins, que ele viria dar as suas ordens aos israelitas (cf. ex 25, 22; Num 7, 89) em vista disso a bíblia costuma dizer que Deus está sentado sobre os querubins (cf. 1 Sm 4, 4; 2Sm 6, 2; 2 Rs 19,25; Sl 79(80), 1.
    Isso eram imagens sagradas, abençoadas por Deus ( cf. 1 Rs 9, 3; 8, 10-11 ) e por Moisés ( cf. Ex 39, 42-43 ) – deixando-nos o exemplo de termos nossas imagens abençoadas- por isso eram imagens que conjuntamente com todo o templo do altíssimo, eram reverenciadas,
    Está escrito : “Reverenciareis” meu santuário ( Lv 19, 30 ) e ainda, me prosto -“inclinar-me-ei” – para o teu sagrado templo ( Sl 138 ou 137, 2 )
    O santuário, como é bem sabido, estava cheio de imagens, vemos Josué e todo o povo ajoelhados “prostados” diante da arca da aliança , por conseguinte, diante das duas imagens de querubins que estavam em cima da arca ( Js 7,6 ) e nem por isso estavam cometendo idolatria, adorando tais imagens.
    O templo e tudo que havia nele eram sagrados! portanto, cada objeto de lá, inclusive as imagens, não podiam ser tidos como simples enfeites- eram ornamentos sacros com significados simbólico-religiosos preciosos e por isso respeitados, reverenciados, ou seja, venerados. de fato ,
    AGORA EU PERGUNTO AS SEITAS PROTESTANTES?
    por que uzá morreu fulminado ao tocar na arca da aliança cf. 2 Sm 6, 7; 1 Cro 13,7-14 ?
    E mais e o mar de bronze ou reservatório de água lustral colocado à entrada do palácio de Salomão era sustentado por dois bois de metal ( 1Rs 7, 23-25 ), havia também figuras de leões, touros e querubins ( 1 Rs 7, 29 ),
    Leia ainda Ez 41, 17-22 Quando mostramos estes textos para os protestantes eles respondem imediatamente: mas essas imagens não foram feitas para serem adoradas, pois o propiciatório com os querubins apenas era a figura da ( representava a ) redenção de Cristo ( Heb 9, 5-9 ), cf. manual de apologética cristã, pag. 178, CPAD, os querubins não faziam parte do culto, permaneciam trancados no templo, no lugar santo dos santos, onde só penetrava o sumo sacerdote uma vez por ano, conforme Heb 9, 2-7; Ex 30, 10, e as figuras do templo de Salomão tinha a finalidade única de adornar,
    OLHA AS RESPOSTAS : Para essas simples questãões aqui não é o que as imagens representam, mas se todo e qualquer tipo de imagem são proibidas por Deus ou se a proibição é absoluta,
    Esto é, com qualquer finalidade, mesmo que não seja para adorá-las, a questão estar em saber se é bíblico ou não fazer imagens.
    O fato dos querubins ( de ouro ou madeira ) representar isso ou aquilo, não nega a realidade que eram imagens de anjos em forma de esculturas e figuras que o próprio Deus mandou fazer, por isso não nega a verdade que a proibição divina de fazer imagens não é absoluta, ou seja, que a proibição de fazer e adorar ídolos, não proíbe fazer imagens que não são ídolos e que não são para serem adoradas.
    Pois quando os protestantes dizem que os querubins foram feitos não para serem adorados, não estão fazendo nenhuma objeção à doutrina católica pois a igreja católica e nenhum católico diz que foi, ao contrário, estão aceitando a doutrina e interpretação do catolicismo a respeito do assunto, e rejeitando a dar maior parte do protestantismo que ensina que a proibição divina é absoluta, ou seja, que Deus proíbe fazer todo tipo de imagens e com qualquer finalidade, que proíbe fazer não só para adoração mas até mesmo para veneração! que ensina que Deus proíbe não apenas adorar imagens, mas até mesmo fazer-las,
    E para tentarem provar isso, vocês protestantes vivem citando para os católicos o salmo 115, 4-8 , esquecendo que o texto trata de ídolos (cf. Sl 115, 4) e não de qualquer imagem.
    Pois se as imagens que Deus mandou fazer não foi para serem adoradas, isto implica dizer que :” quando as imagens não são para serem adoradas, Deus as manda e permite fazer-las “. Ora, essa é a pura doutrina e interpretação católica”!
    Quanto a afirmação que os querubins ficavam trancados no templo … cai por terra diante dos textos que apresentam a arca da aliança com os querubins sendo carregados pelo povo de Deus solenemente em procissão religiosa ( cf. 1 Sm 6, 1 .4 – 5. 10 – 18; 2 Sm 6, 12 – 18; Js 6, 4-16; 2 Cr 5, 2-8; Ne 12, 27-43; Nm 10, 33-34 ),
    Agora veja uma dessas procissões em um site de um pastor assembleiano na 4° foto com o nome” queda dos muros de Jericó ” ( http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao5-ldj-aconquistadejerico.htm ),
    Agora quanto a dizer que eram simples ornamentos … já foi respondido a cima. O povo veio a Moisés e disse-lhe: Pecamos, murmurando contra o Senhor e contra ti: Roga ao Senhor que afaste de nós essas serpentes. Moisés intercedeu pelo povo e o Senhor disse a Moisés: “Faze para ti uma serpente ardente(de bronze) e mete-a sobre um poste.
    Todo o que for mordido, olhando para ela será salvo” (Nm 21,7-8). é claro que a serpente não foi feita para ser adorada, considerada como um deus ou deusa, mas para mostrar aos israelitas que Deus tinha mais poder do que todas as enfermidades ou tragédias da terra, e por isso não tinham motivos para não confiar nele ou em Moisés seu escolhido para libertá-los, mais tinha a finalidade de mostrar o perdão e a misericórdia de Deus para os israelitas arrependidos.
    Olha quando associamos Nm 21,8-9 a Jo 3,14; 12,32 entendemos que a serpente levantada no deserto por Moisés era uma prefiguração de Jesus Cristo suspenso na cruz curando e libertando toda humanidade, assim como quem ferido por serpentes olhava para a serpente de Moisés suspensa numa haste era curado das picadas mortíferas, assim também quem ferido pelo pecado olha para Jesus crucificado com os olhos da fé, reconhecendo nele o salvador do mundo, será salvo do pecado e da condenação eterna.
    Enquanto a serpente de bronze era apenas venerada como recordação da cura prodigiosa das venenosas mordidas das serpentes, a mesma era conservada, porém, quando no tempo do reinado de ezequias (721-693 a.C)
    O povo cercou-a com crenças e práticas suspeticiosas com evidente perigo de idolatria, ezequias quebrou essa venerável relíquia da era mosaica (cf. 2 Rs 18,4).
    Muitos protestantes citam o texto da destruição da serpente de bronze cf. 2 Rs 18, 3-4, para tentarem provar que, aprovando a destruição da serpente de bronze,
    Deus estava por isso desaprovando adoração e veneração de imagens, pois ambas são a mesma coisa.
    RESPOSTA : Que fique bem claro : a serpente de bronze foi destruída não porque era uma imagem de escultura que o próprio Deus mandou fazer, mas devido o mau uso que dela o povo começou a fazer, agora isso não anula nem vai contra o princípio que” o mau uso não exclui o bom uso, que o uso incorreto não exclui o uso correto”,
    A prova disso é que, mesmo depois de destruída, cerca de cinco séculos depois, Jesus encontrou valores na serpente de bronze pois ilustrou sua morte através dela (cf. Jo 3, 14),
    Deus aprovando a destruição da serpente de bronze, não estava desaprovando a(as) imagem(ns) que ele mesmo mandou fazer, mas a atitude errada do povo para com ela, da mesma forma Moisés ao quebrar as tábuas da lei não estava desaprovando a lei que o próprio Deus as mandou escrevê-las, mas a desobediência do povo para com ela.
    De fato, enquanto a bíblia mostra Deus aprovando a destruição da imagem da serpente de bronze ( cf.2 Rs 18, 3) porque o povo a transformou de imagem em ídolo, considerando-a como a deusa da magia( Neustã), porque o povo deixou de venerá-la e passou a adorá-la, enquanto mostra Deus mandando destruir as imagens em forma de ídolos (cf. Ex 20, 3-5. 23; 32,20; Dt 4,,16-20; 7,5. 25; Is 31, 7; Mq 1, 7; Ez 6,4-6 … )
    Protestantes saibas que a própria bíblia considera como inimigo de Deus aqueles que destruíram as imagens sagradas do templo cf. levanta os pés para tudo o que ” o inimigo” tem feito de mal no santuário; toda obra entalhada ( imagens de esculturas 1 Rs 6, 29 E mostra Deus abençoando o templo cheio de imagens sagradas ( cf. 1 Rs 8, 10-11; 9, 3 )
    Se Deus abominasse todo tipo de imagem, como se todo tipo de imagem de escultura fosse ídolo, não teria enchido o templo com sua glória e benção garantindo a aprovação de tudo que foi feito.
    Por isso veneração não é e nunca foi o mesmo que adoração !
    Pois o que prova esse texto que eles citam ? Prova: 1)
    Que Moisés fizera de fato uma serpente de bronze; 2) que essa serpente fora conservada pelos judeus durante longo tempo; 3) que eles acabaram por adorá-la ou a prestar-lhe culto indevido; 4) que por isso, Ezequias a quebrou.
    PROTESTANTES agora eu pergunto?
    Teria agido mal Moisés ao fazer a serpente de bronze? É claro que não, pois foi o próprio Deus quem ordenou fazê-la e olhar para ela para que os judeus se curassem.
    Erraram os judeus conservando-a? É evidente que não, porque mostravam gratidão e obediência a Deus. E entre os que conservaram estavam Moisés, Josué, os Juízes, Daví, Salomão. Será que todos eles estavam errados?
    Será que nenhum deles tinha um “Aurélio” – ou um dicionário à mão para saber que adorar, venerar, reverenciar, amar extremamente é tudo a mesma coisa?
    Por que, durante tantos séculos, Deus e seus enviados permitiram que se guardasse a serpente de bronze?
    É evidente que permitiram porque ela não era adorada. Quando a transformaram abusivamente em ídolo, Ezequias a destruiu. Mas fique sabendo, GILMAR MENEZES, que abusus non tolit usum.
    E não pense que isso é lei da Igreja: é um princípio jurídico do Direito Romano. O abuso não tolhe o uso. Se alguém abusa do culto de Dúlia de um santo e de sua imagem, e passa da veneração a idolatria, isso é um abuso condenável que não proíbe nem invalida o culto de Dúlia ( veneração ) — e não de latria — de um santo e de sua imagem.
    Erraram depois os judeus transformando-a em ídolo? Evidente que sim, e, por isso fez bem Ezequias em destruí-la. Portanto, enquanto não se adora uma imagem como se fosse Deus, é lícito tê-la e mesmo “olhar para ela para ser curado” como Deus mandou.
    E nenhum católico de verdade olha para uma imagem de Nossa Senhora e dos santos julgando que sejam Deus e adorando essas imagens.
    Nós as veneramos. em suma: veneração não é o mesmo que adoração. Quando os israelitas veneraram a serpente de bronze, foram curados. Quando posteriormente os israelitas adoraram a mesma serpente, cometeram uma abominação e Deus mandou destruí-la.
    No primeiro caso, o ato curava; no segundo caso, o ato era abominável diante de Deus. No primeiro caso, veneração; no segundo, idolatria, adoração de uma criatura.
    A imagem era sempre a mesma, porém, o ato era diferente! Se veneração fosse o mesmo que adoração, então Deus teria permitido a adoração aos ídolos ainda que somente no antigo testamento, o que é um absurdo.
    A sã doutrina não comporta tal absurdo! Portanto não adianta citar a destruição da serpente de bronze contra a veneração das imagens, pois o texto é claro:
    Deus mandou ou aprovou destruir a serpente de bronze quando os israelitas passaram a adorá-la, mas a mandou fazer e aprovou o povo conservá-la enquanto a veneravam, mostrando claramente a diferença entre veneração permitida e adoração proibida.
    Portanto, se Deus proibiu as imagens para idolatria, para serem adoradas, e essa proibição continua valendo, também continua valendo a permissão às imagens para veneração, para serem veneradas.
    Pode ter certeza disso que estes textos bíblicos associados a outros referentes ao mesmo assunto e que constituem o seu contexto, deixam bem claro que Deus proíbe ter ou fazer imagens para serem adoradas, isto é, para serem consideradas como Deus, criador e senhor absoluto de todas as coisas (cf. Ex 20, 3-5; Is 44, 9-20; Sl 113 ou 115, 4-8 … ),
    Para serem valorizadas igual ou superior a Deus, ” a lei eterna jamais pode ser abrogada e assim será sempre pecaminoso adorá-las “.
    Ensinam que Deus condenou, condena e sempre continuará condenando ídolos;” imagens que ocuparam ou ocupam o lugar de Deus “. Que Deus proíbe a idolatria : substituir o criador em nosso coração por quaisquer coisa ou criatura,
    Vou da alguns exemplo:
    objetos” imagens, taslimã …” , poder, prazer, dinheiro, sexo, esporte, pessoa humana … Ensinam que se alguém substitui Deus por quaisquer coisa ou criatura está cometendo o pior e mais grave pecado “a idolatria, e portanto é idólatra” que caso morra com este pecado-sem ter se arrependido e deixado ele – não se salvará nem entrará no céu ( 1 cor 6, 9-10; Apoc 22, 15 …).
    Ensinam também que quando as imagens não são para serem adoradas Deus permite e as manda fazer como vimos nos textos já mencionados acima. Visto que é impossível haver contradição em Deus, fica claro que a proibição de fazer imagens na bíblia não é absoluta ” com quaisquer finalidade, válidas para sempre e em todas as circunstâncias” , mas relativas ” referente e dependente unicamente da finalidade e circunstância, “intenção e condição ” com a(s) qual é proibida.
    Esta é a interpretação da Santa Igreja Católica Apostólica Romana. Em suma; Deus proíbe fazer imagens para serem adoradas, porém, não proíbe fazer imagem com outra finalidade, como por exemplo, para serem veneradas.
    Deus proíbe fazer ídolos, porém, não proíbe fazer imagem que não são ídolos. Por isso a Igreja católica, que compreende e aceita tudo o que Deus disse na sagrada escritura e que não isola uma frase de outra, mas a todas harmoniza, sempre permitiu o uso de imagens( jamais de ídolos) e sua veneração, mas nunca a sua adoração.
    Infelizmente os protestantes, por preconceito ( talvez até por ódio) da Igreja Católica, por avareza, introduzem seitas e heresias perniciosas no meio do povo ( 2 ped. 2, 1-3), e por falta de conhecimento e má fé deturpam e adulteram a própria palavra de Deus para sua própria perdição ( 2 ped. 3, 16) e apenas com a má fé, com a má e diabólica intenção de difamar, caluniar, criticar a Igreja Católica, dizem e escrevem :
    Basta alguém fazer ou ter imagens para já estar afrontando a lei de Deus, os pretensos retratos do Pai (capela Sistina), do Filho ( crucifixos, etc.), do Espírito Santo (pomba), dos apóstolos, etc. etc. São proibidos por Deus.
    Deus não somente proíbe adorá-los ou venerá-los, mas também fazê-los. ( cf. a idolatria Ora, estamos diante de uma decisão séria: ou aceitamos que a Bíblia se contradiz claro que não por isso É FASLSA E UM ABSURDO A DECLARAÇÃO DE QUE A IGREJA PREGA A IDOLATRIA
    Pois se como os Protestantes explicam: “não farás para ti imagem de escultura, nem figura alguma do que está em cima nos céus ou embaixo sobre a terra… não te prostrarás diante delas…” (Ex 20,4-5) significa que não se pode fazer imagem com qualquer finalidade, exceto adoração, quer dizer que pelos textos acima Deus se contradisse.
    Pois os querubins que Ele mandou fazer são seres que “estão acima nos céus” e a serpente está “embaixo sobre a terra”. Além disso, se considere o fato de que o Templo e a Arca da Aliança eram os lugares mais sagrados para o Povo de Deus.
    O Senhor se manifestava na Arca! Pior ainda a serpente de bronze não só foi feita, mas quem olhasse para ela ficaria curado! Como ainda afirmar com a Bíblia na mão que Deus proíba fazer todo tipo de imagens e com quaisquer finalidade ?
    No Novo Testamento Passaram-se os séculos … O mesmo Senhor que se mantivera invisível, quis tomar corpo humano e viver na terra; quis assim dirigir-se aos homens mediante uma figura (a do Cristo Jesus), que, sem dúvida, devia ser impressionante.
    Em sua pregação, Jesus houve por bem ilustrar as realidades transcendentais (o Reino de Deus, a Misericórdia do Pai, o dinamismo da graça …) mediante imagens inspiradas pelas realidades visíveis; tal foi o significado das parábolas e alegorias utilizadas pelo Divino Mestre, que aludiu aos lírios do campo, à figueira, aos pássaros do céu, ao bom pastor, à videira e a seus ramos, às crianças que brincam na praça pública, à mulher que perdeu sua moeda, ao administrador infiel, aos operários chamados à vinha, em outras palavras :
    O Deus invisível se tornou visível em Jesus. Por isso a Bíblia diz: “Cristo é a imagem de Deus invisível, o primogênito de toda criatura”. (Col. 1,15) A imagem mais sagrada de Deus que temos em nosso meio é o ser humano:
    “Façamos o homem a nossa imagem e semelhança” (Gn 1,26). Já que Deus quis tornar visível o seu ser através de Cristo e do ser humano, isso nos diz que as coisas criadas podem ser um reflexo de sua beleza, de sua bondade e de seu poder.
    Ele quer se manifestar também pelas coisas visíveis. Esse é o sentido da “encarnação” do Filho de Deus. “Quem me vê, vê o Pai” (Jo 14,9) e o que Filipe estava vendo era a face humana de Cristo. Todavia, os cristãos foram percebendo que a proibição de fazer imagens no Antigo Testamento tinha o mesmo papel de pedagogo (condutor de crianças destinado a cumprir as suas funções e retirar-se)
    Que a Lei de Moisés em geral tinha junto ao povo de Israel.
    Por isto o uso das imagens foi-se implantando. As gerações cristãs compreenderam que, segundo o método da pedagogia divina, atualizada na Encarnação, deveriam procurar subir ao Invisível passando pelo visível que Cristo apresentou aos homens; a meditação das fases da vida de Jesus e a representação artística das mesmas se tornaram recursos com que o povo fiel procurou aproximar-se do Filho de Deus.
    Considerem-se os antigos cemitérios cristãos (catacumbas), onde se encontram diversos afrescos geralmente inspirados pelo texto bíblico: Noé salvo das águas do dilúvio, os três jovens cantando na fornalha, Daniel na cova dos leões, os pães e os peixes restantes da multiplicação efetuada por Jesus, o Peixe (Ichthys), que simbolizava o Cristo …
    A Igreja primitiva tinha sim uma grande veneração pelas imagens prova disso são as Imagens contidas nas Catacumbas Romanas dos primeiros séculos. Trago as fotos das Catacumbas dos Primeiros séculos, vejam que os primeiros Cristãos já usavam as imagens e isso é séculos antes de Constantino! confira :
    (http://praelio.blogspot.com.br/2009/02/igreja-primitiva-x-protestantismo.html ).
    Isso prova -se assim que a veneração dos santos e por conseguinte das suas imagens não é uma inovação no cristianismo, pois vem dos primeiros séculos cristãos, da igreja primitiva, nem do romanismo como outros dizem.
    Prova-se assim que a veneração dos santos e das suas imagens é uma doutrina e prática cristã e bíblica,
    Ou seja, mesmo que o culto de veneração aos santos não seja citado “explicitamente” na bíblia, o mesmo já começa nos primeiros séculos do cristianismo, aproximadamente no ano 100 d.C, estando são João ainda vivo e o mesmo não o condenou, A reflexão nos ensinamentos e exemplos de Jesus e dos apóstolos levaram os primeiros cristãos (dos primeiros séculos) a venerarem os mártires, os santos e por conseguinte Maria.
    Veja que os Protestantes também usam imagens de esculturas em seus templos para fins religiosos, confira : http://caiafarsa.wordpress.com/imagens-em-templos-prostestantes/ http://groups.gloog.com.br/answer/pt_br/answer_20100522161156AAsVIW3.html?categoryId=396545163
    Na praça dos reformadores em genebra, os protestantes fizeram 4 imagens de esculturas dos mesmos, para através delas venerá-los. Veja a foto no livro, manual de apologética cristã, pág170, CPAD, na capa da revista ” institutas”; em linguagem simplificadas, livro I, capítulos 7, 8 e 9, no Google buscando imagens, escreva na caixa de pesquisa: praça dos reformadores em genebra.
    Na revista protestante ultimato ” indenominacional” n° 235, págs 52-53, da editora Betânia, está escrito que: ” na America do Norte, Europa, Ásia, Austrália … figuras de Jesus e Maria, além do uso generalizado da cruz não cria menor problema.
    Na coréia do sul é possível encontrar nas fachadas de todos os templos, inclusive das assembléias de Deus, imagens de esculturas em tamanho natural representando pessoas e cenas bíblicas” .
    Que o próprio Martinho Lutero fundador do protestantismo foi a favor do uso de imagens , como se depreende do texto abaixo, datado de 1528: “Tenho como algo deixado à livre escolha as imagens, os sinos, as vestes litúrgicas … e coisas semelhantes. as imagens inspiradas pela Escritura e por histórias edificantes me pareçam muito úteis… Nada tenho em comum com os Iconoclastas” (Da Ceia de Cristo). e mais : Ler mais: http://larcatolico.webnode.com.br/doutrina-catolica/ Crie o seu website grátis: http://www.webnode.pt
    Veja em Atos 28 o que fez O Católico São Paulo quando embarcou em um Navio indo Para ROMA

