Orações pela China

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 2 meses 30 dias atrás.

Ontem, durante a Oração da Assembléia da Santa Missa, o sacerdote lembrou-nos do pedido do Santo Padre para que rezássemos pela Igreja Católica na China. Domine, Te rogamus, audi nos! Confesso que não me lembrava deste pedido; ele está na carta do Santo Padre aos católicos chineses publicada há dois anos, em maio de 2007, onde era proposta uma Jornada de oração pela Igreja na China:

Caríssimos Pastores e todos os fiéis, o dia 24 de Maio, dedicado à memória litúrgica da Bem-aventurada Virgem Maria, Auxílio dos Cristãos — que é venerada com tanta devoção no santuário mariano de Shesham em Shanghai —, poderia tornar-se no futuro ocasião para os católicos de todo o mundo se unirem em oração com a Igreja que está na China.

Carta à Igreja Católica da República Popular da China, 19.

Que a Virgem Santíssima, Auxilium Christianorum, possa olhar com particular cuidado pelos cristãos que sofrem nas terras que São Francisco Xavier tão ardorosamente desejou evangelizar. Que esta Boa Senhora, tendo ajudado os filhos de Deus a vencerem as hordas turcas em Lepanto, não negue a Sua poderosa intercessão a fim de que, hoje, os católicos chineses possam vencer o regime materialista ateu que tão duramente os oprime. Rezemos a Ela pela Igreja perseguida.

A propósito, hoje foi publicada uma matéria sobre um chinês, sobrevivente da Grande Fome de Mao Tsé-Tung, que escreveu um livro sobre o assunto. Yang Jisheng, nascido em 1940, sobreviveu aos descalabros do ditador chinês e, hoje, conta em detalhes os horrores daquele tempo.

Os meios de comunicação do regime e os responsáveis do partido observam, evidentemente, um silêncio total sobre o conteúdo das mais de mil páginas escritas pelo velho jornalista. “Mu Bei” está disponível em chinês, mas apenas em Hong Kong. Yang Jisheng, entretanto, não foi incomodado pelas autoridades, embora ele não meça suas palavras para exprimir críticas audaciosas: “A catástrofe do Grande Salto não é somente resultado de uma política errônea, mas também da natureza totalitária do sistema”.

Rezemos, agora, uma ave-maria pela China.

Ave Maria,
cheia de Graça,
o Senhor é convosco.
Bendita sois vós entre as mulheres
e bendito é o Fruto do Vosso Ventre, Jesus.

Santa Maria,
Mãe de Deus,
rogai por nós, pecadores,
agora e na hora de nossa morte.
Amen.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

15 thoughts on “Orações pela China

  1. André Víctor

    Jorge!

    Nossa Senhora Axílio dos Cristãos (Auxiliadora), também é a padroeira da Arquidiocese de Goiânia. Dom Whashingotn também nos lembra, todo ano, de rezar pela China.

    Peço a todos que também rezem por nós daqui, pois já abrimos o trienio de preparação para o Sínodo Arquidiocesano que se realizará em 2012.

    Rezemos, caríssimos.

    Abraços e até mais ‘ver’.

    André Víctor

  2. Joe

    Jorge, para de mentir, rapaz… Não acredito em suas lágrimas de crocodilo… Esse seu texto é digno de riso…

  3. Joe

    E oração resolve…?? se resolvesse… o govenro chinês já teria sido derrotado!!! O governo chinês é que tá certo… não pode dar espaço politico pra $anta igreja….
    Afinal… vejamos as FIlipinas… país católico e de “excelente” nível de vida….

  4. Marcelo

    JOe,
    já existem vôos diretos para a China. Pq. vc. não aproveita e vai para lá? De lá vc. não abusaria da nossa paciência pq. os sites católicos são censurados. Vá procurar sua turma, infeliz!
    Sds.,
    de Marcelo.

  5. joão

    Tb já existem vôos diretos para o Vaticano, vocês deveriam ir morrar lá e caçar a própria turma de vocês ao invés de ficar olhando para a vida dos outros sem cuidar nem da própria.

  6. joão

    morrar = morar lá até morrer.
    Aqui é ruim , lá no vaticano que é bom, podem ir. Controlaremos nossas saudades

  7. Eduardo Araújo

    “Afinal… vejamos as FIlipinas… país católico e de “excelente” nível de vida….”

    Não tão “excelente” como o nível de vida em países anticatólicos como Camboja, Vietnam, Mianmar, Coréia do Norte …

  8. Eduardo Araújo

    Qual o problema, Lampedusa? A pista de pouso é a Praça de São Pedro, não sabia?

    Falando sério, dá para entender o motivo do Jorge liberar os comentários desses infelizes. Só assim podemos dimensionar o “nível” intelectual desses luminares cheios de raivinha neurótica contra a Igreja.

    Confira esta, também:

    “vocês deveriam ir morrar lá e caçar a própria turma de vocês ao invés de ficar olhando para a vida dos outros sem cuidar nem da própria.”

    E isso vem de um sujeito que aparece aqui sem um mínimo de conteúdo que se aproveite. Ao invés de cuidar da própria vida – no que talvez conseguisse ser útil para si e para os outros – prefere ser um inútil num blog católico, vomitando seu ranço antirreligioso e brindando-nos com asneiras como o tal vôo direto para o Vaticano.

  9. joão

    Claro, eu tinha pensado em algo mais legal como você aterrissar dentro da Catedral de São Pedro.

    Brindar com asneiras? Mais asneiras do que as que vocês acreditam é impossivel, com o seu messias [CENSURADO], infalibilidade do papa [CENSURADO] e outras sandices.

    O grande mestre terreno de vocês deveria estar apodrecendo no fundo de uma cela.
    E ainda tenho que ler mediocres cheios de pretensões pseudo-intelectuais.

    Mas apesar das limitações intelectuais creio que vocês entenderam a ideia central, se o outro porque falou da China deveria ir morar lá, os aduladores do Vaticano estão perdendo tempo aqui.

    A propósito, eu só apareço aqui para ver as amostras de definhamento mental que a sua religião produz, como defensores de pedófilos, desviados, crentes do sobrenatural que não serve para nada e do Deus [CENSURADO] que não cuida nem da própria casa.

  10. Joe

    caro, pedro… se reza resolvesse,não haveria + “perseguições”

  11. Manzoni

    João,

    Seu texto – tanto pelo ódio que destila como pela falta de qualquer argumentação – denota o quão limitada é sua qualidade intelectual. Pessoas com bom senso, educação e algum refinamento intelectual debatem e não grasnam!

  12. Marcelo

    João,
    vc. escreveu: “E ainda tenho que ler mediocres cheios de pretensões pseudo-intelectuais”.
    Você não tem de ler nada. Basta não entrar no blog. O acesso é VOLUNTÁRIO. Ou vc. é masoquista ou é burro. O seu texto induz à segunda alternativa.
    Vá visitar os sites do PT ou de outros movimentos “progressistas”, feitos por e para gente com o seu perfil de indigência mental.
    Sds.,
    de Marcelo.

  13. Carlos

    Marcelo tem razão.
    O João bobão é burro e masoquista. Vem aqui para sofrer e nos divertir com suas sandices. Mas eu entendo. É que andei dando umas espiadas nos blogs ateus e comunistas e, realmente, o nível ali é troglodita. Resta ao João bobão vir aqui tentar aprender alguma coisa. Mas, João, enquanto não aprende nada, fica quietinho, só lendo e meditando (acho que isso você consegue fazer). Mas não escreva nada por enquanto que aí ninguém vê o quanto você é burrinho.
    Carlos.