Doutrina Católica Básica

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 9 meses 9 dias atrás.

Segue abaixo um pequeno conjunto de perguntas sobre Doutrina Católica básica, a fim de que o ensinamento da Igreja seja melhor conhecido nos dias de hoje, nos quais tantas pessoas se dizem católicas sem fazerem idéia do que isso significa realmente. As respostas católicas vão entre colchetes.

Sobre Deus: Deus existe? [sim] A existência de Deus pode ser conhecida naturalmente, ou exige a Fé? [pode ser conhecida naturalmente] Há um só Deus, ou há vários deuses? [há um só Deus] O Deus que existe é ao mesmo tempo Uno e Trino? [sim] Deus é Criador de todas as coisas que existem? [sim] De todos os homens também? [também] Deus é Deus de todos os povos? [sim] Existe “um deus para cada religião” (Allah para os muçulmanos, Krishna para os hindus, Tupã para os índios, etc), ou Deus é o Deus de todos? [Deus é o Deus de todos]

Sobre Jesus Cristo: Jesus Cristo é verdadeiro Deus? [sim] E Homem verdadeiro? [também] Jesus Cristo veio realmente a esta terra? [veio] Os Evangelhos são livros históricos ou dependem da “fé” de quem lê? [são livros históricos] Jesus Cristo fundou uma Igreja? [sim, fundou uma Igreja]

Sobre a Igreja: Jesus Cristo fundou uma única Igreja, ou várias? [uma única Igreja] Jesus Cristo é o Esposo Fiel que tem uma Única Igreja por Esposa, ou é um adúltero que tem “várias igrejas” – ou (pior ainda) várias religiões – por concubinas? [é o Esposo que tem uma Única Igreja por Esposa] A Igreja é infalível quando ensina sobre Fé e Moral? [é infalível] Todos fazem parte da Igreja, ou entra-se n’Ela pelo Batismo? [entra-se n’Ela pelo Batismo] Existe salvação fora da Igreja? [não] Fora das estruturas visíveis da Igreja, é possível pertencer “à alma” d’Ela e ser salvo?  [sim] Todos pertencem “à alma” da Igreja, ou é necessário para isso estar em Ignorância Invencível e ter ao menos implícito o Batismo de Desejo? [é necessário estar em Ignorância Invencível e ter ao menos implícito o Batismo de Desejo] Os não-católicos, portanto, salvam-se caso não estejam em Ignorância Invencível, ou caso não tenham pelo menos implicitamente o Batismo de Desejo? [não, os não-católicos não se salvam se não estiverem em Ignorância Invencível e não tiverem pelo menos implícito o Batismo de Desejo] Todas as pessoas, portanto, precisam conhecer a Igreja e segui-lA? [sim]

Sobre a Missa: a Missa é o Sacrifício de Cristo tornado presente em nossos altares, ou é uma reunião do povo de Deus, uma confraternização dos irmãos na Fé, uma festa para que os católicos se encontrem e vivam em comunidade, ou alguma outra coisa parecida? [é o Sacrifício de Cristo tornado presente em nossos altares] Na Eucaristia, Jesus Cristo está verdadeiramente presente em Corpo, Sangue, Alma e Divindade? [sim] Isso depende da Fé de quem celebra, da Fé de quem comunga, ou é assim em virtude do sacramento? [é assim em virtude do Sacramento] Os não-católicos podem comungar? [não] Quem está em pecado mortal pode comungar? [não] A missa é celebrada para o povo, ou para Deus em favor do povo? [para Deus em favor do povo] Existe Missa com o povo reunido, sem o padre? [não] Existe Missa só com o padre, sem o povo reunido? [sim]

Sobre assuntos diversos: é pecado mortal ter relações sexuais fora do casamento? [é] É pecado mortal usar métodos artificiais de controle de natalidade? [é] É pecado mortal abortar? [é] É pecado mortal deixar de assistir missa nos domingos sem que haja motivo grave? [é] A sodomia é pecado mortal e, ainda, um pecado contra a natureza? [sim] Católico pode defender o aborto? [não] Católico pode ser socialista? [não] Existe Purgatório? [sim] Existe inferno? [sim] O inferno é para sempre? [sim] Existe Satanás? [sim] As pessoas que morrem em pecado mortal sem arrependimento vão para o inferno? [vão] É necessário buscar o Sacramento da Confissão com um padre quando se comete um pecado mortal? [sim] Nossa Senhora é Mãe de Deus? [é] Nossa Senhora foi e é Virgem antes, durante e depois do parto? [sim, Ela foi e é Virgem antes, durante e depois do parto] Nossa Senhora nasceu com o Pecado Original? [não] Nossa Senhora foi assunta aos Céus em Corpo e Alma? [sim]

Há muitas outras perguntas que poderiam ser feitas, mas estas bastam por enquanto. Que possamos nos esforçar para sermos em tudo servos fiéis da Igreja, repetindo todos os dias com alegria: esta é a nossa Fé, que da Igreja recebemos, e sinceramente professamos!

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

0 thoughts on “Doutrina Católica Básica

  1. André Víctor

    Que boa idéia a sua! (rs)

    É até engraçado para não dizer triste, mas estou imaginando que daqui a pouco vai aparecer ‘alguém’ questionando tudo ou quase tudo aqui… (rs)…

    Mas se precisar ‘desenhar’ (rs) acho bastante válido também.

    Abraços e até mais ‘ver’.

    André Víctor

  2. André Víctor

    Tô contigo e não abro!

    Per Christum Dominum nostrum. Amem.

  3. Sandro Pontes

    Prezados, salve Maria.

