A imprensa – enfim! – [parece] se levanta[r]

closeAtenção, este artigo foi publicado 6 anos 10 meses 25 dias atrás.

“O que estará em jogo, no dia 3 de outubro, não é apenas a continuidade de um projeto de crescimento econômico com a distribuição de dividendos sociais. Isso todos os candidatos prometem e têm condições de fazer. O que o eleitor decidirá de mais importante é se deixará a máquina do Estado nas mãos de quem trata o governo e o seu partido como se fossem uma coisa só, submetendo o interesse coletivo aos interesses de sua facção”.

Estado de São Paulo – Editorial 26/09/2010

O parágrafo em epígrafe foi publicado no Estadão, em resposta à declaração do presidente Lula de que a imprensa “se comporta como um partido político”. Leiam o texto acima na íntegra, que é muito sério e reflete um risco real que a nossa Pátria corre.

Poucos dias antes, foi lançado em São Paulo o Movimento pela Democracia, no Largo de São Francisco, que contou com a presença de “[j]uristas, atores e intelectuais”. O manifesto foi um verdadeiro sucesso e, em cinco dias, já está na reta das cinqüenta mil assinaturas. Nele, constam nomes com o de Hélio Bicudo, Ferreira Gullar e D. Paulo Evaristo Arns.

O Manifesto em Defesa da Democracia está muito bem escrito. Nele, podem ser lidas coisas como “É intolerável assistir ao uso de órgãos do Estado como extensão de um partido político, máquina de violação de sigilos e de agressão a direitos individuais. […] É um insulto à República que o Poder Legislativo seja tratado como mera extensão do Executivo, explicitando o intento de encabrestar o Senado. É deplorável que o mesmo Presidente lamente publicamente o fato de ter de se submeter às decisões do Poder Judiciário”. E arremata: “Brasileiros erguem sua voz em defesa da Constituição, das instituições e da legalidade”.

O site do Manifesto – acessem para assinar – reúne também diversos artigos publicados na mídia sobre o mesmo assunto, com as mesmas preocupações. Quando até os grandes responsáveis pela situação atual do Brasil reconhecem o monstro que criaram e vêm a público clamar contra ele, é porque a situação está realmente crítica.

Convenientemente, o site está inacessível quando escrevo este post, com uma mensagem de “Error establishing a database connection”. Por quais motivos, eu não saberia dizer. Mas que é suspeito, ah, isso é…

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

3 thoughts on “A imprensa – enfim! – [parece] se levanta[r]

  1. Valdir A. C.

    O site está em manutenção (têm havido invasões de petralhas colocando mensagens a favor do PT e da Dilma e insultos).

    Caro Jorge, vc sabia que D. Paulo revisou o texto e “abrandou” a linguagem usada?

    P.S.: Assinei assim que o site entrou na rede, pedindo a N. Senhora que olhe por nós contra os partidários do dragão!! Em fim há uma luz afinal de contas!

    Em Jesus e Maria!

  2. Alexandre Magno

    No vídeo “A forma de governo americana” [Youtube] faz-se uma comparativo interessante principalmente entre república e democracia. Meu pouco conhecimento nesses assuntos não me permitiu identificar muitos erros ou estranhezas no discurso do vídeo, mas eu gostaria muito de acompanhar discussões insipiradas nessa pauta. Quem sabe se isso não pode acontecer aqui no blog!

    PS.: Jorge, se preferir, pode apagar este comentário, ou negar a publicação dele. Eu apenas quiz dar uma sugestão de apronfundamento nos assuntos políticos.

  3. Amahd Youssef Barradein

    A unica salvação para Brasil é um regimem fundamentado na CHARIA a lei fundamental do ISLAM, temos que esclarecer o povo que continuando com este sistema onde os infiéis de varias religiões tem direitos de se manifestar, e onde o verdadeiro DEUS ALLAH é esquecido este país está condenado ao fracasso eterno,a decadencia da civilização judaico-cristã é visivel em todos os pais dominados por ela, é so observar a frouxidão moral destes paises, exemplo a Europa inteira(França, Itália, Alemanha, Espanha, Inglatera etc…) dominadas por homosexuais, pornografia, pedofilia, prostituição, corupção e por ai vai. ALLAH AKBAR!!!