    “Ao termo de três meses, embarcamos num navio de Alexandria, que havia passado o inverno na ilha. Este navio levava por INSÍGNIAS* os DIÓSCUROS*”. (At 28,11)

    *INSÍGNIAS : EMBLEMAS, IMAGENS

    *DIÓSCUROS: A IMAGEM DE CASTOR E PÓLUX, ORNANDO A PROA DO NAVIO
    E MAiS Saibas que os filisteus roubaram a arca da aliança e pagaram muito caro por isso
    Então eles consultaram seus adivinhos e eles disseram essa ordem dada pelo senhor de Israel para colocar
    A arca do SENHOR sobre o carro, como também o cofre com os ratos de ouro e com as imagens das suas hemorroidas.
    Então os filisteus oferecem a Deus pela expiação da culpa, “cinco hemorroidas de ouro e cinco ratos de ouro”.
    Então, disseram: Qual é a expiação da culpa que lhe havemos de oferecer? E disseram: Segundo o número dos príncipes dos filisteus, cinco hemorroidas de ouro e cinco ratos de ouro, porquanto a praga é uma mesma sobre todos vós e sobre todos os vossos príncipes.
    E AÍ GILMAR MENEZES DEUS DEU A ORDENS PARA ELES FAZEREM VARIAS IMAGENS E DEPOIS DE FEITAS ELES FORAM CURADOS AGORA NÃO ME VENHA COM MEIO TERMO CONDIÇÕES PONTOS DE VISTA E COM EXEÇÕES POIS DEUS JAMAIS MUDOU SUA LEI SE IMAGENS FOSSE PROÍBIDOS SERIA UMA IMENSA CONTRADIÇÃO AQUI!

    AGORA VEJA NO TEMPLO DE SALOMÃO:
    “E no oráculo fez dois querubins de madeira de oliveira, cada um da altura de dez côvados.” (I Reis 6, 23)
    “E revestiu de ouro os querubins. E todas as paredes da casa, em redor, lavrou de esculturas e entalhes de querubins, e de palmas, e de flores abertas, por dentro e por fora.” (I Reis, 6, 28-29)

    “E sobre as cintas que estavam entre as molduras havia leões, bois, e querubins, e sobre as molduras uma base por cima; e debaixo dos leões e dos bois junturas de obra estendida.” (I Reis 7, 29).

    “Para o interior do Santo dos Santos, mandou esculpir dois querubins e os revestiu de ouro.” (II Crônicas 3,10)
    E AGORA PARA REFUTAR OS PROTESTANTES DE UMA VEZ POR TODAS
    SAIBAS QUE era neste mesmo templo que os apóstolos e Jesus iam para orar:
    VEJA
    “Jesus passeava no templo, no pórtico de Salomão.” (João 10,23)

    “Enquanto isso, realizavam-se entre o povo pelas mãos dos apóstolos muitos milagres e prodígios.
    Reuniam-se eles todos unânimes no pórtico de Salomão.”(Atos 5, 12)

    AGORA EU PEREGUNTO?
    Estariam Jesus e os apóstolos sendo idólatras ao frequentar um templo repletos de imagens de escultura?Clao que não!
    OLHA AQUI MAIS UMA VEZ
    Fica provado, portanto, que Deus nunca proibiu a fabricação de imagens e sim de ídolos para a adoração, colocando-os no lugar do próprio Deus. Desmascaramos assim mais uma falsa interpretação protestante.

  12. EDMILSON

    VAMOS A MAIS UM PEQUENO ESTUDO MEU CARO HEREGE MAURÍCIO PEREIRA DA SILVA

    Vamos ler em Atos 28 o que fez O Católico São Paulo quando embarcou em um Navio indo Para ROMA

    “Ao termo de três meses, embarcamos num navio de Alexandria, que havia passado o inverno na ilha. Este navio levava por INSÍGNIAS* os DIÓSCUROS*”. (At 28,11)

    *INSÍGNIAS : EMBLEMAS, IMAGENS

    *DIÓSCUROS: A IMAGEM DE CASTOR E PÓLUX, ORNANDO A PROA DO NAVIO

    MAURÍCIO PEREIRA DA SILVA São Paulo, ao embarcar no navio ele não aproveitou a ocasião para condenar aquelas imagens, porque era Católico e não protestante (QUE NEM EXISTIAM AINDA kkkkkkk) e mais ele sabia muito bem distinguir Imagem de Ídolo.

    MAURÍCIO PEREIRA DA SILVA vou usar lógica para desmontar a sua argumentação protestante que não passa de fútil herética caduca leiga e contraditória.

    ORA ,MAURÍCIO usar um dicionário da língua portuguesa para justificar a igualdade de adorar e venerar isso é uma piadaaaaaa.

    POIS MAURÍCIO PEREIRA NO MEU ENTENDER E NO ENTENDER DE TODOS OS GRANDES TEOLOGOS E APOLOGÍSTAS QUAL QUER PALAVRA ESCRITA NA BÍBLIA VOCÊ DEVE ESTUDA-LA NA ÉPOCA EM QUE ELA FORA ESCRITA!

    Maurício Pereira da Silva além de tosca essa sua argumentação lembramos que o dicionário (carinhosamente apelidado de PAI DOS BURROS)

    Se vale de similaridades para explicar aos seus filhos (OS BURROS) o que significa a palavra desconhecida.

    Quando uma pessoa não sabe algo, nos valemos de exemplos SIMILARES para dar a noção à quem desconhece.

    Na verdade, podemos dizer sem NENHUMA sombra de dúvida que para duas palavras existem dois significados…

    Maurício Pereira da Silva se adorar é igual a venerar então…

    sagrado (definido no dicionário)

    do Lat. sacratu

    adj.,

    relativo aos ritos ou ao culto religioso;

    que foi consagrado;
    profundamente venerável;
    puro;

    santo;

    a que se deve o maior respeito;

    inviolável;

    s. m.,

    aquilo que é sagrado;

    prov.,

    adro da igreja;

    o chão do cemitério.

    VEJA SUAS CONTRADIÇÕES MAURÍCIO PEREIRA DA SILVA
    “I Coríntios 3:17 Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque o santuário de Deus, que sois vós, é SAGRADO.”

    (Êxodo 19,23)

    Moisés respondeu ao Senhor: “O povo não poderia subir o monte Sinai, pois vós no-lo ordenastes expressamente, dizendo: fixa limites ao redor do monte, e declara-o sagrado.” 03/07/2007 deleteHєnriquє

    (Êxodo 29,29)

    Os ornamentos sagrados de Aarão servirão para seus filhos depois dele, que os vestirão quando se lhes der a unção e forem empossados.

    Aliás isso é legal pra quem critica as vertes liturgicas da igreja…

    (Êxodo 31,10)

    as vestes litúrgicas, os ornamentos sagrados para o sacerdote Aarão, as vestes de seus filhos para as funções sacerdotais;

    (Êxodo 31,14)

    Guardareis o sábado, pois ele vos deve ser sagrado. Aquele que o violar será morto; quem fizer naquele dia uma obra qualquer será cortado do meio do seu povo.
    (Êxodo 34,15)

    Guarda-te de fazer algum pacto com os habitantes do país, pois, quando se prostituírem a seus deuses e lhes oferecerem sacrifícios, poderiam convidar-te e tu comerias de seus banquetes sagrados;

    (Números 7,9)

    Aos filhos de Caat, porém, não deu carros nem bois, porque tinham o cuidado de objetos sagrados que levavam aos ombros.

    (Números 10,21)

    Os caatitas partiram em seguida, levando os objetos sagrados. E, antes que chegassem, era montado o tabernáculo.

    (Números 18,3)

    Eles farão o serviço que te é devido e o serviço da tenda, mas não se aproximarão dos objetos sagrados, nem do altar, para que não morram, e vós juntamente com eles.

    (I Crônicas 16,29)

    tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome. Trazei oferendas e chegai à sua presença, adorai o Senhor com ornamentos sagrados.

    (II Crônicas 5,5)

    e transportaram-na com a tenda de reunião e todo o seu mobiliário de utensílios sagrados. Foram os sacerdotes levíticos que fizeram essa transladação.

