Curtas

closeAtenção, este artigo foi publicado 7 anos 2 meses 18 dias atrás.

– Já foi colocado aqui nos comentários, mas merece destaque: Possessões Demoníacas. Ainda o pe. Fortea. Como eu falei antes: o demônio existe, e possessões – ainda que raras – acontecem ainda nos dias de hoje. Destaque para: “Estamos acumulando arquivos digitais [de som, com a voz de Marta, a menina possuída] para que, futuramente, alguma Universidade especializada em idiomas estranhos possa determinar que línguas ela usa. Às vezes ela fala latim, às vezes hebraico, às vezes aramaico, idiomas diferentes”.

* * *

– Aborto, Itália, Governo: italianas grávidas receberão 4.500 euros para não abortar. Não é a Igreja quem está fazendo isso, e a medida tomada pela Lombardia – a julgar pela notícia – não tem conotação religiosa. A questão é, de novo, os incontáveis problemas gerados pelo controle de natalidade. Vale ressaltar: “enquanto esta região italiana procura incentivar os nascimentos, na Espanha o Governo do Partido Socialista (ao qual pertence o presidente do governo José Luis Zapatero) decidiu eliminar os 2 mil e 500 euros do cheque bebê, a ajuda que o governo costumava dar às mães de recém nascidos”…

* * *

As feministas sobre o aborto. Interessante as confissões delas. Show de cretinices, mas que retrata de maneira lúcida a guerra contra a vida travada no Brasil. Um exemplo entre tantos, já no final: “Temos um presidente e ministros de Estado se posicionando contra um arcebispo, no caso da menina violentada que ficou grávida de gêmeos e teve que abortar no ano passado. Então, a palavra deixa de ser sagrada. É preciso atentar para isso como um avanço significativo”.

“A palavra deixa de ser sagrada”! Certamente a feminista quis dizer “proscrita”, mas todo mundo entendeu. Ela quis dizer que a revolta do Estado contra a Igreja – quando Dom José Cardoso declarou a excomunhão dos assassinos dos gêmeos de Alagoinha – abriu uma brecha na discussão pública sobre o assunto. E, nas entrelinhas, disse praticamente que a Igreja é a única muralha sólida que defende as crianças por nascer.

A propósito, o texto é antigo, mas talvez valha a pena: a violência contra a mulher.

* * *

– De acordo com enquete feita pela Ave Maria, a maior parte dos católicos (mais de 50%, neste momento) se identifica com o catolicismo tradicionalista. Para ver a enquete, cliquem aqui (canto inferior esquerdo, em azul).

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

25 thoughts on “Curtas

  1. Pingback: Tweets that mention Deus lo Vult! » Curtas -- Topsy.com

  2. Rogério

    Nos casos de possessão na igreja Católica os demônios falam em idiomas como latim e Hebraico

    Na igreja “assembleia de Deus dos ultimos dias” os demonios se manifestam e falam o bom e velho Português mesmo.

    Veja o Demonio Escondido na Cruz:
    http://www.youtube.com/watch?v=OrJlXQYl7NY&feature=related

    De acordo com o Pastor, os católicos estão levando um símbolo de maldição no pescoço

  3. Alex A. B.

    Nosso Senhor Jesus Cristo, ao morrer na Cruz, deu um novo significado à Cruz. Jesus torna a cruz fonte benção e salvação.

    “O centro da celebração de hoje é a Cruz de Cristo. Muitos poderiam ser tentados a perguntar por que nós, cristãos, celebramos um instrumento de tortura, um sinal de sofrimento, de derrota e de falência. É verdade que a cruz expressa todos esses significados. E, todavia, aquele que foi elevado na Cruz para a nossa salvação, representa também o definitivo triunfo do amor de Deus sobre todos os males do mundo” Bento XVI

    “A cruz, portanto – argumentou Bento XVI – é algo maior e mais misterioso de quanto possa parecer à primeira vista. Indubitavelmente é um instrumento de tortura, de sofrimento e de derrota, mas ao mesmo tempo, expressa a completa transformação, a definitiva revanche sobre esses males, e isso a torna o símbolo mais eloquente da esperança que o mundo jamais viu.”

    http://www.radiovaticana.org/bra/Articolo.asp?c=398653

  4. Alex A. B.

    Um dos sinais que servem para distinguir uma possessão demoníaca de uma doença psíquica é a pessoa possessa falar línguas que ela não sabe ou uma língua desconhecida. O Pe. Gabriele Amorth em seus livros explica que esse é apenas um dos sinais. Daí a importância dos sacerdotes, mesmo que não sejam exorcistas, saberem distinguir fenômenos sobrenaturais de fenômenos naturais. Daí também a importâncias dos futuros sacerdotes, já no tempo de seminário estudarem teologia mística, angeologia e demonologia, bem como terem noções de psicologia e psiquiatria. É importante também contarem com a ajuda de psicológos, psquiatras e médicos que tenham fé e experiência para ajudar esses sacerdotes e exorcistas a identificar ou diagnosticar cada caso.

