Os frutos da Canção Nova

closeAtenção, este artigo foi publicado 7 anos 3 meses 7 dias atrás.

[DISCLAIMER: aviso aos desavisados que este post é uma ironia. Após alguns comentários recebidos, talvez seja importante deixar as coisas claras. Peço desculpas se, inadvertidamente, induzi alguém ao erro com esta postagem.]

Enquanto os maledicentes de plantão questionavam a aproximação entre a Canção Nova e a presidenciável Dilma Rousseff, aqueles que verdadeiramente amam a Deus acima de todas as coisas e trabalham, com afinco, pela salvação das almas, não se deixaram desanimar nem por um instante. E continuaram investindo na Dilma. E finalmente os resultados do seu apostolado são já visíveis.

Eis os incontestáveis frutos obtidos pela Canção Nova na vida da Dilma. A matéria é da Folha de São Paulo. Trata-se de uma clara e evidente aproximação da petista ao catolicismo, devidamente registrada ao longo do tempo, constando somente de declarações públicas. De uma eficácia de fazer inveja aos tradicionais modelos de apostolado! E, quando pensávamos que a Canção Nova estava se vendendo ao petismo, era o contrário: na verdade, ela se fazia de morta para “roubar” – no bom sentido, claro – o coveiro. Como São Paulo, a CN fez-se petista e abortista para salvar os petistas e abortistas. E aquela que se dizia agnóstica, agora se diz publicamente católica – ainda que meio titubeante.

Pelo andar da carruagem, daqui para as eleições de outubro a Dilma será católica praticante de comunhão diária. Uma alma arrancada às garras de Satanás, para a maior glória de Deus. Parabéns, Canção Nova!

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

32 thoughts on “Os frutos da Canção Nova

  1. Priscila

    Sidnei, é por isso que coloquei a mensagem aqui neste blog – no qual confio – pois acredito que se OUTRAS pessoas, MUITAS, escreverem, ALGO acontecerá, ainda q eu particularmente nao receba nenhuma explicação por e-mail.
    Não acreditar que nossa voz tem força para mexer com as estruturas seria o mesmo que dizer que é inutil mandar e-mails para políticos e nos mobilizar pois eles manterão as suas posições e na prática vemos que nao é bem assim..já que insatisfação gera perda de votos. Da mesma forma, descontentamento com a política adotada pela CN gerará perda de sócios e consequentemente de dinheiro.
    Tem certeza de que meu esforço é em vão?
    Gostaria de que outros, ao invés de criticá-los, ajudassem a divulgar a idéia pq muitas boas pessoas podem ser enganadas. E não importa o descontentamento de ninguem em relação a CN (se gosta ou não da espiritualidade, por exemplo), o que importa agora é o que está em jogo: é inadimissivel ver uma VOZ de SIGNIFICATIVA REPRESENTAÇÂO dos católicos brasileiros dando qualquer margem para políticas pro-morte.
    A paz!

  2. Antonio

    Como podem ser tao contrarios a catolicidade?
    Vcs realmente nao sao catolicos…..
    Lamento, mas postar isso me deixa inojado…..
    Deus abomina as suas contudas….