Eslováquia diz não à implicância ateísta

closeAtenção, este artigo foi publicado 4 anos 11 meses 12 dias atrás.

Comentei meio en passant há uns dias sobre as moedas comemorativas da Eslováquia, nas quais a representação dos santos Cirilo e Metódio fora proibida por não sei qual comissão da União Européia. Quer dizer, eles podiam constar na moedas, contanto que não fossem representados como santos: as imagens deles podiam ser cunhadas, desde que não ostentassem sobre as suas cabeças as auréolas características da representação iconográfica dos santos católicos.

Para a minha alegria, li em ACI Digital que a Eslováquia não aceitou a imposição laicista e «votou para que se mantenha o desenho original da moeda comemorativa da evangelização da Grande Morávia pelos dois irmãos e santos Cirilo e Metódio, grandes evangelizadores e construtores da cultura dos países eslavos».

Bravo! Os dois santos irmãos responsáveis pela civilização eslava permanecem com o seu justo lugar na moeda comemorativa da Eslováquia, ostentando todos os seus adornos com os quais a piedade cristã tradicionalmente os representou. Por enquanto, Deus fica nas notas de Real e São Cirilo e São Metódio nas moedas de Euro.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

2 thoughts on “Eslováquia diz não à implicância ateísta

  1. Victor

    Que frescura! Por que a Comissão Européia não aproveita e também proíbe a cruz dupla, o livro dos Evangelhos e a miniatura de Igreja que também compoem a figura da moeda? Aahhh, mas auréola NÃO-PO-DE!