Justiça mantém: gays não podem doar sangue

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 9 meses 1 dia atrás.

A juíza substituta da 2ª Vara Federal, Maria da Penha Gomes Fontenele, manteve os efeitos da resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) que proíbe gays e homens bissexuais de doarem sangue.

[…]

A coordenadora do Grupo Matizes, Marinalva Santana, lamentou que se mantenha uma proibição flagrantemente discriminatória em um país em que os hemocentros vivem com seus estoques de sangue vazios.
[Justiça mantém decisão que proíbe gays de doar sangue]

Proibição flagrantemente discriminatória? Ao contrário, a solicitação da dona Marinalva é flagrantemente irresponsável!

Os “[h]omens que fazem sexo com homens são 19 vezes mais propensos a contraírem o vírus HIV do que a população em geral”.
[Deus lo Vult! – Os grupos de risco existem]

83% dos indivíduos homossexuais do sexo masculino entrevistados estimaram que haviam tido relações sexuais com 50 ou mais parceiros em suas vidas, 43% estimou que fizeram sexo com 500 ou mais parceiros e 28% com 1000 ou com mais parceiros.
[Dr Adnet – Homossexualidade é doença?]

Até quando os gayzistas vão continuar reclamando de supostas “discriminações” com base em uma ideologia estúpida e irracional?

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

25 thoughts on “Justiça mantém: gays não podem doar sangue

  1. vanderley

    A Aids se alastrou entre os homossexuais, justamente,

    porque são promiscuos.

    Sabemos, também, que muitas outras doenças (DST),

    são transmitidas via sexual.

    Portanto, não tem sentido você usar sangue de um grupo

    que, infelizmente, tem uma alta incidência de doenças.

    A juiza está corretíssima.

  2. sandra nunes

    vanderley

    Como disse, várias vezes, é pura retórica.

    Fora do computador, é uma pessoa, absolutamente normal, sem guerras, sem bandeiras.

    Não aceito e nunca aceitarei se um homossexual, vir me falar que é melhor ser do jeito dele, ou coisa que parecida.

    Então, acredito que ele também não aceita o contrário.

    A vida é DELE ( terrena ou eterna )

  3. Chantinon

    Sou contra a promiscuidade, mas não contra os gays.
    Se estatísticas fossem usadas da forma correta, o nosso maior problema de saúde seria HPV, armas e natalidade, fora o consumo de alcool, drogas e consumismo por puro consumismo.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Human_papillomavirus
    (Já vi revistas médicas alertando que 90% das mulheres no Brasil com vida sexual tem HPV)

    Outra questão é que esse tipo de estatistica JAMAIS corresponde ao correto. Primeiro que estamos falando de gays masculinos, e todo homem (mesmo os que queimam a rosca) mentem na hora de suas revelações sexuais.

    No lugar de proibir doação de “sangue gay”, deveriam ser cobradas atitudes sanitarias para que TODO o sangue doado fosse bem analizado… Sim, pq todo sangue (gay ou não) passa por uma serie de testes, incluindo AIDS.
    Mas aquele executivo bonitão, casado e com 3 filhos e que vai na igreja aos domingos, pode ser cliente de uma casa de prostituição, adquirir AIDS, HPV ou Tuberculose (que é a doença TOP do momento, mas como só os pretos estão morrendo, é melhor debater sobre os gays…)

    Acredito que não são todos os gays que são promiscuos, nem lesbicas… Mas está no nosso subconsciente associar isso ao pessoal de teatro, psicologia ou arquitetura :)

    E se levarmos para o lado religioso, ai sim, sexualidade dá um pano pra manga, cortina, bandeira de torcida…

    Veja quantas pessoas de bom coração nesse mundo não eram gays, morreram defendendo causas justas, e não perdiam tempo falando sobre sua vida particular.

    Se achar que cada pessoa tem direito a ter sua vida pessoal é ser gayzista… pronto, eu sou.

    Mesmo assim eu não me sinto bem ladeado por gays, e sou contra promiscuidade (isso pq ainda não apareceram 5 modelos me propondo uma festa).

    Abraços! (de longe)

  4. Jorge Ferraz

    Chantinon,

    Quanto a HPV, eu não faço idéia. Mas penso que problemas distintos não são exclusivos. A decisão da ANVISA não necessariamente implica em ser “desleixado” para com os demais problemas citados por você.

    Quanto à natalidade, o problema que existe no mundo (e no Brasil em particular) é a falta de crianças. En passant, problema que os gays indiretamente agravam…

    Quanto aos testes, imagino que todo o sangue que é doado passa por uma bateria de testes antes de ser disponibilizado para doação. Acontece que existe o que se chama de “janela imunológica”, que é, grosso modo, um certo período de tempo durante o qual o sujeito está infectado mas o vírus não é detectável. Como não dá pra fugir disso, o mais seguro é prevenir e não aceitar doações de sangue de grupos de risco.

    Abraços,
    Jorge

  5. sandra nunes

    Chantinon

    A hepatite, mata mais que o HIV .

    É uma doença “traiçoeira” pois é assintomática.

    assino em baixo, seu comentário..

    Sandra

    p.s ( adorei seu blog )

  6. sandra nunes

    Só uma dúvida, se o “gay” não der pinta pode doar sangue?

    Ou a MM. Juíza vai determinar que se faça um teste pra saber se é homossexual ou heterossexual?

  7. Chantinon

    Hahaha!
    Eu pensei que o “flamer” era eu, mas a Sandra é incendiária mesmo.

    Fiquei imaginando agora uma sala no HEMOPE… O médico com um som testando o doador…
    Primeiro Pet Shop Boys, segue com Fábio Junior e depois Village People…
    Não tem jeito, as bichas sempre se entregam.

    Vou levar um microsystem e fazer o teste lá no Shopping Boa Vista! :)

  8. Jorge Ferraz

    Sandra,

    Ou a MM. Juíza vai determinar que se faça um teste pra saber se é homossexual ou heterossexual?

    Não é necessário. Basta perguntar.

    Ou, por acaso, os gays são mentirosos?

    – Jorge

  9. sandra nunes

    Chantinon

    O pior que eu falei sério.

    Na minha vida profissional já fiz uma meia dúzia de divórcio, porque um dos cônjuges, flagrou o outro com um “amante” do mesmo sexo!

    E todos “punham a mão no fogo” afirmando que a pessoa era heterossexual.

    Qual o critério que a MM Juíza vai usar?

  10. Léo

    A Sandra deve ter adorado o blog do Chantinon por causa da defesa do aborto que ele faz …

    Abraços e fiquem com Deus,

    Léo

  11. Demerval Jr.

    Chantinon,

    “Eu pensei que o ‘flamer’ era eu, mas a Sandra é incendiária mesmo.”

    Pois é… esses dias ela me mandou um e-mail cuja alcunha era “SANDRA HOT”…

    Uau.

    Dá uma passadinha nos outros post’s pra ver a chamuscada que virou. E toma cuidado com a crise de riso!

  12. Chantinon

    Léo,
    No fundo eu não sou a favor do aborto. Sou a favor do controle da natalidade, contra promiscuidade (isso não quer dizer viver sem sexo) e estou aqui para aprender.
    Não sugiro que ninguém siga meu exemplo ou que se inspire no que eu falo.

    Demerval,
    Eu não gosto muito de pessoas radicais não…
    Mas eu sou radical em blogs de evangélicos :)
    (Claro que não tô doido de ser flamer em blogs slamicos, que por sinal é uma linda religião)

    Acho que o clima aqui é amistoso… Se eu exagerar, por favor, podem atirar uma pedra que eu tentarei me controlar.

    Mas por esse post aqui… achei a Sandra uma flamer isqueiro bic… vou seguir a dica e ver outras brigas :)

    Abraços

  13. Josi

    Vamos cair na realidade,as vezes os gay ..ou genêros
    que gerealmente vão a luta para terem seus direitos reconhecidos ou coisa do tipo!!! (não são todos)mas a maioria não se dão respeito,baixarias,….ai vão para televisão e dizem que a sociedade não os respeita!admiro muito o Dep.Federal Clodovíl pela sua atitude e postura perante a sociedade,quem quer respeito se der respeito.

  14. Afonso Amorim

    Só lembrando: No Brasil as mulheres heterossexuais são a maior fatia desse bolo.
    Isso mesmo! Não são os gays e sim as MULHERES HETEROSSEXUAIS( seja pq tiveram relações sexuais com parceiros bi, ou n).

    Então as mulheres deveriam ser vetadas na portaria do Hemope?

    Estatisticamente falando, elas n deveriam nem entrar no lugar.

    Não concordo com isso, mas como vcs falaram tanto de números, e somente mencionaram os gays…

    Enfim, o doador de sangue é algo raro.
    O doador de sangue, que está nunca teve um comportamento de risco, É MAIS RARO AINDA.

    Promiscuidade não é sinônimo de homossexualidade.

    PARA REFLETIR: Talvez vc ou alguém que vc ama, seja salvo pelo sangue de um doador gay. PARE DE ROTULAR

    Não vou mandar um abraço, pq eu n abraço o preconceito.

