“Somente até aqui”

Leio hoje que a China pretende “acaba[r] com a política do filho único”, o que é uma excelente notícia. No entanto, ato contínuo, na mesma manchete, vem a brutalidade: agora, o país «permitirá 2 crianças por casal». Ora, que houvesse uma política de filho único é um absurdo completo; no entanto, que o segundo filho seja uma concessão do Governo chinês é também um absurdo, da mesma gravidade do primeiro. O verdadeiro escândalo aqui é que seja o Partido Comunista a se imiscuir no seio das famílias para lhes dizer…

Read more

Chineses nas olimpíadas

Muito feliz o artigo do João Pereira Coutinho publicado hoje na FOLHA DE SÃO PAULO. Nas Olimpíadas, a China segue no topo do Quadro de Medalhas, com a considerável diferença [hoje] de 17 medalhas de ouro para os Estados Unidos, que ocupam a segunda colocação. Eu não tenho acompanhado os jogos olímpicos, mas o Coutinho sim, e diz que chama a atenção a expressão dos atletas chineses – “o rosto exibe uma tensão e uma infelicidade que não se encontram nos outros”. Acredito nele, porque não se conseguem quase quatro…

Read more