Miscelânea

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 23 dias atrás.

Panayiotis Zavos Has Cloned Dead Humans, Implanted Other Cloned Embryos, notícia absolutamente bizarra: o sujeito está pegando DNA de gente morta e implantando em óvulos de vacas (!) “para estudar a clonagem humana”. Ver também a notícia do The Guardian. É um passo a mais nas aberrações éticas: não é suficiente clonar, não é suficiente criar híbridos, é preciso “ressuscitar os mortos”. Loucuras de um mundo sem Deus.

Brhadaranyakopanishadvivekachudamani batiza filho com mesmo nome, é outra notícia quase inacreditável. Este gosto pelo tosco, pelo feio, pelo estranho, pelo bizarro, é mais uma das loucuras a que se entregam os homens quando perdem de vista o Deus que é o Belo. Se é verdade que a beleza salvará o mundo, então ele está muito longe de ser salvo. E Satanás sabe muito bem o que faz…

Movimento lança campanha polêmica, é matéria de ontem do Diário de Pernambuco. Coisa estranha. “O nome do movimento é Javé Nossa Justiça. O emblema é um arco-íris e a polêmica em torno do que pregam seus integrantes promete ser das maiores”. Ao contrário do que pense à primeira vista, não é um movimento “religioso gay”, mas precisamente o contrário: “Tanto o aborto, quanto a homossexualidade são combatidos, na opinião do movimento, dentro da ótica dos preceitos bíblicos”. A julgar pelo que foi apresentado na matéria, no entanto, o movimento é inócuo e contra-producente. Vejam só o que o jornal veiculou como sendo posição do coordenador do movimento: “a própria Organização Mundial de Saúde reconhece o homossexualismo como uma doença, tratável”. Bom seria se assim fosse…

Bispo alerta para preconceitos da Igreja contra ciência. Notícia trazida pelo Argo, no estilo flooder dele, e devidamente classificada como lixo no post onde foi originalmente colocada. É do início do mês (02 de julho). Provavelmente trata-se da visão leiga da matéria veiculada em ZENIT no mesmo dia. Aliás, sobre a infelicíssima declaração de Dom Pagano, eu já tive oportunidade de comentar aqui, onde cheguei inclusive a dizer: “Não sei como foi que a segunda [parte da declaração de Dom Pagano] ainda não ganhou manchetes mundo afora, do tipo ‘Igreja precisa aprender com Galileo, segundo prelado vaticano’ ou qualquer outro título cretino como os que estamos acostumados a ver quando o assunto é a Igreja Católica”. Batata! Já tinha ganho e eu é que não tinha visto. O anti-clericalismo é tão previsível…

Mas é dita uma coisa boa na mesma notícia que eu não sabia e, se for verdade, Deo Gratias: “No fim de 2008, a Santa Sé anunciou que arquivaria o projeto de erguer uma estátua em homenagem ao físico nos jardins do Vaticano, proposta da Pontifícia Academia de Ciências”. Tomara.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

6 thoughts on “Miscelânea

  1. Michele Oliveira

    O fim dos tempo como já nos avisou São Nilo há mais de 1500 anos atrás.
    Temos que rezar por todos.

  2. karina

    Algumas mães não querem conhecer nem amar seus filhos que terão vida breve, outras querem que seus filhos com vida breve voltem a viver… Será que o ser humano não aprende que ninguém é igual a ninguém, que a vida é dom de Deus, o homem não tem controle sobre os dias de sua vida, e mesmo que gêmeos nasçam idênticos, com o mesmo material genético, são duas almas completamente diferentes?? Povo que gosta de complicar as coisas. Agora, onde é que já se viu pegar material do meu filho e implantar numa vaca!? Onde que o ser humano quer chegar?? Criar vidas (ainda mais) descartáveis? Iludem aqueles que acreditam piamente que a ciência pode lhes tornar “perfeitos”. Sim, a ciência ajuda muito a trazer qualidade de vida para aqueles que são doentes ou têm limitações, mas essa ciência podre ilude e desumaniza, transformando a todos em cobaias vivas.