Dom José Cardoso NÃO tenciona apresentar recurso canônico contra Mons. Fisichella

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 2 meses 5 dias atrás.

[Recebi por email da secretária do Senhor Arcebispo, com o desejo de que fosse divulgado a fim de que alguns boatos que circulam inclusive em meios católicos sejam desmentidos.]

Informamos que o Arcebispo de Olinda e Recife já declarou,  várias vezes,  que não tenciona apresentar recurso canônico contra S. E. Mons. Fisichella. Dom José Cardoso deseja apenas e espera que o jornal L’Osservatore Romano publique sua resposta ao artigo assinado por Mons. Fisichella, a fim de que todos os leitores do referido jornal conheçam a verdade.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

14 thoughts on “Dom José Cardoso NÃO tenciona apresentar recurso canônico contra Mons. Fisichella

  1. primatologista

    Refletir sobre essa entrevista é muito bom. Eis um pequeno trecho dela:


    CC: Como julga o caso do aborto da menina brasileira e a intervenção, com excomunhão aos médicos e à mãe, pelo bispo do Recife?

    MD: Primeiramente, para aqueles que afirmam que na doutrina da Igreja há a excomunhão automática, e por isso num certo sentido justificam a intervenção do bispo do Recife, que a quis remarcar duas vezes, também em entrevistas, respondo que na Igreja Católica de automático há somente Jesus Cristo, que, ao contrário de excomunhões, pregava a misericórdia. Quanto ao resto, é aquilo que falou outro bispo, que com certeza não é um progressista, o monsenhor Rino Fisichella, responsável pelo Ministério da Saúde do Vaticano, e que neste caso manteve uma firme distância, seja do bispo do Recife, seja do seu potente protetor no Vaticano, o cardeal Giovanni Battista Re, presidente da Pontifícia Comissão para a América Latina. Foram aquelas palavras de Fisichella, bastante pesadas, que levam à ideia, no interior da mesma Cúria, da existência de uma guerra de poder, uma luta por posições, favorecida pelo relativo vazio que se criou no Vaticano.

    Portanto, o monsenhor Rino Fisichella não corroborou a afirmação do bispo medieval sobre o caso de “excomunhão automática”.

    Interessante, não?

    Entrevista completa, no endereço abaixo:

    http://www.cartacapital.com.br/app/materia.jsp?a=2&a2=6&i=3706

    Outro trecho diz que a igreja caminha “para se tornar uma minoria radical”.

  2. Carlos

    Primatologista,
    Parabéns pelo nome. Você realmente se expressa como um primata ao tratar da moral católica.
    Se Dom Rino Fisichella não corrobora a versão do bispo “medieval”, então é porque ele quer posar de bispo modernoso e avançadinho, que acha normal e irrelevante trucidar criancinhas no seio materno. Assim como pensam alguns “intelectuais” primatas destes tempos iluminados em que vivemos.
    Assim ele e os intelectuais primatas ganham ibope na mídia desta república de bananas.
    Por falar em bananas, se me passar seu endereço posso lhe mandar um cacho bem carregado… É de nanicas, para combinar com a sua caixa craniana… Se bem que a banana nanica é grande, mas a sua caixa cranina é realmente nanica…
    Carlos.

  3. primatologista

    “Se Dom Rino Fisichella não corrobora a versão do bispo “medieval”, então é porque ele quer posar de bispo modernoso e avançadinho, que acha normal e irrelevante trucidar criancinhas no seio materno.”

    Simplesmente mostra que não é unânime – como quiseram, desde o princípio, demonstrar os católicos medievais – aquela opinião sobre “excomunhão automática”.

    Agora, se acha que seus ataques pessoais melhoram o nível da discussão, por favor, continue.

  4. Pedro

    Quer ver só um “puxão de orelha automático” que Cristo fez (só um que lembrei de cabeça):

    “Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu, porém, vos digo: todo aquele que lançar um olhar de cobiça para uma mulher, já adulterou com ela em seu coração.” (Mt 5, 27-28)

    E não tem problema nenhum a Igreja tornar-se uma “minoria radical”. Ela começou assim e dura até hoje.

  5. Carlos

    Primatalogista,
    Vejo que você ficou melindrado com as minhas palavras. Mas você pode atacar um bispo bom, chamando-o de “medieval”, não é verdade? Se bem que, para mim, isso é um elogio. Mas você usou esse adjetivo para insultar. Então, deixe de sensibilidade e aguente, pois foi você quem começou.
    Carlos.

