Provas da existência de Deus – prof. Orlando Fedeli

closeAtenção, este artigo foi publicado 7 anos 4 meses 14 dias atrás.

Com todas as desavenças que eu tenho para com a Associação Cultural Montfort, é uma questão de honestidade reconhecer a inacreditável capacidade didática do professor Orlando Fedeli. Não comungo – quem me lê sabe disso – da maior parte das posições da Montfort referentes à crise atual que atravessa a Igreja de Cristo; em consciência, não posso deixar de dar combate àquilo que considero deletério para a Igreja de Nosso Senhor e pernicioso para as almas católicas. No entanto, também em consciência, não posso deixar de reconhecer o valor do material produzido pelo professor Orlando em outros assuntos.

A série de vídeos a seguir, que falam sobre a existência de Deus, é um exemplo das coisas indubitavelmente boas legadas pela Montfort. O primeiro, segue abaixo:

E, quem tiver interesse em assistir aos demais, segue abaixo a lista que recebi por email. Que a Virgem Santíssima olhe para o bem realizado pelo professor Fedeli, e possa interceder para que a Associação Cultural Montfort não encaminhe as almas para longe da Barca de Pedro, fora da qual só existe confusão.

* * *

Vídeo 1 de 9

INTRODUÇÃO

http://www.youtube.com/watch?v=N-WzHIEDC68

Vídeo 2 de 9

INTRODUÇÃO (continuação)

http://www.youtube.com/watch?v=-hgPO4BW-S0

Vídeo 3 de 9

PRIMEIRA PROVA – PROVA DO MOVIMENTO

http://www.youtube.com/watch?v=VKdkfMunW38

Vídeo 4 de 9

PRIMEIRA PROVA – PROVA DO MOVIMENTO (continuação)

http://www.youtube.com/watch?v=-6cIT-RsXcA

Vídeo 5 de 9

PRIMEIRA PROVA – PROVA DO MOVIMENTO (término –> 7:00 min)

SEGUNDA PROVA – PROVA DA CAUSALIDADE (início –> 7:01 min)

http://www.youtube.com/watch?v=1PuzqHgMpYY

Vídeo 6 de 9

SEGUNDA PROVA – PROVA DA CAUSALIDADE (continuação) (término –> 1:10 min)

TERCEIRA PROVA – PROVA DA CONTINGÊNCIA (início –> 1:11 min; término –> 6:23min)

QUARTA PROVA – PROVA DOS GRAUS DE PERFEIÇÃO DOS ENTES (início –> 6:24 min)

http://www.youtube.com/watch?v=h9HosG7Ie9Y

Vídeo 7 de 9

QUARTA PROVA – PROVA DOS GRAUS DE PERFEIÇÃO DOS ENTES (continuação)

http://www.youtube.com/watch?v=XYsvGHSVrNs

Vídeo 8 de 9

QUARTA PROVA – PROVA DOS GRAUS DE PERFEIÇÃO DOS ENTES (término –> 7:42 min)

QUINTA PROVA – PROVA DA FINALIDADE (início –> 7:43 min)

http://www.youtube.com/watch?v=nXsPomgy9IU

Vídeo 9 de 9

QUINTA PROVA – PROVA DA FINALIDADE (continuação e término)

http://www.youtube.com/watch?v=85jkhReRI0s

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

56 thoughts on “Provas da existência de Deus – prof. Orlando Fedeli

  1. Olegario

    Doravante – seguindo o raciocínio do Lucas – se um protestante pedir explicações por que devemos ser católicos, vou sugerir que ele fale com um padre.
    Eu não tenho autoridade para explicar.

    Se me perguntarem por que a Igreja ensina que Cristo está presente na Eucaristia vou mandar ele perguntar para o padre Fábio de Melo ou Pe Joãozinho…

    Eu não tenho autoridade para dizer.

    Sou leigo.

    ( Já até imagino o tamanho de desastre…)

    Eu, sinceramente, queria muito mesmo que batina ( com raras exceções ) fosse o maior exemplo de pedagogia e ortodoxia nesses tempos.

    Mas…

    Olegário.

