TV Portuguesa e Inverno Demográfico

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 7 meses 13 dias atrás.

Linhas ligeiras, mas valiosas! O Dr. Fernando Castro, presidente da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas e da Confederação Européia de Famílias Numerosas (ELFAC), entrou em contacto comigo por email e me indicou uma série de programas que a televisão portuguesa fez sobre o assunto do envelhecimento da população. Estão disponíveis na internet:

  1. Entrevista com ele, enquadrando o problema:
    mms://195.245.168.21/rtpfiles/videos/auto/fehomens/fehomens_1_20090105.wmv
  2. Primeira parte do documentário:
    mms://195.245.168.21/rtpfiles/videos/auto/fehomens/fehomens_1_20090106.wmv
  3. Segunda parte do documentário:
    mms://195.245.168.21/rtpfiles/videos/auto/fehomens/fehomens_1_20090107.wmv

Vale muito a pena assisti-los. Grande parte do documentário Inverno Demográfico está aqui reproduzido, entrecortado por entrevistas de especialistas portugueses. Agradeço imensamente ao dr. Fernando Castro por ter disponibilizado esta preciosidade; faço votos de que seja útil a tantos quanto se interessam pela defesa da vida e da família humana.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

12 thoughts on “TV Portuguesa e Inverno Demográfico

  1. Pingback: TV Portuguesa e Inverno Demográfico : videos

  2. Lucas

    Eu sou contra o controle populacional. Acho que é uma decisão do casal.
    Minha mãe teve 5 filhos , teve condições de dar uma boa educação para nós e nos criou muito bem e com muito amor.
    Agora o que não da é pra generalizar, que todos os casais devem ter 5 filhos. O que se tem que pensar é no bem estar da criança que irá nascer.

  3. Fernando Castro

    E quem diz o contrário? O controle populacional tem sido no sentido de os casais não terem filhos! Nem sequer serem casais! Sabia que em Portugal os casais pagam muito mais impostos se se casarem? E que só os divorciados e solteiros podem deduzir dinheiro pela alimentação e vestuário? E que os monoparentais recebem mais 20% de abono de família? A razão por a Europa estar em grave crise demográfica é por causa de uma fortíssima cultura que foi imposta para que os casais não tivessem filhos, como acontece genericamente em todo o mundo. Não se trata de TODOS passarem a ter cinco filhos, mas é necessário uma média de 2.1, que até é o que, em média, desejam! Por favor, veja o documentário, e perceberá o que quero dizer. O que vem aí é mesmo mau, por causa do controle poppulacional que foi e continua a ser imposto. O Brasil é um alvo importante neste momento! Defendam-se bem, para que não vos aconteça o que está a acontecer na Europa! O capital humano é a principal riqueza de cada país!

  4. Lucas

    “Agora o que não da é pra generalizar, que todos os casais devem ter 5 filhos. O que se tem que pensar é no bem estar da criança que irá nascer.”

    Quando coloquei essa frase, só quis deixar claro que eu não estava fazendo apologia a todos os casais ter 5 filhos. Eu estava apenas comentando o exemplo que dei da minha família.

  5. Fernando Castro

    E que belo exemplo:-)

    Muitos parabens a seus pais.

    Bom seria que muitos mais seguissem o seu exemplo, no mínimo apostando na estabilidade conjugal como caminho de felicidade (para eles, para os seus filhos e para quantos os rodeiam).

  6. sandra nunes

    Fernando Castro

    Minha família é prodigiosa em filhos.

    Minha avó paterna ficou grávida 18 vezes ( três abortos espontâneos, duas filhas morreram quando crianças e criou 13 filhos )

    Minha avó materna foram 6 ( criou quatro )

    Minha mãe foram 5 ( criou 2 )

    E eu engravidei também 5 vezes, mas infelizmente, também só consegui levar a termo 2 gravidez.

    ( nosso sangue, da minha mãe e meu, o fator é RH negativo e do meu pai e do meu marido positivo, hoje graças a Deus, existe uma vacina eficaz, após o primeiro parto )

    Mas tenho quase uma centena de primos-irmãos, e quase duas centenas de primos-segundos.

    Portanto nos Ferreira Costa e nos Balek’s, não existe crise populacional, nossa parte a gente faz.

  7. Fernando Castro

    Parabéns Sandra! E à sua família! E, deixe-me adivinhar, são ricos de bens materiais, ou é outro tipo de riqueza, daquela que dá para levar para o Céu?

  8. sandra nunes

    Fernando Castro

    Que nada a familia do meu pai foi criada em fazenda, com muita fartura, porque produzia o que comiam, mas nenhum luxo

    Meus avós eram imigrantes ( meu avó chegou com 14 e minha avó com 12 ) vindos no final da primeira guerra mundial, me passa seu email que coloco a deles do passaporte para vc ver que pobreza.
    Morerram analfabetos em dois idiomas.

    Meu pai era torneiro mecânico e minha mãe vendia avon, meu sogro motorista de ônibus e minha sogra costureira e meu marido professor de física e matemática!

  9. james ross

    Hello Fernando. Excuse the English but my Portuguese is not as good as your English. I am pleased to find a pro-life site here.