Recomendações rápidas

closeAtenção, este artigo foi publicado 8 anos 1 mês 3 dias atrás.

Quantos “eu te amo” eu poderia ter dito em 15 minutos? Arrependimento de uma mãe que consentiu em assassinar o próprio bebê quando soube que ele nasceria com anencefalia. Também no site do padre Lodi.

Anencefalia/Meroencefalia. “[D]epoimentos técnicos sobre a questão do aborto de anencéfalos. Falam a Dra. Lenise, o Dr. Talmir, o Deputado Luiz Bassuma, a lavradora Cacilda Ferrira (mãe da menina Marcela), entre outros”.

Quando o assunto é estupro, feministas são malufistas. “Alegar que a canonização de uma menina que morreu enquanto se defendia de um agressor, e que suportou tal provação tentando conscientizar o agressor de que sua ação era pecado mortal, seja de alguma forma apoio a esta violência extrema contra uma mulher é coisa mesmo de quem quer apenas confundir a cabeça dos desavisados”.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

8 thoughts on “Recomendações rápidas

  1. Blog Mallmal

    Que vantagem há em falar “Eu te amo” para um bife?

    Discorde de mim quem discorda da morte encefálica…

  2. Jorge Ferraz Post author

    Mallmal,

    Eu acho que existe muita diferença entre uma Marcela de Jesus e um bife.

    Outrossim, anencefalia não se equipara à morte encefálica nem do ponto de vista jurídico, nem do conceitual.

    Abraços,
    Jorge

  3. MicheleSilva

    Eis a moral de um ateu: comparar um ser humano a um bife.Falta de escrupulos,amor ao próximo e bom senso. Realmente , não existe bondade sem a moral cristã.

  4. Carlos

    Cara MicheleSilva,
    O problema do Mallmal nãoé falta de bondade. É falta de inteligência mesmo.

  5. Pedro M

    Nossa, essa foi a tirada mais bruta do Mallmal até agora. Se ele encontra um critério “racional” para considerar uma pessoa um bife, logo pode-se tratá-la como um.

    O que os ateus não sabem é que o caminho da racionalidade é finito e variável. Se hoje certos argumentos são considerados válidos, num futuro próximo podem ser derrubados, e aí quem era gente vira bife e bife vira gente. Se Mallmal um dia virar bife pelos mesmos critérios que ele classifica a Marcela, vai protestar e dizer “bem, não era bem isso que argumentei…”

    Mallmal: me dê a explicação racional sobre a compaixão, quero ver se você tem a resposta.

  6. André

    Pessoal, bom dia!

    Esta comparação da Anencefalia com morte encefálica é um erro muito comum e podemos dizer até que induzido pelos promotores do aborto.

    Abaixo segue um link de vídeo muito didático e explicativo, que esclarece muitas das dúvidas que temos em relação ao tema, como:

    “A criança anencéfala está em morte encefálica e não sente nada? A criança anencéfala morre sempre logo após o nascimento? A mãe de uma criança com anencefalia é um “caixão-ambulante”?”

    Bom proveito! E divulguem!

  7. karina

    Mallmal, uma pergunta: bifes chutam, respondem a estímulos? Sinceramente, seu comentário nem merecia resposta. Sorte sua que sua mãe não te considerou um bife.