  2. Candido Rubim Rios

    Eu já tirei algumas dúvidas com O.F. Ele representa o verdadeiro cristianismo e algumas pessoas não aceitam porque preferem espetáculos dançantes em vez de uma missa que por sí só já um verdadeiro espetáculo com a presença de Jesus na eucaristia. Os catequistas nas paróquias também fazem um excelente trabalho,e se alguém aqui é catequista, continue e parabéns pelo trabalho de ensinar e se possível alertar em relação aos shows,falação em línguas e profecias, sem os leigos professores o que seria da igreja católica.

  3. lucas

    sr Carlos,sr Olegário … vcs não responderam a minha pergunta ” Com que (qual) autoridade da Santa Igreja Católica Apostólica Romana o sr Fedeli ensina? Quem ele representa? ”

    Vejamos o que diz o catecismo:
    C.20 CATEQUISTA

    C.20.1 Catecismo destinado a catequistas

    §12 O presente Catecismo é destinado principalmente aos responsáveis pela catequese: em primeiro lugar aos Bispos, como doutores da fé e pastores da Igreja. É oferecido a eles como instrumento no cumprimento de seu ofício de ensinar o Povo de Deus. Por meio dos Bispos, ele se destina aos redatores de catecismos, aos presbíteros e aos catequistas. Será também útil para a leitura de todos os demais fiéis cristãos.

    C.20.2 Catequistas mestres de oração

    §2663 Na tradição viva da oração, cada Igreja propõe aos fiéis, segundo o contexto histórico, social e cultural, a linguagem de Jesus na sua oração: palavras, melodias, gestos, iconografia. Cabe ao Magistério discernir a fidelidade desses caminhos de oração à tradição da fé apostólica, e compete aos pastores e aos catequistas explicar seu sentido, sempre relacionado com Jesus Cristo.

    C.20.3 Qualidades do catequista

    §428 Aquele que é chamado a “ensinar o Cristo” deve, portanto, procurar primeiro “este ganho supereminente que é o conhecimento de Cristo”; é preciso “aceitar perder tudo… a fim de ganhar a Cristo e ser achado nele”, e “conhecer o poder de sua Ressurreição e a participação em seus sofrimentos, conformando-me com ele em sua Morte, para ver se alcanço a ressurreição de entre os mortos” (Fl 3,8-11).

    sr Carlos vc pode catequizar suas filhas ? Vamos ver o que diz o catecismo ” D.15.20 Deveres dos pais

    §2225 Pela graça do sacramento do matrimônio, os pais receberam a responsabilidade e o privilégio de evangelizar os filhos. Por isso os iniciarão desde tenra idade nos mistérios da fé, da qual são para os filhos os “primeiros arautos”. Associá-los-ão desde a primeira infância à vida da Igreja. A experiência da vida em família pode alimentar as disposições afetivas que por toda a vida constituirão autênticos preâmbulos e apoios de uma fé viva.

    §2226 A educação para a fé por parte dos pais deve começar desde a mais tenra infância. Ocorre já quando os membros da família se ajudam a crescer na fé pelo testemunho de uma vida cristã de acordo com o Evangelho. A catequese familiar precede, acompanha e enriquece as outras formas de ensinamento da fé. Os pais têm a missão de ensinar os filhos a orar e a descobrir sua vocação de filhos de Deus. A paróquia é a comunidade eucarística e o centro da vida litúrgica das famílias cristãs…”

    sr Olegário se um protestante pedir explicações: Vejamos ” A.44.2 Apostolado dos leigos

    §900 Uma vez que, como todos os fiéis, os leigos são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, eles têm a obrigação e gozam do direito, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente por meio deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que sem ela o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito.

    sr Carlos,sr Olegário … vcs vão responder a minha pergunta ” Com que (qual) autoridade da Santa Igreja Católica Apostólica Romana o sr Fedeli ensina? Quem ele representa? ” ….

  4. Olegario

    Lucas, meu filho.

    A inquisição que você nos faz:

    “sr Carlos,sr Olegário … vcs vão responder a minha pergunta ” Com que (qual) autoridade da Santa Igreja Católica Apostólica Romana o sr Fedeli ensina?”

    Você por si mesmo já a respondeu no seu texto enigmático. Veja:

    “§900 Uma vez que, como todos os fiéis, os leigos são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, eles têm a obrigação e gozam do direito, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente por meio deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que sem ela o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito.”