    Com relação ao tema recomendo a leitura desses artigos de Zenit:

    http://www.zenit.org/article-25072?l=portuguese

    http://www.zenit.org/article-18105?l=portuguese

  5. Alex A. B.

    Sobre a enquete feita pela Ave Maria – gostaria de saber a definição de catolicismo tradicionalista, pois há os tradicionalistas que estão em plena comunhão com a Igreja e há os que não estão. E também gostaria de saber o que é catolicismo devocional.

  6. Alex

    Papa diz que falsos profetas e ditadores só trouxeram destruição

    12.12.2010 – O papa Bento XVI lamentou neste domingo que, ao longo da história, “muitos profetas, ideólogos e ditadores” se autoproclamaram Messias e instauraram seus impérios, ditaduras e regimes totalitaristas, que mudaram o mundo de um modo destrutivo.
    “Hoje sabemos que dessas grandes promessas não restou nada mais que um grande vazio e uma grande destruição”, ressaltou Bento XVI na homilia que pronunciou durante a missa celebrada neste terceiro domingo de Advento na igreja de São Maximiliano Kolbe, em Roma.
    Nos últimos dois ou três séculos, segundo o papa, muitos profetas, ideólogos e ditadores quiseram assumir o papel do Messias.
    Segundo o pontífice, essa atitude só gerou “vazio e destruição” no mundo.
    Fonte: Terra noticias

    http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/9752/Papa-diz-que-falsos-profetas-e-ditadores-so-trouxeram-destruicao

  7. Alex

    Romênia: Bruxas lançam feitiços no governo por terem que pagar impostos
    07.01.2011 – Bruxas raivosas estão usando excrementos de gato e cachorros mortos para lançar feitiços contra o presidente e o governo da Romênia, que estão forçando-as a pagar impostos.
    Em um país onde as superstições são levadas a sério, o presidente Traian Basescu não está rindo da situação. Basescu e seus assessores vestem roxo às quintas-feiras, supostamente para afastar maus espíritos.
    Pelo menos uma dúzia de bruxas das regiões oriental e ocidental da Romênia vão descer às planícies do sul e ao Rio Danúbio na próxima quinta-feira para ameaçar o governo com feitiços e espíritos, disse uma bruxa chamada Alisia.
    “Esta lei é tolice. O que há para tributar, quando não ganhamos quase nada?” disse. “Os legisladores não olham para si mesmos, não veem quanto ganham, os truques que usam. Eles roubam e eles vêm até nós pedindo para colocar feitiços nos seus inimigos.”
    O imposto sobre as bruxas entrou em vigor neste sábado, como parte dos esforços do governo para combater a evasão fiscal, em um país que está em recessão. Como qualquer trabalhador autônomo, elas vão pagar 16% do imposto de renda e contribuições aos programas de saúde e de pensões.
    A bruxa rainha Bratara Buzea, 63 anos, que foi presa em 1977 por bruxaria sob o regime do ditador comunista Ceausescu, está furiosa com a nova lei.
    Sentada de pernas cruzadas em sua casa em Mogosoaia, ao norte de Bucareste, Buzea disse nesta quarta-feira que planejava lançar um feitiço usando uma mistura particularmente eficaz de excrementos de gato, um cão morto e um coro de bruxas.
    “Nós fazemos mal a quem nos prejudica”, disse ela. “Eles querem tirar o país desta crise nos usando? Eles deveriam nos tirar da crise, porque eles nos colocaram nela.”
    “Meus feitiços sempre funcionam!”, riu a bruxa, sentada ao lado de seu fogão a lenha, rodeado por poções, feitiços, água benta e potes de cerâmica.
    Mas nem todas as bruxas concordam. “Esta lei é muito boa”, disse a bruxa Mihaela Minca. “Isso significa que nossos dons mágicos são reconhecidos e posso abrir meu próprio negócio.
    Não foram só as bruxas que foram afetadas pela nova lei. Astrólogos, embalsamadores, manobristas e instrutores de auto-escola são agora considerados por lei trabalhadores de “empregos reais”, tornando mais difícil para eles evitar o imposto de renda. Alguns argumentam que a lei será difícil de cumprir, pois os pagamentos são feitos em dinheiro e em quantias relativamente pequenas (cerca de US$ 7 a US$ 10 por consulta).
    Magia na Romênia não é brincadeira. Superstições seculares são abundantes e toleradas até mesmo pela Igreja Ortodoxa, à qual mais de quatro quintos dos romenos pertencem.
    Fonte: Terra noticias

    http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/9857/Romenia-Bruxas-lancam-feiticos-no-governo-por-terem-que-pagar-impostos

  8. Alex

    Jorge, um amigo meu me lembrou hoje de um filme chamado “As Bruxas de Eastwick”; mas, na verdade, ele queria se referir ao filme “As Bruxas de Salém”. Ele me falou que esse filme fala de um caso de histérismo coletivo. Você já assistiu a esse filme. O que acha dele?!

