Conferência: Morte Encefálica

closeAtenção, este artigo foi publicado 5 anos 9 meses 23 dias atrás.

Quem me disse foi o Wagner Moura: O «Pe. Hélio Luciano, membro da Comissão de Bioética da CNBB e doutorando em Bioética pela Faculdade de Medicina do Campus Biomedico di Roma (UNICAMPUS), na Itália, realizará uma videoconferência neste sábado, 29 de outubro, às 15h (horário deBrasilia)» para falar sobre morte cerebral. A notícia pode ser lida na íntegra no site da ACI Digital.

O sacerdote irá abordar uma polêmica (pelo que entendi, recente) sobre o assunto, comentando sobre «questões morais levantadas pelo “President’s Council on Bioethics” no documento “Controversies in the determination of Death”, um documento dos Estados Unidos que muda os argumentos para a defesa da morte encefálica como morte». Não conheço este documento. Sei que há algumas pessoas que têm ressalvas quanto à corretude do critério de “morte encefálica” como expressão da morte [= separação entre o corpo e a alma]; mas, da última vez que eu li, os argumentos da Pontifícia Academia de Ciências pareceram-me (a mim, leigo) satisfatórios.

Esta conferência faz parte dos eventos do II Congresso Internacional pela Verdade e pela Vida da Human Life International. E o mais interessante é que ela será transmitida pela internet, e pode ser assistida aqui. Não percam!

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

10 thoughts on “Conferência: Morte Encefálica

  1. Álvaro Fernandes

    Na área médica eu sou leigo,(na verdade somos eternamente leigos…mas usarei esta “força de expressão”…),mas eu darei o meu parecer religioso e jurídico,pois sou um humilde estudante de Direito.
    A morte é ausência TOTAL de vida,por isto uma pessoa em coma ou em “estado vegetativo”(não gosto desta expressão,pois a mesma me soa pejorativa…)ou em morte encefálica ainda está viva.Parafraseando o padre Paulo Ricardo e o Pastor Silas eu digo que os únicos que ainda lutam pela família e pela vida são os cristãos.
    Já vi casos em que Deus curou e em que pessoas consideradas mortas voltaram a viver e pessoas em que passara anos nas macas de hospitais voltaram a viver.Só DEUs pode retirar a vida que ELE nos deu.O resto é assasinato!!!!!!!!!
    Há uma profunda diferença ética,filosófica,religiosa e espiritual entre a morte provocada e natural!
    Não me surprenderei se a casa da mãe joana(stf) aprovar o aborto de anencéfalos (ADPF 54)e a eutanásia!!!!
    Que Deus venha com o seu juízo sobre a nossa nação!!!!!!!!!
    A paz de CRISTO!

  2. Lei Lei 8745/95
    Art. 1º – Fica criada a Central de Notificação de Morte Encefálica no âmbito do SUS/JF.

    Parágrafo Único – Para os efeitos desta Lei, considera-se morte encefálica, a morte definida, como tal, pelo Conselho Federal de medicina e atestada por médico.

    A Igreja não condena, pelo contrário, incentiva a doação de órgãos.

    Muitas pessoas ão salvas, graças à doação de órgãos.

    Sou doadora de orgão tecidos e ossos.
    Depois podem cremar o que sobrou!

  3. manoel carlos

    Jorge vitória noticia saiu graças ao julio severo. divulga urgente. nosso Bispo foi citado de novo de forma ruim. citam seu blog.

    Universidade católica é anfitriã de simpósio de defesa ao direito à “homoafetividade”

