Sobre Lady Gaga e Alejandro

closeAtenção, este artigo foi publicado 7 anos 2 meses 14 dias atrás.

A primeira vez que ouvi falar em Lady Gaga – e vendo uma das roupas com as quais a cantora costuma aparecer -, acreditei que se tratava de uma personagem caricata que procurava fazer sucesso com o ridículo, tipo o nosso Falcão, mas utilizando-se da gagueira como seu instrumento de expressão musical. A primeira vez que ouvi uma música dela que cantava “ah-ah, ê-ê-ê”, tive quase certeza moral desta minha impressão.

Qual não foi a minha surpresa quando me disseram que a mulher era americana! O “Gaga” do seu nome já não me fazia mais nenhum sentido…

Nunca dei importância a esta senhora. No entanto, terça-feira última, fiquei sabendo que o recém-lançado clipe de “Alejandro” tinha conseguido algumas milhões de exibições no youtube em poucas horas. Curioso, fui procurar o tal vídeo.

Maldita curiosidade, que rapidamente se transformou em raiva. O clipe é de uma indecência e obscenidade que eu não me recordo de ter visto quando assistia ao Disk da MTV. Emos vestidos de go-go boys, a tal da Gaga em roupas de baixo, simulando descaradamente movimentos sexuais. Soldados, e a “Lady” com um soutien que tem uma metralhadora em cada seio. E uma blasfema roupa de freira.

Vermelha. Deitada languidamente na cama, engolindo um terço; ou, em outra cena, com uma cruz na parte da roupa que cobre a genitália, simulando ser estuprada pelos “emo boys” e, ao final, rasgando o “hábito”. Profundamente indignante, ofensivo de uma maneira estúpida e cretina, e terrivelmente gratuita. Em vão procurei na música Alejandro qualquer alusão a freiras, soldados, cruzes em chama, estupros, homossexualismo ou o que fosse para ao menos explicar a coerência entre o clipe e a sua música (pois a sucessão de cenas chocantes parecia-me profundamente sem sentido). Não encontrei nada.

Faço coro ao Taiguara: por que não um Alcorão, Lady Gaga? Cadê a coragem revolucionária, o desejo de chocar? É muito cômodo bater na Igreja. Por que a cantora pop não faz um clipe que escarneça do islamismo para apresentar em uma turnê pelo Oriente Médio?

A propósito, ver também: Lady Gaga insulta a Fé Católica.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

170 thoughts on “Sobre Lady Gaga e Alejandro

  1. Dante

    Prezado Senhor Álvaro,

    Mal posso me conter, tamanha é a alegria que jorra de meu coração ao saber que fui digno de seu perdão…

    Segue o gabarito de respostas:

    1- Sim, todo criador é responsável por sua criação.

    2- Sendo onipotente, onipresente e oniciente, jamais deverá ser incoerente, malevolente e nem inconpetente, então, a culpa é dele e não de sua criação.

    3- Não.

    O senhor sabe qual é minha intenção?
    Minha intenção é acreditar…porém, tudo o que se tem são promessas feitas por auto proclamados representantes dinivos, criaturas que insistem em afirmar que sabem o que um deus quer que façamos, mas, que sempre coincide exatamente com o que “eles” próprios querem que seja feito.

    Preciso muito mais do que um bando de mortais regurgitando enígmas atribuídos à divindade.

    “Vinde à mim as criançinhas”…não importando se elas querem ir ou não e muito menos ainda de que forma irão.

    Quanto à menina antes citada, suponho que deus, tenha perdido mais uma, entre outras milhares de chances, de exercer a função que lhe cabe.

    Já sobre o “tal” amor cristão, isso me soa como um discurso ” piegas e inútil “.
    A morte, as dores e os traumas já estão instalados naquela família e não há deus algum que tenha “caçife” para mudar isso!

    Em fim, o que esperar de um deus, cujo um de seus representantes, é sistematicamente “eleito” por outros mortais, tendo como base, interesses políticos e que ainda precisa de uma “capota” de vidro blindado de 12mm, para que possa fazer seus passeios pelo planeta!

