Ainda mais erotismo

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 3 meses 7 dias atrás.

Uma leitora deixou um – em parte – pertinente comentário aqui no Deus lo Vult! ontem à noite. Entre outras coisas, ela disse:

[E]xiste tanto incentivo ao sexo heterossexual em tanto canto no mundo. Já olhou a letra dessas músicas de funk, hip hop, brega, forró? Internet, televisão, tudo hoje incentiva o sexo heterossexual.

É uma triste verdade, infelizmente incontestável. Para ficar em um só exemplo de tantos que poderiam ser citados, recebi dia desses de um amigo o link para este blog, comentando um vídeo que é um perfeito exemplo desta cultura erótica que permeia os nossos dias. Acredito que o vídeo foi feito em uma escola, já que as pessoas estão aparentemente fardadas. Eu não saberia precisar a idade dos meninos e meninas que aparecem, mas salta aos olhos que são crianças.

Esta dança pornográfica e apelativa é tão gritantemente imoral e tão obviamente prejudicial à educação das crianças que ninguém nem precisa ser católico para entender isso. Os próprios comentários [aliás, mal-educados] do autor do blog citado mostram isso. O outro blog lá linkado – este, que aparentemente foi a fonte original do vídeo – também revela isso: ele não tem a mínima conotação religiosa, e a autora começa o seu texto dizendo que não quer ter filhas.

No mês passado eu comentei também aqui sobre a erotização da moda infantil: mais um exemplo – entre tantos! – da degradação moral da nossa sociedade e do mundo que nós estamos deixando para os nossos filhos. Quando nós, católicos, combatemos a pornografia e tanta sujeira da qual está repleta a cultura moderna, somos chamados de ultra-conservadores, de sermos traumatizados com tabus sexuais, de estarmos fora de moda e tantas outras coisas mais. E quanto aos não-católicos que mantêm o seu senso moral relativamente intacto e têm a coragem de serem contra a erotização da sociedade na qual vivemos, eles são o quê? Influenciados pela Igreja, é isso?

Isto está errado. Salta aos olhos que está errado. No entanto, as atitudes tomadas frente ao patente erro pelos que não são católicos são sofríveis: o Eden revela um terrível pessimismo ao dizer que a culpa é “nossa que consumimos esse tipo de porcaria”, a Kellen diz que só quer ter filhos porque prefere “tem um filho garanhão e pegador de quem uma filha biscate” (sic) e a Isabela insinua que, se existe tanta apelação erótica heterossexual, não deveríamos nos preocupar tanto com a homossexual! É incrível, mas é verdade: sem Deus, o homem até percebe que está no abismo, mas não consegue nada a não ser cair cada vez mais fundo.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

15 thoughts on “Ainda mais erotismo

  1. André Víctor

    Estou estarrecido!!!!

    A ‘coisificação’ da mulher, começa mais cedo do que imaginava! (Sic!)

    Misericórdia Senhor!! Misericórdia!!! Tenha compaixão de nós!!!

  2. Lívia Guimarães

    Deus de misericórdia, tende piedade de nós!

    É triste, mas é só o que podemos esperar de uma sociedade que libera aula de educação sexual nas escolas para CRIANÇAS, com o pretexto de “informar”. Informar nada!! a palavra correta é ESTIMULAR.

    Que triste, Jesus!

    Mãezinha, olhai pelos teus filhos.

  3. Sousa

    (…) o mundo inteiro jaz no Maligno. (1Jo 5.19)

    Filhas de Jerusalém, não choreis por Mim, chorai antes por vós mesmas e pelos vossos filhos, pois dias virão em que se dirá: Felizes as estéreis, os ventres que não geraram e os peitos que não amamentaram. (Lc 23, 27-31)

    Olhando videos como esse e a situação do mundo em que vivemos eu fico pensando: Será que ainda vale a pena casar e ter filhos ????
    É por isso que eu prefiro ser celibatário.

  4. Danielle Farias

    Eu também estou chocada!!!
    É colocar o joelho no chão e rezar pela nossa juventude.
    Será que as mães dessas crianças já viram esse vídeo?

  5. Julie Maria

    Não vi o vídeo… deixo no entanto meu comentário:

    Se o diretor de marketing da Daspu diz que as “patricinhas se vestem como prostitudas” e que ele espera vender roupas para “todas as mulheres”, então realmente é urgente uma tomada de consciência por parte das mulheres, afinal a mãe é a primeira que deveria guardar a pureza de suas filhas e filhos. Se… ela está preocupada com sua barriguinha e silicone, com certeza sua filha estará sendo depravada pela Malhação, funk e companhia ilimitada.

    Julie M.

  6. profeta do profano

    pois é o caostolicismo que explora e torna o prazer, o sexo e o erotismo em pornografia para tornar as pessoas frustradas, recalcadas e infelizes.
    ao alienar as pessoas de seu direito de ter uma vida feliz e plena, as faz projetar tal felicidade em uma vida vindoura.
    curiosamente, a pronografia é proibida pela mesma Egreja que acoberta a pedofilia de seus sacerdotes.

  7. Assunção Medeiros

    Vi o vídeo.

    Estou estupefata que uma escola permita eate tipo de comportamento de alunos dentro de sala de aula. O que me chocou mais foi que o menino encostado na parede estava visivelmente dividido entre o riso, a vergonha e a reação óbvia que o estímulo direto estava causando. A menina, por sua vez, parecia ausente, como se nada estivesse fazendo. Nenhum contato visual e nenhum outro contato físico, NENHUMA HUMANIDADE no ato.

    Danielle tem razão, é joelho no chão, mas não dá para ficar parado no âmbito mais terreno. A lamparina não pode ficar debaixo da cama, mas sim na janela.

