Escândalo e perseguições

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 1 mês 9 dias atrás.

– Via Luís Guilherme no Twitter: Father Saju George, S.J., the dancing Jesuit (!!). Claro que faltam vocações; quem é que, no seu juízo perfeito, vai querer ser sacerdote para ser como este meu homônimo? Falta fidelidade à Igreja, antes de tudo. E, infelizmente, vemos os filhos de Santo Inácio envergonharem ainda mais o seu fundador. Hoje em dia, parece ser verdade o dito mordaz: si cum Iesu itis, non cum iesuitis

Intentan quemar con gasolina una iglesia de Majadahonda en plena misa. Aliás, é interessante comparar esta notícia, do ABC, com a que saiu no El País… segundo informações deste último, eram bombas de fabricação caseira, formadas por garrafas de dois litros cheias de gasolina, que foram colocadas no duto de ventilação da Igreja. O padre percebeu porque sentiu um forte cheio de gasolina durante a missa. Não se sabe, até o momento, quem são os responsáveis pela tentativa de atentado.

Aparece en La Habana un sacerdote español asesinado con las manos atadas. O padre Mariano Arroyo Murillo tinha 74 anos e era da Cantabria; fazia missões por três anos em Cuba e já estava prevendo voltar à Espanha. Seu cadáver apareceu com várias punhaladas, queimaduras e mãos atadas. É o segundo sacerdote espanhol assassinado em Cuba “em poucos meses” – em meados de fevereiro foi apunhalado e estrangulado o pe. Eduardo de la Fuente Serrano, 61 anos. Tampouco se sabem os responsáveis.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

2 thoughts on “Escândalo e perseguições

  1. Taiguara

    Rapaz, ridículo esse jesuíta! O cara parece o Rodrigo Santoro, se pinta todinho e ainda faz pose de biba em frente à Virgem Maria com o Menino Jesus! Realmente: quem quer ser Padre pra ser como isso aí?

    []s!

  2. Jeremias

    Huash, huash, a cada dia que se passa a igreja torna-se mais e mais ridícula.