Fim da Playboy em Portugal

Ontem eu vi que a Playboy portuguesa publicou uma edição com uma capa blasfema, em “homenagem” a José Saramago, mostrando Nosso Senhor ao lado de uma mulher nua. Agressão absurda e gratuita aos católicos, ofensa – indiscutível – ao sentimento religioso de milhões e milhões de pessoas no mundo afora. [Também ontem, na mesma hora, não pude evitar o comentário: por que esses cretinos não têm cojones para fazer uma capa “bombástica” dessas com uma foto de Maomé? Por que só ofendem os católicos?] Hoje, acabei de ler uma notícia…

Read more

Curtas

– “A ousadia da santidade”, pelo Carlos Alberto Di Franco e publicada… no Estadão! “A tese, por exemplo, de que é necessário ouvir os dois lados de uma mesma questão é irrepreensível; não há como discuti-la sem destruir os próprios fundamentos do jornalismo. Só que passou a ser usada para evitar a busca da verdade. A tendência a reduzir o jornalismo a um trabalho de simples transmissão de diversas versões oculta a falácia de que a captação da verdade dos fatos é uma quimera. E não é. O bom jornalismo…

Read more

Nobel

Obama ganhou o prêmio Nobel da Paz. O mundo reagiu. Lula o cumprimentou, Fidel Castro gostou, Chávez reclamou; aliás, registre-se que, finalmente, eu concordo em alguma coisa com o presidente venezuelano! “[E]stamos testemunhando uma premiação com o vencedor não tendo feito nada para merecê-lo: premiando alguém por intenções que estão muito longe de tornarem-se realidade”. E, realmente, um ilustre desconhecido tornar-se o homem mais poderoso do mundo e ganhar o Nobel da Paz sem ter feito absolutamente nada é coisa que não se explica. Eu julguei – de verdade –…

Read more

Curtas (mais do que o costume)

– Judas Iscariotes é absolvido em júri popular simulado. “Trad atuou na defesa de Judas Iscariotes e explica que argumentou que a história já estava traçada por Deus. ‘Se fosse mau não se mataria, como se matou’, destaca o adovogado (sic)”. Alguém precisa explicar a este tribunal simulado a diferença entre graça suficiente e graça eficaz, e também dizer que Deus concede a todos os homens graças suficientes para que se salvem. Sério: se quiserem absolver Judas, pelo menos que não seja com argumentos tão fúteis assim… * * *…

Read more

Curtas sobre o Estado Laico

– CPI do aborto cria guerra de blocos na câmara; acho fundamental que nos esforcemos para que este assunto seja conhecido da população brasileira. O fato da mídia estar noticiando já é um excelente sinal; cumpre divulgarmos ainda mais. Não, eu não tenho lá a maior esperança do mundo na nossa Câmara de Deputados, mas a questão aqui é outra: mostrar a realidade, fazer conhecida a nossa posição e desmascarar os criminosos que se aproveitam do voto popular para defender a impunidade dos que assassinam seres humanos inocentes. Por exemplo,…

Read more

Quando Saramago chorou…

Fui assistir ontem ao Ensaio sobre a Cegueira. Terminei no início da semana de reler o livro homônimo que inspirou o filme. Talvez eu não tenha sensibilidade cinematográfica alguma, mas fiquei bastante impressionado com a discrepância que existe entre uma obra e outra! Não encontrei Saramago na película; reconheci, sim, um monte de cenas cuja leitura recente ainda estava bem nítida na minha memória, passando com uma velocidade vertiginosa na sala escura, não raro incompreensíveis para quem está assistindo ao filme sem ter lido o livro e, em todos os…

Read more