    Matthew Cullinan Hoffman
    27 de outubro de 2011 (Notícias Pró-Família) — Uma universidade católica localizada no Brasil recentemente foi anfitriã de um simpósio sobre “direito homoafetivo” que deu aos promotores da agenda homossexual uma plataforma para promover sua ideologia.
    O simpósio provocou indignação entre católicos fiéis, que protestaram contra o evento numa carta assinada que foi entregue pessoalmente horas antes do evento para o superior eclesiástico local, o arcebispo Fernando Saburido, que teria respondido que era tarde demais para cancelá-lo.
    De acordo com o site gayzista MixBrasil, o simpósio incluiu como palestrantes o Pe. Luís Correa Lima, fundador do grupo “Diversidade Católica”, que publicamente busca normalizar e legitimar o estilo de vida homossexual e a “identidade gay”. Um dos mais importantes palestrantes foi Jean Wyllys, deputado federal e radical militante gay.
    Outros palestrantes incluíram o Dr. Clicerio Bezerra, o juiz que realizou o primeiro “casamento” homossexual no estado de Pernambuco, Manoela Alves e Rhemo Guedes, presidente e advogado, respectivamente, do “Movimento Gay Leões do Norte” e várias autoridades públicas envolvidas na implementação de políticas governamentais gayzistas.
    Os debates de mesa incluíram “Vulnerabilidade Social LGBT em foco e Criminalização da Homofobia”, “A Laicidade do Estado e o Direito à Livre Orientação afetivo-sexual”, “Políticas públicas e o enfrentamento da homofobia” e “O reconhecimento da união homoafetiva como entidade familiar no Direito brasileiro”.
    O evento ocorreu na Arquidiocese de Olinda e Recife, que outrora ficou famosa pela liderança pró-vida do Arcebispo José Cardoso Sobrinho, que foi aposentado em 2009.
    Os leigos católicos da arquidiocese teriam entregado pessoalmente uma carta ao novo arcebispo, Fernando Saburido, suplicando “que a universidade católica impedisse a realização de tal simpósio, pois fere e ataca nossa fé e desobedece às ordens de Jesus Cristo na pessoa de São Paulo, do próprio Papa Bento 16… suplicamos-lhe que não permita essa blasfêmia numa instituição católica!”
    De acordo com Jorge Ferraz do blog Deus Lo Vult e residente da mesma arquidiocese, o arcebispo “recebeu atenciosamente a comitiva; mas deu a entender que, a esta altura (o simpósio se iniciaria à tarde), nada podia fazer para impedir o evento”.
    Informações de contato:
    Arcebispo Fernando Saburido
    Rua Bispo Coutinho, s/n – Alto da Sé
    53120-130 Olinda – PE
    Tel.: (55) (81) 3493-1201
    E-mail: [email protected]
    Artigos sobre o atual arcebispo de Olinda e Recife:
    Sessenta mil brasileiros fazem presença em manifestação pró-vida d
    Arcebispo defende aborto para menina grávida de sua diocese
    Arcebispo brasileiro corrige ‘mal-entendido’ em comentários sobre aborto
    Artigos sobre o arcebispo anterior de Olinda e Recife:
    Resignação de heróico arcebispo pró-vida aceita em meio à mancha de notícia distorcida de jornal do Vaticano
    Entrevista com arcebispo brasileiro acerca da excomunhão de médicos aborteiros
    Exclusivo: Batalha do arcebispo esquenta enquanto arquidiocese brasileira envia documento legal ao Vaticano
    Bispo brasileiro agradece aos ativistas pró-vida por apoio: reitera que “excomunhão é remédio para os pecadores”
    Líder pró-vida brasileiro pede investigação criminal de aborto feito em menina de 9 anos
    Falsa compaixão está matando crianças e corrompendo a sociedade
    Parte 1: Grupo pró-aborto internacional conspirou com hospital para matar bebês gêmeos em gestação em famoso caso brasileiro — Parte 1
    Parte 2: Grupo pró-aborto internacional conspirou com hospital para assassinar gêmeos em gestação em infame caso brasileiro — Parte 2
    Parte 3: Arcebispo pró-vida brasileiro abandonado por colegas bispos e por autoridade do Vaticano por excomungar médicos aborteiros
    Traduzido por Julio Severo: http://www.juliosevero.com
    Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com
    Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/news/catholic-university-in-brazil-hosts-symposium-defending-right-to-homo-affec
    Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.
    Artigos relacionados no Blog Julio Severo:
    O caso dos bebês gêmeos abortados em Recife
    Onde estão os gêmeos?
    Julio Severo diz: Sou homoafetivo

  4. Álvaro Fernandes

    Eu recebi um email recente que dizia que este deputado “Jean Willys” tinha esculhambado a direita católica de SP(sic)…e agora já está palestrando!!!!
    QUE DEUS DÊ SABEDORIA A TODOS OS SACERDOTES CRISTÃOS!!!!!
    A PAZ DE CRISTO!!!!!
    P.S: SENHOR MANUEL!!!!!SÓ OS PSEUDOCATÓLICOS FORAM A FAVOR DESSE SIMPÓSIO!!!!!

