Podcast III – Lei Natural, Ignorância Invencível, Nulla Salus y otras cositas más

closeAtenção, este artigo foi publicado 7 anos 2 meses 15 dias atrás.

Com atraso, trago a terceira edição do podcast inominado. A cada semana percebo como há coisas a melhorar…

Desta vez, ainda sobre Extra Ecclesiam Nulla Salus, mas detendo-me nos comentários surgidos semana passada. Lei Natural, ateísmo, quem exatamente está em Ignorância Invencível, e o que eu preciso fazer depois que tomo consciência deste dogma com todas as suas conseqüências. De novo, aberto a comentários e sugestões.

 

| Open Player in New Window

Clique aqui para baixar.

P.S.: Tem duas falhas no áudio (culpa minha mais do que do editor). Uma é a citação de Pio IX (é “Alocução Singulari Quadam”) e outra na passagem de S. Mateus (como todo mundo percebeu, é “Eu te declaro que és Pedro”). Mea culpa. Considerem que corrigir isso dá um trabalho incomparavelmente maior do que editar um texto…

Singulari Quadam
Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

5 thoughts on “Podcast III – Lei Natural, Ignorância Invencível, Nulla Salus y otras cositas más

  1. Pingback: Tweets that mention Deus lo Vult! » Podcast III – Lei Natural, Ignorância Invencível, Nulla Salus y otras cositas más -- Topsy.com

  2. André Serrano

    Jorge, muito bom este 3º Podcast.
    Ótimas reflexões e catequese. Parabéns!
    Particularmente gostei do trecho em que você reforça a questão dos exemplos como fortes instrumentos de catequese e de conversão. Se fizermos o que pede a Santa Mãe Igreja outros verão e notarão que há sim pessoas que acreditam e seguem estes ensinamentos.
    Não fazemos para nos mostrar mas o fazemos porque acreditamos ser este o caminho da salvação proposto pelo próprio Cristo através de Sua Igreja.

  3. Wagner Moura

    Jorge, muito bom! Atemporal, hein? Rs. Sobre os psicopatas… Bem, eles sabem o que é o certo e o que é o errado. Eles apenas não se importam. Os ateus tem muito em comum com os psicopatas, sim… Psicopatas não tem consciência, ateus não querem ter.

  4. Alex A. B.

    Jorge, o tema não tem haver com os últimos podcasts, mas, assim que oportuno, gostaria que você falasse sobre vocação, em suas várias dimensões ou aspectos.

    Se possível, gostaria que você comentasse isto que diz Santo Afonso Maria de Ligório (Prática do Amor a Jesus Cristo):

    “A escolha de estado é chamada pelo P. Luís de Granada a roda-mestra da vida; no relógio, gasta a roda-mestra, tudo se atrapalha; assim, quanto à vocação, errando-a, a vida inteira ficará em desordem.”

    […]

    “Resistir à vocação divina para não desagradar aos pais, é expor-se grandemente ao perigo de perder-se; mas o perigo não é menor para aquele que, para não desagradar-lhes, abraça o estado eclesiástico sem ser para ele chamado por Deus. Ora, a verdadeira vocação a essa sublime dignidade distingue-se por três sinais, a saber: a ciência adequada, a intenção de dedicar-se só ao serviço de Deus, e a bondade positiva da vida.”