    A fé remove montanhas…mas para remover capotas blindadas, é preciso muito mais do que isso!

    PS; A paz de cristo, onde? como? quando? Josiane?

  2. Álvaro Fernades

    Prezado Senhor Dante,

    Espero que a sua alegria não tenha sido irônica,mas caso tenha sido,eu te perdoo do mesmo jeito,não obstante,saiba que é muito difícil conversar pacificamente sobre um assunto divergente quando o interlocutor demonstra ironia; eu apensa peço que conversemos sem desrespeito e ironia,porém continuemos:

    Eu já estava preparando algumas breves explicações sobre o Antigo Testamento quando vi a sua resposta:

    Eu não sou católico “apostólico” Romano e também não concordo com a autoridade papal e nem com o Estado-Igreja Vaticano,mas eu não irei me ater a isto,pois os erros do catolicismo romano não interferem em nada no meu relacionamento com Deus.

    Alguns ateus e outros grupos e pessoas que questionam a divindade ,incluindo o Senhor Dante,com todo o respeito,não conseguem entender dois aspectos da vida humana inerente a todos os grupos sociais sejam estes ateus ou cristãos.

    1-O sofrimento(seja este pequeno ou grande);
    2-Os atributos divinos;

    Quanto ao sofrimento:

    A Bíblia diz que TODOS(cristãos e não cristãos) passarão pelo sofrimento nesta terra,conforme dito anteriormente,o próprio Cristo disse:”No mundo tereis aflições,mas tende bom ânimo.EU venci o mundo”João 16.33.

    Perceba que o Mestre põe todos e não apenas os seus seguidores) neste rol.A frase não é :”No mundo os meus seguidores terão aflições,mas no mundo tereis aflições!

    A diferença é que o sofrimento nesta terra é PASSAGEIRO para os que crêem.Existem diversas passagens que tratam sobre este tema,mas a que eu mais gosto é essa do apóstolo Paulo.

    “Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.
    Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;
    Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas”.
    2 Coríntios 4:16-18

    Em terceiro lugar tudo e todo o sofrimento que passamos nesta terra possui um propósito!Nós não podemos entender agora,mas poderemos entender depois ou mesmo nem entender o porquê passamos algo nesta TERRA,mas ELE sabe de tudo,ademais não possuímos a capacidade de saber TUDO sobre Deus.

    “As coisas encobertas pertencem ao SENHOR nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei”
    Deuteronômio 29:29

    Apenas um breve exemplo retirado da lei mosaica de que Deus não nos revelou TUDO!

    Enfim,mas a grande questão é a da fidelidade a Deus.Se nós o abandonamos por uma simples decepção ou o abandonamos na hora de um grande sofrimento!Apenas os cristãos verdadeiros possuem fidelidade a Deus!

    Quanto a sua resposta eu devo te informar que o fato de o Senhor Dante(supostamente) “criar” seus filhos não significa necessariamente que TUDO o que os seus filhos façam seja culpa sua! A melhor analogia do nosso relacionamento com Deus é a de um pai com um filho.

    Os erros de alguns “representantes de Deus” não descredenciam a sua existência!
    Não dissertarei sobre os atributos divinos,pois isto irá tornar a leitura do texto enfadonha.

    Os “grandes ateus” que costumam debater internacionalmente costumam utilizar este mesmo argumento do sofrimento!

    Veja na internet o debate entre o Doutor Wyllian Lane Craig e Austin Dacey!

    Que tu possas ter uma grande experiência com ELE!

    A Paz de Cristo!

    P.S: “A Paz de Cristo” é um cumprimento usual entre os cristãos evangélicos que mesmo diante dos problemas ,sofrimentos e dificuldades possuem paz interior!Isso não significa que TODOS os lugares possuem a paz de Cristo!

    Caso queira continuar a nossa conversa ou um possível debate eu irei expor algumas regras:

    1_ Sem desrespeito,ofensa e ironia pessoal contra o autor ou contra o seu credo.

    2-Caso cites algo do cristianismo que não concordes,tragas a fonte(Bíblia ou literatura patrística).