    Lucas, realmente não entendi aonde você quer chegar…
    Qual a sua real e concreta dúvida.
    Talvez provar que fora o Papa, bispos, padres, seminaristas, coroinhas, ministros, ninguém tem o direito de evangelizar?

    Seria isso?

    Você ainda questionou no seu texto: “Quem ele representa? ”

    Chiii…

    Pergunta difícil.

    Imagino que se alguém defende a Igreja das calúnias dos hereges, e que promova seu triunfo ante as acusações dos maus incentivando a conversão dos pecadores, promovendo os sacramentos e todas as virtudes dos santos e mártires do catolicismo, represente – pela lógica – a Igreja Católica, Apostólica Romana.

    Seria uma insanidade uma associação de leigos defender o exposto acima “representando” a Iurd.

    Lucas, passo a você alguns questionamentos:

    Quem o Dunga da CN representa? Ele pode ensinar sendo leigo?
    E o Felipe de Aquino?
    E o Ricardo Sá?
    A Luiza Santiago pode promover sermões entusiastas?
    Em nome de quem e representando o que, a Salete Ferreira imagina profecias?

    Forte abraço.

    Olegário.

  5. Márcio

    Sr. Olegário,

    Pelo visto acho que o senhor(e o senhor Carlos)terão que desenhar para que o nosso amigo Lucas entenda.
    Belíssima e inteligente resposta(todas aliás).
    Bom, porque assim nem preciso mais gastar o meu tempo com esse senhor.

    Que Deus nos abençoe a todos.

  6. Amy

    Doravante – seguindo o raciocínio do Lucas – se um protestante pedir explicações por que devemos ser católicos, vou sugerir que ele fale com um padre.
    Eu não tenho autoridade para explicar.

    Se me perguntarem por que a Igreja ensina que Cristo está presente na Eucaristia vou mandar ele perguntar para o padre Fábio de Melo ou Pe Joãozinho…

    Eu não tenho autoridade para dizer.

    Sou leigo.

    ( Já até imagino o tamanho de desastre…)

    Eu, sinceramente, queria muito mesmo que batina ( com raras exceções ) fosse o maior exemplo de pedagogia e ortodoxia nesses tempos.

    Mas…

    Olegário.

  7. Amy

    Lucas, meu filho.

    A inquisição que você nos faz:

    “sr Carlos,sr Olegário … vcs vão responder a minha pergunta ” Com que (qual) autoridade da Santa Igreja Católica Apostólica Romana o sr Fedeli ensina?”

    Você por si mesmo já a respondeu no seu texto enigmático. Veja:

    “§900 Uma vez que, como todos os fiéis, os leigos são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, eles têm a obrigação e gozam do direito, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente por meio deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que sem ela o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito.”

    Lucas, realmente não entendi aonde você quer chegar…
    Qual a sua real e concreta dúvida.
    Talvez provar que fora o Papa, bispos, padres, seminaristas, coroinhas, ministros, ninguém tem o direito de evangelizar?

    Seria isso?

    Você ainda questionou no seu texto: “Quem ele representa? ”

    Chiii…

    Pergunta difícil.

    Imagino que se alguém defende a Igreja das calúnias dos hereges, e que promova seu triunfo ante as acusações dos maus incentivando a conversão dos pecadores, promovendo os sacramentos e todas as virtudes dos santos e mártires do catolicismo, represente – pela lógica – a Igreja Católica, Apostólica Romana.

    Seria uma insanidade uma associação de leigos defender o exposto acima “representando” a Iurd.

    Lucas, passo a você alguns questionamentos:

    Quem o Dunga da CN representa? Ele pode ensinar sendo leigo?
    E o Felipe de Aquino?
    E o Ricardo Sá?
    A Luiza Santiago pode promover sermões entusiastas?
    Em nome de quem e representando o que, a Salete Ferreira imagina profecias?

    Forte abraço.

    Olegário.

