Até que enfim!

closeAtenção, este artigo foi publicado 7 anos 10 meses 18 dias atrás.

Via Wagner Moura: Bassuma deixa o PT.

“[E]u, Luiz Carlos Bassuma, em consonância com o Art. 21 da Lei 9.096, de 19/09/1995 comunico minha desfiliação do Partido dos Trabalhadores, a partir desta data, conforme exigência da lei”.

Utilius tarde quam nunquam, como diziam os antigos. Por fim, a coerência. Obrigado, Luiz Bassuma! Nunc bene navigavi, cum naufragium feci, como também diziam os antigos: graças à leniência do deputado em fazer o que deveria ter feito há muito tempo, o PT foi forçado a pôr as garras de fora e mostrar sua personalidade totalitária, sacrificando até mesmo a consciência dos seus afiliados na defesa desesperada daquilo que é contrário à Lei Natural. Mostrou-se escancaradamente abortista o Partido, graças à permanência do deputado pró-vida em seus quadros por um tempo muito superior ao que seria razoável.

Parece-me que o deputado perde o mandato, ao deixar o partido. Mas, ao menos, não perde a honra. Antes tarde do que nunca. Parabéns, Luiz Bassuma.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

18 thoughts on “Até que enfim!

  1. Lampedusa

    Sim, parabéns sr. Bassuma! É uma demonstração ímpar de coerência entre os homens públicos brasileiros. Como seria bom se os ‘católicos’ do PT fizessem o mesmo…

    E, Jorge, tenho impressão de que o deputado Bassuma pode não perder o mandato, pois ele pode facilmente alegar mudança de orientação partidária incompatível com seus princípios (não que o PT já não fosse abortista, mas não exigia ‘fechamento de questão’ nesse quesito antes).

  2. Portal União

    Se eu fosse vc não dava os parabéns! Vá lá e dê uma olhada no programa do Partido Verde meu caro:

    “g) legalização da interrupção voluntária da gravidez com um esforço permanente para redução cada vez maior da sua prática através de uma campanha educativa de mulheres e homens para evitar a gravidez indesejada.”

    O que é interrupção voluntária da gravidez meu caro Jorge?

  3. Carlos

    É aborto mesmo.
    Nesse caso, trocar o PT pelo PV é trocar seis por meia dúzia. Esse Bassuma é muito contraditório. Quer dar uma de pró-vida, mas não quer sair da esquerda, cujo ideário é sempre abortista (para não dizer também gayzista, maconhista, banditista e outros istas).
    Carlos.

  4. Marcelo

    Tá tudo dominado!
    O Bassuma faz um jogo de cena para continuar participando de agremiações abortistas, embora se diga contra o aborto. Ele é bobo? Ou acha que seus eleitores são?
    De qualquer forma, os petistas perdem aqui e ganham ali. O Tofóli vai para o STF, contando com a benção de D. Dimas, da Cnbb. Trata-se de um petista, portanto abortista. Alguém se lembra se o Tof se manifestou por ocasião do julgamento do uso dos embriões humanos em pesquisas?
    Sds.,
    de Marcelo.

  5. karina

    Eu já estava até ficando contente, mas de fato trocar PT pelo PV e nada é a mesma coisa.

    Mas, como disse o Marcelo, tá tudo dominado.

    Ser contra o aborto hoje joga você para uma espécie de limbo político, e aí ou você aceita esse limbo (coisa que políticos “atuantes” não toleram), ou você é contra o aborto, maaassss…

    E o pior de tudo é ver que a CNBB se pronunciou a favor da indicação do Toffoli para o STF http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u630895.shtml

    Deus nos livre e guarde! É o ensaio geral para o fim do mundo.

  6. Jorge Ferraz Post author

    Senhores,

    Realmente, trocar o PT pelo PV eclipsa totalmente o que poderia ser um corajoso ato de coerência… :(

    – Jorge

  7. Lisardo

    Pelo amor de Deus! Em memória dos santos mártires, não fiquem apoiando políticos. Deixem que a CNBB faça isto!

    E ainda tem gente que acredita nesta igreja pós Vaticano II!

    Apocalipse now!

  8. Lisardo

    Ao Wagner: Porque minha msg não foi publicada em seu blog?

    Será que, mesmo com tudo isso vc ainda apóia o ex-petista?

    Mire-se no exemplo do Jorge!

  9. Pedro V.

    [Senhores,

    Realmente, trocar o PT pelo PV eclipsa totalmente o que poderia ser um corajoso ato de coerência… :(

    – Jorge]

    O interessante é que o Jorge é tão machista que não reconhece a presença da Karina. E a idiota é tão idiota (por isso a igreja sempre fez do que fez com as mulheres) que só falta babar ele todinho.

  10. Jorge Ferraz Post author

    Senhor Pedro,

    Fiquei pensando no que poderia significar ser “tão machista” e “não reconhece[r] a presença da Karina”, e a única conclusão à qual cheguei foi que tais comentários foram motivados pelo fato de eu ter usado “senhores” e não “senhore(a)s”. É isso mesmo?

    Se o for, lembro-o que, conforme aprendi no colégio, o masculino pode ser utilizado quando há um único elemento masculino no conjunto ao qual se está fazendo referência. E, portanto, se há algum idiota aqui, é este para o qual eu estou escrevendo agora.

    Hasta la vista.

    – Jorge

  11. Pedro V.

    [É injustificável defender uma gramática que usa o masculino genérico que esconde as mulheres.]
    (Josenia Antunes Vieira – doutora em Lingüística, professora da Universidade de Brasília – [email protected])

    http://folha.arcauniversal.com.br/integra.jsp?codcanal=982&cod=110265&edicao=765

    Se quiser repelir o ensinamento dela por ser a citada professora de outra vertente do cristianismo, fique à vontade.

  12. Rodrigo

    Pedro V -> Neo ateu detected! Vejam que no outro post ele ridicularizou a Revelação Divina.

  13. Lisardo

    Mas o objetivo é esse mesmo: Desviar a atenção do que está em discussão, justamente para deixar… o ex-petista em paz!

    Não vamos cair nesse engodo!

  14. Lisardo

    “Ao Wagner: Porque minha msg não foi publicada em seu blog?

    Será que, mesmo com tudo isso vc ainda apóia o ex-petista?

    Mire-se no exemplo do Jorge!”
    ————————————————

    Em resposta pelo meu email particular o Wagner me diz que…

    “Comentários fundamentalistas são bloqueados neste blog.”

    Quer dizer então que, quem critica o ex-petista é fundamentalista?

    Assim vc atinge a muitos!

  15. Michele Oliveira

    Lisardo,
    criticar e repudiar o Pt é obrigação dos católicos.
    Não se pode ser a favor de um partido que tem nos estatutos o apoio a matança de bebês indefesos(entre outros absurdos anticatólicos que esse partido propaga)