    P.S.: Sobre o caso, um breve resumo:

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Bruxas_de_Sal%C3%A9m

  9. Alex

    Sobre o governo da Romênia, que está cobrando impostos das bruxas, eu gostaria de citar aqui o comentário de meu amigo Lúcio, que já me autorizou a citá-lo:

    “Vou te falar uma coisa rapaz,
    Isso é de uma loucura impar!

    O que o governo devia fazer é botar essas doidas na cadeia e outras no manicômio,
    E antes e também depois disso, fazer um exorcismo em todos os cantos do governo!

    Depois chama-se um bom Bispo, para consagrar o País ao Coração Imaculado de Nossa Senhora.

    Você notou que até a Igreja Ortodoxa aceita esse tipo de coisa?

    É isso que dá se separa da verdadeira Igreja de Cristo!
    Vira praticamente uma seita!” Lúcio Cleiton

    http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI4874807-EI8142,00-Bruxas+lancam+feiticos+no+governo+por+terem+que+pagar+impostos.html

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/multimedia/2011/01/110106_videobruxasebc.shtml

  10. Alex

    O CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA FALA SOBRE QUEM É O MALIGNO (SATANÁS).

    Viestes para nos arruinar?

    Terça-feira da 1ª semana do Tempo Comum : Mc 1,21-28

    Comentário ao Evangelho do dia feito por

    Catecismo da Igreja Católica, §§ 2851-2854

    «Vieste para nos arruinar?»

    «Mas livrai-nos do mal». Nesta petição, o Mal não é uma abstracção, mas designa uma pessoa, Satanás, o Maligno, o anjo que se opõe a Deus. O «Diabo» («dia-bolos») é aquele que «se atravessa» no desígnio de Deus e na sua «obra de salvação» realizada em Cristo. «Assassino desde o princípio, […] mentiroso e pai da mentira» (Jo 8, 44), «Satanás, que seduz o universo inteiro» (Ap 12, 9), foi por ele que o pecado e a morte entraram no mundo, e é pela sua derrota definitiva que toda a criação será «liberta do pecado e da morte» (Missal Romano). «Sabemos que ninguém que nasceu de Deus peca, porque o preserva Aquele que foi gerado por Deus, e o Maligno, assim, não o atinge. Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro está sujeito ao Maligno» (1 Jo 5, 18-19). […]

    A vitória sobre o «príncipe deste mundo» (Jo 14, 30) foi alcançada, duma vez para sempre, na «Hora» em que Jesus livremente Se entregou à morte para nos dar a sua vida. Foi o julgamento deste mundo, e o príncipe deste mundo foi «lançado fora» (Jo 12, 31). «Pôs-se a perseguir a Mulher» (Ap 12, 13-16), mas não logrou alcançá-la: a nova Eva, «cheia da graça» do Espírito Santo, foi preservada do pecado e da corrupção da morte […]. Então, «furioso contra a Mulher, foi fazer guerra contra o resto da sua descendência» (Ap 12, 17). Eis porque o Espírito e a Igreja rogam: «Vem, Senhor Jesus!» (Ap 22, 17.20), já que a Sua vinda nos libertará do Maligno.

    Ao pedirmos para sermos libertados do Maligno, pedimos igualmente para sermos livres de todos os males, presentes, passados e futuros, dos quais ele é autor ou instigador. Nesta última petição, a Igreja leva à presença do Pai toda a desolação do mundo. Com a libertação dos males que pesam sobre a humanidade, a Igreja implora o dom precioso da paz e a graça da espera perseverante do regresso de Cristo. Orando assim, antecipa na humildade da fé a recapitulação de todos e de tudo n’Aquele que «tem as chaves da morte e da morada dos mortos» (Ap 1, 18), «Aquele que é, que era e que há-de vir, o Todo-Poderoso» (Ap 1, 8).

    http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p4s2_2759-2865_po.html

  11. Alex

    Os Evangelhos narram diversos exorcismos que Jesus Cristo realizou. Isso demonstra a existência das possessões demoníacas (a existência dos anjos maus) e a necessidade e eficácia do exorcismo realizado em nome e pela autoridade de Jesus Cristo para libertar as pessoas possessas.

    Evangelho segundo S. Marcos 1,29-39.

    Saindo da sinagoga, foram para casa de Simão e André, com Tiago e João. A sogra de Simão estava de cama com febre, e logo lhe falaram dela. Aproximando-se, tomou-a pela mão e levantou-a. A febre deixou-a e ela começou a servi-los. À noitinha, depois do sol-pôr, trouxeram-lhe todos os enfermos e possessos, e a cidade inteira estava reunida junto à porta. Curou muitos enfermos atormentados por toda a espécie de males e expulsou muitos demónios; mas não deixava falar os demónios, porque sabiam quem Ele era. De madrugada, ainda escuro, levantou-se e saiu; foi para um lugar solitário e ali se pôs em oração. Simão e os que estavam com Ele seguiram-no. E, tendo-o encontrado, disseram-lhe: «Todos te procuram.» Mas Ele respondeu-lhes: «Vamos para outra parte, para as aldeias vizinhas, a fim de pregar aí, pois foi para isso que Eu vim.» E foi por toda a Galileia, pregando nas sinagogas deles e expulsando os demónios.