    Abraço p vc Chantinon

    USEM CAMISINHA

  15. Thiago Icibaci

    Não me assusta que a mesma igreja que queimava homossexuais no passado, que apoiou o nazismo e que acoberta padres pedófilos, tenha membros com uma visão tão ultrapassada.
    É uma pena que ainda existam pessoas com uma mentalidade tão antiquada. Amem o próximo. Como diria Gandhi:

    “Não conheço ninguém que tenha feito mais para a humanidade do que Jesus. De fato, não há nada de errado no cristianismo. O problema são vocês, cristãos. Vocês nem começaram a viver segundo os seus próprios ensinamentos.”

  16. Pedro

    Torcendo muito pra lei anti-homofobia ser aprovado no Congresso Nacional! Assim, todos vcs que fizeram esse comentários escrotos sejam presos!!!
    Aliás, alguns cometeram crime de racismo também, o que já dá cadeia perante a lei!
    E de pessoas como vocês que precisamos de ajuda.
    Sou gay, não sou promíscuo! E os meus amigos mais promíscuos são heterossexuais. Os meus amigos gays não são promíscuos nem usam drogas… Já os héteros…
    Sério, isso não tem nada a ver com a orientação sexual, mas com o comportamento das pessoas.
    Eu pago meus impostos como todas as outras pessoas deste país! Cumpro as leis e meu deveres perante ela como todas as pessoas deste país! Por isso, EXIJO ter os mesmo direitos que todas as outras pessoas!

    E quanto a vocês, seus homofóbicos, quero mais que vocês vão se [CENSURADO]! E lembre-se que seus filhos podem nascer gays ou lésbicas e vocês vão ter que lidar com isso! E eu vou rir!

  17. candido rubim rios

    Eu sempre assisti termos pejorativos em relação aos homosexuais, inclusive eu. Mas depois de ler este post do Pedro, a minha consciência falou mais alto e me acusou, comecei então a lembrar dos homosexuais que conheci e conheço e eles não são piores do que ninguém, não a diferença de caráter, o homosexual não pode ser medido pelo caráter porque muitos são melhores nesse quesito dos que os heterosexuais e não são promiscuo, penso não ser uma questão de escolha e sim da natureza do ser, portanto, acho não pode estar em julgamento. Não podemos também confundir passeatas gays com homosexuais sérios, trabalhadores e pagadores de impostos como qualquer hetero. A juíza a meu ver errou, quantos homosexuais são até casados? e passam muitas vezes HIV,HPV para suas esposas? Claro que as análises de sangue deveria ser rigorosa, mas para todos, vejam o Betinho, Henfil entre tantos, sem contar que o filho dessa juiza poderá ser ou é homosexual. Tive uma vizinha homosexual, e era cumpridora de seus deveres como qualquer outra, praticava atos de caridade pouco visto nas pessoas, conheci homens casados e com filhos que foram pegos em situações constrangedoras, inclusive vestidos de mulher, mas eram considerados exemplares, depois os filhos tiveram vergonha e o abandonaram. Eu já pensei: E se tivesse um filho homo, o que faria? a minha consciencia puritana aquela que age a favor da sociedade hipócrita que dita normas de comportamento, me respondeu, eu continuava amando da mesma forma. Poderia ficar divagando linhas e linhas , citando exemplos que já vi, mas já falei a minha opinião, como disse acusada pela postagem do Pedro. Essa é apenas a minha opinião e não cabe perguntas como: se você é católico,você também é homo, e essa insensibilidades e hipócrisias que vejo no dia a dia. Obrigado.

  18. deco

    li a maioria do que o pessoal comentou!
    eeeu fico extremamente decepcionado com o que as pessoas tem coragem de dizer! Meu Deus o que que é isso???
    parece que qualquer coisa é motivo para desmoralizar os gays! é obvio que a homossexualidade nao está ligada a promiscuidade! existe muitos gays que são promiscuos sim! assim como tem muito hetero que assedia as garotas do seu emprego, que transa com prostitutas! que mantem relações com mais de 2 ou 3 parceiros por relação sexual! é obvio que há gays promiscuos tanto quanto heteros… alguém publicou ai que gays agravam indiretamente a taxa de natalidade! até onde eu sei os orfanatos estão cheios! fico muito triste em ver alguem que nos culpe por isso, que [CENSURADO] por horas a fio com muitas garotas heteros e faça muitos filhos para ajudar na taxa de natalidade! nem precisa usar camisinha não… DST (doenças da promiscuidade) são exclusivas dos homossexuais ¬¬ ! as pessoas pensam que nao nos sentimos mal por nao podermos ter filhos, por nao podermos formar uma familia! que saibam eles que os gays são os que mais apoiam a adoção de crianças e se nao fosse um processo tão burocrático preconceituoso e dificil, muitos casais gays adotariam muito mais crianças! Sou cristão, tenho certeza de que Deus não condena o homossexualismo logo que nao escolhemos nascer assim (pelo menos todas as pessoas que eu conheço nao acordaram um dia e falaram eu quero ser gay)! tenho um parceiro fixo a anos, nos amamos e com certeza gostariamos de formar uma familia!e quem pensa que é safadeza de nossa parte e que deveriamos procurar mulheres deveria tentar manter relação com pessas das quais nao sente atração e verá que sentimento ruim tomará conta de você!
    estou extremamente chateado com as coisas que as pessoas tem coragem de dizer!

