Há motivos para esperança

Publico o gráfico e o comentário abaixo conforme os encontrei no “Lavras Resiste!”. Concordo com o autor do texto: há motivos para esperança. Há três anos eu publiquei aqui este texto, com dados americanos que vão harmoniosamente ao encontro destes, britânicos, que com alegria trago hoje. Os números parecem-me claros: é da Tradição que surgem as vocações. Há esperança. * * * Há motivos para esperança. À direita no gráfico, vê-se o número crescente de ordenações desde 2008. Suponho que esse seja o efeito da Tradição, revalorizada por S.S. Bento…

Read more

Show de horrores na BBC – com vídeos

1. Comercial de organização abortista na Grã-Bretanha. “A campanha das clínicas Mary Stopes, que lida com gravidezes não desejadas e abortos, tem o objetivo de aumentar a conscientização sobre a saúde sexual, segundo a organização”. 2. Sex shop para muçulmanos é lançado na Holanda. “Foi lançado na Holanda um sex shop online que diz ser o primeiro do mundo a respeitar a rigorosa lei sharia, ou lei islâmica”. 3. Menina muda de sexo em Gaza. Este é do ano passado, mas estava relacionado na notícia anterior. “Uma menina da Faixa…

Read more

Não é lícito negar a comunhão na boca por conta da gripe suína

Via Fratres in Unum: Não é lícito negar a comunhão na língua devido ao H1N1, conforme a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos. Leiam na íntegra. A Congregação para o Culto Divino e para a Disciplina dos Sacramentos respondeu a um católico leigo da Grã-Bretanha, na diocese em que a comunhão na língua havia sido restringida devido a preocupações relacionadas à epidemia do vírus Influenza A  – subtipo H1N1 (“gripe suína”). A situação parece familiar? Gentileza entrarem em contato com (pelo menos) o Regional Nordeste II…

Read more

“Provavelmente, não existe motorista”

Esta eu vi no Fratres in Unum e é muito boa. Refere-se à campanha ateísta que começou recentemente – mas que já havia sido noticiada há algum tempo – na Grã-Bretanha, composta de slogans nos ônibus dizendo (tradução livre) “Provavelmente, Deus não existe”: Provavelmente, não existe motorista. Grã-bretanha. Segundo a rádio britânica (“Britische Rundfunk”), o motorista crente Ron Heather de Southampton, em Südengland, negou-se a dirigir um ônibus público com um slogan ateísta. Ao entrar em serviço, Heather viu o seguinte anúncio publicitário no ônibus: “Provavelmente, Deus não existe. Pare…

Read more

A repulsa à Cruz de Cristo

Recebi hoje uma notícia segundo a qual uma igreja britânica decidiu retirar uma imagem de Cristo Crucificado da frente do templo, porque era desagradável aos fiéis – e “assustava as crianças”. Pelo que pude entender da reportagem, é uma igreja protestante; provavelmente anglicana. A escultura (tem uma foto na reportagem linkada acima) é feia, mas não por ser uma “descrição horrenda da dor e do sofrimento”, e sim por ter sido feita numa arte moderna pela qual eu tenho uma natural repulsa. Não é tanto de causar tristeza a remoção…

Read more

Comentários curtos

– Uma “associação atéia” (nem sabia que isso existia) da Grã-Bretanha, com o apoio do ateu militante mais conhecido dos nossos dias, o sr. Richard Dawkins, quer colocar pôsteres em ônibus com “propaganda anti-religiosa”. A campanha – cujo objetivo é “promover o ateísmo na Grã-Bretanha” – pretende pôr nos ônibus londrinos a seguinte inscrição: “provavelmente, Deus não existe. Agora pare de se preocupar e aproveite a vida”. Na matéria, Dawkins aproveitou para proferir a seguinte bobagem: “Esta campanha fará com que as pessoas pensem – e pensar é um anátema…

Read more