Mais sobre justiça e pena

Recebi nos últimos dias diversos comentários sobre o assassino do menino João Hélio que, sob as bênçãos de uma ONG defensora dos direitos humanos, após cumprir a sua “pena” num instituto de recuperação de menores, ganhou passagem e moradia na Suíça, para si e sua família, a fim de ter uma chance de recomeçar a sua vida. Alguém me perguntou meio provocativamente se eu preferiria que o sujeito “apodrecesse” na cadeia, ao invés de ter uma chance de reconstruir a sua vida. A pergunta esconde um falso dilema, pois do…

Read more

A Lei Natural e a Ignorância

Eu sempre achei muito complicado falar em “Ignorância Invencível” em se tratando da Lei Natural. Os exemplos são os mais variados possíveis: os sacrifícios humanos dos astecas, os homossexuais, os ateus e, agora os suicidas: descobri hoje que a Leila Lopes se matou para ir para junto de Deus. Por um lado, é fato incontestável que o suicídio é pecado mortal. Por outro lado, é também incontestável que, para que haja pecado mortal, é necessário, além da matéria grave, pleno conhecimento e deliberado consentimento. Estes dois últimos aspectos são subjetivos;…

Read more

“Castigo dos pecados do padre” – Santo Afonso de Ligório

[Tenho cansado de repetir aqui que, longe de “passar a mão” na cabeça dos sacerdotes, a Igreja prega que os pecados por eles cometidos são de uma gravidade que os anti-clericais não são capazes de imaginar. Longe de ser conivente com os pecados dos clérigos, a Igreja dirige a eles duríssimas palavras. Como foi sugerido pelo Gustavo, estou postando aqui um trecho de um livro de Santo Afonso de Ligório escrito para padres e seminaristas, que fala muito bem sobre isso. Não que eu ache que vá ser de serventia…

Read more