  8. lucas

    sr Olegario, o sr Felipe de Aquino e teologo catolico e esta ligado a autoridade eclesiatica, certo ? se eu estiver errado me corrijam. Quanto aos outros que o sr mencionou eu não os conheço. Agora o sr ainda não respondeu a minha simples pergunta. “Com que (qual) autoridade da Santa Igreja Católica Apostólica Romana o sr Fedeli ensina? Quem ele representa? ” Ou melhor, vou reformular a pergunta “Qual o nome do bispo ou paroco da autorização ao sr Fedeli a ensinar ?” Os “videos-aula” tem aprovação eclesiastica? Mas,se sr Fedeli não tem aprovação eclesiastica o que ele diz ou ensina tem a mesma autoridade de um protestante…não ?
    Outro forte abraço,
    Lucas

  9. lucas

    Sr Candido, o O.F. representa o verdadeiro cristianismo ?!?! Caramba !!! Devemos avisar o Santo Padre Bento XVI não acha ?

  10. Carlos

    Sr. Lucas,

    Não se faça de desentendido. Sua pergunta já foi respondida pelo Olegário.

    Releia o § 900 do Catecismo, que você mesmo transcreveu.

    Se todos os fiéis leigos são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, eles têm a obrigação e gozam do direito, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra.

    O Prof. O.F. é batizado e crismado. Além disso, tem profundo conhecimento teológico. Logo, ele não apenas tem o direito de ensinar, dado pela Igreja Católica, como está obrigado a ensinar. E assim ele só pode representar a Igreja Católica, como demonstrou o Olegário.

    Você pergunta qual o nome do bispo ou pároco que dá autorização para o Prof. O.F. ensinar. Não precisa, meu filho. Essa autorização já está dada pela Igreja no catecismo que você mesmo apresentou. Releia lá o § 900.

    A propósito, qual o nome do bispo ou pároco que dá a você autorização par vir aqui falar contra o Catecismo? E cadê essa autorização?

    Carlos.

  11. Renato Lima

    “Sr Candido, o O.F. representa o verdadeiro cristianismo ?!?! Caramba !!! Devemos avisar o Santo Padre Bento XVI não acha ?”

    É verdade senhor Lucas, devemos mesmo avisar o Santo Padre do belo trabalho de evangelização do prof. Orlando Fedelie da Associação Montfort! Aposto com você que se o Santo Papa tiver conhecimento do apostolado da Associação Montfort, vai abençoa-lo e calar a boca dos carismáticos chatos e atrevidos como o Felipe Aquino.

    Agora os católicos de sempre devem avisar o Santo Papa das aberrações que esses movimentos carismáticos fazem por ai: Eu te garanto Lucas que muito das podridões da Canção Nova não chegam ao conhecimento do Santo Papa!

    E esse é o medo dos carismáticos: Serem desmascarados perante o Santo Papa.

  12. Magna

    E precisa de imprimatur para cumprir com as obras de misericordia espiritual – ensinar aos ignorantes. Nossa quanto legalismo…

  13. Pedro

    Esse Lucas me parece um bitolado. Por maiores explicações que ele receba, se assemelha aos protestantes repetindo as mesmas objeções. Talvez sintoma mais peremptório do mal que a RCC faz as almas. Suponho que ele seja carismático, porque somente isso explicaria o fato de se mostrar tão melindrado com o Prof. Orlando, inimigo da herética RC’P. Por que ele não fez os mesmos questionamentos ao dono desse blog?

    Aliás, mostre-nos ele algum documento do bispo da diocese do Professor proibindo-o de repetir o ensino da Igreja. Mostre-nos o anátema por fazer oposição ao falível e pastoral CVII?

    Eu duvido que algum dia surja algum protestante afirmando que abandonou a fé católica por causa da Montfort.

  14. lucas

    sr Carlos, vejamos o que diz o côdigo canônico:

    Cân. 216 Todos os fiéis, já que participam da missão da Igreja, têm o direito de promover e sustentar a atividade apostólica, segundo o próprio estado e condição, também com iniciativas próprias; nenhuma iniciativa, porém, reivindique para si o nome de católica, a não ser com o consentimento da autoridade eclesiástica competente.

