“O Papa chorou conosco” – só registrando

closeAtenção, este artigo foi publicado 4 anos 6 meses 14 dias atrás.

“‘Fiquei impressionado com a humildade do Papa. Ele tomou para si o constrangimento causado pelos outros. Ele foi muito corajoso. Nos escutou individualmente, rezou e chorou conosco’, disse  Lawrence Grech. ‘Ele até benzeu uma cruz que eu carregava’, acrescentou o homem.

[...]

Bento XVI se reuniu em Malta com ‘um pequeno grupo de pessoas que sofreram abusos sexuais cometidos por religiosos’, anunciou o Vaticano em comunicado. O Papa mencionou a ‘profunda comoção provocada pelas histórias e expressou sua vergonha e lamentação pelas vítimas e pelo sofrimento de suas famílias'”.

Fonte: G1

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

7 comentários em ““O Papa chorou conosco” – só registrando

  1. Lucio

    O Papa é uma pessoa boa por demais – pedir desculpas por erros que não chegam mesmo a serem de sua pessoa.

    E agora que as desculpas estão dadas, diminuirá a bile dos anti-cliericais?

    Infelizmente, não: essas pessoas tem um déficit emocional que necessita terem um “inimigo” contínuo para, assim, validarem suas próprias crenças…

  2. Laerte Rodrigues

    O Santo Padre chorou, sim,como chorou Nosso Senhor ao contemplar Jerusalém e ver como a impiedade parece triunfar no mundo, mesmo dentro da Igreja. Para nós que cremos tudo issto tem um significado. Mas as portas do inferno “NÃO PREVALECERÃO”!

Deixe um comentário: