#Acampadavida em Madrid

closeAtenção, este artigo foi publicado 6 anos 1 mês 17 dias atrás.

Agradeço ao Wagner Moura por me ter mostrado o que está acontecendo em Madrid, na Espanha (às portas da Jornada Mundial da Juventude que acontecerá no mês que vem): desde o domingo passado alguns jovens pró-vida estão acampados no Marco Zero da cidade.

A notícia está em HazteOir.org desde a segunda pela manhã. Lá no link há fotos e vídeos do evento, que em princípio continuará até a próxima sexta-feira 15 de julho.

Digo “em princípio” porque estes jovens estão recebendo uma forte oposição dos abortistas et caterva espanhóis. A polícia inclusive chegou a pedir-lhes autorização para permanecerem em lugar público; e os tolerantíssimos paladinos da nova moral chegaram a propôr, no Twitter, que os jovens fossem estuprados enquanto dormiam (inclusive infectando-os com o vírus da AIDS) para que depois viessem falar de aborto, como pode ser visto nos printscreens que estão disponíveis aqui.

Ainda hoje, HazteOir.org publicou uma matéria sobre “a Batalha do Sol”, na qual traz uma curiosa história. Ao tomar conhecimento do acampamento, uma senhora de uns cinqüenta anos disse aos jovens: “Eu vou apoiá-los neste manifesto contra o aborto porque eu utilizo todos os métodos anticoncepcionais que existem, todos e ainda mais. Porque não se deve ficar grávida e é preciso fazer de tudo para que não se fique grávida, como eu; contudo, se ficar grávida, nada de abortar. E saibam que eu sou atéia, comunista e multi-orgásmica, mas nada de abortar”.

Estas lufadas de bom senso, no entanto, parecem infelizmente ser a minoria – pelo menos em se tratando das pessoas que assim se manifestam. Na Porta do Sol, as coisas seguem com a incrível civilidade tolerante dos abortistas; aliás, vale a pena ver de novo que… não há nada de novo debaixo do sol. E eu sigo acompanhando a hashtag #AcampadaVida. Que o Altíssimo proteja e recompense estes jovens; que Santiago combata ao lado deles; e que a Virgem Santíssima interceda pela Espanha.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

3 thoughts on “#Acampadavida em Madrid

  1. Karina

    Oh, gente intolerante esses pró vida!! Onde já se viu promover um acampamento!?!?! Ainda mais em frente do local onde acontecerá uma Jornada pela Juventude?!?! Povo mais tudo-fóbico!!

    Exemplo de tolerância nós temos nas paradas gays, em que os tudo-amantes chutam santos, queimam fotos do Papa, pregam ódio aos cristãos, debocham da fé dos outros!

    Veja só, incentivar o estupro, a dissemininação do vírus da AIDS, que coisa maisi lindcha!!! Isso sim é S-I-V-I-L-I-D-A-D-E, sô!

  2. Mariana

    Iniciativa digna e louvável.
    Aborto jamais.
    Não quer o filho? Doe para quem não os pode ter.
    Não quer deformar o corpo? Este não vale a milionésima parte da vida em seu ventre.
    O feto não é viável? Deixe que Deus o permita viver até onde deve, pois essa decisão não lhe cabe.

  3. Pingback: Faltam argumentos, mas sobram pêlos » Contra o Aborto