    Eis o que foi escrito acertadamente:

    “(…) Os não-católicos, portanto, salvam-se caso não estejam em Ignorância Invencível, ou caso não tenham pelo menos implicitamente o Batismo de Desejo? [não, os não-católicos não se salvam se não estiverem em Ignorância Invencível e não tiverem pelo menos implícito o Batismo de Desejo] Todas as pessoas, portanto, precisam conhecer a Igreja e segui-lA? [sim]”.

    Eis o Vaticano II, no número três da Unitatis Redintegratio:

    “(…) Os que nascem hoje em tais comunidades (protestantes), e que vivem a fé em Cristo, NÃO PODEM SER ACUSADOS DE PECADO DE DIVISÃO, e a Igreja Católica envolve-os de respeito fraternal e de caridade. Com efeito, aqueles que crêem em Cristo e que receberam validamente o batismo, encontram-se numa certa comunhão, se bem que imperfeita, com a Igreja Católica. (…) Não obstante, JUSTIFICADOS pela fé recebida no batismo, incorporados em Cristo, usam a justo título o nome de cristãos, e os filhos da Igreja Católica reconhecem-nos com razão como IRMÃOS NO SENHOR”.

    A discrepância entre o que está escrito de forma correta acima e aquilo que ensinou o Vaticano II é imensa. Enquanto a Igrejaensina que os não católicos podem se salvar apesar do protestantismo, e não pelo protestantismo, o conciliábulo vai então decretar, pura e simplesmente, que quem hoje nasce no protestantismo não tem culpa da divisão, sem levar em consideração que quando esta criatura atinge a idade da razão ela pode escolher entre o bem e o mau, entre o catolicismo e a seita a qual nasceu. Deus não desampara ningué, e dá inteligência e graça a todos para que saiam de seus erros. Mas o Vaticano II simplesmente decreta: tais protestantes além de não terem culpa da divisão, ainda que vomitem heresias pertinazmente por 70 anos consecutivos, ainda são nossos LEGÍTIMOS irmãos, pelo simples fato de serem batizados. E ainda diz que eles estão, pelo batismo, justificados….ai, ai, ai…
    Finalizando, coloco duas passagens, uma de Gregório XVI na Mirari Vos e outra de Pio IX na alocução Singulari Quadam, 9/12/1854, Dz 1647 (antiga numeração; ausente em DzH). Primeiro Gregório:

    “(…) 9. Outra causa que tem acarretado muitos dos males que afligem a Igreja é o indiferentismo, ou seja, aquela perversa teoria espalhada por toda parte, graças aos enganos dos ímpios, e que ensina poder-se conseguir a vida eterna em qualquer religião, contanto que se amolde à norma do reto e honesto. Podeis, com facilidade, patentear à vossa grei esse erro tão execrável, dizendo o Apóstolo que há um só Deus, uma só fé e um só batismo (Ef 4, 5): entendam, portanto, os que pensam poder-se ir de todas as partes ao porto da Salvação que, segundo a sentença do Salvador, eles estão contra Cristo, já que não estão com Cristo (Lc 11,23), e os que não colhem com Cristo dispersam miseramente, pelo que PERECERÃO INFALIVELMENTE OS QUE NÃO TIVEREM A FÉ CATÓLICA e não a guardarem íntegra e sem mancha (Simbol. Sancti Athanasii); ouçam S. Jerônimo, do qual se diz que quanto alguém tentara atraí-lo para a sua causa, dizia sempre com firmeza: O que está unido à Cátedra de Pedro é o meu (S. Hier., ep. 57). E NEM ALIMENTEM ILUSÕES PORQUE ESTÃO BATIZADOS; a isto calha a resposta de Santo Agostinho que diz não perder o sarmento sua forma quando está amputado da vide; porém, de que lhe serve, se não tira sua vida da raiz? (In Ps. contra part. Donat.).

    Esta foi na ângulo, hein?

    Um abraço,

    Sandro de Pontes

    Agora Pio IX:

    “(…) É necessário admitir de fé que, fora da Igreja Apostólica Romana, ninguém pode ser salvo. […] No entanto é preciso reconhecer, por outro lado, com certeza, que aqueles que estão em relação à verdadeira religião numa ignorância invencível, não têm falta diante do Senhor. Agora, na verdade, quem irá, NA SUA PRESUNÇÃO, até MARCAR AS FRONTEIRAS dessa ignorância?”.

  4. Julie Maria

    Jorge, me uno ao coro igual o Fabricio: esta é a mnha fé, a que recebi da Santa Mãe Igreja e na qual quero morrer na graça de Deus!

    Amém!

    PAX

  5. João de Barros

    Hmm… Não tenho certeza, mas acho que também não existe missa só com o sacerdote celebrante. Acho que tem que haver pelo menos uma pessoa para assistir a missa, nem que seja um coroinha, um acólito ou outro padre.

    JB

  6. Jorge Ferraz

    João de Barros,

    Sim, existe Missa só com o sacerdote celebrante. A presença do acólito é recomendável para auxiliar o padre, mas ele não é necessário para que haja Missa, já que quem celebra é o Sacerdote sozinho.

    A celebração sem ministro ou ao menos de um fiel, não se faça a não ser por causa justa e razoável. Neste caso, omitem-se as saudações, as exortações e a bênção no final da Missa.
    [Instrução Geral do Missal Romano, 254]

    Abraços,
    Jorge

  7. Léo

    Esta é a minha Fé, que da Igreja recebi, e sinceramente professo! [2]

    Abraços e fiquem com Deus,

    Léo