    (Salmos 46,9)

    Deus reina sobre as nações, Deus está em seu trono sagrado.

    (I Macabeus 4,49)

    Fizeram novos vasos sagrados e transportaram ao santuário o candeeiro, o altar dos perfumes, e a mesa.

    (Salmos 28,2)

    Rendei-lhe a glória devida ao seu nome; adorai o Senhor com ornamentos sagrados.

    (Eclesiástico 26,22)

    Como a lâmpada que brilha no candelabro sagrado, assim é a beleza do rosto na idade madura. 03/07/2007 delete Hєnriquє

    (Jeremias 17,2)

    nos ângulos de seus altares. (Lembrando-se de seus filhos), (pensam) em suas estelas e marcos sagrados, junto das árvores verdejantes no alto das colinas elevadas.

    (Ezequiel 42,14)

    Uma vez que tiverem entrado, os sacerdotes não sairão do lugar santo para o átrio exterior, sem ter deixado ali as suas vestes litúrgicas, porque esses paramentos são sagrados. Eles se revestirão de outros hábitos para penetrar nos lugares destinados ao povo.

    Maurício Pereira da Silva me diga?Paramentos são sagrados??? Alguns acham que não… Mas como é possível isso? Não esta dito na bíblia???

    (Ezequiel 45,6)

    Para o domínio da cidade, assinalareis uma porção de cinco mil côvados de largura, por vinte e cinco mil de comprimento, paralelamente ao espaço sagrado já reservado. Ela pertencerá a toda a casa de Israel.

    (Joel 4,17)

    Sabereis então que eu sou o Senhor, vosso Deus, que habita em Sião, minha montanha santa. Jerusalém será um lugar sagrado onde os estrangeiros não tornarão mais a passar.

    (Miquéias 5,13)

    Extirparei de tua terra os bosques sagrados e arrasarei tuas cidades.

    aliás … pela mesma fonte, temos que…

    consagrar

    Conjugar

    de sagrar

    v. tr., tornar sagrado; sagrar; dedicar a Deus; converter (pão e vinho) no corpo e sangue de Jesus Cristo; oferecer em homenagem; destinar; dedicar ao culto; sancionar;

    v. int., ant.,

    jurar pela sagrada hóstia;

    v. refl.,

    dedicar-se.
    Continuando… Se ‘sagrado’ é aquilo que é ‘profundamente venerável’ e consagrar é ‘tornar sagrado’. Quando ouvimos muitos religiosos dizerem que eu me consagro a Deus, podemos ter que esta pessoa esta por seus méritos próprios (por seus ‘poderes’) SE tornando sagrado e portanto digno e profundamente venerável…?

    Ora, Maurício pereira da silva me parece que de duas, uma…

    Ou o dicionário não se presta a responder quesitos da fé… Ou temos muitos hipócritas por ai…

    A cereja em cima do bolo…

    o dicionário ainda aponta que

    santo

    do Lat. sanctu

    adj.,

    sagrado; bem-aventurado;

    venerável; virtuoso; bondoso; santificado (dia);

    s. m.,

    indivíduo que morreu em estado de santidade ou foi canonizado; por ext. homem reconhecidamente virtuoso e bom.

    campo -: cemitério;

    lugar -: a igreja; qualquer templo;

    nariz de -: algo que se faz meticulosamente;

    remédio -: remédio eficaz;

    Santo Ofício: tribunal da Inquisição;

    – de pau carunchoso: pessoa sonsa, velhaca; o m. q. santo de pau oco;

    – de pau oco:vd. santo de pau carunchoso;

    – sacrifício: missa.

    Assim acaba o raciocínio de que o dicionário aponta como sendo “santo” o que é sagrado;

    venerável…

    Se a bíblia fala que “(Êxodo 29,31)

    Tomarás o carneiro de inauguração e farás cozer a sua carne em um lugar santo.” Temos então que EXISTE um lugar santo…

    Se diz que “(Êxodo 30,35)

    Farás com tudo isso um perfume para a incensação, composto segundo a arte do perfumista, temperado com sal, puro e santo.” Temos um perfume SANTO…

    “(Levítico 2,3)

    O que sobrar da oblação será para Aarão e seus filhos; isto é, o que há de mais santo entre os sacrifícios feitos pelo fogo ao Senhor.” Existe um sacrificio SANTO…

    “(Levítico 6,11)

    Todo varão entre os filhos de Aarão comerá dela. Essa é uma lei perpétua, no tocante às partes destinadas a vossos descendentes, das ofertas feitas pelo fogo ao Senhor. Todo aquele que tocar essas coisas será santo.” ” Existem homens SANTOS…”(Levítico 11,44)

    Pois eu sou o Senhor, vosso Deus. Vós vos santificareis e sereis santos, porque eu sou santo. Não vos contaminareis com esses animais que se arrastam sobre a terra, …”

    Se existem santos (que são sagrados;bem-aventurados;veneráveis)

    e se sagrado é o profundamente venerável… Então me explique Maurício Pereira da Silva? porque cargas d’água falam que católicos são idolatras por venerar um santo?

    Olha Maurício Pereira da Silva olha vai um conselho antes de você usar um dicionário como instrumento de estudo teológico, vamos pensar.

    tanto em Êxodo 20,4, quanto em Deuteronômio 5,8 consta o seguinte

    “לא תעשׁה לך פסל וכל תמונה אשׂר בשׂמים ממעל ואשׂר בארץ מתחת ואשׂר במים מתחת לארץ ”

    A quarta palavra da direita para a esquerda encontramos a palavra “פסל” que se lê “FESEL” que, no hebraico, significa ÍDOLO.

    E mais Maurício Pereira da Silva nas traduções bíblicas encontramos quase sempre “IMAGENS DE ESCULTURA” ou “IMAGENS ESCULPIDAS”.

    Isso meu caro não está errado. Apenas devemos entender que não se trata de qualquer imagem e sim apenas como imagens de ídolos.

    É o que se entende quando lemos com cuidado todo o início do Decálogo em que podemos verificar facilmente que se trata de ídolos.

    Por isso Maurício Pereira da Silva de forma alguma devemos aí incluir toda e qualquer imagem que Deus considera comonecessárias, úteis e benéficas. Caso Fosse o contrário, então Deus não teria:

    1 – mandado fazê-las (Êxodo 25,18; Números 21,8)

    2 – dado suas ordens ao povo falando do meio dos querubins de ouro (Êxodo 25,22);

    3 – operado milagres através delas (Números 21,9; Êxodo 25,22);

    4 – aprovado tais imagens, quando encheu com sua glória o templo de Salomão (que estava repleto delas “por dentro e por fora”) (Números 21,9; 1 Reis 8, 10-11; Êxodo 25,22);

    5 – permitido que seus amigos o adorassem prostrados à frente delas (Josué 7,6)

    Por isso Maurício Pereira da Silva aprenda mais uma coisa analfabeto

    O DICIONÁRIO DIZ QUE NÃO TEM DIFERENÇA… – Segundo o dicionário encontramos as seguintes acepções para o verbo

    – ADORAR: (lat adorare) vtd 1 – VENERAR. 2 – Amar extremamente, idolatrar. 3 – Gostar muito de. 4 Prestar culto a; cultuar. Antôn: desadorar, detestar.

    Daí podemos concluir que VENERAR é o mesmo que ADORAR?

     De forma alguma Maurício Pereira da Silva
    Vejamos outro exemplo:

    – BOLACHA – 1. Bolo chato e seco de farinha, de diversas formas e tamanhos.

    2 Lâmina fina de borracha. 3. Bofetada. 4. Porcelana isoladora, no fogareiro elétrico.

    Raciocinando à maneira protestante teríamos de entender forçosamente que tanto faz alguém gostar de saborear “bolacha” quanto saborear um atrevido “sopapo”, ou até mesmo comer uma peça de “porcelana”.

    2.MAURÍCIO PEREIRA DA SILVA
    Aqui é necessário distinguir a diferença que vai entre uma imagem que o próprio Deus mandou fazer e as imagens de ídolos (“fesel” em hebraico) que os idólatras tinham na conta de divindades.

    

    Maurício Pereira da Silva

    Em Ex 20,4 e Deut 5,8 Deus proíbe FESEL (ídolo) e
    não toda e qualquer imagem que são necessárias, bené-
    ficas e úteis, tanto assim que ele próprio as mandou
    fazer, operou milagres através delas, falou ao povo
    dentre elas, aprovou-as quando abençoou o templo de
    Salomão que estava repleto delas. Também aceitou a
    adoração de seus servos prostrados ante duas delas
    que estavam sobre o tampo da Arca da Aliança.

    
    Maurício Pereira da Silva apenas com um pouco de bom senso é o suficiente para perceber que uma procissão pagã exaltando seus ídolos é muito diferente da procissão de judeus que conduziam as imagens de dois santos (os anjos são santos)

    sobre um andor (a Arca da Aliança), como difere igualmente da procissão dos católicos portando as imagens de santos nas quais não se reconhece nenhuma divindade.

    Maurício Pereira da Silva

    DICIONÁRIO: “O MESMO SENTIDO…” – Não é a mesma coisa com vimos em “1” acima.

    IMAGEM DE GESSO – É o uso que se dá à imagem que a torna ídolo ou não. Uma imagem comum não passa a ser um ídolo só porque foi feita de gesso, da mesma forma que um ídolo não passa a ser uma imagem comum só porque foi feito com metais preciosos.

    Maurício Pereira da Silva

    ADORAR E VENERAR SÃO SINÔMOS – Nem sempre! Procure no dicionário e verifique o significado de “SERRA” que vai desde ferramenta até penedia com picos, ou cadeia de montanhas, ou cordilheira. O termo “MANGA” tem várias acepções: parte do vestuário, chaminé de lampião, mangueira, filtro, redes para pesca de sardinhas, grupo, turma, tromba-d’água, chocalho, eixo de um veículo, peça tubular destinada a ser enfiada sobre uma peça cilíndrica, bucha ou casquilho, hoste de tropas, abaneiro, paio e seguem muitíssimos outros significados. Os dicionários registram palavras sinônimas assim como as diversas acepções diferentes que tem uma palavra. Venerar até pode significar também adorar, mas nem sempre.

    APENAS O CRIADOR, O PAI E O FILHO DEVEM SER ADORADOS/VENERADOS – E o Espírito Santo que também é Deus (Atos 5,3-4)? Não faça confusão: ADORAR pode ter o significado de gostar, amar muito, (exemplo: “Alzira adora seu pai”; “Adoro desmentir os protestantes”), enquanto VENERAR também pode significar ADORAR, mas nem sempre (exemplo: Os pagãos veneram seu ídolos)
    Já os católicos não

  13. EDMILSON

    AS representações simbólicas dos querubins – muito provavelmente – possuíam pés e mãos, não é mesmo?
    Da vida acreditam que os “querubins da glória” (Hb 9,5) eram cotos ou aleijados?
    As estátuas querubínicas da Arca da Aliança são representadas possuindo pés e mãos.]
    OBS.: Na Vulgata, inclusive, é citada que, no Templo de Jerusalém, a presença de uma imagem de homem:
    Apresentando como que a figura de um homem de pé” (III Reis 7,36)>> [BÍBLIA SAGRADA (Traduzida da Vulgata), 15a.
    edição, Edições Paulinas, SP, 1998, p. 378].– [III Reis 7,36 equivale, nas demais traduções da Bíblia, a 1 Reis 7,36]
    b)Ao citar o texto do Deuteronômio, você Maurício Pereira da Silva frisou: imagem de “homem e mulher “. Por que ele não frisou também a parte antecedente que diz: “Imagem esculpida em forma de ídolo” (Dt 4,16).
    Assim, Deus haveria especificado a proibição da Lei como sendo só sobre as estátuas (isto é, “imagem esculpida”) e não com referência a qualquer tipo de imagem.
    Essa proibição do Deuteronômio inclui: a pintura, o desenho, o mosaico, o vitral, os bordados, as tapeçaria, posters, etc?
    Se dizes que sim; então, prove! Pois, pelo texto bíblico é dito especificadamente: “imagem esculpida em forma de ídolo”(cf. Dt 4). Repito, pelo texto do deuteronômio citado, NÃO é qualquer tipo de imagem; mas “ESTÁTUA” e ainda, esta estátua, tem que ser “em forma de ídolo”.
    (Sugerindo, assim, que éxistem estátuas que não possuem a forma idolátrica e estas, por conseguinte, também não seriam proibidas).
    Em suma, por tal inferência,então, poder-se-ia afirmar que: “Todo ídolo – obrigatoriamente – teria que ser uma estátua; mas nem toda estátua seria um ídolo” (assim como todo dólar é dinheiro; mas nem todo dinheiro é dólar);
    Haja vista existirem estátuas aceitas no templo (querubins, leões, touros: 1Rs 7,29; além de escultura de guirlandas e palmas: 2 Cron 3,5),afora a estátua da serpente de bronze (cf. Nm 21,8-9) ou dos ratos e tumores (cf. 1Sm 6,11).
    Há ainda a estátua que ficou – por um bom período de tempo – na Casa de Deus em Silo: “Eles instalaram para seu uso a imagem que Micas havia esculpido, e ela permaneceu lá todo o tempo em que subsistira a casa de Deus em Silo” (Jz 18,31).
    E o Dicionário?
    “No Dicionário Aurélio 3.0 – Século XXI” também é dito que honrar é venerar. E agora Maurício Pereira da Silva ? Tu não honrarás mais teus pais porquanto – no Aurélio – venerar significar honrar?
    E como fica o santo mandamento que diz: “Honra teu pai e tua mãe” (Lc 18,20); bem como a seguinte sentença bíblica que diz: “Se alguém me serve, meu Pai o honrará” (Jo 12,26); ou ainda: “Honrai a todos” (1 Ped
    2,17). Aliás, no mesmo dicionário, “venerar”
    Significa respeitar. Será que não mais respeitará nada e ninguém, exceto Deus?… Eu creio que não! Pois, certamente, você Maurício Pereira da Silva
    Continuará respeitando muitas coisas; bem como dando a honra a quem é devida a honra, não é mesmo?… Aí eu me pergunto: você honra os santos de Deus? Você os respeita? Sim ou não?… Você respeitaria as imagens do Templo de Jerusalém?
    {Lembre-se –- segundo o Aurélio respeitar é venerar (e que, presumidamente, seria o mesmo que adorar).]
    Você as respeitaria ou não?… E como Adorar, segundo o citado dicionário, é igual a idolatrar; então, não te incomodarias de ser chamado de “idolatrador” de Deus? [Eu porém não idolatro Deus, eu o adoro!]
    Segundo o mesmo dicionário, adorar é amar extremamente. E me responda, então: “Deus amou o mundo: pouco, medianamente, ou em extremo?
    Não foi em extremo,? A ponto de – conforme está escrito – entregar ao seu Filho amado para salvação do mesmo:
    “Deus amou tanto o mundo, que entregou o seu Filho único” (Jo 3,16). por conseguinte, segundo aquele que vulgarmente é denominado de “Pai dos Burros”, Deus teria cometido o pecado da idolatria; da Silva?
    Esse é um cipoal meteste, os herege protestantes
    (E com dicionário embaixo do braço!… Melhor seria fechá-lo, e rapidamente! Antes que, “com pés e mãos”
    Sejas, tu, laçado nos fogo do inferno – conforme asseverou Nosso Senhor Jesus Cristo.)
    Eu, porém, digo: têm certos lugares (“as sinagogas de Satanás”) que peço a Deus não precisar nunca ir para não ter, quiçá, que me depara com os “cães” (Mt 7,6), “víboras” (Mt 23,33) e todo tipo de “bestas” – que por lá possa haver? Por outro lado, eu teria – se possível fosse – um enorme prazer em visitar o Templo de Deus, que Salomão mandou edificar; e no qual a glória de Deus pousou. Lugar Sacro em que abundavam inúmeras imagens de animais (touros e leões) – imagens que participavam do Verdadeiro Culto a Deus. Aliás, imagens sagradas e abençoadas e que, portanto, conjuntamente com todo o Templo do Altíssimo, eram reverenciadas. Está escrito: “Reverenciareis meu santuário” (Lv 19,30).
    E ainda:”Me prostro voltado para o teu sagrado templo” (Sl 138(137),2). [O Santuário, como é bem sabido, estava cheio de imagens.
    ]…E lá (no teu santuário), ó Senhor, possamos cantar com o Salmista: “Nós nos saciamos com os bens da tua casa, com as coisas sagradas do teu templo”
    (Sl 65(64),5).
    [OBS.: o Templo e tudo que havia nele eram sagrados! Portanto, cada objeto de lá, inclusive, as imagens, não podiam ser tidos com simples enfeites – eram ornamentos sacros com significados simbólicos-religiosospreciosos.]
    Olha os que ignoram a Escritura é preciso deixar claro: o que é proibido é a prostração “adorativa” perante criaturas (sejam imagens ou não); e não a prostração SEM adoração. Vejamos, alugns exemplos, lícitos, de prostrações sem a adoração:
    – “Betsabéia se ajoelhou e se prostrou diante do rei” (1 Rs 1,16).
    – “Quando chegou o profeta Natã… Ele veio perante o rei e se prostrou diante dele” (1 Rs 1,22s.) – “Esse terceiro chefe subiu, dobrou os joelhoes diante de Eliseu e suplicou-lhe assim: “Ó homem de Deus…” ” (2 Rs 1,13).
    – “Prostrai-vos perante o seu monte sagrado” (Sl 99(98),9).
    – “Josué então rasgou suas vestes, prostrou-se com a face em terra diante da Arca de Iahweh até à tarde, tanto ele como os anciãos de Israel” (Jos 7,6).

