Sugestões corridas

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 2 meses 9 dias atrás.

– O Gustavo esteve ontem comigo na audiência pública sobre o aborto da Câmara dos Vereadores de Recife. E aproveitou para entrevistar a dra. Dolly. Recomendo a leitura da entrevista.

– Um rabino defende a canonização de Pio XII, conforme notícia veiculada em ZENIT. É americano, chama-se Erich A. Silver, e mudou de idéia sobre a idoneidade do Papa em setembro de 2008. “As provas que eu vi [no simpósio organizado pela Pave The Way Foundation] me convenceram de que sua única motivação (de Pio XII) foi salvar todos os judeus que ele pudesse. […] Vale destacar que, depois do fim da guerra e até sua morte, os judeus o elogiaram continuamente, reconhecendo-o como salvador”.

– Algum delinqüente jogou uma bomba ao final da parada gay de São Paulo, que feriu vinte e uma pessoas. Desnecessário dizer que repudiamos esta violência inaceitável, como repudiamos o assassinato do dr. Tiller; rechaçamos veementemente qualquer tentativa de associar tais criminosos aos católicos que somos contrários ao Gayzismo. O atentado já está sendo usado como massa de manobra política para pressionar a sociedade “contra a homofobia”; espero que as pessoas saibam diferenciar a pregação moral católica do lançamento de bombas caseiras.

– Excelente recomendação: o livro de Dom Boaventura Kloppenburg, “Espiritismo: orientações para católicos”, disponibilizado pelo São Pio V. É o melhor livro de apologética contra o espiritismo que eu conheço.

– Texto do Pondé sobre neopaganismo: Uivando para a Lua. Aproveitando toda a discussão sobre história travada aqui, o colunista da Folha é um bom exemplo de como fazer crítica histórica à Igreja sem ser estúpido. “O imaginário adolescente é claro: o cristianismo, este perverso, patriarcal, destruiu uma sociedade onde homens e mulheres viviam em comunhão sem opressão. Para eles, queimaram-se milhares de mulheres e homens inteligentíssimos na Idade Média. A verdade é que provavelmente a maior parte dessas infelizes vítimas era gente boba mesmo. Pergunta: como seria o mundo se o paganismo tivesse vencido?”.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

17 thoughts on “Sugestões corridas

  1. Pablo

    Hahahaha!!! Podem canonizar a vontade o papa Pacelli… isso não vai limpar sua imagem!!! Se esqueceu que o nazismo e seus regimes-satélites vitimaram outros grupos???

    Você repudia a bomba contra parada gay?? hum….sei…

  2. Renato Lima

    Ué Jorge!?, por que você acha que pode ter sido um católico a jogar à tal bomba!?

    Pode ter sido um protestante fundamentalista… ou pode ser o próprio governo.

  3. Carlos

    Pelo que fiquei sabendo, o pessoal estava na frente de um prédio RESIDENCIAL, ouvindo música muito alto, dançando, gritando e outras coisas. Depois de um tempo, foi jogada, do prédio, a tal “bomba” ou rojão.

    O ato, obviamente reprovável, parece ter sido iniciativa de algum morador incomodado com a bagunça, e não tem nada a ver com a tão chorada “homofobia”.

    Mas, obviamente, o caso será utilizado pela militância gay para se fazer mais discurso de vítima e avançar sua agenda.

  4. Jorge Ferraz Post author

    Caros,

    Só para constar, recebi o seguinte email de uma certa senhora “católica” sobre a bomba lançada ao final da Parada Gay:

    FANÁTICOS INTOLERANTES, APOIADOS POR “CRISTÃOS” DERAM MAIS UM EXEMPLO DE COMO PRETENDEM “DEFENDER” SUAS IDÉIAS PELO MUNDO.

    UM HOMEM MATA UM MEDICO QUE FAZIA, DENTRO DA LEI, ABORTOS NOS EUA.

    SEU GRUPO RELIGIOSO DEFENDE A IDÉIA DA VIOLENCIA PARA IMPOR SUAS CRENÇAS

    DOMINGO, EM SÃO PAULO, FANÁTICOSINTOLERANTES, QUE TEM O APOIO DOS MESMOS “CRISTÃOS” JOGARAM UMA BOMBA CASEIRA EM UM GRUPO, NO LARGO DO AROUCHE.

    SERÁ QUE ESSES “PSEUDOS-CRISTÃOS NÃO ENTENDERAM A MENSAGEM QUE A POPULAÇÃO PASSOU?

    FORAM MAIS DE TRES MILHÕES DE PESSOAS PARA A AVENIDA PAULISTA, DIZER NÃO À HOMOFOBIA E A INTOLERANCIA RELIGIOSA

    FORAM MAIS DE TRES MILHÕES QUE ASSINARAM O ABAIXO ASSINADO A FAVOR DO PL122

    O QUE CAUSA ESTRANHEZA A TODOS, É COMO ESSES “CRSTÃOS” PREGAM SUA FÉ, PELA VIOLÊNCIA

    ONDE ESTÁ NOS ENSINAMENTOS DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO ESSE TIPO DE ATITUDE?

    COMO UM PAIS, LAICO, PODE ATURAR QUE FANATICOS RELIGIOSOS INTERFIRAM NA LEGISLAÇÃO?

    TAIS ATITUDES, GRAÇAS A DEUS, SO VÊM CONFIRMAR QUE O PL 122, TEM QUE SER APROVADO, O MAIS RÁPIDO POSSIVEL, PARA QUE ESSA INTOLERANCIA SEJA CRIME.