  3. Dante

    Prezado Senhor Álvaro,

    Minha manifestação de alegria foi irônica, sim, assim como o “pedido de desculpas” por minha ignorância!

    Prosseguindo, seria mais adequado e de muito bom tom, “propor” regras e não “expor” regras.

    Pergunta:

    1- O senhor é um deus?

    – Em caso de resposta afirmativa, queira definir data e horário em que ocorrerá sua materialização em minha casa, para que possamos conversar “cara à cara”. Baseando-me nas façanhas descritas no livro sagrado, tenho certeza de que não haverão empecilhos em realizar tal efeito físico, a final, trata-se de um deus.

    – Em caso de resposta negativa, quero que saiba que não me colocarei na posição de refém do ponto de vista de um outro mortal. Somos iguais, vivemos no mesmo planeta e existimos na mesma condição de animal racional, sendo assim, não há nada que o credencie como legítimo detentor da verdade absoluta e tampouco como porta voz de um deus, seja ele qual for.

    Dessa vez, não estou sendo sarcástico, irônico ou outro “adjetivo” dessa natureza que o senhor “julgue” pertinente atribuir…

  4. Álvaro Fernades

    Prezado Senhor Dante,

    Perdoe-me pelos adjetivos e por ter te julgado irônico!
    Aqui vão minhas SINCERAS desculpas!

    Continuando:

    Tu citastes uma boa área de estudo da teologia,a teofania,por isso terei que fazer algumas explicações bíblicas aqui:

    Saiba que ninguém jamais viu a Deus em sua essência e plenitude aqui na terra!Nem mesmo Moisés aguentou ver a glória de Deus e teve de cobrir a face!

    O QUE ACONTECEU NO CASO DE JACÓ [Gênesis 32.30: E chamou o nome daquele lugar Peniel,porque dizia: Tenho visto a Deus face a face](E EM INÚMEROS OUTROS CASOS AO LONGO DE TODA A BÍBLIA) É AQUILO QUE CHAMAMOS DE “TEOFANIA”, OU SEJA, UMA ENCARNAÇÃO DE DEUS EM FORMA DE HOMEM (CRISTOFANIA) ANTES DA APARIÇÃO DE JESUS AO MUNDO. É EVIDENTE QUE NESTES CASOS ESTE ESTADO ERA TEMPORÁRIO, E NÃO PERMANENTE. MAIS ALGUMAS TEOFANIAS BÍBLICAS VETEROTESTAMENTÁRIAS PODEM SER ENCONTRADAS EM:
    .
    • O Anjo do SENHOR que fez vários contatos com personagens bíblicos;
    .
    • O Anjo da Providência que guiava o povo de Israel pelo deserto através de uma constante nuvem;
    .
    • Um dos três mensageiros celestiais que visitaram Abraão para anunciar o nascimento de Isaque e Jacó e a destruição de Sodoma (Gênesis 18:1–2, 10, 13);
    .
    • O quarto homem visto por Nabucodonosor na fornalha ardente quando condenou Sadraque, Mesaque e Abede-Nego;
    .
    • O anjo Príncipe do Exército do Senhor que foi adorado pro Josué (Josué 5:14);
    .
    • O [Anjo] que visitou a Gideão debaixo do carvalho de Ofra (Juízes 6:11).
    .
    QUANDO A BÍBLIA DIZ QUE NUNCA NINGUÉM VIU A DEUS, ELA ESTÁ SE REFERINDO A SUA ESSÊNCIA, OU SEJA, A SUA PLENITUDE, E NÃO MERAS TEOFANIAS COMO FREQUENTEMENTE OCORRIA NO PRÓPRIO ANTIGO TESTAMENTO. SE ALGUÉM VISSE DEUS EM SEU PODER E GLÓRIA, MORRERIA NO ATO:
    .
    “Não podes ver a minha face, porque homem algum pode ver-me e continuar vivo” (Êx.33:20)
    .
    ASSIM, NINGUÉM JAMAIS VIU A DEUS (EM SUA ESSÊNCIA, GLÓRIA OU PLENITUDE), MAS MUITAS PESSOAS CHEGARAM A VER ENCARNAÇÕES DE DEUS (CRISTOFANIA) EM FORMA HUMANA (DESPIDO DE SUA GLÓRIA OU PLENITUDE), COMO FOI, POR EXEMPLO, NOS 33 ANOS EM QUE MUITAS PESSOAS VIRAM JESUS ANDANDO POR ESTA TERRA!

