Resposta ao Le Monde

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 4 meses 18 dias atrás.

Leiam: Jornal Francês responde ao protesto massivo de católicos indignados. Les agneaux de Dieu peuvent mordre – excelente! Parabéns aos católicos que não tiveram medo de vir a público defender a sua Fé. A todos estes, aplicam-se aquelas palavras de Nosso Senhor no Evangelho: “quem der testemunho de mim diante dos homens, também eu darei testemunho dele diante de meu Pai que está nos céus” (Mt 10, 32).

Aux armes, chrétiens!

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

4 thoughts on “Resposta ao Le Monde

  1. Pedro Henrique

    Fieis soldados de Cristo estes que se levatam em defesa da fé católica.

    Me chamou a atenção este protesto:

    “Um dia você vai enfrentar um futuro de eterna escuridão. Que Deus tenha piedade de sua alma”. (Deacon Ken Finn, San Diego, Califórnia).

  2. Lício Cataldi

    Le Monde, El Clarín, New York Times, O Globo, Estadão e Folha, só para citar alguns jornalecos, servem apenas para forrar o chão da casa quando se fizer a pintura das paredes. Fora isso…não servem para mais nada!!!
    Quanta necessidade tem hoje a imprensa de homens como Louis Veuillot!
    E como Nosso Senhor sua Esposa a Santa Igreja incomodam aos seus perseguidores…Deo Gratias!
    Esta maciça resposta católica às ofensas do Le Monde mostram que ainda vicejam bons e fiéis católicos prontos a defenderem os direitos de Nosso Senhor e da Santa Igreja!!!

  3. Malu M. Dantas

    Permaneçamos firmes na fé em Nosso Senhor Jesus Cristo e em sua Igreja Católica. Não esqueçamos de sua promessa a Igreja e das perseguições que o próprio Senhor recebeu. “…

    O servo não é maior que o seu Senhor…” Preparemo-nos…, mas não devemos calar.
    A essas pessoas, deixamos apenas a reflexão da propria palavra de Deus.

    “Não ouseis tocar nos que me são consagrados. Nem maltratar os meus profetas.”(salmo 105,15)
    Resumindo:
    Aí daqueles que tentar algo contra um ungido de Deus ! Proclamam sua própria destruição.