Cariocas contra a Ditadura Gay

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 9 meses 5 dias atrás.

Excelente notícia publicada em TERRA: um terço dos cariocas são contrários à lei gayzista que entrou em vigor na última terça-feira.

No primeiro dia de funcionamento do setor criado na Secretaria Municipal de Assistência Social para receber denúncias de discriminação contra homossexuais, um terço dos cariocas que usaram o canal aberto reagiu contra a nova lei que pune o preconceito.

Que maravilha! No meio do bombardeio à moral e aos bons costumes e a despeito da guerra sem tréguas na qual os gayzistas estão empenhados, ainda há cariocas que têm o seu senso moral intacto, e que não aceitaram bovinamente a imposição gayzista. Eles ligaram e mandaram emails para protestar contra esta empulhação! Dentre as verdades – preconceituosas e homofóbicas! – ditas pelos cariocas, estão:

– “pessoas (…) que não gostariam que seus filhos vissem dois homens se beijando”;
– “a exposição ao afeto gay pode atrapalhar a formação de crianças”;
– “Abre-se uma exceção para uma minoria. Isso não é normal. O normal é a família”.

Parabéns ao povo do Rio de Janeiro, que está preocupado em fazer valer os seus direitos. Que os homens de bem se mobilizem antes que seja tarde demais: antes que a Ditadura Gayzista proíba toda manifestação de discordância.

P.S.: A quem interessar, as denúncias podem ser feitas pelo telefone 9923-4291 (atende 24h por dia) ou pelo email rsalgueiro@pcrj.rj.gov.br. As informações são de G1.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

13 thoughts on “Cariocas contra a Ditadura Gay

  1. sandra nunes

    Conselho Federal de Psicologia contesta decisão homofóbica do Vaticano
    Por Redação
    17.11.08

    Após o repúdio da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), o Conselho Federal de Psicologia (CFP) contestou também a decisão do Vaticano de recorrer a exames psicológicos para avaliar a orientação sexual de futuros sacerdotes.

    Em nota, o CFP afirma que, “considerando que a homossexualidade não é doença, nem distúrbio e nem perversão, os psicólogos brasileiros não colaborarão com eventos e serviços que proponham o tratamento ou cura da homossexualidade”. O conselho ainda contesta o fato do Vaticano ignorar “os avanços dos movimentos sociais em todo o mundo, que defendem o direito à livre orientação sexual”.

    Para repudiar a medida, a ABGLT apresentou, em outubro deste ano, os Artigos 1 e 2 da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que dizem que “todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos e que têm capacidade para gozar seus direitos sem distinção de qualquer espécie”.

  2. Demerval Jr.

    PFRSPFRSPFRS!!!!!…

    O CFP agora vai obrigar os psicólogos católicos a ter fé somente na interpretação – DE SUA PRESIDÊNCIA ATUAL, diga-se de passagem – da DUDH, baseado – ABSURDAMENTE, diga-se de passagem – nos argumentos da ABGLTuvwxyz…

    Isso é que é jogar na latrina a moral de uma instituição federal…

    Ora, sandra mumes… Você é advogada, filha. Faça alguma coisa para proteger a SUA Igreja dessa exclusão social…

  3. sandra nunes

    Demerval Jr.

    Me inclua, fora dessa.

    Minha área é advocacia de partido

  4. Demerval Jr.

    Na verdade, sandra mumes, acho que sua área é advocacia de banda – a “banda de lá”…

    Por isso, em meu conceito já te exclui para dentro disso aí!

    A propósito: qual é mesmo seu partido cliente?

  5. sandra nunes

    Demerval Jr.

    “A propósito: qual é mesmo seu partido cliente?”

    Não sou advogada de nenhum partido político, sua anta.

    Sou advogada de partido e não do partido.

  6. sandra nunes

    Demerval Jr.

    Meus colegas me perguntaram se haveria algum idiota, no blog, que iria perguntar para qual partido político eu trabalho!

    Eu disse, que provavelmente não, pois são todos jovens universitários.

    E os que não são, têm o hábito da leitura.

    Meu Deus, como você é pato!

  7. Demerval Jr.

    sandra mumes, curtindo numa boa, exalou:

    “(…) são todos jovens universitários. E os que não são, têm o hábito da leitura.”

    Modéstia às favas, agradeço-lhe pela parte que me toca.

    Já no tocante ao resto de sua pérola, entendo que você não entenda.

    Mas lembro-me bem: quando li o que você diz ser (advogada DE partido), sendo isso verdade, a minha curiosidade foi atiçada: quem seria louco o bastante para admitir como funcionária alguém como essa dona? Quem aceitaria pagar salário para essa dona cutucar suas teclas o dia inteirinho neste blog? E mais: por que razão a sandra mumes se dedica com tal intensidade a literalmente infernizar os post’s do Jorge? E foi como se eu ouvisse você teclando, sempre com sua peculiar delicadeza: “fui contratada para isso, sua anta!”.

