Curtas (mais do que o costume)

– Judas Iscariotes é absolvido em júri popular simulado. “Trad atuou na defesa de Judas Iscariotes e explica que argumentou que a história já estava traçada por Deus. ‘Se fosse mau não se mataria, como se matou’, destaca o adovogado (sic)”. Alguém precisa explicar a este tribunal simulado a diferença entre graça suficiente e graça eficaz, e também dizer que Deus concede a todos os homens graças suficientes para que se salvem. Sério: se quiserem absolver Judas, pelo menos que não seja com argumentos tão fúteis assim… * * *…

Read more

Curtas sobre o Divórcio

– Existe em Portugal, desde o ano passado, uma lei que permite que divórcios sejam realizados pela internet. A completa banalização com a qual o assunto é tratado é expressa pela reportagem como se fossem alvíssaras ao advento do progresso: “Em casa, no escritório ou num centro de internet em Lisboa, qualquer casal sem filhos menores de idade e sem bens para dividir pode se divorciar em no máximo uma hora”. No máximo uma hora para separar duas pessoas que deveriam viver juntas pelo resto da vida! A leviandade com…

Read more

Portugal veta divórcio

Tendo recebido, para ser promulgado como lei, o Decreto nº 232/X, da Assembleia da República, que aprova o Regime Jurídico do Divórcio, decidi, nos termos do nº 1 do artigo 136º da Constituição da República Portuguesa, não promulgar o referido diploma. [Aníbal Cavaco Silva, presidente de Portugal] “Em Portugal sempre se conservará o dogma da Fé”, disse Nossa Senhora em Fátima. Merece aplausos a luta do presidente português para que na terra de Camões conserve-se também a Moral. O sr. Cavaco Silva, presidente da República, devolveu ontem (20 de agosto)…

Read more