    Cân. 229 § 1. Os leigos, a fim de poderem viver segundo a doutrina cristã, anunciá-la também eles e, se necessário, defendê-la, e para poderem participar no exercício do apostolado, têm o dever e o direito de adquirir dessa doutrina um conhecimento adaptado à capacidade e condição próprias de cada um.
    § 2. Gozam também do direito de adquirir aquele
    conhecimento mais completo nas ciências sagradas,
    ensinadas nas universidades e faculdades eclesiásticas ou nos institutos de ciências religiosas, aí freqüentando aulas e obtendo graus acadêmicos.
    § 3. Assim também, observando-se as disposições estabelecidas no tocante à idoneidade requerida, são hábeis para receber da legítima autoridade eclesiástica o mandato de ensinar as ciências sagradas.

    sr Carlos, vc ainda não respondeu a minha pergunta ,porquê não existe nenhuma autoridade eclesiástica que sustente os “ensinamentos”inefáveis do sr Fedeli. Uma coisa sr Carlos é fazer um apostolado individual outra coisa é o apostolado do sr Fedeli que mantém um site dito de orientação “católica” ,pedir doações financeiras ?! Em nome de quem eu repito…de quem ?
    Um abraço,
    Lucas

  15. Olegario

    Penso que a verdade pode e deve ser repetida mil
    vezes independente da autorização de quem for.
    Ao contrario da mentira que dita uma única vez já traz um mal.
    Se o professor Orlando tem “autorização” eclesiástica para ensinar as verdades católicas, não sei.
    Sinceramente ignoro que tal “autorização” seja uma política ou regra da Igreja.
    Talvez o articulista desse espaço possa esclarecer melhor essa questão.
    Eu, de minha parte, creio que o OF faz apologética por sua conta e risco.
    Conheço o OF pessoalmente, mas não conheço nem de longe um bispo que simpatize com ele.
    Como diria meu filho, o professor Orlando é uma “zica de pântano” para a maioria do clero.
    Penso que exigir dele “autorização” da Igreja para poder ensinar o catolicismo aos seus, seria tão absurdo quanto eu exigir da professora de meu filho “autorização” de Pitágoras para ensinar seu teorema.
    Um absurdo…

    Lucas, meu filho, deixe de lado essa sua prosa.
    Você não me parece má pessoa.
    Os seus antepassados na LEI já questionavam Nosso Senhor exigindo Dele a mesma “autorização” ( que vc hoje faz conta)para poder ensinar na sinagoga.

    Forte abraço e que Deus o abençoe.

    Olegário.

  16. Carlos

    Lucas, como disse o Pedro, por que você não faz os mesmos questionamentos ao Jorge Ferraz, que mantém este blog de apostolado, do qual até você se utiliza?

    Se o site Montfort defendesse o CV II e as aberrações carismáticas você também o condenaria? Ou será que você só quer tapar a boca dos que não pensam como você?

    Examine a sua consciência.

    Carlos.

  17. lucas

    sr Olegario, nenhum bispo ,tanto “modernista”,”do centro” ou ate mesmo “tradicionalista” da ao sr Fedeli autorizaçao. O codigo de direito canonico e claro !
    Nao ha nenhum absurdo em exigir autorizaçao eclesiastica do o site Montfort quando diz ser de “orientaçao catolica” isto pressupoe que “alguem” deu permissao. Quem? Ninguem.
    sr Olegario, meu velho ( com todo respeito e consideraçao),esta prosa esta “acompridando” demais !
    Agradeço o respeito que sr me deu nao me ofendendo.
    Forte abraço,
    Lucas

  18. Michele Madalena Silva de Oliveira

    Lucas, desculpe me intrometer, mas não entendi a sua dúvida.
    Orlando Fedeli não representa a Igreja Católica, com toda a certeza. Mas isso não o impede de ter seu apostolado. No lugar que lhe é de direito, um apostolado feito por um leigo católico (como tantos existem no mundo), mas que de nenhum modo representa oficialmente a Igreja. Portanto, passível de falhas e de acertos. Nada impede-o de ter sua página na internet e o seu grupo, mas no lugar que lhe é devido, o de leigos.

    Salve Maria!!!