    Considerei a pertinência de perguntar-lhe. E já que você se dignou a dar tão doce e zoológica resposta, gostaria de reformular minha pergunta para não forçar demasiado seu largo raciocínio: para quem, mesmo, você trabalha? Para uma empresa? Para uma ONG? Para uma pessoa? Ou mesmo para um partido político, por que não?

    Caso não queira me responder, claro que estará tudo bem. Considerarei como dito o não dito. Estará bem assim para você também?

  8. Jorge Augusto

    NAMBLA – É um grupo americano de ativismo dos direitos gays , pederastas e pedófilos

    PVND – É um grupo holandês de ativismo dos direitos gays , ateus , pedófilos , zoófilos ( sexo com animais ) e querem leis para as pessoas poderem andar nuas nas ruas , e descriminalização de drogas.

    MARTIJN – É um grupo holandês de ativismo gay e pedófilo

    NVSH – É um grupo holandês de ativismo gay que defende a pedofilia,necrofilia ( sexo com mortos ) zoofilia ( sexo com animais ) incestos ( sexo entre mãe e filho , pai e filha ) e o casamento de 4 ou mais pessoas ( isso também é bem estranho , seriam dois maridos e duas mulheres , os filhos teriam dois pais e duas mães )

    APD ( Association pedhofilie dinamark ) – Grupo de ativismo gay e pedófilo .

    Tom ´o Carrol – Grupo de ativismo gay e pedófilo

    Shotacon – grupo japonês que divulga mateiras pornográficos entre gays e crianças transando .

    krumme 13 – grupo de ativismo gay e pedófilo

    René Guyon Society – Grupo de ativismo gay e pedófilo

    Child Love – Grupo de ativismo gay e pedófilo

    GLF ( frente da libertação gay ) – grupo de ativismo gay e pedófilo TODOS ESSE GRUPOS DEFENDEM AS CAUSAS HOMOSSEXUAIS , MAS ELE OMITEM QUE DEFENDEM CAUSAS PEDÓFILAS . São grupos feitos por homossexuais que querem que a pedofilia seja legalizada .
    Porque os maiores ativistas pró-pedofilia do mundo são homossexuais , eu acho isso estranho , mesmo que o homossexualismo não esteja ligado diretamente com a pedofilia , então porque os maiores ativistas pró-pedofilia são homossexuais , aqui no Brasil temos o exemplo do Luiz Mott , e isso vai mundo a fora , eu sinceramente acho estranho , muito estranho .
    Praticamente todos os grupos que defendem a pedofilia são grupos dos direitos homossexuais . Não estou mentindo olhe vc mesmo .
    NAMBLA ,VND ,MARTIJN,NVSH ,APD ( Association pedhofilie dinamark ), Tom ´o Carrol,Shotacon ,krumme 13,René Guyon Society ,
    Child Love ,GLF.
    eu te deixo uma pergunta porque todos os grupos de ativismo PRÓ-PEDOFILIA , são homossexuais ?
    Estranho isso não é verdade . Todo ativismo pró-pedofilia está ligada aos direitos dos homossexuais !!!
    Não sei não , outra pergunta . Existem pedófilos heterossexuais e homossexuais , mas porque só os pedófilos homossexuais querem a legalização da pedofilia ?
    Só Grupos homossexuais reivindicam a pedofilia legalizada . E toda a obra da literatura gay que é voltada exclusivamente a pedofilia ? Existem milhares de livros de conteúdo homossexual que faz uma grande apologia a pedofilia e o amor entre os homens e os meninos .

    Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2011/06/ditadura-gay-que-se-instalou-no-brasil.html#ixzz1c2YybMTi
    Paulopes só permite a cópia deste texto para uso não comercial e com a atribuição do crédito e link. As reproduções são rastreadas diariamente.
    Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial

  9. Jorge Augusto

    Querem que as pessoas aceitem na marra e digam que é algo absolutamente normal o homossexualismo,transsexualismo e derivações . Existem muitas coisas que mostram que é o contrário .
    * transtornos da identidade sexual ( gênero)
    * Transexualismo
    * Transtorno de identidade sexual na infância
    * Transtorno não especificado da identidade sexual
    * Travestismo bivalente
    * Síndrome de Disforia de Gênero
    * Disforia de gênero;
    * Disforia generiforme;
    * Hermafroditismo psíquico
    * neurodiscordância de gênero
    * Síndrome de Money
    * casos limítrofes no transsexualismo
    * disforia hipotalâmica
    * hermafroditismo encefálico
    passar uma imagem mentirosa do homossexualismo , sabem que todos esses dados são verdadeiros . Inclusive estão catalogados na Organização mundial da saúde. Se o transsexualismo é uma doença e precisa de tratamento porque o transtorno mental pode aumentar, por que o homossexualismo já não é catalogado como transtorno? Não explicaram porque tiraram o homossexualismo da lista do CID . Qual a diferença entre o homossexualismo e o transsexualismo ?. NENHUMA , a diferença é que um se veste como o sexo oposto o outro não . Ai está a diferença .
    Eles tem todo o direito de se casarem e seguirem suas vidas como bem entenderem , mas deturpar fatos científicos só para serem aceitos isso não pode .Até hoje não explicaram qual a diferença entre homossexualismo e transsexualismo , e nem por que o homossexualismo foi tirado do cid . O transsexualismo ainda está no CID e o homossexualismo foi tirado porque mesmo ? Só arranjaram desculpas .
    OS HOMOSSEXUAIS TEM QUE SER RESPEITADOS COMO PESSOAS E SERES HUMANOS SIM !!! MAS O COMPORTAMENTO DELES NÃO DEVE SERVIR DE EXEMPLO !!!
    Agora vejam todos os meus comentários foram inofensivos , não ofendi nenhum homossexual , apenas coloquei minha opinião sobre o tema , todos os dados em meus comentários são verdadeiros ( podem conferir ) , e esse projeto é chamado de ditadura gay por causa disso , se eu publicar um comentários sensato como esse eu poderei ser processado , e a onde fica minha liberdade de expressão , existem inúmeros livros da literatura gay voltada exclusivamente para a pedofilia , e sobre isso o governo não diz nada .
    Os gays estão tendo privilégio na sociedade .
    Eu sou contra qualquer violência , não só contra homossexuais , mas contra qualquer pessoa .
    Uma suposição , se um skinhead agredir um negro .
    Pena: reclusão de 1 (um) a 3 (três) anos. .
    Se um skinhead agredir um homossexual.Pena: reclusão de 2 (dois) a 5 (cinco) anos.
    Se qualquer pessoa for agredida .Pena:reclusão 3 meses a um ano.
    Se um idoso for agredido pena: reclusão até 4 anos
    Agora me expliquem uma coisa , agressão é agressão ( se for agressão por intolerância , preconceito ,motivos banais, tem agravante ) . Mas o que difere se um homossexual for agredido de um negro por exemplo , por que o skinhead fica mais tempo na cadeia se agredir um gay ? Por que um skinhead fica menos tempo na cadeia se agredir um negro ? Agressão deveria ser uma pena única ( pra mim o sujeito não civilizado tinha que ficar uns 10 anos preso ) . Mas o que eu quero dizer é bem simples de entender , gays são privilegiados por lei .

    Agressão a qualquer cidadão : 3 meses a um ano
    Agressão a negros : 1 a 3 anos
    Agressão a idosos : até 4 anos
    Agressão a gays : 3 a 5 anos

    Porque os gays são mais protegidos por lei do que um cidadão comum , um negro ou um idoso . Bater em trabalhador honesto , idoso e negro pode , só não pode bater em gay . A lei está errada , como tinha dito antes sou contra qualquer agressão , seja contra gays , negros , idosos , índios , nordestinos , pobres , asiáticos . Mas os gays são privilegiados pela sociedade , dá para notar isso pelo código penal.
    Daqui a pouco os gays vão exigir lugares especiais em ônibus , preferencia em filas , descontos nos impostos , meia entrada em cinemas e teatros . A lei deve ser igual a todos .Os gays não devem ser privilegiados como um grupo exclusivo .
    LEI IGUAL PARA TODOS !!!

    Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2011/06/ditadura-gay-que-se-instalou-no-brasil.html#ixzz1c2Z5Jec7
    Paulopes só permite a cópia deste texto para uso não comercial e com a atribuição do crédito e link. As reproduções são rastreadas diariamente.
    Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial

  10. Jonas

    Sim, aqui se vê bem porque o Catolicismo encontra-se em franco declínio. Seus porta-vozes mal sabem articular uma frase. Não há qualquer habilidade argumentativa. Não há beleza, não há persuasão. Há apenas um balbucio que nem se pode chamar “linguagem”. É algo pelo qual não é possível sentir desprezo, tampouco compaixão. É apenas um último suspiro – mas tão mal articulado e tão obtuso. Toleremos a agonia dessa velha tirana – a Igreja. Quanto veneno e sofrimento ela foi capaz de inoculado nos homens! Que ela se vá em silêncio. Toleremos seus últimos e roucos lamentos.

  11. Carlos

    Isso, Jonas!
    Vá aguardando que a Igreja se vá… E que você e os demais boiolas fiquem…
    Aguarde sentado…

  12. Guttmerld

    Se esses movimentos realmente lutassem pela tolerância, defenderiam o direito de ambas as partes, homos e heteros, propagarem o seu ponto de vista e terem as suas posições. Então, os heteros poderiam propagar a heterossexualidade como opção ideal e os homos poderiam fazer o mesmo com sua opção. No entanto, não é isso que tais movimentos defendem. Eles são supremacistas e defendem imposição dos direitos gays sobre os direitos dos hetero. A pena para quem propaga a heterossexualidade deveria ser a mesma para quem propaga a homossexualidade, fosse tal pena pesada, leve ou nula. Igualdade é isso. A desculpa de um grupo necessita de mais privilégios que outro porque é sofredor, oprimido etc. é simplesmente um embuste que esconde um interesse elitista. Ninguém é melhor que ninguém.