  5. Álvaro Fernandes

    Eu sei que esse não é o post apropriado,mas eu tenho uma ótima notícia para todos aqueles que defendem a família e os valores morais cristãos…é de uma notícia que saiu nos jornais O Povo e Diário do Nordeste daqui do Ceará….A casa da mãe joana ou o “Supremo” Tribunal Federal poderá julgar de novo a sua ridícula decisão sobre união homoafetiva,pois a “Associação Eduardo Banks”… que se aliou a CNBB no julgamento fez um pedido de vista e quer o julgamento de novo!!!!Confiram a notícia!!!!! Os prós-gays estão revoltados aqui no Ceará!!!!!exhttp://www.opovo.com.br/app/maisnoticias/brasil/2011/10/29/noticiabrasil,2325271/associacao-quer-anular-decisao-do-stf-que-reconheceu-uniao-estavel-entre-homossexuais.shtml
    Enquanto o projeto de lei do pastor Marco feliciano de tornar essa decisão passível de um plebiscito não se concretiza…podemos ter fé…que as portas do inferno não prevalecerão dessa vez!!!!!
    A paz de Cristo para todos!!!!

  6. Alexandre Magno

    Não entendi.

    Jorge escreveu:

    Quem me disse foi o Wagner Moura: O «Pe. Hélio Luciano, membro da Comissão de Bioética da CNBB e doutorando em Bioética pela Faculdade de Medicina do Campus Biomedico di Roma (UNICAMPUS), na Itália, realizará uma videoconferência neste sábado, 29 de outubro, às 15h (horário deBrasilia)» para falar sobre morte cerebral. A notícia pode ser lida na íntegra no site da ACI Digital.

    Mas lá na página da ACI Digital eu li:

    Este ano o Congresso contará com a participação de jovens blogueiros pró-vida, como o pernambucano, Jorge Ferraz, ganhador do Top100 do Prêmio TopBlog2011; e o maranhense, Wagner Moura, escolhido em maio pelo Vaticano como participante do primeiro encontro de blogueiros promovido pelo Pontíficio Conselho das Comunicacões Sociais e pelo Pontifício Conselho da Cultura, além de outros líderes pró-vida do Brasil e do exterior.

    Como foi sua participação, Jorge?

    Presencial? Virtual? Você participou mesmo?

    Será que nós encontramos a gravação da transmissão?

    Eu esqueci completamente da transmissão AO VIVO ontem; e é por que eu estava mantendo a aba aberta no navegador, para lembrar… desde quando vi o post aqui.

  7. Celso Galli Coimbra

    Transplantes de órgãos vitais exigem morte do doador, adverte Bento XVI
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2009/11/17/1925/
    __

    Morte encefálica: o teste da apnéia somente é feito se houver a intenção de matar o paciente
    __
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2009/01/11/morte-encefalica-o-teste-da-apneia-somente-e-feito-se-houver-a-intencao-de-matar-o-paciente/
    __
    Mrs. Mercedes Wilson fala sobre morte encefálica – parte 1

    http://www.youtube.com/user/biodireitobioetica?feature=mhsn#p/u/39/9ed1cE1qLIU
    __
    Entrevista de Zack Dunlap depois de declarado com morte encefálica pelos médicos

    http://www.youtube.com/user/biodireitobioetica?feature=mhsn#p/u/47/SHFxYMEj2gg
    __
    QUESTIONAMENTO INTERPELATÓRIO AO CFM:

    http://www.biodireito-medicina.com.br/website/internas/ministerio.asp?idMinisterio=149

    INTRODUÇÃO ÀS RESPOSTAS DO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA:

    http://www.biodireito-medicina.com.br/website/internas/ministerio.asp?idMinisterio=150

    RESPOSTAS DO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA:

    http://www.biodireito-medicina.com.br/website/internas/ministerio.asp?idMinisterio=151

    RÉPLICA A ESTAS RESPOSTAS COM NOVE ANEXOS E CARTAS DE AUTORIDADES EM SAÚDE:

    http://www.biodireito-medicina.com.br/website/internas/ministerio.asp?idMinisterio=108
    __
    Transplantes e morte encefálica. L’Osservatore Romano rompe o tabu
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2009/02/01/transplantes-e-morte-cerebral-losservatore-romano-rompe-o-tabu/
    __
    Revista BMJ – British Medical Journal – debate internacional onde não foi demonstrada a validade dos critérios declaratóricos de morte vigentes:
    http://www.bmj.com/cgi/eletters/320/7244/1266
    __
    Seminário sobre Morte Encefálica e Transplantes de 20.05.2003 na Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul

    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2009/01/14/seminario-sobre-morte-encefalica-e-transplantes-de-20052003-na-assembleia-legislativa-do-estado-do-rio-grande-do-sul/
    __
    Redefinindo morte: um novo dilema ético – publicado em 19 de janeiro de 2009, na Revista American Medical News