  19. Pedro

    O interessante notar é que não existe nenhuma desautorização por parte da hierarquia impedindo o Prof. Orlando de fazer seu apostolado. Já que o Prof. não faz nada as escondidas, pelo contrário, faz questão de manifestar suas opiniões de forma bem clara e nada relativista e ambígua, seria de supor que houvesse alguma manifestação oficial por parte da Igreja o impedido de realizar seu apostolado ou alguma censura no que diz respeito a determinados assuntos. Pelo contrário, não há. Agora, existe sim, um documento da CNBB (pasmen, até a cnbb quer por a RCC na linha) que aponta os desvios da RCC e suas corretas diretrizes. Seria de supor, já que a RCC gosta de propagar sua ‘aprovação’ por parte da Igreja, que ela fosse fiel ao magistério e a essas diretizes do documento da CNBB. Bem, o que vemos é a manifestação oposta da RCC em relação a esse documento, mostrando toda sua rebeldia e desobediência para com a hierarquia. Há um video assustador que mostra Pe. Jonas Abib e seus sequazes da CN, numa atitude sacrilega e demoniaca, no qual eles dançam diante do Santissimo Sacramento, num momento onde o Santo Padre faz todos os esforços para ressucitar a piedade e a santidade da liturgia.

    Vejam vocês mesmo:

    http://www.filhosdapaixao.org.br/videos/profanacoes_da_missa_video_09.htm

    Agora, quem são os rebeldes e desobedientes?

  20. Márcio

    Sr. Pedro,
    O sr. disse num comentário acima:

    “Eu duvido que algum dia surja algum protestante afirmando que abandonou a fé católica por causa da Montfort”

    Subscrevo o que disse a ainda acrescento: com certeza não veremos mesmo, em contrapartida…Conheço inúmeros ex católicos, agora protestantes por conta da RCC.

    Que Deus conceda ainda muitos anos ao professor para que ele continue combatendo essa seita diabólica chamada RCC que tanto mal tem feito às almas católicas pervertendo a fé e a sã doutrina da Santa Madre Igreja.

    Que Deus nos abençõe a todos!
    Salve Maria!

  21. Candido Rubim Rios

    Márcio, eu também já fiz parte da RCC, e debandei por causa das loucuras que assistia, o fanatismo era impressionante sem falar na tal falação de línguas, profecias e bilhetinhos de Jesus, que eu mesmo recebi e guardo até hoje, são oito. O Sr. O.f. ensina o que Jesus deixou, ele segue a risca os ensinamentos de Jesus, as falações em línguas é um exemplo, veja o que diz a bíblia. Tem um padre que apesar de ser simpatizante da RCC, é meu conselheiro espiritual, mas tiro muitas dúvidas com o professor OF. Márcio também já ví membros da RCC, tornando-se protestantes, qual é o motivo? Melhor seria se tornasse espírita.(não me batem) O site do OF. é diferente desse, mas ambos servem e muito para explicações. Só para lembrar o Carlos, Pedro, Olegário e cia ltda. que as doações que o OF pede, é para fazer uns filmes, naturalmente pagar alguém que faça, nada demais eu mesmo vou depositar, é tão pouco e ele merece pelo trabalho voluntarioso que faz. Abraços.

  22. Arnaldo Ribeiro

    REVELAÇÃO/EXORTAÇÃO
    Urge difundirmos na terra, a certeza de que Jesus Cristo já vive agindo entre nós, espargindo a luz do saber em sí, criando Irmãos Espirituais, e a nova era Cristã. Eu não minto, e a Espiritualidade que esperava pela sua volta, pode comprovar que digo a verdade. Por princípio, basta recompormos as 77 letras e os 5 sinais que compõe o título do 1º. livro bíblico, assim: O PRIMEIRO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO GÊNESIS: A CRIAÇÃO DOS CÉUS E DA TERRA E DE TUDO O QUE NÊLES HÁ: Agora, pois, todos já podem ver que: HÁ UM HOMEM LENDO AS VERDADES DO SEU ESPÍRITO: ÊLE É O GÊNIO CRIADOR QUE ESSA AÇÃO DE CRISTO: (LC.4.21) – Então passou Jesus a dizer-lhes: Hoje se cumpriu a escritura que acabais de ouvir: (JB.14.17) – O Espírito da verdade que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem conhece, vós o conheceis; porque Ele habita convosco e estará em vós. – Regozijemo- nos ante a presença do Nosso Senhor, e façamos jus ao poder que o Filho do Homem traz às Almas Justas, para a formação da verdadeira Cristandade.