  14. EDMILSON

    APOLOGÉTICA DA IGREJA CATÓLICA

    Mateus 16

    18. E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.

    Hebreus 12-23 à universal assembléia e igreja dos primogênitos inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;

    Assembléia = Igreja

    Universal = Católica

    A Igreja Católica (o termo “católico”, derivado da palavra grega: καθολικός (katholikos), significa “universal” ou “geral”),

    Paulo Efésios 2, 20 :“Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina;”

    Jesus realmente prometeu que o Espírito Santo estaria com Sua Igreja e a ensinaria para sempre (cf. João 14,16-17)!

    Estas coisas te escrevo, mas espero ir visitar-te muito em breve. Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é A IGREJA de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade.”
    1Timóteo 3:14-15

    (Atos dos Apóstolos 20,28)

    Cuidai de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para pastorear a Igreja de Deus, que ele adquiriu com o seu próprio sangue.

    Eu escrevi esse pequeno estudo só com documentos registros e provas de escritores eclesiástico e de padres da igreja

    E também de alguns historiadores não cristãos do primeiro segundo e terceiro século muito antes de Constantino ter nascido

    Sabe porque? Por que quantas e quantas vezes Meus irmãos católicos e minhas irmãs católicas vocês tiveram que escutar a palhaçada desses pastores e historiadores protestante que tem a cara de pau e a mentira e a safadeza de vim dizer que a Santa Igreja Católica foi fundada por Constantino no século IV?

    E o pior disso tudo é que eles dizem descaradamente só para os leigos mostrando sempre a mesma história e os mesmos documentos falsificados e sem nenhuma origem e sem nenhuma fonte histórica

    resumindo sobre Constantino ter fundado a igreja católica isso é uma piada cheia de mentiras contradições e falsificações barata que só ilude mesmo quem não estuda e prefere viver na mentira

    Por isso não caia na farsa dividida em mais de 50 mil seitas no Brasil

    De nome Protestantismo,

    E o pior é que muitos pastores sabem mais descaradamente não aprendem ou não querem aprender que a Igreja Católica Apostólica Romana foi fundada por JESUS CRISTO

    assim também todos os Padres da Igreja afirmam e confirmam em seus escritos que Jesus cristo fundou a Igreja Católica.

    Agora os únicos que acreditam na historinha de Constantino

    são os protestantes baseados em fábulas inventadas por historiadores protestantes séculos depois dos fatos narrados por eles;

    E MAIS: todos os fatos narrados por esses tais historiadores protestantes são baseadas em fábulas que eles mesmos criaram sem qualquer fonte material ou documental de testemunhas oculares. Isso é fato

    AGORA SIM ESSA É

    A verdadeira historia da Igreja Católica segundo os Padres da Igreja.

    VAMOS AO ESTUDO QUE MOSTRARAR CLARAMENTE A IGREJA CATÓLICA FUNDADA POR JESUS CRISTO NA HISTÓRIA E NOS ESCRITOS E NA ARQUEOLOGIA

    E MAS AQUI NESSE PEQUENO ESTUDO MOSTRAREI CLARAMENTE

    A IGREJA CATÓLICA MUITO ANTES DE CONSTANTINO TER NASCIDO

    AGORA DESMASCARANDO A SEITA PROTESTANTE VEJA O QUE DIZ SANTO IRINEU DE LYON NASCIDO NO ANO 130 DA ERA CRISTÃ

    Santo Irineu carta contra heresias:

    “Mas visto que seria coisa bastante longa elencar, numa obra como esta, as sucessões de todas as igrejas, limitar-nos-emos à maior e mais antiga e conhecida por todos, à igreja fundada e constituída em Roma, pelos dois gloriosíssimos apóstolos, Pedro e Paulo, e, indicando a sua tradição recebida dos apóstolos e a fé anunciada aos homens, que chegou até nós pelas sucessões dos bispos, refutaremos todos os que de alguma forma, quer por enfatuação ou vanglória, quer por cegueira ou por doutrina errada, se reúnem prescindindo de qualquer legitimidade. Com efeito, deve necessariamente estar de acordo com ela, por causa de sua origem mais excelente, toda a Igreja, isto é, os fiéis de todos os lugares,porque nela sempre foi conservada, de maneira especial, a tradição que deriva dos apóstolos.”

    IRMÃOS ISSO É INCONTESTÁVEL

    ISSO É A PATRÍSTICA QUE MOSTRA CLARAMENTE A IGREJA FUNDADA POR JESUS CRISTO

    AGORA SE ALGUM PASTOR OU HISTÓTIADOR PROTESTANTE DUVIDA OU CONTESTA ISSO

    ME MOSTRE PROVAS MAIS ME TRAGAM PROVAS QUE PROVE O CONTRÁRIO COISA QUE CERTAMENTE É IMPOSSIVEL

    POIS A HISTÓRIA POR SI PRÓPRIA RELEVA OS FATOS

    AGORA PARA CONFIRMAR ESSA BEM AVENTURANÇA DE QUE A IGREJA NASCEU CATÓLICA VEJA

    O QUE DIZ O DISCÍPULO DE SÃO JOÃO EVANGELISTA

    Santo Inácio de Antioquia NASCIDO NO ANO 35 DA ERA CRISTÃ E MORTO NO ANO 107 DA ERA CRISTÃ pelo Imperador Trajano

    VEJA O QUE ELE DIZ

    Onde comparecer o Bispo, aí esteja a multidão, do mesmo modo que, onde estiver Jesus Cristo, aí está a IGREJA CATÓLICA”

    (Epístola aos Esmirnenses c 8, 2).

    ISSO É INCONTESTÁVEL E FASCINANTE

    A IGREJA NASCEU CATÓLICA AGORA SE ALGUM PROTESTANTE QUERER VIM ME REFUTAR SAIBAS QUE ESTOU AO DISPOR

    MAIS RESUMINDO EU SÓ RESPONDO COM FONTE HISTORICA E TESTEMUNHAS OCULARES E FATOS VERÍDICOS DA ÉPOCA

    POIS NA HISTÓRIA UM SÓ ACENTO QUE SE TIRA DE QUAL QUER OBRA É MOSTRADO E DESMASCARADO

    AGORA VAMOS CONTINUAR A AULA

    VEJA O QUE DIZ

    São Policarpo:

    NASCIDO NO ANO 69 DA ERA CRISTÃ E FALECIDO NO ANO 156 DA ERA CRISTÃ

    VEJA O QUE ELE DIZ EM UMA DE SUAS OBRAS

    “A Igreja de Deus que peregrina em Esmirna à Igreja de Deus que peregrina em Filomélio e a todas as paróquias da IGREJA SANTA E CATÓLICA em todo o mundo”.

    “fez menção de todos quantos em sua vida tiveram trato com ele, pequenos e grandes, ilustres e humildes, e especialmente de toda a IGREJA CATÓLICA, espalhada por toda a terra”

    SÓ POR AQUI CAI TODA FARSA PROTESTANTE DE DIZER QUE CONSTANTINO FOI QUEM FUNDOU A IGREJA CATÓLICA

    E MAS CAI A FARSA TAMBÉM DE AFIRMAR QUE A IGREJA PRIMITIVA NÃO ERA CATÓLICA ESSA AFIRMAÇÃO É SEM BASE E É PRATICAMENTE RIDÍCULA

    AGORA SIM ISSO É A IGREJA CATÓLICA AMIGOS E AMIGAS

    CHOREM E LOUVEM A DEUS POIS É A IGREJA CATÓLICA COM 2000 MIL ANOS E É A MESMA IGREJA QUE JESUS DIZ

    QUE AS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALECERÃO CONTRA ELA

    CONFIRMANDO ISSO

    VEJA O QUE DIZ FIRMILIANO DO SÉCULO TRÊS ISSO É MUITO ANTES DE CONSTANTINO TER NASCIDO

    MAS UMA VEZ CAI A MASCARA PROTESTANTE

    VEJA

    No século III, Firmiliano, bispo de Capadócia, diz assim: “Há uma só esposa de Cristo que é a IGREJA CATÓLICA” (Ep. De Firmiliano nº 14).

    ISSO TOCA O CORAÇÃO ISSO É A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA CONVERTENDO PESSOAS NOS SEUS PRIMEIROS SÉCULOS DA ERA CRISTÃ E MAIS A MAIORIA DESSES BISPOS E PADES DA IGREJA QUE ESTOU MOSTRANDO AQUI FORAM MARTIRIZADOS E MORTOS POR IMPERADORES

    E A ARQUEOLOGIA E A GEOLOGIA COMPRAVAM TUDO ISSO E MAIS A PRÓPRIA HISTÓRIA NOS SEUS ARQUIVOS AS TESTIFICAM

    AGORA PARA CONFIMAR TUDO ISSO MAIS UMA VEZ

    VEJA O QUE DIZ

    São Frutuoso, martirizado no ano 259, diz:

    “é necessário que eu tenha em mente a IGREJA CATÓLICA, difundida desde o Oriente até o Ocidente”. (Ruinart. Acta martyrum pág 192 nº 3).

    ISSO MOSTRA MAIS UMA VEZ POR QUE O NOME DA IGREJA É CATÓLICA

    ESSA RESPOSTA É MUITO SIMPLES A IGREJA É UNIVERSAL POR QUE ELA TEM A MISÃO DE CONVERTER O MUNDO PARA O CRISTIANISMO

    AGORA IRMÃOS CATÓLICOS E CATÓLICAS DO BRASIL

    VEJA O QUE DIZ O QUARTO PAPA DA IGREJA CATÓLICA SÃO CLEMENTE ROMANO

    PARA QUEM NÃO SABE ESSE PAPA É NARRADO EM FILIPENSES PELO PRÓPRIO APOSTÓLO DE JESUS CRISTO DE NOME SÃO PAULO

    VEJA O QUE SÃO CLEMENTE ROMANO DIZ

    São Clemente:

    NASCIDO NO ANO 30 E FALECIDO NO ANO 102 DA ERA CRISTÃ

    “Não só pela essência, mas também pela opinião, pelo princípio pela excelência, só há uma Igreja antiga e é a IGREJA CATÓLICA. Das heresias, umas se chamam pelo nome de um homem, como as que são chamadas por Valentino, Marcião e Basílides; outras, pelo lugar donde vieram, como os Peráticos; outras do povo, como a heresia dos Frígios; outras, de alguma operação, como os Encratistas; outras, de seus próprios ensino, como os Docetas e Hematistas“.(Stromata 1.7. c. 15).

    RESUMINDO

    QUEM ESTUDA A PATRÍSTICA A SÉRIO SE CONVERTE AO CATÓLICISMO DE CORPO E ALMA POIS AMIGOS E AMIGAS NÃO EXISTEM DUAS HISTÓRIAS POR ISSO QUANDO UM PROTESTANTE VIER COM MENTIRAS CONTESTAÇÕES E FALACIAS CONTRA PAPAS SANTOS ETC..

    PEÇA A ELES PROVAS DOCUMENTOS FONTE HISTÓRICA NOME DE AUTORES TESTEMUNHAS OCULARES DA ÉPOCA

    AÍ ENTÃO ELES NÃO PROVARÃO NADA E LEVARÃO O NOME DE MENTIROSOS E FALSIFICADORES

    AGORA VEJAM O QUE DIZ

    São Cipriano em 249, isso é muito antes de Constantino nascer, e antes do Concílio de Nicéia, já testemunhava:

    Cipriano (NASCIDO NO ANO 200 E MORTO NO ANO 258 DA ERA CRISTÃ)

    vejam

    “atrevem-se estes a dirigir-se à cátedra de Pedro, a esta igreja principal de onde se origina o sacerdócio… esquecidos de que OS ROMANOS NÃO PODEM ERRAR NA FÉ”

    (Epist. 59,n.14, Hartel, 683)

    “Estar em comunhão com o Papa é estar em comunhão com a Igreja Católica.”

    (Epist. 55, n.1, Hartel, 614);

    “E não há para os fiéis outra casa senão a Igreja Católica.”

    (Sobre a unidade da Igreja, cap. 4);

    “Roma é a matriz e o trono da Igreja Católica.”

    (Epist. 48, n.3, Hartel, 607).

