Ite, M.I.S.S.A. est

closeAtenção, este artigo foi publicado 4 anos 11 meses 6 dias atrás.

[Reproduzo a notícia como se encontra no site da Arquidiocese do Rio de Janeiro, apenas destacando com negrito algumas partes. Deo Gratias. Para quem não se lembra, a “festa” blasfema é essa aqui. Foi-se embora. E já vai tarde.

O título deste post foi (mais) uma sacada genial do @tht, a quem eu agradeço por me ter sido o portador de tão alvissareiras notícias.]

Acordo judicial derruba festa “M.I.S.S.A.”

A Associação Arquidiocesana Tarde com Maria conseguiu celebrar acordo judicial com a Cinco Entretenimentos, grupo que realizava as festas denominadas “M.I.S.S.A.”. A partir de agora, o substantivo “missa” não pode ser usado nos eventos produzidos, assim como não pode haver a utilização de indumentária e símbolos católicos nas citadas festas.

Conforme o acordo, a Cinco Entretenimentos “obriga-se, definitivamente, a nunca mais promover, nesta cidade ou em qualquer outro ponto do território nacional, qualquer evento que se identifique pelo substantivo “missa”, ou no qual se utilize essa palavra, de modo a associar o espetáculo à principal celebração da liturgia da Igreja Católica Apostólica Romana”.

Em eventos, materiais publicitários ou shows “qualquer indumentária, dístico, palavra ou verso, símbolo, letra, coreografias, foto, músicas ou outro elemento de qualquer natureza, que possa de algum modo associar a ação à mesma Igreja ou a seus sacerdotes, templos, livros, objetos de culto, ritos ou liturgia” também não será permitida.

A empresa continuará a utilizar a sua denominação “Movimento dos Interessados em Sacudir a Sua Alma”, não podendo dispor das iniciais para compor o substantivo em questão.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page