    (MT.26.24) – O FILHO DO HOMEM VAI, COMO ESTÁ ESCRITO A SEU RESPEITO, MAS AI DAQUELE POR INTERMÉDIO DE QUEM O FILHO DO HOMEM ESTÁ SENDO TRAIDO! MELHOR LHE FÔRA NÃO HAVER NASCIDO:

    E, ao recompormos as 130 letras e os 7 sinais que compõem esse texto, todos já podem ler, saber, e entender quem é o Filho do Homem:

    E O FILHO DO HOMEM É O ESPÍRITO QUE TESTA AS ALMAS DO HOMEM E DA MULHER, NA VERDADE DO SENHOR, COMO CRISTO: E EIS A PROVA QUE O FILHO DO HOMEM FOI TREINADO NA LEI CRISTÃ:

    (MC.14.41) – Chegou a hora, o Filho do Homem está sendo entregue nas mãos dos pecadores: E hoje, quem desejar interagir com o Filho do Homem e participar da obra comum da nossa criação, deve inteirar-se da fundamentação contida na “Bibliogênese de Israel”, que já está disponível na internet (Editora Biblioteca 24×7). E quem não quiser, pode continuar vivendo de esperança vã, assistindo passivamente a agonia da vida terrena, à par da auto-destruição do nosso planeta…

  23. Arnaldo Ribeiro

    (GN.49.1) – AJUNTAI-VOS E EU VOS FAREI SABER O QUE VOS HÁ DE ACONTECER NOS TEMPOS VINDOUROS:(TB.12.6) – BENDIZEI AO DEUS DO CÉU, E DAÍ-LHE GLÓRIA DIANTE DE TODOS OS VIVENTES, POR TER USADO CONVOSCO DA SUA MISERICÓRDIA: O seu poder há de espiritualizar as almas de todos os Homens de bom senso, e de todas as Mulheres de boa fé; que alcançaram a verdade cientifica revelada na “EXORTAÇÃO DO SABER”; e que também já passaram a interagir com o Cristo Vivo, ao publicarem o chamamento que o nosso Pai Comum tem feito aos Filhos e Filhas do amor eterno, e que já começaram a renascer espiritualmente para a vida eterna.

    Aqueles que buscaram as boas novas na “Bibliogenese de Israel”, já vislumbraram a herança espiritual que a Providência Divina nos legou, e também já saberão se auto-reciclar na Lei do Senhor que nos impõe a recomposição da literatura bíblica, para formar os Cristãos Conscientes que hão de consumar a Profecia Sagrada, conforme já tem sido demonstrado, assim:

    (EX.) – O SEGUNDO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO ÊXODO: OS DESCENDENTES DE JACÓ NO EGITO. Estas 60 letras e 5 sinais recompostos, revelam que: É O CONJUNTO DE EX-SEGRÊDOS: O LEGADO DE VIDA CÓSMICA E O DESTINO DOS HOMENS.

    Outro exemplo:

    (JR) – JEREMIAS: A VOCAÇÃO DE JEREMIAS. São 26 letras e 3 sinais que dizem: CRIEI A AÇÃO DO SER: VEJAM E SEJAM.

    (JB.29.22) – RECEBEI O ESPÍRITO SANTO! (1CO.11.1) – SEDE MEUS IMITADORES COMO TAMBÉM EU SOU DE CRISTO.

    (Na verdade, Deus nos concedeu o livre arbítrio, a fim de que pudessemos agir tanto divinamente, como diabolicamente; segundo a nossa formação, na proporção da nossa graça em Cristo Jesus).

