Padre Norman Weslin, preso por protestar contra o aborto

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 3 meses atrás.

O vídeo já foi aqui comentado, mas merece um post específico, porque talvez nem todo mundo clique em um link que está no meio de uma série de outros assuntos distintos, e ler “padre preso nos EUA” não tem o mesmo impacto de ver as cenas do vídeo.

O padre Norman Weslin tem oitenta anos, e foi preso por estar pacificamente protestando numa Universidade Católica contra o aborto – ao mesmo tempo em que o sr. Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, abortista escancarado, discursava na mesma Universidade pedindo aos pró-vida diálogo e tolerância.

São tempos difíceis! Como já comentei em outros lugares, o vídeo é muito triste e muito bonito: triste, porque é aviltante ver um sacerdote do Deus Altíssimo ser tratado desta maneira; mas bonito, porque a sua atitude nos encoraja e nos anima a sermos católicos de verdade, conscientes daquelas palavras do Salvador de que, se o mundo odiou e perseguiu a Ele, também a nós há de perseguir e odiar.

Assistam a este vídeo os que ainda não o viram, e assistam novamente os que já o conhecem: eis um verdadeiro sacerdote católico! Diante de um ancião que não titubeia no anúncio do Evangelho, como poderemos nós ficarmos calados? Se um velho sacerdote tem coragem de carregar a sua cruz e enfrentar os poderosos deste mundo, poderemos nós nos acovardarmos e buscarmos o nosso conforto e comodidade? Diante de um padre idoso que vai à prisão cantando à Virgem Santíssima, teremos coragem de fugir ao combate?

Sendo assim, se eu morrer agora corajosamente, mostrar-me-ei digno de minha velhice, e terei deixado aos jovens um nobre exemplo de zelo generoso, segundo o qual é preciso dar a vida pelas santas e veneráveis leis.
II Macabeus 6, 27

Padre Norman, que Deus abençoe o senhor e a Virgem Santíssima o guarde sob a Sua poderosa intercessão.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

8 thoughts on “Padre Norman Weslin, preso por protestar contra o aborto

  1. Alien

    Jorge, gostaria de compartilhar esse vídeo que topei pela internet… caso queiras linkar ele:

  2. Aquinas

    O artigo da edição eletrônica da revista ‘TIME’ é importante para ajudar a entender todo o imbróglio. Convém ressalvar que o artigo é uma crítica ao eloqüentíssimo silêncio vaticano acerca da reação “Notre Dame” de vários católicos.

    Outro problema revelado pelos autores do artigo: aquela famosa lista de mais de 70 bispos contra a recepção do título de Obama na “Notre Dame” sofreu um suave CALA A BOCA do L”Osservatore Romano.

    http://www.time.com/time/nation/article/0,8599,1898756,00.html

  3. Sue

    Jorge, uma pergunta:

    Esta Congregação de Santa Cruz, que fundou a Universidade Notre Dame, é ainda responsável por ela? Quem vai responder pela prisão de um padre católico DENTRO DE UMA UNIVERSIDADE CATÓLICA??

    O site em português é http://congregacaodesantacruz.org.br

    O site da congregação em inglês, da província de Indiana, é: http://vocation.nd.edu/

    Como podemos pressionar esta instituição de educação para REALMENTE agir como tal? Estou entalada com uma indignação intensa pela atitude da universidade.

    Sue

  4. Pe. Mateus Maria, FMDJ

    A PAZ ESTEJA CONVOSCO!

    Muito lindo o testemunho deste sacerdote, graças a Deus que ainda temos “martires” que não se vendem ao poder e ao dinheiro.

    Diante destas cenas de fé, eu me questionava: “o que estava fazendo em uma universidade que se diz ‘católica’, um presidente discursando a favor do aborto?”

    É triste ver grande parte também de nossas universidades católicas PUC’s, que se vendem a alianças partidárias, ao ensino de heresias, e a corrupção.

    Infelizmente podemos notar com este vídeo uma realidade que também ocorre aqui no Brasil, todos aqueles que pensam diferentemente do sistema dominante são de uma forma ou de outra silenciados, ainda mais quando o sistema não possuí a capacidade de pensar, como o nosso.

    Que este Sacerdote seja realmente um exemplo a ser seguido por todos nós que lutamos a favor da vida.

    Pe. Mateus Maria

  5. Jorge Ferraz Post author

    Sue [e demais],

    Não sei quem vai responder pela prisão do pe. Norman; uno-me a ti na perplexidade diante do fato absurdo da prisão de um padre católico dentro de uma universidade católica por defender a moral católica e a lei natural. Sinceramente, não sei quem é responsável por Notre Dame. De ontem para cá, soube de mais algumas coisas:

    1. Tentaram justificar a atitude da polícia dizendo que o reverendíssimo sacerdote foi preso não simplesmente por “protestar”, mas sim por protestar descumprindo as ordens da polícia do Campus. Não sei que ordens eram essas. Esta matéria mostra outras pessoas que protestaram e não foram presas:

    http://www.chicagotribune.com/news/local/chi-obama-notre-dame-sidebarmay18,0,5806604.story

    2. O pe. Norman é realmente espetacular, porque ele já foi preso outras SESSENTA VEZES por protestar na frente de clínicas de aborto em vários lugares dos Estados Unidos:

    http://onelacatholic.blogspot.com/2007/04/please-pray-for-fr-norman-weslin-on.html

    3. Teve outra pessoa presa em Notre Dame, junto com o padre Norman: a sua quase-xará Norma McCorvey, a famosa Roe do Roe v. Wade (imagino o quanto esta mulher não deve sofrer):

    http://frontpage.americandaughter.com/?tag=norman-weslin

    Abraços,
    Jorge

  6. Lampedusa

    Jorge,

    Parece que houve também um pastor protestante preso nesse protesto. E negro…

  7. carlos

    Lampedusa,
    Sei que o negro que também foi preso foi Alan Keyes, que inclusive foi candidato a presidente dos EUA nas últimas eleições. Ao que me consta, ele é católico e de ótimas posições (pró-vida, anticomunista, antiliberal etc). Logo, foi solenemente ignorado pelo establishment midiático, que apoiou maciçamente o Obama (que nem é negro, mas mestiço) não por sua cor, mas justamente por ser abortista e comunista.
    No youtube há o vídeo da prisão de Alan Keyes (acho que é assim que se escreve o seu nome).
    Um abraço,
    Carlos.

  8. Renato Lima

    Ao olhar o vídeo percebi uma coisa:

    Vocês perceberam que quem é preso foi o padre, mas quem ganha os holofotes da mídia é o ”pastor” Rick!

    Isso é que é um protestante: eles não querem se dar ao martírio, querem os holofotes para depois contarem para os seus ”irmãos” que: ”Eu estive lá”.

    Os protestantes não são cristãos gente; protestante é apenas uma ”celebridade”!