Mais avisos técnicos – Comments

closeAtenção, este artigo foi publicado 5 anos 5 meses 16 dias atrás.

Atenção! Os comentários do Deus lo Vult! não estão disponíveis. Estava testando migrar o plug-in de comentários mas parece que não deu muito certo. Ainda estamos trabalhando nisso.

Não obstante, o problema se encontra na camada de apresentação. Todos os mais de 30.000 comments estão devidamente armazenados, e eu os consigo acessar daqui. Peço a todos um pouco mais de paciência.

UPDATE [06/mar/2012 @ 15h30m]: A migração dos comentários antigos foi concluída com sucesso nesta madrugada. Teoricamente, todos os posts agora já estão com os comentários que possuíam antes da mudança do sistema de comentários.

Há vinte (20) comentários que não foram migrados porque eram muito longos (mais de 25.000 caracteres). Estes, eu vou ver manualmente o que faço com eles. É um universo ínfimo. Segundo o plugin do Disqus, havia 31.493 comentários, e foram migrados 31.473.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

87 thoughts on “Mais avisos técnicos – Comments

  1. Jorge Ferraz

    Não, eu não recebo visualização de diffs e acho isso um completo absurdo. O que eu recebo é um email com o comentário *original*. Eu nem sei quantas edições foram feitas (os comentários que foram editados dá para saber porque aparece aqui (e imagino que apareça em todo lugar) o “Editado pelo autor”).

  2. Alexandre Magno

    É realmente uma grande falha não ter o diff.

    Você não pode impedir que edições sejam realizadas?

    Eu tenho realizado muitas edições em comentários. Principalmente para corrigir erros ortográficos ou de apresentação. Essas edições poderiam ser evitadas se houvesse opção de “pré-visualização”.

    Tenho impressão de que nem todas a minhas edições fizeram aparecer o aviso “Editado pelo autor”…

    Outro assunto: essa fonte que está sendo usada nas caixas de edição está tão pequena que tem feito meus olhos doerem! Eu tive dor de cabeça de ontem pra hoje, e acredito que essas redações muito influíram. Não seria melhor o mesmo tamanho usado no comentário postado?

  3. Alexandre Magno

    Jorge, você pode me mandar um exemplo de e-mail notificando edit? Um edit meu…

  4. Alexandre Magno

     Deu certo, o teste? Nesse comentário ao qual respondo, o seu perfil facebook. No outro, mais recente, nenhum. Era isso mesmo que você queria testar?

  5. Alexandre Magno

    Jorge, não testei, mas talvez, no título do site, ficasse melhor invertido: uma “nuvem” esbranquiçada e o nome preto (ou escuro). Se as proporções escolhidas são essas. Pois a grande mancha preta ocultando considerável parte da imagem está estranho.

  6. Alexandre Magno

    Sobre o Deus lo Vult! Suggestions. Agora temos estilo (Stylish) e script (Greasemonkey); este corrige aquele, no que toca a altura de um elemento relevante da página, o wrapper. Está uma gambiarra. Quem entender, verá. Mas está funcionando bem (subentendido o uso em Firefox).

    Update (16 horas depois): na realidade, está mesmo uma baita duma gambiarra! A página só fica bem formada, com o ajuste da altura, quando é completamente carregada e o script é então executado. Ainda por cima, quando a área de comentário cresce, passa a existir uma má formação no rodapé (que não tem a altura reajustada).

    Update (5 dias depois, em 15/03/2012): até hoje este script estava dedicado a corrigir uma dificuldade no uso de um Stylish de mesmo nome. Mas aquele problema foi superado! Este script então perde momentaneamente sua utilidade. Talvez, num futuro próximo ele reviva e forneça opção mostrar/ocultar elementos variados da interface gráfica do blog Deus lo Vult!, especialmente quadros da barra lateral.

  7. Alexandre Magno

    Jorge, no início da semana eu pesquisei sobre como aumentar a fonte destas caixas de redação de comentários, mas não pude dedicar mais tempo à tarefa. Essas fontes pequenas realmente estão pouco simpáticas a meus olhos, e está um pouco difícil alterá-las por Stylish ou Greasemonky.

    Como minhas prioridades mudaram, deixo aqui o último achado. Pareceu-me que estas caixas estão em iframes. Se é assim, talvez me valesse um código nesta linha:

    var cssLink = document.createElement("link");
    cssLink.href = "style.css";  cssLink .rel = "stylesheet";  
    cssLink .type = "text/css";  
    frames['frame1'].document.body.appendChild(cssLink);

    Isso pode vir a servir a você também.

  8. Alexandre Magno

    Jorge, uma curiosidade simples surge de uma resposta que você deu ao Jfrazao: aquela janelinha popup com o endereço absoluto do comentário (o permalink), você que implementou?

  9. Alexandre Magno

    Testando a tag sup. Aqui.