    AMIGOS E AMIGAS CATÓLICOS DO BRASIL ISSO É INCONTESTÁVEL ISSO É INREFUTÁVEL POIS TEM FONTE HISTÓRICA E POSSUI TESTEMUNHAS OCULARES COM FATOS VERDADEIROS E VERÍDICO

    AGORA EU VOU MOSTRAR MAIS UM GRANDE DOCUMENTO ESCRITO POR UM PADRE DA IGREJA MUITO TEMPO ANTES DE CONSTANTINO TER NASCIDO

    VEJA

    Conheça o Cânon de Muratori.

    ISSO É A IGREJA CATÓLICA SAIBAM QUE TODOS OS HISTÓRIADORES PADRES DA IGREJA AFIRMAM QUE A OGREJA FOI FUNDADA POR JESUS CRISTO

    POIS NÃO EXISTE NENHUM HISTÓRIADOR DA ÉPOCA OU PADRES DA IGREJA OU ESCRITORES ECLESIASTICOS QUE ESCREVERAM OU AFIRMARAM QUE A IGREJA CATÓLICA FOI FUNDADA POR HOMENS QUEM AFIRMA O CONTRÁIO É MENTIROSO E HEREGE.

    AGORA VEJA A GRANDE PROVA

    NO CÂNON DE MURATORI.

    ISSO É MUITO MAIS MUITO ANTES DE CONSTANTINO TER NASCIDO ISSO TEM FONTE HISTÓRICA TEM TESTEMUNHAS OCULARES É CONFIMADO PELA GEOLOGIA E PELA ARQUEOLOGIA

    INCRIVEL

    ISSO SE CHAMA IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA

    Amigos e amigas eu já estou de saco cheio de escutar a mesma historinha protestante de que até o Século IV a Igreja Católica não existia e que só após uma suposta conversão do Imperador Constantino a Igreja Católica foi fundada e nasceu para o mundo, assim eles negam a Cátedra do Bispo de Roma, o Papado e sua autoridade;

    Para desmascara essa mentira eu mostrarei aqui para vocês um documento do Século II e foi escrito pelo Pastor Hermas por volta do ano 150 D.C, esse documento é chamado:

    Cânon de muratori nele o autor cita alguns livros que hoje temos como canônicos e outros que nem temos conhecimento dos seus conteúdos.

    O mais importante nesse documento são as citações sobre a Igreja Católica e a autoridade do bispo de Roma (PAPA).

    “E além disso, são tidas como sagradas uma [epístola] a Filemon, uma a Tito e duas a Timóteo; ainda que sejam filhas de um afeto e amor pessoal, servem à honra da Igreja católica e à ordenação da disciplina eclesiástica.

    Correm também uma carta aos Laodicenses e outra aos Alexandrinos, atribuídas [falsamente] a Paulo, mas que servem para favorecer a heresia de Marcião, e muitos outros escritos que não podem ser recebidos pela Igreja católica porque não convém misturar o fel com o mel.”

    Perceberam meus Irmãos Católicos, o autor “Hermas morto no ano 160 da era cristã”

    um Cristão do II Século, muito tempo antes de Constantino foi bem claro em sua afirmação sobre a autoridade da Igreja Católica, mas nossos amigos hereges podem vir com aquela falácia de que tudo bem a Igreja se chamava mesmo Católica, mas não era romana.

    Infelizmente o mesmo autor “Hermas” cita a autoridade da Cátedra do Bispo de Roma, pois ele nada mais era do que irmão do Santo Padre PIO.

    Veja a grande prova

    Cânon de Muratori.

    “Recentemente, em nossos dias, Hermas escreveu em Roma “O Pastor”, sendo que o seuirmão, Pio, ocupa a cátedra de bispo da Igreja de Roma. É, então, conveniente que seja lido, ainda que não publicamente ao povo da Igreja, nem aos Profetas – cujo número já está completo -, nem aos Apóstolos – por ter terminado o seu tempo. De Arsênio, Valentino e Melcíades não recebemos absolutamente nada; estes também escreveram um novo livro de Salmos para Marcião, juntamente com Basíledes da Ásia…”

    Agora caiu a mascara protestante, pois além do autor que se chama “Hermas” ter citado a igreja Católica ele cita a Cátedra do Bispo de Roma, ou seja, (PAPA);

    O autor desse documento chamado “Hermas falecido no ano 160 da era cristã” escreveu por volta de 150 D.C e se apresenta como irmão de PIO que ocupava a Cátedra de Bispo da Igreja de Roma, para quem não sabe esse BISPO PIO era nada mais nada menos que:

    São PIO bispo de Roma entre 140 a 155DC nascido em Aquiléia na Grécia, foi o décimo PAPA depois de São Pedro sucedeu a São Higino e foi sucedido por Santo Aniceto.

    Como EU SOU FELIZ de ser Católico da única e verdadeira Igreja de Jesus Cristo, será que agora mesmo sabendo disso os hereges continuarão em suas seitas satânicas? Fingindo que acreditam nas mentiras que seus pastores inventam?

    Assim diz as escrituras sagradas.

    Mateus 16

    18. E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.

    AGORA MAIS UM POUCO DE ARQUEOLOGIA E HISTÓRIA

    VEJA AQUI PROVAS CLARAS DA ÉPOCA DO OCORRIDO E DOS FATOS

    VEJAM

    O TROFÉU DE GAIO é o monumento construído sobre o túmulo do Apóstolo Pedro “ A tradição cristã atesta que o apóstolo Pedro foi crucificado em Roma e sepultado no cemitério Vaticano ”

    Como também os padres da igreja confirmam isso e também a arqueologia também confirmam tais verdades absolutas vamos lá

    VEJA A GRANDE PROVA AQUI

    ISSO É A PATRÍSTICA ISSO É HISTÓRIA E OS FATOS QUE SE UNEM E SE CONFIRMAM POR SI PRÓPRIA SEM NENHUMA CONTRADIÇÃO

    VEJA

    Gaio, presbítero romano, em 199 da era cristã: “diz assim

    nós aqui em Roma temos algo melhor do que o túmulo de Filipe. Possuímos os troféus dos apóstolos fundadores desta Igreja local. Ide à Via Ostiense e lá encontrareis o troféu de Paulo; ide ao Vaticano e lá vereis o troféu de Pedro.“

    E CONTINUA O SEU DISCUSO AFIRMANDO O QUE TODOS PADRES DA IGREJA AFIRMAM em seus escritos de SÃO PEDRO SER O PRIMEIRO BISPO EM ROMA

    VEJAM

    Gaio dirigiu-se nos seguintes termos a um grupo de hereges: “Posso mostrar-vos os troféus (túmulos) dos Apóstolos. Caso queirais ir ao Vaticano ou à Via Ostiense, lá encontrareis os troféus daqueles que fundaram esta Igreja.

    História também contada pelo maior historiador cristão ”(Eusébio de Cesaréia nascido no ano 265 da era cristã, História Eclesiástica, 1125, 7.)

    ISSO É FANTÁSTICO MEUS IRMÃOS CATÓLICOS

    E MAS ESSES TESTEMUNHOS HISTÓRICOS DE GAIO TEM BASES E POSSUEM SUSTENTAÇÕES

    PRA QUEM NÃO SABE O PRESBÍTERO GAIO OU CAIO VIVEU NO TEMPO DO PAPA ZEFERINO NASCIDO NO ANO 199 E FALECIDO NO ANO 217 DA ERA CRISTÃ

    Agora voltando ao texto o presbítero Gaio ao discutir com Probo, chefe da seita dos catafrígios, indica onde Pedro e Paulo foram sepultados: “ Eu, porém, posso mostrar o troféu dos Apóstolos. Se, pois, quiseres ir ao Vaticano ou à Via Ostiense, encontrarás os troféus dos fundadores desta Igreja ”

    VOU DA MAIS UMA REFERÊNCIA MEUS AMIGOS E AMIGAS

    ESSE EPISODIO VOCÊ ENCONTRA NO LIVRO

    DO MAIOR HISTORIADOR CRISTÃO DA HUMANIDADE NASCIDO NO ANO 265 DE NOME EUSÉBIO DE CESARÉIA QUE FOI MORTO NO ANO 339 DA ERA CRISTÃ}

    O BISPO EUSÉBIO DE CESARÉRIA ESCREVEU A HISTÓRIA ECLESIÁSTICA QUE CONTA EM 10 VOLUMES A HISTÓRIA DA IGREJA COM MAIS OU MENOS 5000 MIL PAGINAS

    NESSA OBRA VOCÊ ENCONTRARÁ UM POUCO DOS FATOS E DA HISTÓRIA DE MUITOS ESCRITORES ECLESIÁSTICOS E DOS BISPOS PADRES DA IGREJA

    E DE VARIAS OBRAS E ESCRITOS COMO TAMBÉM DAS HERESIAS E DOS RELATOS DOS MÁRTIRES E DOS IMPERADORES DO PRIMEIRO SÉCULOS ATÉ O ANO 303 DA ERA CRISTÃ

    E MAS NESSA OBRA HISTÓRIA ECLESIÁSTICA DE EUSÉBIO DE CESARÉRIA ELE FAZ REFERÊNCIAS A UMAS 250 OBRAS ESCRITAS DE VÁRIOS PADRES DA IGREJA E ESCRITORES ECLESIÁSTICOS

    AGORA VAI UMA DICA TEM UNS HISTORIADORES PROTESTANTES VAGABUNDOS E MENTIROSOS QUE DIZEM QUE EUSEBIO DE CESAREIA NÃO CITA SÃO PEDRO COMO O PRIMEIRO PAPA ISSO É UM ABSURDO

    PRIMEIRO EUSEBIO DE CESAREI FOI UM BISPO DA IGREJA E MAIS OS PADRES DA IGREJA DO SEU TEMPO TESTIFICAM ISSO

    COMO TODOS OS PADRES DA IGREJA TAMBÉM TESTIFICAM E AINDA FAZEM REFERÊNCIAS POR ISSO EU DIGO CUIDADO COM ESSES HISTORIADORES PROTESTANTES POIS ELES TIRAM FRASES DO CONTESTO E FAZEM JOGO DE PALAVRAS TIRANDO VERSOS E PALAVRAS DE SUAS REAIS FRASES

    AGORA DESMASCARANDO A CEITA PROTESTANTE QUE AFIRMAM QUE CONSTANTINO FOI QUEM FUNDOU A IGREJA CATÓLICA

    VOU MOSTRAR E PROVAR AGORA

    REAIS PROVAS CLARAS QUE É TESTIFICADO NOS ESCRITOS DO SEU TEMPO

    COMO É TAMBÉM CONFIRMADO COMO VERDADEIRO PELA ARQUEOLOGIA

    VAMOS LÁ

    = Pedro jaz aqui ou Pedro está aquiine sortePMas extraordinária foi a descoberta, no muro vermelho, de uma inscrição em grego afirmando que Pedro está ali. A pedra onde está escrito PETR[…] ENI[…] –

    = Pedro em paz .]ener[i ne ]so[rteP14. Outra interpretação: PETR[OC] EN I[RENE] –

    = Pedro jaz aqui .ine sorteP15. Desenho da pedra escrita

    16. No muro “g” foram encontrados grafites com inscrições e símbolos

    17. Alguns grafites do muro “g”

    18. O muro “ g ” , onde estão os grafites

    , e em Pedro = PE nome em forma de chave simb óli ca.sotsirC19. Grafites do muro “g” com o desejo de vida em Cristo XP = IN

    , Cristo), e P E (PETRUS, Pedro).sotsirC20. Aparece tamb ém o nome de Maria nos grafites do muro “g” junto com os s ímbolos XP (

    21. Conclusões – o TROFÉU DE GAIO prova que o Apóstolo Pedro foi sepultado em Roma – prova também que a devoção a Maria estava presente em Roma antes da construção da basílica de São Pedro por Constantino, ou seja, 100 anos antes do Concílio de Éfeso, que decretou o dogma de que Maria é Mãe de Deus

    TESTIFICANDO ISSO VOU MUITRAR AQUI UM TESTEMUNHO DESSAS VERDADES MUITO ANTES DISSO

    QUEBRANDO TODA TESE DOS PROTESTANTES

    VEJAM

    Esse é uns dos textos mais antigo relatando a Assunção de Virgem Maria é o texto de Dionísio Areopagita morto no ano 96 da era cristã :

    Dionísio de Areopagita (morto no ano 96 da era cristã,Foi discípulo do apóstolo São Paulo

    Esses testemunhos é relatado na tradição

    nos escritos dos padres da igreja e guardado na história incontestavelmente

    VEJA

    Um pedaço da carta de Dionísio de Areopagita que fala sobre Maria

    veja

    “Pois até mesmo entre os nossos hierarcas inspirados, quando, como tu sabes, nós juntamente com ele [um presbítero ateniense chamado Hierotheos] e muitos de nossos santos irmãos se reuniram para contemplar aquele corpo mortal [de Maria], Fonte da Vida, que recebeu o Deus encarnado, e Tiago, irmão de Deus [isto é, Tiago de Jerusalém] estava lá, e Pedro, o chefe maior dos escritores sagrados.

    E ainda existem protestantes que dizem que São Pedro não foi o chefe dos apóstolos isso é uma piada e mais essa carta é do primeiro século e escrita por um discípulo do apóstolo São Paulo e mais isso é no primeiro século meus irmãos amados

    ISSO É A IGREJA CATÓLICA MEUS AMIGOS E AMIGAS

    VEJA O QUE DIZ AGORA

    o bispo Dionísio de Corinto morto no ano 170 da era cristã,

    Veja o que ele diz num extrato de uma de suas cartas aos romanos (170):

    “Tendo vindo ambos a Corinto, os dois apóstolos Pedro e Paulo nos formaram na doutrina evangélica. A seguir, indo para a Itália, eles vos transmitiram os mesmos ensinamentos e, por fim, sofreram o martírio simultaneamente.”

    ISSO É INCONTESTÁVEL POIS TEM FONTE HISTÓRICA E MOSTRA CLARAMENTE A IGREJA CATÓLICA COM SEUS BISPOS

    ISSO É FATO

    PARA QUEM NÃO SABE SE VOCÊ COLOCAR UMA SÓ VÍRGULA EM QUAL QUER ESCRITO ANTIGO

    A PRÓPRIA HISTÓRIA MOSTRA QUE ESSE ATO FOI ADULTERADO

    SE CASO ISSO FOSSE MENTIRA TERIAMOS MILHARES DE ESCRITOS

    QUE POR SI PRÓPRIO IRIAM SE CONTRADIZER

    SENDO ASSIM A HISTÓRIA ENTRARIA EM CONTRADIÇÕES COISA QUE NÃO EXISTE

    VOU MOSTRAR AGORA OUTRO FATO OCORRIDO NA HISTÓRIA QUE É CONFIRMADO PELA ARQUEOLOGIA E PELOS PADRES DA IGREJA DA ÉPOCA

    E MAIS EXISTEM MILHARES DE PROVAS E ESCRITOS E TESTIFICAÇÕES DE VÁRIOS PADRES DA IGREJA DESSE FATO OCORRIDO QUE É INCONTESTÁVEL

    CONHEÇAM O EPITÁFIO DE ABÉRCIO DE HIERÁPOLIS MORTO NO ANO 167 DA ERA CRISTÃ

    VEJA

    O epitáfio de Abércio de Hierápolis, do final do século II, é o monumento de pedra mais antigo que se refere à eucaristia. Abércio tinha sido bispo de Hierápolis, na Frígia. Aos 72 anos de idade mandou fazer a inscrição, na qual fala, entre outras coisas, do seu envio a Roma pelo Pastor, encontrando por toda parte irmãos na fé, dos quais recebeu o “peixe” (ICHTHYS, em grego, abreviação de “Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador” – a iconografia cristã aproveitará esta simbologia), vinho misturado e pão. Atesta o costume cristão de se orar pelos mortos.

