Curtas: “Casamento Gay”, aborto na Irlanda e comunhão de joelhos

closeAtenção, este artigo foi publicado 4 anos 6 meses 29 dias atrás.

Três notícias que peço perdão por não aprofundar, mas que julgo não deverem passar em branco.

1. La aprobación del matrimonio gay en Francia no desactiva la oposición, vindo ao encontro do que eu falei aqui ontem. Não temos o direito de desanimar, há muita coisa que pode e deve ser feita. As tiranias um dia caem. Não esqueçamos.

2. Comissão médica derruba pretexto para legalizar aborto na Irlanda – lembram-se do caso? «Os médicos designados para a tarefa, felizmente, não cederam e apresentaram no relatório aquilo que constataram: a morte não teve nada a ver com o feto». Fica assim desmascarado mais um expediente escuso dos pró-aborto: a gritaria inicial não passava de gritaria mesmo, vil tentativa de manipular a opinião pública com base em mentiras. Não nos esqueçamos de que é assim que eles agem.

3. Nos passos de Bento XVI, o Papa Francisco continua distribuindo a Sagrada Comunhão somente na boca, e negando-A aos que tentam pegá-La com as mãos. Negando-A [p.s.: na verdade, o homem que tentou comungar na mão fê-lo não com o Santo Padre, e sim com um diácono, tendo sido este quem lhe A negou. Seguindo os passos do seu predecessor, o Papa Francisco distribuiu normalmente a comunhão (por intinção) diretamente na boca dos comungantes]. Eis um detalhe que devemos gentilmente lembrar aos que nos vierem opôr o Sumo Pontífice ao seu predecessor.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

33 thoughts on “Curtas: “Casamento Gay”, aborto na Irlanda e comunhão de joelhos

  1. Juan

    Quer seja self-service ou não, o fato é que eu, e você também, pelos vistos, nunca felizmente ouvimos falar da hóstia intinta do Sangue dEle sendo depositada diretamente na palma da mão de um comungante. JB….eu sa vi muito isso…infelizmente.

  2. JB

    Não há limites para perversão.

    E como eles fazem? Lambem a mão após comungar?

  3. luzia muniz

    eu me comungo sempre de joelhos,e a Santa Comunhão direto em minha boca.