    Na documentação do Disqus não consta que ela é suportada, mas é agora que vou saber se é ou não. Essa tag em alguns pronomes de tratamento.

    Update (9 minutos depois): não funcionou! Então não sei como poderei escrever pronomes de tratamento com sobrescritos de mais de uma letra.

  10. Alexandre Magno

    Jorge, quando clico para receber os comentários por e-mail, é mostrada a mim uma caixa “Inscrito”, com a seguinte mensagem:

    You have subscribed to this comment thread. New comments will be sent directly to your email inbox, where you may read and respond by email.

    Eu traduziria assim:

    Você assinou este tópico. Os novos comentários serão enviados para seu e-mail. Você poderá lê-los e respondê-los por e-mail (com mensagens de texto simples, não formatado).

  11. Alexandre Magno

    Jorge, parece-me que tem algo errado com a relação que há entre a propriedade CSS position dos principais elementos responsáveis pelo design nesse tema. O wrapper não cresce envolvendo o content. Observe que este cresce de acordo com a área de comentários e o wrapper não acompanha. Os elementos de conteúdo estão desprezando seu containner final, o wrapper; talvez por haver position: absolute onde não deveria haver.

    Update (2 dias depois): ver comentário de 23 horas atrás. Eu só pude linká-lo agora.

  12. Jorge Ferraz

    Tô viajando, Alexandre. Aqui o wrapper aparenta estar correto (indo até o final da página). Não tem absolute no CSS não. Isto não é o teu Stylish não?

  13. Alexandre Magno

    Depois eu vou checar o Stylish. Não lembro. Pode até ser culpa dele sim. Acho que não. Guardei isso até agora como que não.

  14. Alexandre Magno

     Sim, Jorge, era o Stylish! Mas agora o problema está resolvido de uma vez por todas. Inclusive eu acabei de liberar uma versão que considero um release final. Não vejo mais o que fazer. Acrescentei coisinhas interessantes, ainda.

    Vejam as imagens!

    E página do Deus lo Vult! Suggestions tem agora o texto explicativo.

  15. Alexandre Magno

    Jorge, depois da mudança para o disqus, nunca mais recebi notificações de posts passados, que eu monitorava.  Pode ser coincidência, pode não ser. Se existir o suposto problema, talvez haja como nós, cada usuário, recuperarmos lista de tópicos nos quais comentamos, para que possamos manualmente voltar a assiná-los (uma a um) clicando os links “Notificar por e-mail”. Debatedores podem estar erradamente presumindo oponentes estarem sendo devidamente notificados de novas interações nos tópicos antigos…

    Editado (30/03/2012, 9h27): Jorge, antes do Disqus, havia um link para página que listava posts acompanhados (onde eu havia comentado). Aquela página era parte de um plugin do WordPress. Não sei se era próprio do Google Friend Connect. Ela ainda está acessível? O problema é que, se estiver, eu esqueci minha URL. Teria como recuperá-la? Se não der, ontem eu já estava vendo como poderei fazer uma aplicação em Python, usando a API, com essa finalidade de recuperar listagem dos posts nos quais já participei, haja vista eu ter feito merge no perfil, colocando nele todo meu histórico de comentários.

    Editado (30/03/2012, 11h50): também achei disqus.js, mas está me parecendo mais fácil usar Pyhton. Não sei se vou fazer. Se eu fizer, aviso.

  16. Alexandre Magno

    Eu já conhecia tal página. Não é o que eu quero. Eu quero apenas uma lista de todos os posts nos quais um dia eu já comentei. Acho que não dá duas centenas. Antes do Disqus, abaixo da caixa de redação de comentários, havia um link que nos levava a uma página dessa. Provavelmente aquela página não era do sistema original de comentários do WordPress, mas de algum dos plugins utilizados, talvez da integração com o Google Friend Connect.

  17. Jorge Ferraz

    Ah, então é possível! Não conheço este página, caríssimo. Sinto que será necessário fazer “na mão” esta informação.

  18. Alexandre Magno

    Disqus Activity Reader  é um estilo de usuário (instalar Stylish) que torna a leitura do Dashboard mais agradável. Veja as imagens na página do estilo. A fontes ganham serifa, ficam maiores, os parágrafos espaçados, e as citações em cor cinza.

    Editado (03/04/2012, 10h48min):

    Deus lo Vult! Reader é um estilo de usuário (instalar Stylish) que faz com que a leitura frequente do blog seja menos cansativa; ele aumenta o tamanho da fonte usada nas postagens e nos comentários.

  19. Alexandre Magno

    Jorge, tem como desativar isso de “comment hidden due to abuse reports“? Está me confundido um bocado. Talvez o mesmo aconteça com outros comentadores do blog. Por isso eu dupliquei um comentário hoje, pois pensei que o primeiro não ia ser publicado.

  20. Alexandre Magno

    Sugestão de correção:

    <html dir=”ltr” lang=”pt-BR

    Por que?
    Para que detectores automáticos de idioma funcionem OK.