  6. Jorge Ferraz Post author

    Seu primata,

    Só para constar, não existe “opinião” sobre excomunhão automática. “Opinião” a gente tem sobre escola de samba. Existe um cânon do Código de Direito Canônico que diz que quem provoca o aborto, seguindo-se o efeito, incorre em excomunhão automática.

    Isso independe da “opinião” de quem quer que seja.

    – Jorge

  7. primatologista

    Jorge

    Meu “nome” é primatologista por estudar os primatas como voce, Carlos e eu mesmo. Só que voce, com sua estupidez, acha que não faz parte da família. Continua a – em pleno século XXI – se achar como o cume da criação, o que é um medievalismo.
    Quanto ao Código de Direito Canônico quero crer que um monsenhor deva saber mais do que voce. Não, não é um argumento de autoridade, é só uma dedução lógica. Se outras cabeças mais de dentro da igreja tem a opinião de que não houve uma excomunhão automática, é porque devem ter pensado e refletido bem no assunto, sem emocionalismo, como voce (e esse indivíduo que atende pelo nome de Carlos) e os demais estão fazendo.

  8. Jorge Ferraz Post author

    Seu primata,

    Questões taxonômicas à parte [porque não têm absolutamente nada a ver com isso], sim, eu tenho orgulho de ser o cume da criação visível, porque sou o único ser vivo material dotado de inteligência e vontade, à imagem de Deus. Se você não é, bom, é problema seu: favor não projetar as próprias limitações nos outros.

    Quanto ao Código de Direito Canônico, o monsenhor Fisichella sabe perfeitamente que quem provoca o aborto, seguindo-se o efeito, incorre em excomunhão automática, tanto que ele diz exatamente isso no seu já tristemente célebre artigo do L’Osservatore que eu traduzi aqui:

    A própria colaboração formal [com o aborto] constitui uma culpa grave que, quando realizada, traz automaticamente para fora da comunidade cristã [porta automaticamente al di fuori della comunità cristiana]. Tecnicamente, o Código de Direito Canônico usa a expressão latae sententiae para indicar que a excomunhão ocorre justamente no próprio momento no qual o fato acontece.

    Portanto, sr. Primata, Mons. Fisichella NÃO NEGA A EXISTÊNCIA DA EXCOMUNHÃO AUTOMÁTICA, sendo outro o ponto em litígio entre ele e Dom José Cardoso. Só que o senhor não faz a mínima idéia do que está falando, e provavelmente nem leu as palavras do presidente da Pontifícia Academia Para a Vida, para vir aqui falar besteiras por ter ouvido o galo cantar sem saber onde.

    Desejando a sua rápida evolução,
    subscrevo-me, atenciosamente,

    Jorge Ferraz

  9. primatologista

    Faça o seguinte, sr. Jorge: se quer continuar a me denegrir, vá à [CENSURADO], aproveite e [CENSURADO], mandando também o sr. Carlos e demais asseclas [CENSURADO] também. Pensei que se poderia ter discussão aqui, mas voces só querem saber de esculhambar com outros, então que [CENSURADO], [CENSURADO] peguem também [CENSURADO], aquele [CENSURADO].

  10. Jorge Ferraz Post author

    Caríssimos,

    O primata bateu todos os recordes de número de [CENSURADO]’s por linha de texto escrito! Parabéns para ele, que se mostrou um verdadeiro primata!

    Aqui, seu primata, quem fala besteira, discutindo sobre textos que não leu, dando opiniões descabidas sobre assuntos que não conhece e colocando nos textos dos prelados da Igreja coisas que eles não disseram, será tratado de acordo com o que demonstra ser. Ninguém é obrigado a ter paciência com quem demonstra calhordice intelectual.

    E apenas para constar: sim, há discussões aqui, mas elas precisam manter um nível mínimo de civilidade, e enquanto os primatas não conseguirem tanto, que terminem o seu processo evolutivo bem longe daqui.

    – Jorge

  11. Dionisio Lisboa

    Jorge

    Você até que foi paciente… O hominídeo acima, tais como seus parentes dos zoológicos, gosta de jogar dejetos nos outros… fazer o quê? Espero que os próximos comentários do ser em evolução acima não sejam mais publicados…

  12. Marcelo

    É Jorge, tem gente que de tanto estudar um objeto acaba se confundindo com ele…
    Sds.,
    de Marcelo.

  13. Messias

    Algumas pessoas são engraçadas. Entram no blog alheio para atacar suas convicções até mesmo com mentiras e ainda acham ruim ser criticados e reclamam que querem discussões como se o blog fossem deles.
    Deveriam ter vergonha na cara com um comportamento tão infantil.