    ISSO É A IGREJA CATÓLICA

    AGORA TIREM MAIS PROVAS CLARAS NOS ESCRITOS DE ORÍGINES (NASCIDO NO ANO 185 E FALECIDO NO ANO 253 DA ERA CRISTÃ)

    Orígenes foi responsável pela Escola catequética em Alexandria

    veja o que ele afirmou:

    “Pedro, ao ser martirizado em Roma, pediu e obteve fosse crucificado de cabeça para baixo”

    “Pedro, finalmente tendo ido para Roma, lá foi crucificado de cabeça para baixo.”

    AQUI

    ORÍGENES ESSE GRANDE PADRE DA IGREJA

    CONFIRMA O QUE O PRÓPRIO HISTORIADOR ROMANO DE NOME CORNÉLIO TÁCITO NASCIDO NO ANO 55 DA ERA CRISTÃ ESCREVEU

    QUE NERO MATAVAM OS CRISTÃOS DO SEU TEMPO

    E MUITOS DELES ERAM MORTOS NO SEU CIRCO

    O FAMOSO E CONHECIDO CIRCO DE NERO ESCRITO PELO HISTORIADOR ROMANO CORNÉLIO TÁCITO NASCIDO NO ANO 55 DA ERA CRISTÃ

    AGORA VAI UM AVISO SINCERO

    MEUS CAROS IRMÃOS CATÓLICOS

    NUNCA LEIAM NADA DAS MÃOS DE PROTESTANTES POIS ELES ADULTERAM TEXTOS SAFADAMENTE E VENDEM CALUNIAS E MENTIRAS QUE CONTAMINAM A MENTEPARA ENGANAR PESSOAS DE BOA FÉ

    POR ISSO VAI UM AVISO

    LEIAM SEMPRE OS ORIGINAIS

    AGORA PRA CALAR A BOCA DE TODOS OS HEREGES HISTORIADORES PROTESTANTES QUE NEGAM A IGREJA CATÓLICA E O PRIMADO DE SÃO PEDRO EM ROMA

    VOU MOSTRAR INDISCUTIVELMENTE AQUI

    UNS DOIS MAIORES HISTORIADORES DA ÉPOCA DE SÃO PEDRO

    ISSO É FATO VERÍDICO TEM LUZ E PROVAS E É CONFIRMADO E TESTIFICADO POR TODOS

    VOU MOSTRAR AGORA O QUE ESCREVEU NUMA DE SUAS OBRAS UNS DOS MAIORES HISTORIADORES ROMANOS DE TODOS OS TEMPOS

    Públio (Caio) Cornélio Tácito (em latim Publius (Gaius) Cornelius Tacitus) ou simplesmente Tácito, (NASCEU NO ANO 55 E FALECEU NO ANO 120 DA ERA CRISTÃ) CORNÉLIO TÁCITO foi um historiador, orador e político romano.

    Ocupou os cargos de questor, pretor (88), cônsul (97) e procônsul da Ásia (aproximadamente110-113).

    AGORA PRA QUEM NÃO SABE ESSE HISTORIADOR NUNCA FOI CRISTÃO

    VEJA O QUE ELE DIZ EM SEU LIVRO

    O historiador romano Tácito descreveu essa perseguição: “Portanto, em primeiro lugar foram presos aqueles que confessavam abertamente sua crença [na ressurreição de Cristo]; depois, por denúncia destes, foi presa uma grande multidão, não tanto sob a acusação de ter provocado o incêndio, mas, sim, pelo ódio que tinham à espécie humana. À morte de todos eles acrescentava-se o escárnio, pois que, revestidos de peles de animais, pereciam dilacerados pelos cães, ou eram pregados nas cruzes, ou queimados vivos, ao pôr-do-sol, como tochas para a noite. Nero cedeu seus jardins para esse espetáculo, e providenciou jogos circenses, participando deles misturado à multidão, em vestes de auriga, ou de pé sobre o carro. Por isso, embora fosse gente culpada e merecedora de tão originais tormentos, crescia um sentimento de piedade por eles, pois eram sacrificados não para o bem comum, mas em razão da crueldade de um só” (Anais, XV, 44, 4-5).

    ISSO FICA CLARO QUE OS NOSSOS PADRES DA IGREJA SANTO INÁCIO,

    POLICARPO DE ESMIRNA E VÁRIOS OUTROS MÁRTIRES FORAM REALMENTES MORTOS POR MÃOS DE IMPERADORES

    COMO CLARAMENTE MOSTRA ESSE HISTORIADOR DA ÉPOCA

    QUE AFIRMA NO SEU LIVRO QUE OS MÁRTIRES MORRIAM NO COLISEU NA BOCA DE LEÕES

    COMO MOSTRA TAMBÉM QUE NERO MATAM OS MÁRTIRES E MUITOS MORRIAM NUMA CRUZ

    POR ISSO NÃO É LENDA SÃO PEDRO MORREU NUMA CRUZ PREGADO DE CABEÇA PRA BAIXO

    COMO AFIRMAM VÁRIOS ESCRITORES ECLESIÁSTICOS E PADRES DA IGREJA DA ÉPOCA

    ISSO É FATO VERÍDICO

    A IGREJA NASCEU CATÓLICA

    VEJA

    Para provar isso vou mostrar que Santo Ireneu de Lião nascido no ano 130 da era cristã escreveu a lista dos bispos da Cidade Eterna, na qual diz que “depois dos Santos Apóstolos (Pedro e Paulo) terem fundado a Igreja,

    São Lino passou a ocupar o episcopado romano (pra quem não sabe esse papa de nome São Lino é mencionado por São Paulo em 2Timóteo 4,21),agora para confirmar tudo isso

    veja o que diz Santo Irineu de Lião nascido no ano 130 da era cristã

    sendo sucedido por Anacleto e, depois deste, Clemente (Romano), que conheceu Pedro pessoalmente”.

    ISSO ACABA COM QUAL QUER TESE VINDA DE QUAL QUER SEITA PROTESTANTE QUE CONTESTA O PRIMADO DE PEDRO AGORA SE CONTINUAR A CONTESTAR POR FAVOR ME MOSTRE APENAS UM FATO VERÍDICO DA ÉPOCA QUE DIZ O CONTRÁRIO

    EU DUVIDO

    IRMÃO E IRMÃS VOU MOSTRAR MAS PROVAS HISTÓRICAS

    AGORA VEJA COMO A IGREJA CATÓLICA ERA ERA NOS PRIMEIROS SÉCULOS

    OLHA ESSE RELATO DESSE PADRE DA IGREJA

    ISSO É INCONTESTÁVEL

    Tertuliano, nascido no ano 160 da era cristã e morto no ano 220 da era cristã diz isso em sua obra o eminente pai da igreja menciona, por volta do ano 218, “aqueles a quem Pedro batizou no Tibre” (Sobre Batismo, 4). Em seu trabalho Prescrição contra os hereges (36), ele diz que a igreja de Roma “afirma que Clemente foi ordenado por Pedro.”

    “A Igreja também dos romanos pública – isto é, demonstra por instrumentos públicos e provas –que Clemente foi ordenado por Pedro.“

    “Feliz Igreja, na qual os Apóstolos verteram seu sangue por sua doutrina integral!” – e falando da Igreja Romana,“onde a paixão de Pedro se fez como a paixão do Senhor.“

    AGORA VEJA

    O QUE ELE DIZ É CONFIRMANDO O QUE O PRÓPRIO HISTORIADOR CORNÉLIO TÁCITO ESCREVEU NO PRIMEIRO SÉCULO

    VEJA

    Tertuliano, nascido no ano 160 da era cristã

    “Nero foi o primeiro a banhar no sangue o berço da fé. Pedro então, segundo a promessa de Cristo, foi por outrem cingido quando o suspenderam na Cruz.” (Scorp. c. 15)

    AGORA VEJA OUTRA GRANDE PROVA INCONTESTÁVEL

    VEJA O RELATO DE

    Papias (nascido no ano 70 e morto no ano 155 da era cristã ),

    Veja o que diz Papias

    diz-nos que Marcos escreveu seu evangelho (baseado em sermões de Pedro), na cidade de Roma.

    ISSO É MARAVILHOSO E É UM GRANDE TESTEMUNHO DE FÉ POIS MOSTRA CLARAMENTE COMO TODOS OS ESCRITOS DA ÉPOCA QUE SÃO PEDRO VIVEU SUA DE VIDA SENDO BISPO DA CIDADE DE ROMA ISSO É INCONSTESTÁVEL

    MEUS IRMÃOS E MINHAS IRMÃS

    EU VOU MOSTRAR AGORA MAIS UMA VEZ OUTRO DOCUMENTO QUE É MUITO ANTES DE CONSTANTINO TER NASCIDO

    COMO TODA MATÉRIA DESSE ESTUDO

    VEJAM

    OLHE O QUE DIZ O PAPA ZEFERINO MORTO NO ANO 217 DA ERA CRISTÃ

    EPÍSTOLA DO PAPA ZEFERINO

    Zeferino,
    Bispo da cidade de Roma,
    aos mui queridos irmãos que servem ao Senhor no Egito.

    “Recebemos uma grande responsabilidade do Senhor, fundador desta Santa Sé e da Igreja apostólica, e do bem-aventurado Pedro, chefe dos apóstolos: a de que possamos trabalhar com amor infatigável pela Igreja universal, que foi remida pelo Sangue de Cristo, e, assim, com autoridade apostólica, apoiar os que servem ao Senhor, bem como ajudar a todos os que vivem fielmente. Todos os que vivem piedosamente em Cristo devem resistir à condenação dos ímpios e dos estranhos; estes devem ser desprezados como estúpidos e loucos. Assim se farão melhores e mais puros aqueles que renunciam às boas coisas temporais com o fim de conquistar as da eternidade. Porém, o desdém e a burla daqueles que os afligem e os desvalorizam se voltarão sobre eles mesmos quando sua abundância tornar-se necessidade e seu orgulho [tornar-se] confusão.”

    ISSO É INCONTESTÁVEL

    Agora Continuando a matéria veja o que diz Santo Inácio de Antioquia nascido no ano 35 da era cristã

    Veja

    “Não é como Pedro e Paulo que eu vos dou ordens; eles foram apóstolos, eu não sou senão um condenado” (Santo Inácio Bispo de Antioquia – Carta aos Romanos 4,3 – 107 d.C).

    ESSE TESTEMUNHO DE SANTO INÁCIO TOCA A NOSSA ALMA DE EMOÇÃO FELICIDADE

    vou mostrar agora algumas outras obras que surgiram no segundo século que falam que São Pedro esteve em Roma

    VAMOS LÁ

    Nos primeiros anos do século II um documento siríaco,

    chamado A Pregação de Pedro, foi escrito. Sua data é indicada pelo fato de que o gnóstico Heracleon, o utilizou em seus escritos durante o tempo do imperador Adriano (117-138 dC).

    Para quem não sabe a pregação de Pedro traz “São Pedro e São Paulo juntos em Roma, e divide os discursos e declarações que tiveram lugar lá entre os dois … é notoriamente fundado sob fato universalmente admitido de São Pedro ter trabalhado em Roma.”

    É inconcebível pensar que tal documento (alegando aceitação como um produto genuíno da era apostólica) teria apresentado uma fábula sem fundamento sobre a presença de Pedro em Roma, numa altura em que muitos que tinham visto o apóstolo ainda estavam vivos!

    Que exemplos

    Procurem por escritos da época e mais pra frente que mostre o contrário isso não existe

    Somente as seitas protestante por não estudar nas fontes as contesta

    E REFORÇANDO ESSA MESMA TESA DE SÃO PEDRO EM ROMA

    Saibas que trinta anos depois do martírio do Apóstolo São Pedro em Roma

    O papa Santo Anacleto construiu um oratório no local onde os fiéis se reuniam. Também se acha o testemunho do papa São Clemente Romano, que escreveu uma carta contemporânea do Evangelho de São João (90 d.C.), em que cita a morte gloriosa do pescador da Galiléia.

    Essa história é registrado em vários escritos primitivos sem nenhuma sombra de duvida

    E PARA REFORÇAR ESSAS VERDADES ABSOLUTAS

    MEUS IRMÃOS CATÓLICOS E CATÓLICAS

    Vou mostrar que dos relatos não-cristãos também se sobressai a crônica de Celso ao imperador Adriano (117-138), em que ele assegura que o nome de Pedro gozava de grande popularidade na capital do Império

    ISSO É FATO

    E MAIS EXISTEM LIVROS DE HISTÓRIA DE VARIOS AUTORES NÃO CRISTÃO DO PRIMEIRO E SEGUNDO SÉCULO QUE COMPROVAM ESSAS VERDADES ABSOLUTAS

    AGORA VEJA MAIS PROVAS PRIMITIVAS CLARAS SOBRE A PRESENÇA DE SÃO PEDRO EM ROMA

    VEJA

    Fílon de Alexandria (grego: Φίλων ο Αλεξανδρινός Fílon o Alexandrinós, hebraico פילון האלכסנדרוני,Pilon ha-Alexandroni) foi um filósofo judeo-helenista (25 a.C. — ca. 50) que viveu durante o período do helenismo.

    Diz a história nos seus livros e nos catálogos que quando Claudio subiu ao trono em 41, ele tentou resolver este conflito – ordenando representantes de ambos os grupos étnicos para comparecerem perante ele em Roma.

    A segunda delegação, mais uma vez dirigida por Fílon, fez a viagem a Roma. Quando eles chegaram, Eusébio afirma que Fílon “Disse ter lido diante do Senado inteiro dos romanos sua descrição da impiedade do [Imperador] Caio, que ele intitulou, com certas ironias, refere a suas Virtudes, e suas palavras eram tão admiradas como se pudessem ter um lugar nas bibliotecas.”

    Enquanto Fílon estava em Roma ele se encontrou com Pedro!

    Note o que Willian Cave disse:

    “Aqui [em Roma], dizem-nos, ele [Pedro] se reuniu com Filon o judeu, que recentemente veio em sua segunda embaixada até Roma, em nome de seus compatriotas em Alexandria, e contraíu uma íntima amizade e familiaridade com ele.” (A vida dos Apóstolos. Oxford 1840. Pp. 200-201.)