  19. Carlos

    Deco, nós também, os normais, ficamos extremamente chateados com as coisas que os gays têm coragem de dizer. E ficamos ainda mais perplexos com as coisas que eles têm coragem de fazer.

  20. Michele Madalena Silva de Oliveira

    Perceberam que os militantes gays sempre , pra desculparem sua conduta promíscua, vem com essa de que “se ele faz, eu também posso”?Eles nunca condenam a conduta em si, apenas querem liberdade para praticarem suas aberrações sem que ninguém os critique.

  21. Ângela

    Sr. Cândido,o sr. disse:

    “Eu já pensei: E se tivesse um filho homo, o que faria? a minha consciencia puritana aquela que age a favor da sociedade hipócrita que dita normas de comportamento, me respondeu, eu continuava amando da mesma forma. Poderia ficar divagando linhas e linhas , citando exemplos que já vi, mas já falei a minha opinião, como disse acusada pela postagem do Pedro. Essa é apenas a minha opinião e não cabe perguntas como: se você é católico,você também é homo, e essa insensibilidades e hipócrisias que vejo no dia a dia. Obrigado.”

    Disse o senhor no seu texto que a sociedade hipócrita dita normas de comportamento; a que sociedade o senhor se refere? A sociedade pervertida formada por boa ou quase totalidade da população e aí estão incluídos milhares de católicos que não obedecem absolutamente a direção da Igreja e fazem tudo ao contrário do que ela manda se forem esses, acredite sr. Cândido eles não fazem qualquer oposição a homossexualidade, assistem Big brother, novelas, e se o filho chegar com o namorado ao invés da namorada, que é que tem? O importante é que meu filho seja feliz e aí vai… Agora, se o senhor fala de católicos sérios (minoria absoluta é verdade) esses não podem e não aceitam mesmo o homossexualismo e sua prática; e aí sr. Cândido não há nada de hipocrisia e nem se trata de puritanismo, digo puritanismo pois quero crer que o senhor faça parte desse grupo, o de católicos de verdade.
    Senhor Cândido, tenho filhos e sempre procurei educá-los na sã doutrina da Igreja, mas se qualquer hora dessas descobrir para o meu mais absoluto desgosto que um deles é gay penso que será muito triste para mim. O que faria? Só tenho certeza de uma coisa; não aceitaria a opção sexual do meu filho, somente que não deixaria de amá-lo nunca; mas aceitar sua opção nunca. Recebê-lo em casa com o namorado nunca; se o vir na rua de mãos dadas com o namorado mudo de lado e não o cumprimento. Crueldade? Não. Fanatismo? Também não, é assim que penso, é assim que vejo e é assim que terá que ser.
    Rezarei por ele, com ele, lutaremos juntos caso ele queira,conversaremos muito mas é assim que vai ser.

    Abraços em Cristo!

  22. Cinara

    Aveeee! Me desculpem a sinceridade, mas não consigo pensar em outra frase que não seja ” Quanta ignorância! ”

    Antes de tudo quero informar que sou casada, sendo assim, NÃO SOU GAY, NÃO TENHO NENHUM PARENTE (que eu saiba) QUE É GAY, e também não tenho nenhum amigo próximo que seja gay! Portando não estou defendendo nenhum ente querido. Mas acho simplismente ridículo rotular os gays desta forma!
    Ser gay não quer dizer, ter aids!!! E promiscuidade não é exclusividade dos gays! Pois a mulherada está escandalosamente cada vez pior! Vemos isso na TV, no Carnaval, e em muitas boates e danceterias a vulgaridade feminina! e devido à essa vulgaridade, os homens também pulam de galho em galho exessivamente!

    Assim… da mesma forma que existem mulheres e homens héteros sérios e também promíscuos, existem gays promíscuos e gays sérios!

    Não é questão de preferência sexual, e sim de personalidade, higiene, educação, cultura etc…

    *** E pra finalizar, DUVIDO que alguém aqui que meteu o pau nos gays, iria recusar o sangue ou a medula de um homosexual, se isso pudesse salvar a vida de um filho.
    D U V I D O O O O O … ***

    abraço à todos.