    Resposta da sua pergunta:

    Eu não sou Deus,mas sou um simples cristão que pretende conversar educadamente sobre o meu credo com você sem impor absolutamente nada!

    Não possuo a “fé de Tomé”,Senhor Dante,e não poderei responder TUDO sobre a fé que professo,pois se eu tivesse todas as respostas não adiantaria ter fé!É difíci e até loucura acreditar em algo que não se ver,mas o apóstolo Paulo já nos dissera isso há muito tempo:

    1 Carta de São Paulo a Igreja de Corinto capítulo 1 versículo 18:
    “Certamente a palavra da cruz é loucura para os que perecem;mas para nós que somos salvos,é o poder de Deus”.

    Abraços em Cristo!

    Jesus te ama!

  5. Dante

    Prezado Senhor Álvaro,

    Não há necessidade de um pedido de desculpas!

    Prosseguirei…

    Em seu post anterior, o senhor disse;
    ***o fato de o Senhor Dante(supostamente) “criar” seus filhos não significa necessariamente que TUDO o que os seus filhos façam seja culpa sua!***

    Seu argumento, sugere a humanização de um deus ao comparar minhas responsabilidades e culpas relativas à criação de meus filhos, com as responsabilidades e culpas de um deus em relação à sua criação.

    Assim, considero seu argumento inconsistente.

    Em seu post mais recente, o senhor citou;
    “Não podes ver a minha face, porque homem algum pode ver-me e continuar vivo” (Êx.33:20)

    Mais uma vez, sob meu ponto de vista, afirmo que valeria à pena morrer após contemplar a face de tal criatura, mas, pelo visto, a criatura em questão não compartilha do mesmo ponto de vista!

    Se por acaso, meu comentário lhe parecer um desafio, saiba que “é sim”, um desafio à divindade!
    No entanto, até agora ninguém “deu o ar da graça”, já que continuo vivo, bem vivo por sinal!

    Continuarei esperando que um deus se manifeste…não através de representantes nomeados sabe-se lá por quem, ou ainda, através de enigmas ou coisas do gênero.

    Continuarei esperando que a manifestação se faça de maneira real e paupável, sólida e física, eficáz e definitiva.

    Enquanto não me cansar, esperarei pela “suposta” manifestação que deverá estar em conformidade com a realidade física em que existo e com meus anseios igualmente físicos, a final, meus “poderes” são limitadíssimos, se comparados aos de um deus!

    Apesar disso e mesmo assim, eu já me manifestei a muito tempo, sem medo ou culpa!

    Senhor Álvaro, mesmo não sendo o senhor um deus, ainda assim, devo dizer que foi um prazer.
    Seja feliz sempre!

  6. Álvaro Fernades

    Prezado Senhor Dante,

    O que eu fiz foi uma comparação e não uma humanização de Deus,não obstante,existem algumas características humanas parecidas com os atributos divinos,pois nós fomos feito “a imagem e semelhança de Deus”.Eu utilizei o método de Cristo ao falar por parábolas,comparações,metáforas para as pessoas entenderem.Existem muitas metáforas que podem ser comparadas a relação do homem com Deus,o casamento,por exemplo,pois a Igreja(conjunto de cristãos verdadeiros e não um Estado) é a “noiva” de Cristo!Foi apenas uma comparação!

    Senhor Dante,eu espero sinceramente que algum dia na sua vida o Sr possa perceber as manifestações divinas! A bíblia diz que quanto mais nos aproximamos Dele mais Ele se aproxima de nós!

    Eu acredito que as manifestações divinas existentes já são suficientes para mim,mas se Deus “aparecesse” com toda a sua glória aqui na Terra para toda a humanidade ainda assim restariam céticos!pois,infelizmente,o homem duvida de tudo e é muito difícil para os que não possuem fé acreditar sem ver!
    Apesar de tudo,eu respeito a sua opinião,algo que alguns aqui não fazem,infelizmente,pois não compartilho com o credo deles,mas eu torço para que tu tenhas uma experiência com Ele!Eu garanto que tive!

    Os erros dos peseudo-representantes de Deus(padres pedófilos,pastores ladrões ) não descacarcterizam a sua existência!
    Se eu sou dono de uma multinacional,por exemplo,e o meu representante no Brasil comete erros isso não significa dizer que eu não existo,mas que eu devo trocar o representante!

    E por último,Senhor Dante,saiba que o ser humano é um ser psicobiosócioespiritual,ou seja,a espiritualidade é intrínseca ao homem e saiba que a maioria das sociedades tiveram um deus ou deuses porque isso é intrínseco ao homem.

    Enfim!Sei que os representantes de Deus erram…algumas falsas Igrejas existem(e o próprio Cristo disse que isso iria acontecer…),mas a presença de Deus é real!

    Até a Igreja que eu frequento,Assembléia de Deus,possui erros e eu admito!

    Torço para que tu possas sentir um dia a presença dele!

    Abraços,

    Álvaro Fernandes.

  7. Dante

    Eu leio a bíblia!

    Homens “maus” batem à porta de um “homem de deus” e este, oferece-lhes “algo” para que não façam “maldade” ao seu hóspede!

    Juízes – 19

    22. Enquanto restauravam as forças, vieram os habitantes da cidade, gente péssima, e, cercando a casa do velho, bateram violentamente à porta: Faze sair, gritaram eles ao velho, dono da casa, faze sair o homem que entrou em tua casa para que nós o conheçamos!
    23. O velho saiu e foi ter com eles, dizendo: Não queirais, irmãos, cometer semelhante maldade, pois esse homem é hóspede de minha casa. Não pratiqueis tal infâmia.
    24. Eis aqui a minha filha virgem, e a concubina desse homem. Eu vo-las trarei, e vós podereis violá-las e fazer delas o que quiserdes; somente vos peço que não cometais contra esse homem uma ação tão infame.
    25. Eles, porém, não o quiseram ouvir. Então o levita, vendo isso, trouxe-lhes sua concubina; eles a conheceram e abusaram dela durante a noite até pela manhã, e despediram-na ao amanhecer.

    Fonte: http://www.bibliacatolica.com.br

    Penso sobre duas situações:

    …Qual era o conceito de “maldade” para essa “criatura” cuja qual se refere o livro sagradíssimo.
    …Se este “trecho” magnífico fosse divulgado tanto quanto o salmo 91.

  8. Álvaro Fernades

    Prezado Dante,

    Eu estou viajando e sem tempo para te responder,mas esse seu questionamento é muito fácil!Não se preocupe que eu responderei!

    Abraços,

  9. Dante

    Prezado Senhor Álvaro,

    Não se trata de um questionamento, eu apenas publiquei um comentário, trata-se apenas de meu ponto de vista, já que segundo “reza a lenda”, o livro sagradíssimo é passível das mais diversas interpretações.

    Se estivéssemos na idade média, isso seria suficiente para que os “proprietários da verdade absoluta”, do alto de sua “ascendência moral”, me colocassem para arder numa daquelas fogueiras santas…santíssimas, diria eu!
    Porém, para desespero de alguns, os tempos são outros.

    Sem a intenção de ser grosseiro, devo dizer que o prazo de validade de nosso “intercâmbio cultural”, expirou em 17/01/2012, data do meu último post direcionado ao senhor.

    Aperto de mão.

  10. Dante

    E a coleção só faz aumentar…

    Pastor atraía as crianças com doces e videogame.

    Até a última quarta-feira (25), sete vítimas já prestaram depoimento ao Núcleo de proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), acusando o pastor evangélico, Geraldo Pereira Nunes, de 69 anos, de abuso sexual. Uma delas tem 25 anos hoje e, segundo a polícia, contou que foi violentada quando tinha entre 10 a 12 anos, o que pode indicar que o pastor abusava das crianças há pelo menos 15 anos.

    O pastor foi preso nesta terça-feira em Manaus, no Amazonas, em cumprimento a mandado de prisão expedido pela 12º Vara Criminal do Paraná. Ele é acusado de abusar sexualmente de pelo menos sete crianças, sendo seis meninas e um menino, que freqüentavam uma igreja da Assembleia de Deus, em Curitiba, onde ele era pastor

    Fonte: http://www.bonde.com.br

    Enquanto isso, no paraíso…deus, o todo poderoso, permanece confortavelmente sentado em seu belíssimo trono dourado, assistindo placidamente ao circo dos horrores em que muitos espécimes de sua “tão amada” criação, atuam magistralmente como protagonistas…ou seriam coadjuvantes?

  11. Álvaro Fernandes

    Prezado Senhor Dante,

    Estive todo este tempo de viagem com a família,mas não esqueci de te responder!Confesso que pesquisei em diversas versões de Bíblias de estudo e livros sobre a cultura judaica,não obstante,eu respeito a sua decisão de não querer continuar o nosso “intercâmbio cultural”.Eu ainda posso responder a sua pergunta de 20 de janeiro de 2012 23:39?

    Eu queria seriamente conversar sobre doutrinas e sobre Deus pacificamente,amigavelmente e sem impor absolutamente nada;porém o Senhor Dante insiste em continuar expondo os erros do “trigo no meio do joio” ou dos “falsos mestres” ou “falsos profetas”….títulos estes já existentes há muito tempo para os falsos cristãos nas Sagradas Escrituras.
    Eu reconheço que existem falsos cristãos,mas alguns não reconhecem que existem verdadeiros cristãos.
    Eu afirmo,de novo, que os erros de falsos cristãos e o enfoque da mídia anti-cristã nos “padres pedófilos” e “pastores ladrões” não descredenciam a existência de Deus.

    Se eu sou dono de uma empresa e o meu representante comete falhas graves,isto significa que eu não existo?(Isto é apenas uma metáfora!)

    Caso não queria continuar eu encerro por aqui!Abraços!

    Que Deus te abençoe!

  12. Dante

    Prezado Senhor Álvaro,

    Muito bom, isso é muito bom…aproveitar os períodos de “folga” ao máximo!

    Mudando de assunto, não sei se deus existe, mas, a única certeza que tenho, é que não gosto “dele”!

    Quando digo isso, a maioria das pessoas me perguntam assustadas; então você é um adorador do diabo?

    Diante dessa invariável reação, não me contenho e quase me mato de tanto rir…

    A grande maioria das pessoas “acham” que há apenas duas opções: deus ou o diabo!

    Não, definitivamente não, não é só isso!

    Há uma terceira opção, que significa recusar-se em ser um troféu, um bibelô ou uma medalha, na coleçãozinha barata de qualquer um dos dois.

    Particularmente, muito particularmente, tenho a impressão de que “os dois” são na verdade, “um só”.

    Mas, isso não importa, trata-se apenas de meu ponto de vista e independentemente disso, o planeta continuará girando…

    – “Se alguém é dono de uma empresa e seu representante comete falhas graves, isso significa que o dono da empresa não é capaz de fazer recrutamento e seleção adequados, ou seja, é um incompetente que colocará sua empresa em risco” – ( isso não é uma metáfora! )

  13. Álvaro Fernades

    Prezado Senhor Dante,

    Eu desejo debater doutrinas,pois eu repito que os erros de alguns representantes de Deus não descredenciam sua existência.

    1-Não responderei mais a exposição de erros e atitudes de pseudocristãos;
    2-A Bíblia Sagrada não é uma “biografia fajuta” que mostra apenas o “lado bom” dos seus personagens!Abraão mentiu,Moisés matou um egípcio e o Rei Davi adulterou!Aliás,o Rei Davi e os demais “pagaram caro” por seus pecados!Está registrado nas Escrituras!O Rei Davi,único homem na Bíblia chamado de “segundo o coração de Deus” cometeu grandes erros;
    3-Repito:Não tenho respostas para todas as perguntas e se as tivesse não precisaria ter fé!Não possuo a fé de Tomé!

    4-Caso queria debater doutrinas e sobre a veracidade da Bíblia eu topo,mas não adianta vir aqui e me mostrar o tempo todo os erros do padre x ou pastor y!

    5-Eu estava mesmo viajando!Não sei por que as aspas!

    6-Estou me esforçando para debater ou conversar amigavelmente e gostaria que o Sr fizesse o mesmo!

    7-Quanto ao questionamento sobre a passagem de Juízes:

    Eu iria utilizar um arsenal bíblico,mas estou com muito sono !Então eu colocarei apenas uma parte da nota de rodapé de uma das Bíblias de Estudo que possuo em casa!

    Juízes 19.22-28.Nota:

    A cena doméstica tranquila em Gibeá se transformou num pesadelo de violência,depravação e injustiça semelhante à situação de Ló em Sodoma(Gn 19.1-29).
    A falta de consideração do levita por sua concubina reflete o colapso total da justiça na Terra prometida,a deslealdade a Deus e o descaso por outros.Ademais,seu desinteresse pela concubina abusada ressalta a inexistência vergonhosa de liderança espiritual.(Jz 20.4-6).

    Jesus te ama!

  14. Álvaro Fernades

    Eu esqueci de dizer que não acreditar em Deus não é sinônimo de ser adorador do diabo!Isso é um senso comum,mas não acreditar a Deus é algo anti-natural visto que o homem é um ser psicobiosócioespiritual,ou seja,é comprovado sociologicamente,cientificamente,teologicamente que o homem possui uma espiritualidade intrínseca!

  15. Dante

    Prezado Senhor Álvaro,

    Quando “publico” comentários pessoais, precedidos ou não de alguma notícia, isso não significa que desejo debater o que quer que seja, com quem quer que seja.

    Algumas pessoas se sentem incomodadas e respondem, aí então eu replico… e assim tem sido em todos os 26 outros espaços( blogs e afins ), que costumo freqüentar!

    Manifesto meu ponto de vista e assim continuarei até que os “donos” dos referidos espaços, do alto de sua imparcialidade, decidam me bloquear.

    Vamos então novamente ao gabarito de respostas:

    1- Não me referi a ninguém especificamente, tampouco solicitei respostas a quem quer que fosse.
    2- A autenticidade do dito livro sagrado fica por conta de quem o escreveu, assim como suas diversas interpretações.
    3- Isso já ficou claro, quando em outra ocasião, o senhor me respondeu dizendo que não era um deus.
    4- Questão esclarecida no início deste post.
    5- Já que não tenho bola de cristal, coloquei “aspas”, por não saber se o senhor estava apenas de folga ou eram férias, descanso remunerado, licença ou qualquer outra situação similar.
    6- Se debater amigavelmente significa “dobrar-me” ao seu ponto de vista, então esqueça. Exponho minhas idéias, exatamente como o senhor também o faz, porém, se opiniões divergentes às suas lhe agridem, então, me ignore.
    7- Argumento inconsistente, de novo.
    8- Considere-me então, antinatural, mas apesar disso, o planeta continuará girando.

    Finalizando, peço-lhe uma gentileza; Fale a “ele” que não perca seu tempo me amando, existe uma infinidade de outras coisas realmente úteis a serem feitas.
    A final, para um mortal “antinatural” como eu, um amor não correspondido é como um aquário sem peixes!

  16. Álvaro Fernandes

    Prezado Senhor Dante,

    Ele continuará “perdendo tempo” te amando!

    Debater não significa “dobrar-se a mim”,entretanto,eu peço apenas que debatemos sobre doutrinas e não sobre erros humanos,mas fique a vontade em expor!

    Caso possua algum questionamento doutrinário e/ou queira continuar essa conversa ,Senhor Dante,fique a vontade!

    Eu particularmente penso que tu tens fé em Deus, ainda que não admitas,pois eu não “perderia tempo” debatendo em 26 blogs sobre algo “irrelevante”!

    A definição de fé na Bíblia encontra-se em Hebreus 11.1 e existem três tipos de fé nas Sagradas Escrituras:

    1- A fé natural;
    2-A fé salvífica;
    3-A fé sobrenatural;

    Todos possuem a fé natural!Uns possuem demasiada fé no próprio ego,não obstante,outros possuem fé em futilidades ou mesmo fé que viemos de um Big Bang…

    Desejo que tu possas possuir a fé salvífica em Jesus Cristo,pois a salvação vem SOMENTE DELE e a fé sobrenatural para poder ter experiências com ELE.Eu creio que o Senhor ainda terá uma grande experiência com Ele!

    Abraços,

    Que Deus te abençoe!

  17. Dante

    E a polêmica sobre Lady Gaga continua…

    Dia desses, deparei-me com um comentário em um blog espanhol sobre a música Alejandro de Lady Gaga.
    O dono do blog, dizia que sob seu ponto de vista, os nomes Alejandro, Fernando e Roberto, significariam na verdade, deus, jesus e espírito santo, respectivamente.

    Ou seja:

    Don’t call my name
    Don’t call my name, Alejandro (deus).

    I’m not your babe
    I’m not your babe, Fernando (jesus).

    Don’t wanna kiss, don’t wanna touch
    Just smoke one cigarette and hush
    Don’t call my name
    Don’t call my name, Roberto (espírito santo).

    Não sei como o tal espanhol chegou a essa conclusão, o que sei, é que ouvindo a música na íntegra e considerando as substituições por ele sugeridas, o que para mim já era bom, ficou ainda melhor!

  18. Dante

    Prezado senhor Álvaro,

    Falar sobre deus não é irrelevante, os motivos são óbvios, ao menos para mim.

    O senhor tem razão quando diz que eu tenho fé em deus, o senhor só não imagina qual é o tipo de fé…

    Quanto as “experiências” com ele, prefiro aquelas feitas em laboratório, talvez assim, ele possa aprender a “extinguir” por exempolo, a lepra!
    O que de fato seria muito mais digno de um deus, do que apenas curar leprosos.

    Particularmente acho que não haja interesse em sanar definitivamente os problemas que afligem a “maioria” dos mortais…disse maioria, por que existe uma minoria “eleita”, esses, já devem estar à salvo e sem problemas.

    Penso que as perdas e o diabo, sejam os principais “garotos propaganda” da amorosa divindade.

  19. Dante

    Calem a boca mulherada!!!

    Calma, calma, não sou eu quem está dizendo…

    I Coríntios, 14

    34. Como em todas as igrejas dos santos, as mulheres estejam caladas nas assembléias: não lhes é permitido falar, mas devem estar submissas, como também ordena a lei.
    35. Se querem aprender alguma coisa, perguntem-na em casa aos seus maridos, porque é inconveniente para uma mulher falar na assembléia.

    Fonte: http://www.bibliacatolica.com.br

    E como diz Hebe Camargo; Que gracinha!!!

  20. Natasha

    A música e o clipe, se analisados individualmente, tem sentidos diferentes. A música trata sobre abandonar um amor para ser livre, alguns fãs também interpretam como abandonar (abrir mão de) coisas que você ama para alcançar algum objetivo. No caso, a Gaga teve que abrir mão do amor e do aconchego do lar para entrar em turnê mundial, que foi na época que a música foi escrita. O vídeo-clipe trata de diversos assuntos e sim, faz uma crítica para alguns católicos. Mas não se trata de ir contra Deus, é uma crítica aos que usam a bíblia como desculpa para cometerem homofobia, coisa a qual a Gaga é contra sendo que a mensagem de igualdade social é uma das que ela mais faz questão de espalhar. O clipe também é uma crítica a lei americana “Don’t Ask, Don’t Tell” que não permite que a comunidade gay se aliste no exercito, por isto os homens em trajes de mulheres, para representar os gays, e quando estão marchando, significa o exército dos E.U.A, onde eles devem ter o direito de entrar como qualquer hétero. Não! Alejandro, Fernando e Roberto não são referências católicas, são os três estilistas que a Gaga mais admira e gosta, Alejandro não significa Deus, Fernando não significa Jesus e Roberto não significa Espírito Santo. A Gaga é cristã e foi educada em convento, mas como defensora do LGBT, ela acha errado que alguns católicos discriminem os gays.