    E mais para confirmar e mostrar essas verdades absolutas um grande historiador de nome Eusébio de Cesaréia comenta que “a tradição diz que ele [Filon] chegou a Roma no tempo de Cláudio para falar com Pedro que estava naquele tempo a pregação os de Roma. Isso, de fato, não pode ser improvável uma vez que o tratado a que nos referimos, composto por ele [Filon] muitos anos depois, obviamente, contém as regras da igreja que ainda são observados em nosso próprio tempo”(História Eclesiástica de Eusébio. Harvard University Press, Londres. 1975. p. 145).

    Meus irmãos e minhas irmãs saibam também que a partir do século I uma obra apócrifa chamada Ascensão de Isaías chegou até nós, e este é provavelmente é o primeiro documento mais antigo e que atesta o martírio de São Pedro em Roma.

    Em uma passagem (cap. 4, 2s), lemos a seguinte previsão:

    Então surgirá Belial, o grande príncipe, o rei deste mundo, que governa desde sua origem, e ele descerá do seu firmamento em forma humana, rei da maldade, assassino de sua mãe, ele mesmo é o rei deste mundo, e ele vai perseguir a planta que os 12 apóstolos do Amado plantaram, um dos12 será entregue em suas mãos.”

    Esta é uma clara referência ao imperador Nero, que assassinou sua mãe Agripina em 59 d.C, e colocou Pedro a morte em fevereiro de 68 d.C. Ele não pode ter se referido a Paulo, pois este foi decapitado em janeiro de 67 d.C, por Hélio, um dos prefeitos que foram deixados no comando de Roma enquanto Nero estava longe na Grécia entretendo os bajuladores cidadãos desta província.

    ISSO É FATO POIS NÃO EXISTE CONTRADIÇÕES

    E ESTÁ ESCRITO NA HISTÓRIA

    QUAL QUER UM QUE DUVIDAR É MUITO SIMPLES LEIA OS ESCRITOS DA ÉPOCA E ENCANTE-SE

    Irmão e irmãs notem agora o que diz “Hegésipo nascido no ano 110nos da era cristã e morto no ano 180 da era cristã

    Veja o que ele nos relata – em seu quarto livro de Memórias que chegou até nós – e que nos deixou um registro completíssimo de sua constatação.

    Neles, conta que numa viagem para Roma, encontrou um grande número de bispos e que recebeu a mesma doutrina deles.

    E mais Hegésipo faz referências da Epístola do papa São Clemente aos Coríntios

    isso mostra claramente mais uma vez o que todos os padres da igreja testificam sem nenhuma voz discorde

    E mais Hegésipo ainda fala do papa Aniceto cujo o seu nascimento é do ano 110 da era cristã

    E, cujo diácono era Eleutério.

    E mas Aniceto foi sucedido por Sótero, e esse por Eleutério. Em cada sucessão, e em cada cidade se confirmou que foi pregado de acordo com a lei, os profetas e o Senhor'” essa passagem você também encontrar no livro de 10 volumes de nome história eclesiástica escrito por Eusébio de Cesaréia que nasceu no ano 265 da era cristã (em fragmento na História Eclesiástica de Eusébio 4,22; ~180 dC).

    ISSO TUDO SÃO VERDADES ABSOLUTAS MEUS IRMÃOS E MINHAS IRMÃS

    ISSO SÃO PROVAS CLARISSÍMAS DOS FATOS OCORRIDOS DA ÉPOCA E DOS SEUS ACONTECIMENTOS E MAIS SAIBA QUE EM TODOS OS ESCRITOS DOS PADRES DA IGREJA A MAIORIA FAZEM REFERÊNCIAS DAS OBRAS DE CADA UM

    OLHA O QUE ESCREVEU NUM DE SEUS LIVROS SÃO CIPRIANO DE CARTAGO MORTO NO ANO 258 DA ERA CRISTÃ

    VEJA

    “Nosso Senhor, cujos preceitos e recomendações devemos observar, descrevendo a honra de um bispo e a ordem de Sua Igreja, falou no Evangelho, dizendo a Pedro: ‘Eu te digo que tu és Pedro, e sobre essa pedra edificarei a minha Igreja; e as portas do inferno não prevalecerão contra Ela. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus; e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.’ Daí, através do passar dos tempos e susseções, a ordem dos bispos e a hierarquia da Igreja permaneceu, de modo que a Igreja está fundamentada sobre os bispos, e cada ato da Igreja está controlado por aqueles mesmos administradores. Desde então, está fundamentada na lei divina. Eu me admiro de que alguns, com atrevida temeridade, preferiram me escrever como se escrevessem em nome da Igreja; isso quando a Igreja foi estabelecida sobre os bispos e o clero, e todos os que permaneceram firmes na fé” (Cipriano, Epístola 26,33 [aos proscritos]; 250 dC).

    15; ~445 dC).

    A IGREJA NASCEU CATÓLICA

    AGORA PARA OS PROTESTANTES QUE FURTAM FRASES DO CONTEXTO VOU DA

    A VERDADEIRA FRASE QUE EUSÉBIO DE CESARÉIA AFIRMA NO SEU LIVRO HISTÓRIA ECLESIÁSTICA

    VEJA

    Historia Eclesiástica XXV Livro VII
    “E Pedro, sobre quem se edifica a Igreja de Cristo, contra a qual não prevalecerão as portas do Hades

    E MAIS

    Note que Eusébio diz ainda que Depois de Pedro Alexandre foi o 5º bispo de Roma ou seja o 6º bispo de Roma:

    Pedro -> Lino -> Anacleto -> Clemente -> Evaristo -> Alexandre

    AGORA ALGUMAS PROVAS BÍBLICAS DOS APÓSTOLOS EM ROMA

    VEJAM

    Romanos 1,7. “a todos os que estão em Roma, queridos de Deus, chamados a serem santos: a vós, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e da parte do Senhor Jesus Cristo!”

    Romanos 1, 8. “Primeiramente, dou graças a meu Deus, por meio de Jesus Cristo, por todos vós, porque em todo o mundo é preconizada a vossa fé.”

    E por fim diz que Satanás será esmagado aos pés desta mesma Igreja: católica apostólica romana.

    VEJAM

    Romanos 16,20 “O Deus da paz em breve não tardará a esmagar Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco!”

  15. EDMILSON

    OS EVANGÉLICOS MISTURAM IMAGENS DE ÍDOLOS, (que é proibido),
    COM IMAGENS SACRAS, (que é permitido por Deus)!
    A idolatria é uma palavra formada por dois radicais, ido, que provém de ídolo e latria, que significa culto a uma divindade
    Veja aqui nesse versículo umas das piadas e contradições protestantes!

    E ainda:”Me prostro voltado para o teu sagrado templo” (Sl 138(137),2
    ]…E lá (no teu santuário), ó Senhor, possamos cantar com o Salmista: “Nós nos saciamos com os bens da tua casa, com as coisas sagradas do teu templo”
    (Sl 65(64),5).
    PROTESTANTES CHAME ESSE VERSÍCULO DE IDOLATRIA POIS É ISSO QUE A IGREJA FAZ NOS SEUS TEMPLOS.CONTRADIÇÕES PROTESTANTES
    VEJA
    Por outro lado, eu teria – se possível fosse – um enorme prazer em visitar o Templo de Deus, que Salomão mandou edificar; e no qual a glória de Deus pousou.
    Lugar Sacro em que abundavam inúmeras imagens de animais (touros e leões) – imagens que participavam do Verdadeiro Culto a Deus. Aliás, imagens sagradas e abençoadas e que, portanto, conjuntamente com todo o Templo do Altíssimo, eram reverenciadas. Está escrito: “Reverenciareis meu santuário” (Lv 19,30).
    E AGORA PARA REFUTAR OS PROTESTANTES DE UMA VEZ POR TODAS
    SAIBAS QUE era neste mesmo templo que os apóstolos e Jesus iam para orar:
    VEJA
    “Jesus passeava no templo, no pórtico de Salomão.” (João 10,23)

    “Enquanto isso, realizavam-se entre o povo pelas mãos dos apóstolos muitos milagres e prodígios.
    Reuniam-se eles todos unânimes no pórtico de Salomão.”(Atos 5, 12)

    AGORA EU PEREGUNTO?
    Estariam Jesus e os apóstolos sendo idólatras ao frequentar um templo repletos de imagens de escultura?Clao que não!
    OLHA AQUI MAIS UMA VEZ
    Fica provado, portanto, que Deus nunca proibiu a fabricação de imagens e sim de ídolos para a adoração, colocando-os no lugar do próprio Deus. Desmascaramos assim mais uma falsa interpretação protestante.

    A própria Bíblia as diferenciam, mais são os protestantes que misturam tudo!
    Vou mostrar uma prova bíblica sobre esse tema.
    No livro de Ezequiel, ele próprio cita de que tipo de imagens são ídolos, e os que são proibidos!
    Veja
    Ezequiel 8
    6 E ele me disse: Filho do homem, vês tu o que eles estão fazendo? as grandes abominações que a casa de Israel faz aqui, para que me afaste do meu santuário; Mas verás ainda outras grandes abominações.7 E levou-me à porta do átrio; então olhei, e eis que havia um buraco na parede.8 Então ele me disse: Filho do homem, cava agora na parede. E quando eu tinha cavado na parede, eis que havia uma porta.9 Disse-me ainda: Entra, e vê as ímpias abominações que eles fazem aqui.10 Entrei, pois, e olhei: E eis que toda a forma de répteis, e de animais abomináveis, e todos os ídolos da casa de Israel, estavam pintados na parede em todo o redor.
    No livro de Ezequiel, ídolos são figuras de répteis!
    Agora eu pergunto as seitas protestantes o que as figuras de répteis tem a ver com o catolicismo???

    Agora, vejam no mesmo livro de Ezequiel ele citando as imagens permitidas dentro do templo, e detalhe, TEM ROSTO HUMANO!
    Ezequiel 41
    1 ENTÃO me levou ao templo, e mediu os pilares, seis côvados de largura de um lado, e seis côvados de largura do outro, que era a largura da tenda.(…)17 No espaço em cima da porta, e até na casa, no seu interior e na parte de fora, e até toda a parede em redor, por dentro e por fora, tudo por medida.
    18 E foi feito com querubins e palmeiras, de maneira que cada palmeira estava entre querubim e querubim, e cada querubim tinha dois rostos,
    19 A saber: um rosto de homem olhava para a palmeira de um lado, e um rosto de leãozinho para a palmeira do outro lado; assim foi feito por toda a casa em redor.
    Agora vejam essas outras passagens bíblicas que vai contra toda tese do protestantismo
    Salomão mandou colocar no Santo templo imagens de
    – 2 QUERUBINS no Oráculo (III Reis 6,23-28),
    -mandou colocar no templo
    12 BOIS na bacia de bronze! (III Reis 7,25);

    Mandou colocar no templo
    BOIS e LEOES e QUERUBINS! (III Reis 7,28-29) e
    E ainda “como que figuras de HOMENS EM PÉ”, e

    Mais QUERUBINS e LEÕES (III Reis 7,36);
    Há ainda a estátua que ficou – por um bom período de tempo – na Casa de Deus em Silo: “Eles instalaram para seu uso a imagem que Micas havia esculpido, e ela permaneceu lá todo o tempo em que subsistira a casa de Deus em Silo” (Jz 18,31).

    Haja vista existirem estátuas aceitas no templo (querubins, leões, touros: 1Rs 7,29; além de escultura de guirlandas e palmas: 2 Cron 3,5),afora a estátua da serpente de bronze (cf. Nm 21,8-9) ou dos ratos e tumores (cf. 1Sm 6,11).
    Agora eu me pergunto? Não seria contradição se realmente fosse proibido fazer imagens
    Pois quem abomina quem faz imagens jamais em hipótese alguma daria ordens para fazê-las vocês não acham?
    Pode ter certeza que se fosse proibido fazer imagens
    COMO AS SEITAS PROTESTANTES AFIRMAM A PRÓPRIA BÍBLIA jamais faria referências a imagens
    POIS SE DEUS DIZ NÃO COMETERÁS ADULTÉRIO E NA MESMA BÍBLIA TIVESSE PASSAGENS QUE SE PODE COMETER ADULTÉRIO NÃO SERIA UMA GRANDE CONTRADIÇÃO?
    POR ISSO SE FOSSE PROÍBIDO FAZER IMAGENS OS VERSÍCULOS BÍBLICOS NÃO NOS DARIA MILHARES DE MILHARES DE REFERÊNCIAS SOBRE O TEMA IMAGENS.
    Vamos AGORA ler em Atos 28 Veja o que fez o Católico São Paulo quando embarcou em um Navio indo Para ROMA

    “Ao termo de três meses, embarcamos num navio de Alexandria, que havia passado o inverno na ilha. Este navio levava por INSÍGNIAS* os DIÓSCUROS*”. (At 28,11)

    O NOME INSÍGNIAS : É EMBLEMAS, IMAGENS

    E O NOME DIÓSCUROS: REPRESENTA A IMAGEM DE CASTOR E PÓLUX, ORNANDO A PROA DO NAVIO

    Agora São Paulo, ao embarcar nesse navio cheio de imagens ele não aproveitou a ocasião para condenar aquelas imagens, porque São Paulo era Católico e não um protestante pois ele sabia muito bem distinguir Imagem de Ídolo.

    Agora vamos pensar e raciocinar.

    tanto em Êxodo 20,4, quanto em Deuteronômio 5,8 consta o seguinte
    “לא תעשׁה לך פסל וכל תמונה אשׂר בשׂמים ממעל ואשׂר בארץ מתחת ואשׂר במים מתחת לארץ ”
    A quarta palavra da direita para a esquerda encontramos a palavra “פסל” que se lê “FESEL” que, no hebraico, significa ÍDOLO.

    E mais nas traduções bíblicas encontramos quase sempre “IMAGENS DE ESCULTURA” ou “IMAGENS ESCULPIDAS”.

    Devemos entender que não se trata de qualquer imagem e sim apenas como imagens de ídolos.

    É o que se entende quando lemos com cuidado todo o início do Decálogo em que podemos verificar facilmente que se trata de ídolos.
    Por isso de forma alguma devemos aí incluir toda e qualquer imagem que Deus considera
    Caso Fosse o contrário, então Deus não teria:

    1 – mandado fazê-las (Êxodo 25,18; Números 21,8)

    2 – dado suas ordens ao povo falando do meio dos querubins de ouro (Êxodo 25,22);

    3 – operado milagres através delas (Números 21,9; Êxodo 25,22);

    4 – aprovado tais imagens, quando encheu com sua glória o templo de Salomão (que estava repleto delas “por dentro e por fora”) (Números 21,9; 1 Reis 8, 10-11; Êxodo 25,22);

    5 – permitido que seus amigos o adorassem prostrados à frente delas (Josué 7,6)

    Aqui fica claro que Deus proíbe ídolos se caso não fosse Deus não dirá assim para Moisés
    Veja
    Deus informa a Moisés o seguinte: Eu escolhi Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá, e o enchi do Espírito de Deus, dando-lhe destreza, habilidade e plena capacidade artística para (desenhar) e executar trabalhos em ouro, prata e bronze, para talhar e esculpir pedras, para entalhar madeira e executar todo tipo de obra artesanal
    Nesse versículo fica claro que é safadeza protestante e dos seus pastores que fazem lavagem cerebral em pessoas inocentes e leigas que são levadas e enganadas pelo livre exame bíblico
    A conhecida sola scriptura.

