Bancada do PT contra o Estatuto do Nascituro

closeAtenção, este artigo foi publicado 6 anos 11 meses 5 dias atrás.

Mais um ligeiro comentário. No vídeo da sessão da CSSF de ontem, durante a votação do Estatuto do Nascituro, é possível ver a seguinte declaração do deputado Dr. Rosinha (grifos meus):

É importante dizer que o artigo 12 [do Estatuto do Nascituro] diz o seguinte: é vedado ao Estado ou a particulares causar dano ao nascituro em razão de ato cometido por qualquer de seus genitores. O dano é cometido pelos genitores, tendo ou não tendo dano (?), no caso do estupro; mas no caso de uma mulher que está em risco de vida, que ela pode morrer em função desta gestação, o artigo 12 veda ao Estado ou a particular qualquer tipo de intervenção e não faz nenhuma referência ao artigo 128 [do Código Penal]. Portanto o que nós estamos votando aqui é dizer o seguinte: que é proibido qualquer tipo de intervenção mesmo que tenha alguém correndo risco de vida, uma mulher (?). Por isso nós, da bancada do PT, nós votamos contra a este projeto de lei. Mais por esta razão também.

Está a partir dos 4:50. O vídeo está abaixo.

Isto é para os que ainda acham possível ser católico e petista ao mesmo tempo. Qual será o malabarismo que vão inventar desta vez?

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

6 thoughts on “Bancada do PT contra o Estatuto do Nascituro

  1. Pingback: Tweets that mention Deus lo Vult! » Bancada do PT contra o Estatuto do Nascituro -- Topsy.com

  2. João

    Os Deputados pró-vidas estão de parabéns! Com a Graça de Deus, seus esforços não serão em vão.

  3. Rafaela

    Bom Dia!

    Jorge,não se preocupe, eles sempre acham uma forma de conciliar o “catolicismo deles” com o “PT”!

    Os dois deputados pró-vidas do partido foram expulsos e mesmo assim, tem católico que defende o PT.

    O pior cego é aquele que não quer ver, só espero que se arrependam antes da morte.

  4. José Leandro

    Caros Amigos,

    por favor, esclareçam-me:

    É muita impressão minha ou o Sr.Dep. Peroni (PMDB) considera que a realização do aborto em caso de estupro é uma punição ao estuprador?

    Foi o que deprendi de seu comentário “para orientar” a bancada pmdbista.

    Enganei-me?

  5. Ricardo

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!! O assassinato de crianças no ventre da mae foi coibido no nosso pais!!! Derrota para os socialistas comunistas do PT!

  6. Iraponan

    Ricardo ainda não é bem assim amigo, falta a CCJ, a Câmara, o senado e o Presidente da república.

    Temos muito que trabalhar. É preciso conscientizar a Igreja a votarem este ano nos candidatos pró-vida.

    NOTA do CPV-PE:

    Está em curso uma estratégia internacional, liderada pelos Estados Unidos e ONU, que visa a diminuição da população POBRE da América Latina, para que esta não ameace a vida do cidadão dos países ricos, devido a futura falta de água e comida no Planeta. A idéia é diminuir a população mundial em 50% até o ano 2050. Uma das formas econômicas e rentáveis de se fazer isso é através da legalização do ABORTO em países pobres e de predominância NEGRA. O Brasil também é alvo prioritário por ser um mercado financeiramente promissor para as indústrias do ABORTO, que vem investindo milhões para que esse INFANTICÍDIO seja legalizado no País. (Veja sites sobre RELATÓRIO KISSINGER).
    Com este pensamento, está tramitando em Brasília, para ser votado pelos Deputados e Senadores, o Projeto de Lei nº 1.135/91, cuja idéia é autorizar o assassinato de crianças ainda na barriga da mãe até o nono mês, por qualquer motivo, sem nenhum respeito à MULHER nem a vida iniciada.
    Os organismos internacionais usam, entre outros argumentos, “que é melhor legalizar o ABORTO no Brasil do que criar RATOS nas favelas”, uma referência explícita de que a idéia é diminuir a população brasileira, matando aqueles que são considerados “um problema”: o filho do POBRE, de maioria NEGRA e dos que eles consideram MISERÁVEIS MORADORES DAS FAVELAS.
    O Movimento Nacional da Cidadania Pela Vida – Brasil Sem Aborto, preocupado com a tramitação da PL 1.135/91, lança em Pernambuco, através do Comitê Pernambucano da Cidadania Pela Vida (CPV-PE), a campanha permanente: “A VIDA DEPENDE DO SEU VOTO”
    É uma campanha de natureza suprapartidária, que nasceu da compreensão de que está na hora de nós Pernambucanos, seguindo o curso de nossa história vanguardeira de luta, dar um basta nessa idéia de autorizar no Brasil a morte de nossas crianças ainda na barriga da mãe. É a hora adequada para construirmos na Assembléia Legislativa do Estado e no Congresso Nacional, uma maioria de Parlamentares que digam NÃO ao ABORTO e a esse projeto que não respeita nem mesmo a Sagrada Maternidade, e que discrimina a maioria do povo brasileiro, que é de origem negra, pobre, de classe operária, mas de uma dignidade e criatividade tal que nenhum país do mundo pode superar.
    Portanto, nas PROXIMAS ELEIÇÕES, além dos critérios de honestidade, ética, competência, e compromisso com a melhoria de vida do povo, vamos também acrescentar mais este importante critério na escolha dos nossos candidato (as), que é a “DEFESA DA VIDA”.
    Entre no site ( http://www.brasilsemaborto.com.br ) e veja os candidatos que disseram SIM à VIDA.

    “Ele (eles) vem para Roubar, Matar e Destruir. Eu venho para que todos tenham vida, e vida em abundância.” (Jesus)
    Por ser um dom de Deus, a vida pede respeito.
    A VIDA DEPENDE DO SEU VOTO!

    Iraponan Arruda
    Coordenador Executivo
    Brasil Sem Aborto – Pernambuco