Exemplo de argumentação ateísta

closeAtenção, este artigo foi publicado 7 anos 8 meses 2 dias atrás.

Depois tem ateu que reclama quando a gente não leva certas coisas a sério…

Ver também: Exemplo de argumentação abortista.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

5 thoughts on “Exemplo de argumentação ateísta

  1. Pingback: Tweets that mention Deus lo Vult! » Exemplo de argumentação ateísta -- Topsy.com

  2. Pedro M

    Fica fácil refutar esse deus que Dawkins inventa. Já nem é falácia do espantalho, é retardo mental misturado com necessidade patológica por atenção.

    Muito parecido com os ateus que comentam aqui.

  3. Carlos

    Caro Pedro M,
    Os que comentam por aqui, por incrível que possa parecer, ainda são piores que o Dawkins, o que não é dizer pouco.
    Um Santo Natal a todos os frequentadores do Deus lo vult.
    Carlos.

  4. Francisco

    Creio que o basico não fo ientendido por Dawkins e ainda não é para muito católico. Que a revelação divina se fez aos poucos e em conformidade com a mentalidade da época e do povo. Antromoformização, ou seja, atribuição de emoções e sentimentos a Deus estão presentes em toda Bíblia. O real é que Deus conduziu o povo a uma compreensão cada vez maior de que ele era superior ao ao ser humano, o próprio SER acima de todos os existentes, a Existência originante dos entes. Fatos atribuídos a Deus nada mas são do que um expressão cultural da ação de Deus na historia. Muitas estas presentes na Bíblia e se parecem com expressões que muitas vezes ouvimos: “Graças a Deus escapei…” “Deus o castigou…” e outras. Nada revelam sobre a natureza de Deus em sim mas expressam nossa limitação em expressar a ação transcendente de Deus na historia e sua ação pelas causas segundas. O Deus Bíblico não megalomaníaco, cruel, egoísta, adjetivos colocados por Dawkins Estas palavras indicam unicamente que em determinadas situações o povo indicam a soberania de Deus sobre todas as coisas segundo sua compreensão e nada mais. O pior é que o proprio Dawkins talvez saiba disso e neste caso usa de má fé. Até por que a compreensão de deus presente na Filofia grega e de Tomás de Antigo naão leva em consideração este aspecto cultural e antropomórfico sobre Deus presente no Antigo Testamento. A Revelação fundamental para o povo judeu e verdade universal sobre Deus é esta: Deus não é matéria (É Espirito) Deus é unico e Deus é o criador de todoas as coisas visíveis e invisíveis. Verdade esta ensinada tambem em Aristóteles e outros filósofos.