    O Márcio já faz um trabalho extremamente útil e sério examinando a mídia. Quando vamos começar a monitorar as escolas – principalmente as públicas e as católicas – e fazer uso de nosso direito de não ter nossas crianças abandonadas à própria sorte onde deveriam estar sendo ensinadas a ser adultos autônomos e responsáveis?

    Depois o grande público fica divagando sobre o porque de tanta gravidez entre adolescentes… O problema social é criado pelo comportamento social e a resposta tem de ser MORAL, ou só vai piorar.

    Profeta do nada, sou católica desde que nasci, e assim foram meus pais e meus avós. Ninguém de minha família é recalcado ou infeliz, nem sou explorada por coisa alguma. A Igreja e seus membros sabem direitinho a diferença entre sexo e pornografia, entre amor físico e coisificação do ser humano.

    Você devia tentar fazer algo para sanar sua ignorância abissal e tentar virar gente, antes que a morte resolva o nosso problema de convívio com você.

    O SEU problema, lamento, só vai estar começando com a morte.

    Macaco, olha o próprio rabo…

    Sue

  8. Alien

    Só para constar: pelos comentários que li no blog original esse vídeo foi gravado numa ecola venezuelana, e o ritmo é muito popular por lá… mas se bobear tem aqui no Brasil crianças dançando funk (que coonsidero a pior das porcarias musicais já inventadas)…

  9. profeta do profano

    Assunção: “Profeta do nada, sou católica desde que nasci, e assim foram meus pais e meus avós. Ninguém de minha família é recalcado ou infeliz, nem sou explorada por coisa alguma. A Igreja e seus membros sabem direitinho a diferença entre sexo e pornografia, entre amor físico e coisificação do ser humano.
    Você devia tentar fazer algo para sanar sua ignorância abissal e tentar virar gente, antes que a morte resolva o nosso problema de convívio com você.”

    mais uma seguidora de ad hominem da escola do Carlos.
    tente entender, criança, que quem tem que aprender mais e tentar virar gente é a senhora.
    a pornografia é explorada porque é comercialmente interessante. isso acontece porque os brasileiros são mal resolvidos em termos de sexo e sexualidade devido ao domínio ideológico opressivo da Igreja. para a Igreja é necessário manter essa visão porque seu poder social, politico, cultural e espiritual está baseado na ideia de que o corpo, o sexo, o prazer são coisas nojentas, “pecaminosas”.

  10. Jorge Ferraz Post author

    30. Sacramental participation in the life of God? I’ve never heard that. I thought Catholics believe sex is dirty.

    No. Catholics believe sex is holy. That is why marriage is one of the seven sacraments of the Church. A sacrament is symbol, established by Christ, which conveys the grace and life of God to the soul by the power of the Holy Spirit. Marriage is one of these and sex is an integral part of marriage. It is because of the holiness of marriage, not the dirtiness of sex, that the Church opposes things like artificial insemination. Indeed, if anything, it could be argued that champions of artificial insemination are the ones who regard sex as dirty, since they prefer that it happen without so much as the partners touching, in a sterile environment far from the joys of the nuptial bed. What the Church aims to defend in its understanding of sex is simply the hearth and home of the ordinary family. What opponents of the Church’s teaching are pleading for, ultimately, is the divorce of sex from love and fruitfulness.

    [Mark Shea, “Answering Angels & Demons”, p. 18. Solicitação de download aqui.]

    Abraços,
    Jorge

  11. carlos

    O tal profeta profano diz que os brasileiros são mal resolvidos sexualmente, o que explicaria a pornografia. Como se pornografia fosse coisa só de brasileiro. Tem mais um burro no pedaço!
    Pelo menos ele está bem resolvido sexualmente, já que não vendeu as estacas de madeira que anunciou neste blog…
    Carlos.

  12. carlos

    Pessoal,
    Falei besteira. Quem anunciou a venda de estacas de madeira foi um outro boboca que se intitula Crusader. Então, peço desculpas ao ‘Profeta do Profano’ (ou será Roberto Quintas disfarçado…)
    Carlos.

  13. Assunção Medeiros

    Obrigada, Jorge, por ter adiantado minha resposta.

    Profeta, sua ignorância É ABISSAL. Isto não é ataque pessoal, é verificação de um fato. Dizer que a Igreja considera sexo pecado é dizer uma asneira abissal. No PRIMEIRO LIVRO da Bíblia já se define o sexo como presente de Deus e lê-se o comando d´Ele: crescei e multiplicai-vos.

    Quanto ao resto, na realidade estou torcendo que você MUDE antes que a morte torne a mudança impossível e sua ignorância abissal irreversível. Na realidade nem o ataquei, estava desejando seu bem.

    Carlos tem um estilo mais incisivo que o meu, menos tolerância, talvez, mas nada do que ele diz é falso. Então pode me colocar ao lado dele à vontade, muito me agrada. É o lado certo do precipício, sabe? O de cima…

    Quanto ao criança, agradeço a gentileza, mas é uma inverdade. Já estou bem entradinha em anos.

    O convite continua de pé: macaco…

    Sue

  14. Sidnei

    a pornografia é explorada porque é comercialmente interessante. isso acontece porque os brasileiros são mal resolvidos em termos de sexo e sexualidade devido ao domínio ideológico opressivo da Igreja. para a Igreja é necessário manter essa visão porque seu poder social, politico, cultural e espiritual está baseado na ideia de que o corpo, o sexo, o prazer são coisas nojentas, “pecaminosas”.

    Engraçado, paises em que a Igreja Católica não é predominante a pornografia corre a solta, exemplos, Holanda e Suécia.