  24. Arnaldo Ribeiro

    O ESPÍRITO DOS SANTOS PROFETAS DESPERTA OS DISCIPULOS DO CRISTO VIVO, REVELANDO O QUE ESTÁ ESCONDIDO NAS PARÁBOLAS BÍBLICAS: (RM.9.1) – Digo a verdade em Cristo, não minto, testemunhando comigo, no Espírito Santo, a minha própria consciência:
    (MT.15.18) – E chamando Jesus os seus discípulos, disse: (MC.14.41) Ainda dormis e repousais? Basta! (LC.8.10) – A vós outros é dado conhecer os mistérios do reino de Deus; aos demais, fala-se por parábolas, para que, vendo, não vejam, e, ouvindo, não entendam: (2CO.10.7) – Observai o que está evidente, (LC.10.24) – pois eu vos digo que muitos profetas e reis quiseram ver o que vedes e não viram, e ouvir o que ouvis e não ouviram: Vede o que revelo na recomposição das 116 letras e dos 4 sinais, que compõem esta parábola:
    (AP.2.7) – QUEM TEM OUVIDOS OUÇA O QUE O ESPÍRITO DIZ ÀS IGREJAS:AO VENCEDOR DAR-LHE-EI QUE SE ALIMENTE DA ÀRVORE DA VIDA, QUE SE ENCONTRA NO PARAÍSO DE DEUS:
    (LC,20.17) – Que quer dizer, pois, o que está escrito? Quer dizer que hoje podemos ler, entender e saber ensinar que:
    AGORA O CRISTO VIVO ESCREVE ENSINANDO O HOMEM A SER DE DEUS: QUER QUE O ESPÍRITO QUE É DONO DA VERDADE, ESPIRITUALIZE A ALMA QUE É DONA DA JUSTIÇA:
    (JB.14.1) – Não se turbe o vosso coração, credes em Deus, crede também em mim; (EC.12.14) – porque Deus há de trazer a juízo todas as obras, até mesmo as que estão escondidas, quer sejam boas quer sejam más. (JÓ.33.3) – As minhas razões provam a sinceridade do meu coração, e os meus lábios proferem o puro saber: (JB.21.14) – Este é o discípulo que dá testemunho destas cousas e que as escreveu, e sabemos que o seu testemunho é verdadeiro; (IS.28.26) pois o seu Deus assim o instrui devidamente e o ensina.

  25. Arnaldo Ribeiro

    O ALTISSIMO JÁ FAZ JUSTIÇA NA TERRA COM A DESTRA DO CRISTO:
    (JR.33.2) – Assim diz o Senhor que faz estas cousas, o Senhor que as forma para as estabelecer (Senhor é o seu nome): (JÓ.9.19) Se se trata da força do Poderoso, ele dirá: Há meio século eu me tornei escravo da liberdade do meu próprio Ser em Cristo, empenhado em esquadrinhar o Tratado Bíblico, no afã de me preparar como Guia dos Guias espirituais, para poder conduzir o povo de Deus à terra prometida. Tenho testado as almas nessa fé, e muitas terão dificuldades em alcançar a relevância dessa obra, dado a sua complexidade aliada à descrença reinante nessa terra pagã e sem futuro. Mas Deus é testemunho de que é com a mais pura das intenções que exorto o estudo acurado da nossa bibliogênese; porque sei que essa humanidade infiel e pervertida, já não poderá subsistir sem o conhecimento que Jesus nos passa através dela.
    (LV.17.12) – Portanto, tenho dito aos filhos de Israel: (SL.5811) – Na verdade, há recompensa para o justo, há um Deus, com efeito, que julga na terra: (1CO.9.3) – A minha defesa perante os que me interpelam é esta: É o Espírito Santo que revela ao mundo o ex-segredo guardado nas 98 letras e 7 sinais desta parábola:

    (NM.16.28) – ENTÃO, DISSE MOISÉS: NISTO CONHECEREIS QUE O SENHOR ME ENVIOU A REALIZAR TODAS ESTAS OBRAS, QUE NÃO PROCEDEM DE MIM MESMO:

    (MC.14.27) – Todos vós vos escandalizareis porque está escrito:

    E CRISTO DIZ AOS HOMENS CONSCIENTES: ESTÃO VENDO QUE ESSE SER É MEU ESPÍRITO EM ARNALDO RIBEIRO, NAS MÃOS DO HOMEM QUE AMA.

    (GL.4.16) – Tornei-me, porventura, vosso inimigo, por vos dizer a verdade? (JÓ.19.4) – Embora haja eu, na verdade, errado, comigo ficará o meu erro. (1CO.4.3) – Todavia, a mim mui pouco se me dá de ser julgado por vós ou por tribunal humano, nem eu julgo a mim mesmo; (1CO.4.3) – porque se julgássemos a nós mesmos, não seriamos julgados. (2CO.5.10) – Importa que compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo.(HB.10.30) – Óra, nós conhecemos Aquele que disse: A mim pertence a vingança, Eu retribuirei.(MT.5.6) – Bem-aventurados os que tem fome e sede de justiça; porque serão fartos.