    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2009/01/19/redefindo-morte-um-novo-dilema-etico/
    __
    “Morte encefálica” — Inimiga da Vida e da Verdade – Declaração internacional em oposição à “morte encefálica” e ao transplante de órgãos vitais únicos

    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2009/01/22/declaracao-internacional-em-oposicao-a-morte-encefalica-e-ao-transplante-de-orgaos-vitais-unicos-traduzido-para-portugues/
    __
    Implications of ischemic penumbra for the diagnosis of brain death
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2009/01/11/implications-of-ischemic-penumbra-for-the-diagnosis-of-brain-death/
    No ‘moral certainty’ that brain death is really death: prominent Catholic ethics professor Brugger
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2011/02/10/no-%E2%80%98moral-certainty%E2%80%99-that-brain-death-is-really-death-prominent-catholic-ethics-professor-brugger/
    __

    Comentário: Em debate público com o Presidente da Câmara Técnica Brasileira da Morte Encefálica e, ainda representando oficialmente o CFM sobre o assunto declaratório da morte encefálica (em 2003, do qual participei na mesa), foi afirmado por este representante em público, e consta em atas da ALERGS, categoricamente, que o “teste da apnéia é dogmático” e sem ele não é possível declarar morte encefálica, com a finalidade de não enfrentar as demonstrações neurológicas de que este teste, feito sem qualquer benefício para o paciente e sem o consentimento da família. O dogmatismo deste teste é sustentado também por conhecidos médicos norte-americanos.

    O Padre expositor não menciona que morte encefálica é, desde de sua última revisão feita por Bernat em 1992, a irreversível falta de oxigenação do tronco encefálico, apenas, e não de todo o encéfalo como ele disse no chat. Esta revisão foi feita para dar uma sobrevida para a morte encefálica.

    O Padre não está sabendo que a Medicina não pode mais exigir a morte de todo o encéfalo (e isto está correto), mas sim, e somente, do tronco encefálico, pois é nele que reside a questão da irreversibilidade diante dos conhecimentos adquiridos na comunidade neurológica internacional desde a Década de 90. Não vejo como ele pode citar tanto a ética católica com a superficialidade e parcialidade/desinformada de exposição que ele sustentou. “Falência total do cérebro”, por ele apontado como nomenclatura vigente, é expressão não existente como sinônimo de morte encefálica, como ele sustentou ser a mais atual: primeiro, porque cérebro e encéfalo são coisas distintas e não sinônimas (depois, como defender a questão dos anencéfalos no STF, se não existe esta informação básica?). Mais, ele tem obrigação de informado, quando tenta falar sobre a Zona de Penumbra Isquêmica, que é uma descoberta pacífica dentro da comunidade neurológica na Década de 90, a Década do Cérebro.

    Tenho obtida em processo judicial a declaração oficial das Atas da Câmara Técnica Brasileira da Morte Encefálica, em que todos os seus membros concordaram, que paciente em transição pela Zona de Penumbra Isquêmica não pode ter sua morte encefálica declarada.

    Todo o problema passa pela Zona de Penumbra Isquêmica e ninguém contesta tal na neurologia em todo o mundo (ele não fala sobre qual deficit de oxigenação dentro do tronco encefálico coloca a situação de irreversibilidade que caracterize a impossibilidade de recuperação). O que eu ouvi no Chat foi a defesa da morte provocada, ainda que por falta de informação do expositor.

    Coloco algo que se impõe e está muito próximo de ser entendido: se a morte encefálica não é honestamente declarada dentro da Medicina, então o tráfico de órgãos é apenas uma questão de quem não respeitou a fila.

    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2009/10/02/cfm-sera-obrigado-a-explicar-morte-cerebral-folha-de-sao-paulo/

    Celso Galli Coimbra
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/
    ***

  8. Joana Bocaiuva

    Coloco outra questão: se não existe diagnóstico de morte encefálica porque não se pode esperar a morte de todo o encéfelo (cérebro, cerebelo, tronco encefálico), mas apenas um prognóstico observado através de uma falta de oxigenação da zona de penunbra do tronco encefálico, o que caracterizaria uma atual irreversibilidade de oxigenação nesse área, estaríamos lidando com alguém que, ainda não estar morto.

    Então, eu não estaria matando para tirar órgãos? O que há de moralmente correto nessa técnica se, querendo ou não, mata pessoas que se pensa que vai morrer mesmo…

    Aliás, existe algum país que adote e aplique a teoria da zona de penumbra isquêmica? Se muitos não adotam, não seria porque essa detecção é difícil de ser feita para urubus encima da carniça?

  9. Pingback: Conferências: Redes Sociais e Anencefalia | Deus lo Vult!