    Pois meus irmãos católicos e minhas irmãs católicas
    Saibas que são enormes os erros de tradução de João Ferreira de Almeida sobre a palavra Imagens.
    Saibas que em 1683, o tradutor da Bíblia protestante em língua Portuguesa, João Ferreira de Almeida, passa a adulterar as Sagradas Escrituras, colocando o termo “Imagens de Escultura” no lugar de ÍDOLO.
    Para desmascarar esse farsante é simples!
    Leia Exodo 20 verso 3 e 4, no grego e no hebraico, e pegue a palavra EIDLON e PHESEL, traduze ela e veja
    Que a Bíblia protestante está adulterada, em IMAGENS DE ESCULTURA,

    Vejamos esta frase nos escritos originais!
    “לא תעשׁה לך פסל וכל תמונה אשׂר בשׂמים ממעל ואשׂר בארץ מתחת ואשׂר במים מתחת לארץ
    A palavra “פסל” foi escrita em hebraico e se lê “PESEL” que se traduz no grego por “ÊIDOLON” e em português por ÍDOLO. Confira então algumas falsificações, em (Êxodo 20,4) (Isaías 42, 8) (Isaías 42, 17) (Isaías 44,9) (Isaías 44, 10) (Isaías 44,15) (Isaías 44,17) onde nos originais estão as palavras “ÍDOLOS”.
    Além de enfiar a palavra“imagem de escultura”em sua tradução, João Ferreira de Almeida criminosamente enfia também a palavra “procissão” em (Is 45,20). Assim maldosamente, depois de querer condenar as imagens usa mais um pretexto para negar as procissões Católicas.
    As informações daquela época não diziam se Almeida sabia hebraico, mas há uma certeza de que nunca teve às mãos os originais da Bíblia, e sim, escritos do século XVI de Erasmo de Roterdan.

    Por isso hoje, os erros na tradução de João Ferreira de Almeida, aumentaram, incluindo os de gramática, com frases inteiras erradas, tanto pela fraseologia quanto pela ortografia e sintaxe.

    Os atualizadores das edições contemporâneas são, na maioria, estrangeiros, que mal conhecem a língua portuguesa, e escrevem no nosso idioma palavras e frases tiradas do inglês, pois é comum esses revisores e atualizadores serem norte-americanos.
    Para aqueles que não sabem muito sobre a vida de João Ferreira de Almeida, eis um pequeno comentário!
    Almeida saiu do Catolicismo por volta de 1642, para ingressar no protestantismo com o objetivo de trabalhar na Igreja Reformada Holandesa, tornando-se radicalmente um anti-Católico.
    Tinha deixado Portugal para viver em Málaca na Malásia, mas em 1651 se transferiu para a Batávia e, em 1656, se ordenou pastor. Por volta de 1642 começou a traduzir para o Português uma parte do Novo Testamento e em 1683 completou a tradução do Pentateuco.
    João Ferreira de Almeida nunca foi Padre, mas usava este título para ganhar credibilidade, pois eram assim também chamados os missionários protestantes.
    O protestantismo atual não sabendo destas falsas traduções, aprendeu através de várias gerações a acusar os Católicos de adorar imagens. Muitas vezes conseguiram e ainda conseguem confundir os mais simples.
    Lendo na Bíblia (Ex 20,1-5), percebemos que Deus proíbe severamente a fabricação de ídolos(falsos deuses) para serem colocados no lugar do Deus verdadeiro (criador do universo) mas Ele não proíbe a fabricação de imagens.
    Vou aqui esclarecer melhor:

    O que é Imagem: é a representação de um ser em seu aspecto físico. Assim imagem é
    : é um falso deus, inventado pela fantasia humana (sol, lua, animais, etc.) Os povos vizinhos dos antigos Israelitas adoravam vários deuses e fabricavam vários ídolos. uma fotografia, uma estátua, um quadro, etc.
    O que é Ídolo é um falso deus, inventado pela fantasia humana (sol, lua, animais, etc.) Os povos vizinhos dos antigos Israelitas adoravam vários deuses e fabricavam vários ídolos.
    O que é Adorar: é o ato de considerar Deus como o único criador e senhor do mundo.
    O que é Idolatria: é o ato de adorar o ídolo, o falso deus, ou seja, é considerar o falso deus como criador e senhor do universo.
    O que é Venerar: é imitar, honrar, louvar, homenagear, saudar, etc. Por isso, nós Católicos, veneramos os Anjos, os Santos e Nossa Senhora.
    Por isso é certo que quando as imagens não são para serem colocadas no lugar de Deus, isto é, quando as imagens não são para serem adoradas, então o mesmo Deus as manda fazer, e muitas. Confira em: (Êxodo 25,18-20) (26,1-2; 37,7-9) (1 Reis 6,23-29) (1 Reis 6,32; 7,36; 8,7) (2 Crônicas3,10-14; 5,8) (Ezequiel 41,17-21) (Números 21,8-9) (1 Crônicas 28,18-19) (Números 7,89) (1 Samuel 4,4) (2 Samuel 6,2) (Hebreus 9,5)
    O templo de Deus, construído ricamente pelo rei Salomão, estava cheio de imagens de escultura e Deus se manifestou nesse templo e o encheu de sua glória: (Ezequiel 41,17-20 – 43,4-6). Nesse templo havia até imagens gigantes: (1 Reis 6,23-35) (2 Crônicas 3,10-14) tinha “a serpente de bronze, querubins de ouro, grinaldas de flores, frutos, árvores, leões”, etc. (Números. 21,9) (Êxodo 25,13) (Ezequiel 1,5; 10,20) (1 Reis 6,18,23; 7,36) (Números 8,4).
    Os primeiros Cristãos usavam imagens nos lugares de culto, nos cemitérios e nas catacumbas. Perseguidos, para auxiliar sua fé tão posta à prova, pintavam e esculpiam naqueles subterrâneos, figuras representando Cristo e Sua Mãe Santíssima. O que mostra de passagem que o culto também à Mãe de Cristo é tão antigo quanto o próprio Cristianismo. Desde os inícios da arquitetura sacra as Igrejas foram enriquecidas com imagens tanto a título de instrução dos iletrados.

    Irmãos e irmãs as imagens contribuem para dar aos lugares de culto um aspecto sagrado, e convidam ao recolhimento e à oração (Êxodo 25,22) (1 Reis 6,23-28). Por isso, os querubins da Arca da Aliança não eram simples adornos. Lembravam ainda a mediação secundária dos Anjos (Hebreus 1,14), e integravam os objetos do culto.

    OBS.: Na Vulgata, inclusive, é citada que, no Templo de Jerusalém, a presença de uma imagem de homem:
    Apresentando como que a figura de um homem de pé” (III Reis 7,36)>> [BÍBLIA SAGRADA (Traduzida da Vulgata), 15a.

    Conclusão
    A Bíblia é bem clara ao mostrar que Deus manda fabricar as imagens, e mais uma vez é fácil notar o grave erro cometido por João Ferreira de Almeida adulterando passagens das Sagradas Escrituras.
    Elevando pastores falastrões a ganhar muito dinheiro a custas de pessoas que tem suas mentes deturpadas ao engano e a mentira.

  16. Josue

    Uma pessoa hj em dia nem pensa direito, pode ta pedindo ajuda pra santo antônio ou sei la o santo q for , mas qm ajuda e Jesus, eles tem q ter vergonha na cara, e ler a bíblia , para q eles ganhem a salvação e Deus possa nos levar pra cidade santa, Fllw!

  17. Josue

    Você católico pense um pouco, ou se eu estive enganado me mostra na bíblia onde fala de pedir ajuda a 1 santo ???????????????? Abre os olhos , Deus quer te abençoar de 1 maneira poderosa não perca tempo , Achai Deus até poder encontrá-lo porque dps como ira fazer? q Deus venha fala no coração de cada um , Bjjs’ !!

  18. Leandro

    Belo esforço pra tentar distinguir adoração de veneração. Mas só vai enganar quem não conhece a prática dos católicos de “rezar” aos santos. Tentar se comunicar com os mortos é abominação para com Deus! Por isso o catolicismo é tão próximo do espiritismo. A roupagem é diferente, mas as práticas são semelhantes! Cegos guiando cegos! Vão todos parar no abismo! Ainda bem que Maria não tem ciência da idolatria de vocês! Ficaria profundamente triste! Os evangélicos de verdade honram Maria mais que vocês, pois tentam seguir seu conselho: “façam tudo que Ele vos disser”!

  19. Jorge Ferraz (admin)

    Senhor Leandro, o senhor claramente não leu nada daqui.

    A distinção entre a adoração e a veneração existe desde que o mundo e o mundo, e se encontra em todo lugar, das páginas vetero-testamentárias ao bom senso mais comezinho. Todo cristão verdadeiro honra e venera os santos de Deus. Nenhum deles confunde os santos com o Deus Altíssimo. Os únicos capazes de fazer semelhante confusão são, nada surpreendentemente, os hereges protestantes!

    Não há nenhuma semelhança entre uma sessão mediúnica espírita e uma novena a Santo Antônio de Sant’Anna Galvão. Quem afirma haver, é porque nunca viu nem uma coisa e nem outra.

    – Jorge

  20. Klaylton

    Idolatria pura na igreja católica.
    Explica Salmos 115 ai irmão. Adoradas somente a Deus, só Jesus é o único intermediador entre Deus e os homens. 1Tim 2;5.
    Porque não cita essas referências no texto amigo cego.
    E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. Jesus é a verdade, não são os ditos santos que vocês adoram e se dobram diante deles.

  21. Jorge Ferraz (admin)

    Klayton,

    Tem um versículo do Sl 115 (113) aqui no rodapé do Deus lo Vult!. É um dos que eu mais gosto, aliás: non nobis Domine non nobis sed nomini tuo da gloriam.

    Quanto a salmos 115, tem também esta passagem daqui, difícil pros hereges protestantes explicarem:

    Erguerei o cálice da salvação, invocando o nome do Senhor.

    Em latim fica mais bonito:

    calicem salutaris accipiam et nomen Domini invocabo.

    É o que o sacerdote católico diz na Santa Missa, no momento da Comunhão. Imediatamente antes de consumir o Santíssimo Sangue de Cristo.

    Os hereges protestantes, ao contrário do que diz o Salmista, não erguem o Cálice da Salvação. E aí?

    De fato, a Verdade liberta. E, em contrapartida, a heresia protestante aprisiona e mata a alma.

    Abraços,
    Jorge Ferraz

  22. José Antônio Simões

    Parabéns (atrasado) mas,uma bela matéria para hereges protestantes lerem.

  23. Klaylton Fernando

    O calice o qual você se refere é apenas uma alusão à taça que se utilizava para derramar uma oferenda de vinho sobre a vítima do sacrifício (Ex 29.40; Nm 15.1-14). Isso vale para os judeus não para o gentio.
    vocês, de todas as formas querem justificar adoração a Maria, quanto a nós, adoramos somente a Jesus Cristo, aquele que morreu na cruz por todos, partindo desse pressuposto, quem são os hereges?
    Na Bíblia você encontra diversas passagens afirmando que devemos adorar somente a Deus, mas não encontramos nenhuma dizendo para adorarmos Maria ou homem algum, pelo contrário, a Palavra de Deus condena essa prática. Tentar distorcer a Palavra para justificar um erro doutrinário é uma grande heresia.

    a verdade tem que ser dita, por isso continuarei denunciando a doutrina da Igreja católica e pregando para as pessoas que estão lá enganadas. Já ganhei 8 almas da igreja católica pra Cristo e ainda estou evangelizando outras, vou falar da verdade para elas.

  24. Emídio

    Foram tantas falácias, que um verdadeiro santo (Separado) e conhecedor da palavra de Deus, jamais poderia concordar. Olha, o difícil é viver uma vida de santidade, onde a palavra nos adverte sobre as obras da carne. Gálatas 5:19 onde é bem claro,e basta somente ler. Eu posso falar dos ensimentos da igreja C.R, a qual estar inserida no apocalipse, no capitulo 17 em diante. Pesquise o que significa assentada sobre muitas águas, a mulher vestida de púrpura e de escarlata, e adornada de ouro, pedras preciosas e pérolas. As setes cabeças são sete montes, e uma dica aos queridos irmãos críticos dos protestantes. Mulher significa igreja e os setes montes foi construida a mãe da igreja católica.Quem é mãe da igreja católica? Há, outra coisa. Qual a roupa dos cardeais e dos bispos da I.C.R?
    Para concluir, os membros da Igreja Católica Romana, prestam culto e adoração a mitra e a outros deuses do paganismo sim. Outra coisa, o sague dos santos(separados) que foi derramado na inquisição, onde o apocalipse cita, foram os jesuítas os responsáveis e que hoje tem como lider principa o Papa Francisco. Queridos, essa religião foi imposta pelos jesuítas, e que sempre foi uma sociedade secreta, como a maçonaria. Vamos esquecer as religiões, e ser verdadeiros adoradores em espírito e verdade, porque o tempo tá próximo, e o seu lider, tem envidado todos os esforçosos na junção das religiões(ecumenismo) que é anti bíblico.

    Deus nos proteja!!!

  25. Jorge Ferraz (admin)

    Emídio, me diga só uma coisa, por que eu deveria aceitar a interpretação emidiana das Escrituras Sagradas ao invés de ficar com aquela feita pelos santos da Igreja?

  26. EMIDIO SANTOS DE OLIVEIRA

    Leia a palavra, ao invés de ficar com críticas. O Deus de Abraão, Isaac e Jacó, não habita em templos feitos por mãos de homem Atos 17:24. Quero deixar bem claro, que quase todas as religiões não estão sendo dirigida pelo espírito santo, e que o senhor Jesus disse: O verdadeiro adorado, iria adorar em espírito e em verdade João 4:23. Olha, quase todas as religiões, os seus lideres estão envolvidas com a maçonaria (satanismo) e dentre em breve, a nova religião irá ser implantada. Antes de examinar as escrituras, faça uma oração, para que o nosso Deus, possa dar a interpretação. Não adianta ficarmos debatendo, o que as escritura nos orienta. Pois as profecias estão se cumprindo e o senhor Jesus matará com o sopro da sua boca, 2 Tessalonicenses 2:8!!!

  27. Jorge Ferraz (admin)

    Senhor Emídio, o senhor falou, falou, falou e não disse nada. Mais uma vez, eu quero saber quem o senhor pensa que é para cuspir uma interpretação das Escrituras Sagradas que em tudo está em desacordo com aquela que a Igreja de Cristo sempre ensinou. Por que eu deveria ouvir o sr. Emídio ao invés de escutar a Igreja que Cristo fundou?