    HOMOFOBIA AQUI NÃO!

    Eu mereço!

    Abraços,
    Jorge

    P.S.: Ao que me conste, jogar bombas em cidadãos já é crime, não?
    JF

  5. Dionisio Lisboa

    Essa senhora “católica” (que ainda não se mancou que seus argumentos estão mumificados pele irracionalidade e ausência de fé que poderia iluminá-la) deveria ser convidada a rever sua catolicofobia…

    Pois é, agora criei esta nova terminologia: CATOLICOFOBIA!

    Jorge, vou registrar e cobrar royalties, ok?

  6. Renato Lima

    Essa senhora se esquece de dizer que A MÍDIA DIVULGOU O NÚMERO DE TRÊS MILHÕES, MAS O NÚMERO REAL DE PARTICIPANTES FOI MUITO MENOR DO QUE O ESPERADO E DIVULGADO.

    Dizer que três milhões assinaram ”O ABAIXO ASSINADO A FAVOR DO PL122”, demonstra onde chega a ”honestidade” desta senhora!

  7. Gabriel Ferreira

    A tônica cada vez mais frequente nos discursos homofílicos é a de associar cada vez mais a oposição, seja ela de consciência, teórica ou ética, ao homossexualismo com a violência ou preconceito. O próprio termo “homofobia” se presta bem a escamotear a distinção – nem tão refinada e sutil assim – entre oposição e desejo de violência e morte do opositor. E tomam-se as duas posturas como idênticas ou intercambiáveis. O movimento falacioso que faz escorregar o sentido da objeção para o da violência tem sido o pressuposto básico de qualquer conversa que tenhamos que enfrentar.

    Um abraço e obrigado pela referência.
    In Christo.

  8. profeta do profano

    achado interessante:
    curiosa, mas interessante crítica. então o tempo em que uma crença existe é sua garantia? então o Cristianismo não tem mais de mil anos, visto que esta religião mudou conforme o tempo, a cultura e o local por onde passou. o Paganismo tem seus defeitos, mas não podemos nos esquecer que foi o Cristianismo quem pregou ao mundo ideais como “amar ao próximo”, “dar a outra face” e outros clichês típicos de uma seita de escravos. Foi o Cristianismo, ao alcançar o trono de Roma, quem lançou o mundo em guerras, intolerâncias, preconceitos, discriminações, genocídios, aculturamento. Nós, neopagãos, somos tão sérios e estudiosos quanto todo ser humano e os Cristãos não estão isentos de dizer bobagens, basta ver os movimentos neopentecostais. Eu recomendaria ao autor que tirasse o cabresto da Teologia Cristã e procurasse conhecer um pouco mais sobre nós e sobre sua religião.

  9. Jether

    “O ex-chefe da espionagem romena, Ion Mihai Pacepa, confessou recentemente que a onda de acusações ao Papa Pio XII, que começou com a peça de Rolf Hochhuth, O Vigário (1963), e culminou no livro de John Cornwell, O Papa de Hitler (1999), foi de cabo a rabo uma criação da KGB. ”
    http://www.olavodecarvalho.org/semana/070201jb.html

  10. Carlos

    E quem garante que quem jogou essa bombinha não foi o Bin Laden? Ou quem sabe um gayzinho enciumado por ver o seu barbudo aos beijos com outro barbudo? Eu voto na segunda opção.
    Carlos.

  11. Gabriel Ferreira

    Senhor “Profeta do profano” ou, Roberto Quintas.

    Por que ao invés de repetir aqui o mesmo comentário tolo que fez no meu post em questão, o senhor não vai lá ler as minhas respostas e aprender alguma coisa?

    Patético.

  12. lucas

    Por mais que a igreja católica seja contra o homossexualismo, ela não prega o uso de violencia contra ninguém. Acho que isso qualquer pessoa sensata sabe.
    Deve ter sido algum grupo neonazista ou qualquer porcaria do genero que fez isso.
    Quanto ao Carlos, mesmo assuntos serios como a violencia, ele insiste em fazer seus comentários (des)necessários.

  13. Carlos

    Lucas,
    Deixe de frescurite, rapaz! Muitos aqui esculhambam a Igreja católica, que é santa, e você não dá a mínima. Mas quando eu faço uma piadinha com os gays, que não são nada santos, você fica assim todo ofendidinho…
    Sei não, hein?

  14. profeta do profano

    Gabriel, vc e o Carlos são admiradores do sr Roberto Quintas? ou vc, como o Jorge, nunca ouviu falar de ctrl+c/ctrl+v?

  15. lucas

    Carlos

    Em primeiro lugar não fiquei ofendidinho, só não achei o assunto em questão próprio para piadas.
    Imagina se essa bomba tivesse estourado numa igreja e viesse alguém debochar e dizer que foi um padre inciumado ou qualquer coisa ridicula do genero? Eu ficaria pasmo do mesmo jeito.

  16. Gabriel Ferreira

    “Profeta”, claro que ouvi falar. O que você faz é a mesma estupidez que tenho que corrigir em alunos incompetentes a todo semestre.

  17. profeta do profano

    gabriel: “claro que ouvi falar. O que você faz é a mesma estupidez que tenho que corrigir em alunos incompetentes a todo semestre.”

    com um argumento desses, Gabriel, eu tenho pena dos seus alunos.