Deus – uma hipótese desnecessária? – John C. Lennox

closeAtenção, este artigo foi publicado 5 anos 10 meses 20 dias atrás.

Deus – Uma Hipótese Desnecessária?

A ciência tem alcançado êxito impressionante na investigação do Universo físico e na elucidação de como ele funciona. A pesquisa científica também levou à erradicação de muitas doenças horríveis e nos deu esperanças de eliminar muitas outras. E a investigação científica alcançou outro efeito numa direção completamente diferente: ela serviu para libertar muita gente de medos supersticiosos. Por exemplo, ninguém precisa mais pensar que um eclipse da Lua é causado por algum demônio assustador, que necessita ser apaziguado. Por tudo isso e por inúmeras outras coisas devemos ser muito gratos.

Porém, em algumas áreas, o próprio sucesso da ciência tem também conduzido à ideia de que, por conseguirmos entender os mecanismos do Universo sem apelar para Deus, podemos concluir com segurança que nunca houve nenhum Deus que projetou e criou este Universo. Todavia, esse raciocínio segue uma falácia lógica comum, que podemos ilustrar como segue.

Tomemos um carro motorizado Ford. É concebível que alguém de uma parte remota do mundo que o visse pela primeira vez e nada soubesse sobre a engenharia moderna pudesse imaginar que existe um deus (o sr. Ford) dentro da máquina, fazendo-a funcionar. Essa pessoa também poderia imaginar que quando o motor funcionava suavemente o sr. Ford gostava dela, e quando ele se recusava a funcionar era porque o sr. Ford não gostava dela. É óbvio que, se em seguida a pessoa passasse a estudar engenharia e desmontasse o motor, ela descobriria que não existe nenhum sr. Ford dentro dele. Tampouco se exigiria muita inteligência da parte dela para ver que não é necessário introduzir o sr. Ford na explicação de funcionamento do motor. Sua compreensão dos princípios impessoais da combustão interna seria mais que suficiente para explicar como o motor funciona. Até aqui, tudo bem. Mas se a pessoa então decidisse que seu entendimento dos princípios do funcionamento do motor tornavam impossível sua crença na existência de um sr. Ford, que foi quem de fato projetou a máquina, isso seria evidentemente falso – na terminologia filosófica ela estaria cometendo um erro de categoria. Se nunca houvesse existido um sr. Ford para projetar os mecanismos, nenhum mecanismo existiria para que a pessoa entendesse.

John C. Lennox,
Por que a ciência não consegue enterrar Deus?
in Folha de São Paulo

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

9 thoughts on “Deus – uma hipótese desnecessária? – John C. Lennox

  1. Miguel Carqueija

    Jorge, houve um filósofo da Antiguidade que disse que, pouca ciência afasta de Deus, muita ci~encia leva a Deus. O ateísmo é ridículo quando tenta impingir um mundo sem Deus, pois não há outra explicação para a existência do universo. Como ele surgiu? Do acaso? Do nada? Isso não tem realidade objetiva. Criou-se a si mesmo? Sendo assim, o universo já operava antes mesmo de existir. É eterno, sempre existiu? Mas o universo é composto por partes, todas elas contingentes e não necessárias, portanto a sucessão eterna de seres contingentes nada mais é, para tal fim, que uma soma de zeros que não dá suporte ao conjunto. Só Deus explica o universo.

  2. Vinícius

    “Se nunca houvesse existido um sr. Ford para projetar os mecanismos, nenhum mecanismo existiria para que a pessoa entendesse.” Concordo, pois todo ser é insubstituível.

  3. Álvaro Fernandes

    Semana passada lá na faculdade a professora de Sociologia tentou ridicularizar a Igreja .Primeiro ela afirmou baseado em uma teoria de uma russa insana que a sexualidade é social e não natural e que até aos 12 anos meninos e meninas são iguais e que a sociedade é que diz que os meninos devem jogar bola e as meninas usar laço.Discordei dela e disse que as ciências sociais não podem tornar-se ciências exatas para afirmarem o que é ou que não é e que o nome disso é inquisição científica e que isso é teoria e não é comprovado.Depois a mesma veio com outra pérola dizendo :”Com todo respeito que esses missionários católicos e evangélicos merecem ,mas eu discordo desse etnocentrismo e dessa imposição deles .Aí eu falei de novo que no passado isso ocorreu sim,mas que hoje as nações unidas reconhecem o papel dos missionários que são muito mais humanitários que religiosos e que se nem o nosso Deus impõe,pois ELE respeita o nosso livre arbítrio ,quem somos nós para impôr?Então os católicos e evangélicos da sala quiseram fazer um abaixo-assinado ,mas depois descobrimos que ela era coordenadora dos Projetos de Pesquisa e que ela podia nos prejudicar futuramente.Não podemos ser omissos ,mesmo que nos persigam ,pois como disse Pedro “o padecer por Cristo é glorioso” e que o nosso Mestre já disse nas Bem -Aventuranças:Bem Aventurados sois vóis quando vos injuriarem e vos perseguirem e mentindo disserem todo o mal contra vós por causa de mim.Exultai e alegrai-vos ,pois será Grande o vosso galardão nos céus”.Tenho a consciência tranquila de não ter sido omisso…Que Deus tenha miséricórdia dela!!!

