Leituras apressadas

closeAtenção, este artigo foi publicado 7 anos 9 meses 10 dias atrás.

Estudante mineira pode ser beatificada. “Isabel Cristina lutou até o fim da vida pela virgindade. Ela resistiu ao estupro, mesmo depois de ser golpeada na cabeça com uma cadeira e de ser amordaçada”.

12 razões pelas quais crucifixo não viola liberdade. “A parede branca também é uma declaração ideológica, especialmente se nos primeiros séculos não podia estar vazia”.

Itália: “Esta é a resposta ao Juiz turco de Estrasburgo!”. Leiam, é fantástico! “O prefeito de Assis sugeriu que além dos crucifixos fossem colocados também presépios nas salas de aula. O prefeito da cidade de Trieste esclareceu que tudo permaneceria do jeito que está. A Câmara de Comércio romana pediu que as lojas pendurassem crucifixos […] O prefeito de Galzignano Terme na província de Pádua, Riccardo Roman, ordenou colocação imediata de cruzes em todos os edifícios públicos – não somente escolas, mas também na Prefeitura e museus”.

Apagão em Brasilia foi pior que restante do Brasil: No senado “mordaça Gay” foi aprovada. Na foto: “a Bíblia é homofóbica? E agora, vão rasgar a bíblia?”. No texto: “o projeto fora para votação sem ser comunicado na pauta normal do dia. Foi realmente uma jogada suja, tão suja quanto os que projetaram essa vergonha”.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

7 thoughts on “Leituras apressadas

  1. Michele Oliveira

    Muito boa a resposta da Itália. Nós aqui do Brasil deveríamos imitá-los, e defender mais a nossa fé. Deu até vontade de levantar da cadeira e aplaudir ao ler isso, mas estou no trabalho e iam achar estranho,hahahahahaha

    E como eu sempre digo, se essa lei da “homofobia” passar, vou ser a primeira a ser presa. Eles só conseguirão se agirem desse jeito sujo e por baixo do pano, por que não fazem um referendo?

    Virgem Maria, rogai por nós, vamos precisar!A perseguição católica ficará ainda mais feroz, pois esses militantes gays são cruéis quando querem.E as crianças vão ser o próximo alvo.O que temos que fazer é rezar muito e nos mobilizarmos da maneira que conseguirmos.

    Salve Maria Santíssima!

  2. Sidnei

    Porque eles não tiram as cruzes que estão nas bandeiras de alguns paises europeus como a Inglaterra; Suécia; Finlandia; Dinamarca e por aí afora, e olha que estes paises que eu citei nem católicos não são mas protestantes

  3. karina

    Dêem uma olhada nessa resposta. Tive conhecimento dela hoje, achei “fantástica”!! Leiam tudo antes de se deixar levar pelo título.

    Sou Padre católico e concordo plenamente com o Ministério Público de São Paulo, por querer retirar os símbolos religiosos das repartições públicas

    Fonte: FOLHA de SÃO PAULO, de 09/08/2009.

    “Sou Padre católico e concordo plenamente com o Ministério Público de São Paulo, por querer retirar os símbolos religiosos das repartições públicas. Nosso Estado é laico e não deve favorecer esta ou aquela religião. A Cruz deve ser retirada!”

    Nunca gostei de ver a Cruz em tribunais, onde os pobres têm menos direitos que os ricos e onde sentenças são vendidas e compradas…

    Não quero ver a Cruz nas Câmaras legislativas, onde a corrupção é a moeda mais forte…

    Não quero ver a Cruz em delegacias, cadeias e quartéis, onde os pequenos são constrangidos e torturados…

    Não quero ver a Cruz em prontos-socorros e hospitais, onde pessoas (pobres) morrem sem atendimento…

    É preciso retirar a Cruz das repartições públicas, porque Cristo não abençoa a sórdida política brasileira, causa da desgraça dos pequenos e pobres.”

    Frade Demetrius dos Santos Silva * São Paulo/SP

  4. Olegario

    Karina, Salve Maria.

    Isso é pura TL…

    Desgraça pouca é bobagen.

    Olegario.

  5. Rodrigo

    Então pela lógica desse “frei”, a cruz deve ser retirada desse mundo cheio de injustiças e violências.

  6. karina

    Estava debatendo isso no grupo que faço parte. Eu entendi como uma ironia, o problema não é crucifixo, mas sim sua presença como se fosse um item qualquer, sem sentido. Um item que não inspira conversão, um item morte, literalmente uma imagem qualquer, um nada.

    Como eu disse para o pessoal da lista, mesmo que eu fosse retirar da minha repartição o crucifixo, eu não o faria sem antes colocar a mão na consciência e ver como minhas atitudes não condiziam com a presença de Cristo Crucificado.