Ovelhas sem pastor

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 29 dias atrás.

O “semanário litúrgico-catequético” da Paulus – O Domingo – estava hoje pior que de costume. Mas, por ironia, as leituras da Santa Missa do 16º Domingo Comum estavam perfeitamente adequadas ao jornalzinho que as continha.

Primeira leitura, do profeta Jeremias: “ai dos pastores que deixam perder-se e dispersar-se o rebanho de minha pastagem, diz o Senhor!”. Evangelho segundo São Marcos: “ao desembarcar, Jesus viu uma numerosa multidão e teve compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor”. Talvez numa irresponsável tentativa de colocar-se como exemplo daquilo que as Sagradas Escrituras condenam, O Domingo publicou uma vergonhosa “Oração da Assembleia”, que é como segue:

PR: Entre os próximos dias 21 e 25 será realizado, em Porto Velho, Rondônia, o 12º encontro intereclesial das CEBs. Rezemos, em dois coros, para que esse encontro traga novo ânimo e vigor às comunidades cristãs.

L1: Deus da vida e do amor, / Trindade santa, a melhor comunidade: / queremos acolher vossa palavra, partilhar a eucaristia, / assumir a missão na comunidade eclesial / e no movimento popular.

L2: Somos as CEBs do Brasil, / seguidores e seguidoras de Jesus / em missão profética, ecumênica e transformadora.

L1: Na opção pelos pobres / e na defesa da terra, da água, da vida.

L2: Do ventre da terra, profanada pelo latifúndio depredador, / nos chega o clamor dos povos indígenas / e do povo sem-terra.

L1: Dos nossos campos e das nossas cidades / nos chega o clamor por justiça, partilha e paz.

L2: Animados pelo Espírito do ressuscitado, / sob a proteção de Maria, a mãe, / e com tantas testemunhas de vida e de martírio, / seguiremos a caminhada, / como Igreja de Jesus, / nas lutas e na esperança do reino.

AS: Amém!

Os erros litúrgicos, catequéticos e pastorais, ao lado dos de colocação pronominal e de minúsculas recorrentes nas referências às Pessoas da Trindade Santa, são da lavra dos responsáveis pelo Semanário. Sinceramente, é difícil acreditar que pessoas capazes de colocar um lixo desses na celebração da Santa Missa ainda possuam Fé. Contemplando estarrecido os católicos revezarem-se na recitação desta porcaria, deparo-me com uma imagem viva das imprecações do profeta Jeremias e da compaixão sentida por Nosso Senhor, recém-proclamadas: verdadeiramente, os católicos que acompanham a missa pel’O Domingo estão como ovelhas sem pastor. Que o Altíssimo tenha misericórdia de nós todos.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

33 thoughts on “Ovelhas sem pastor

  1. João de Barros

    Caro Carlos:

    Não se preocupe. É sempre um prazer ouvi-lo. Senti sua falta na discussão sobre a Caritas in Veritate. Suponho que já a tenha lido. Gostaria de saber o que pensa a respeito.

  2. Laerte Rodrigues

    Eu pessoalmente fiquei de boca fechada quando esta oração foi lida pela assembléia na missa que assisti no domingo passado!

  3. Pedro Henrique

    Salve Maria!

    Não tive condições de ir a missa neste domingo. Mas imagino o sofrimento que seria se estivesse diante dessa palhaçada. Quem conhece Rondônia, sabe bem que a TL é predominante e que há padres (que pouco se parecem com padres) que expõe o Santo Sacrifício ao ridículo, cometendo e permitindo e até mesmo promovendo abusos cada vez mais estúpidos.

    Em Cristo,
    Pedro Henrique.
    Vilhena-RO.