  4. Álvaro Fernandes

    Falando em não omissão os pastores ,padres e demais líderes religiosos do meu Estado estão pedindo para que todos os cristãos lotem a cx de email do deputado André Zacharow que fez um projeto de Decreto Legislativo (PDC 232/2011) que tenta tornar a decisão do “Supremo” sobre uniãohomoafetiva passível de um plebiscito já que o projeto do deputado João Campos de sustar a decisão do STF não foi aceito.Vamos lá!!!! Entrem no portal da Câmara Federal ou ponham no Google união homoafetiva e plebiscito.Lá tem um link escreva para o deputado.Os ativistas estão lotando a cx de email dele e não podemos ser omissos.Enviei para o Senado um email contra o PLC 122/2006(projeto de lei que tenta crminalizar a nossa opnião sobre homosexualismo e descobri que o Senado tinha recebido 700 mil emais contrários e o SENADOR aécio neves me respondeu afirmando que meu posicionamento influenciará no dia da decisão.Agora é nossa vez !!!!Vamos lotar a cx de email do Senhor André Zacharow ,pois pelo menos este diferente dos “Deuses do Olimpo eleitos indiretamente ,faz questão de nos representar.OBG divulguem isso nos blogs cristãos !!!!!é uma revolução silenciosa!!!!!!!!!!!!!!

  5. JR

    Álvaro Fernandes, como ousa falar em “deus respeita o livre arbítrio” e você não respeita o “livre arbítrio” do seu professor. Ser contra, discorda, pensar fora da imagem religiosa, isso também é livre arbítrio, denunciar o professor seria um ato de julgamento contra a “liberdade” divina que Deus “deu” ao seu professor. Discorde, debata, defenda-se, mas não tire esse milagre dele.

  6. Álvaro Fernandes

    Jr …Deus repeita sim o livre arbítrio .”Álvaro fernandes,como ousa falar em “deus respeita o livre arbítrio e vc ñ respeita o do seu professor…”.Olha eu e os relifiosos da minha sala não impomos nada a ela e ela têm o direito de pensar contra a Igreja e em nenhum momento eu disse aqui que queria impor a ela o meu pensamento.Porém eu esqueci de citar que ela é extremamente agressiva e que a liberdade de expressão têm limites,pois não podem se transformar em crimes de opinião.Insultar a Deus é Blasfêmia mesmo ELE respeitando o nosso livre-arbítrio.Niguém é obrigado a concordar com a Igreja,mas a respeitar é siim!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  7. Leniéverson Azeredo

    Álvaro, eu tinha uma professora de antropologia, que também dava aula de sociologia, na faculdade de jornalismo, que era ateia “de carteirinha” e direcionava todos os alunos a também não acreditar em Deus.Eu tinha uns 22 anos e não tinha o tanto gosto pela doutrina divino católica que tenho hoje, por isso não sabia refutar cada “sandice” proferida pela tal mestra da área de humanas.Hoje tenho 34 e, penso eu, passei incólume pela experiência um tanto inesquecível.
    Obs: Mesmo que na época em questão tivesse o tanto de gosto que tenho hoje, não sei se valeria a pena ficar “batendo boca” por causa de religião.Em certos casos, o silêncio é a melhor forma de mostrar ao mundo, a existência de Deus Pai Criador.

  8. Álvaro Fernandes

    “Em certos casos,o silêncio é a melhor forma de mostrar ao mundo a existência de um Deus criador”.Concordo sim !!!!Leniéverson!!!!Dessa vez vc têm toda a razão…Não me dói a crítica contra a Igreja,mas a ofensa contra a Deus…mas nesses casos…a Bíblia os chama de estultos,tolos….mas me silenciei…hoje eu só debato temas religiosos com amigos….