Ah, que é isso?! Ela está descontrolada!!

closeAtenção, este artigo foi publicado 3 anos 7 meses 7 dias atrás.

As máscaras caindo! Eu acho uma coisa linda quando el@s perdem a compostura e põem as garras de fora. Quando o discurso “paz-e-amor” de tolerância dá lugar à intolerância agressiva nua e crua. Quando o cheirinho de enxofre faz-se sentir por debaixo do Le Male

Não deixem também de ver esta matéria do Jornal da Band (especialmente o final); e nem este vídeo, onde a histeria da sra. Marinor Brito (PSOL-PA) é mostrada com clareza.

Direitos humanos, sim. Imposição da cultura gay, não. Abaixo o Gayzismo, não à Ditadura Gay! Que São Miguel Arcanjo nos defenda no combate – que se afigura terrível. Que a Virgem Santíssima nos defenda dos pecados contra a natureza que clamam ao Céu vingança.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

18 comentários em “Ah, que é isso?! Ela está descontrolada!!

  1. Benjamin Bee

    Ferraz

    Aqui no blog também se lê muitas agressões. São escritas mas existem.

    Agressões são sempre inaceitáveis venham de onde e como vierem. Você não acha?

  2. CristPolit

    Como dito na postagem, o último vídeo citado revela bem o ódio da senadora gayzista Marinor Brito.

    É interessante notar como uma grande parte da imprensa, para não perder o costume, tem apontado o deputado Jair Bolsonaro como o “errado” no caso, e não a senadora histérica que disparou xingamentos e até para a violência física apelou.

    Quanto ao PLC 122/06, devemos continuar atentos e ativos. A votação foi adiada, mas os gayzistas novamente tentarão colocá-lo em pauta a qualquer momento de distração da sociedade, como fizeram na Câmara e no Senado algumas vezes.

  3. Angélica

    A Bíblia é bem clara,certos pecados bradam aos céus e fazem Deus executar sua JUSTIÇA (IRA)…
    Se acontecer algo tipo como aconteceu em Sodoma e Gomorra pelo mundo afora isto tem um significado.ACORDA MUNDO !!!!!

  4. Angélica

    EU VOS DIGO,JESUS ESTÁ VOLTANDO PARA COLOCAR CERTAS COISAS EM ORDEM.

  5. Jorge Ferraz Post author

    Bee,

    Viu a desproporção? Não existe, aqui no Deus lo Vult!, nada nem minimamente comparável com uma mulher histérica dando tapas nos outros, xingando-os e os querendo calar para os impedir de defenderem a sua posição.

    Aliás, aqui é exatamente o contrário disso. Desde que feito com regras mínimas de educação e convivência, qualquer pessoa pode defender a opinião mais idiota que tenha. Naturalmente, quando isto acontece, outras pessoas virão defender a Verdade Católica diante da idiotice defendida; mas esta é a natureza própria dos debates.

    Outrossim, a histeria da senadora do PSOL não é uma “distorção”: é a essência mesma da Lei da Mordaça Gay, toda baseada no ódio aquilo que é santo e verdadeiro. A Gaystapo é isso aí. Nós cansamos de ver exemplos.

    Abraços,
    Jorge

  6. Sidnei

    Vamos e viemos, até que a Marta estava comportada nesta reportagem, bem como o Bolsonaro que apenas estava mostrando seu panfleto contra esta lei, mas teve que vir a outra histérica para dar o seu showzinho e passar por ridícula diante de toda a nação.

  7. Marisa

    Nossa, mais que atitude “democrática” desta senadora…
    Se eu tivesse votado nela, estaria morrendo de vergonha…

  8. James

    Vocês querem ver o respeito que o movimento gay tem pela sociedade? Basta olhar o comportamento deles nas ditas “paradas”. Além da patifaria à céu aberto, inclusive com práticas sexuais, o deboche e o escárnio para com aqueles que não concordam com suas atitudes é patente.

  9. Ygor

    Caro Jorge, o destempero da Sra. Marinor realmente cheira a enxofre. Mas o final da reportagem da Band atenta para uma postura ainda mais absurda da Sra. Marinor. Ela pretende processar Bolsonaro por tudo o que ELA FEZ, como se fosse ele o autor das agressões. Isto, para mim, é muito grave. Como se qualifica uma pessoa que age assim? O que esperar de alguém que inverte a realidade desta forma? E ainda é senadora??? É o fim!!!

  10. Wilson Ramiro

    O católico sem compromisso.

    Estas imagens foram expostas em todas as mídias e alguns católicos se perguntam — O que tenho a ver com isto???

    Alguém andou pregando, que Deus amava os covardes. Que defender a igreja é pecado, que destruir o erro é intolerância, e agora como é dificil colocar os católicos em marcha. Esta gigantesca engrenagem solta, mas dá um trabalho.

    Todo ateu é militante e intolerante com a verdade. Todo militante da “causa gay”, defende a mentira de que pecado não existe, e muitos “travestidos de católicos” são catequistas de satanás dentro das fileiras católicas.

    A carta magna da nação tem de espelhar o desejo da nação e esta sendo de maioria cristã tem que ter sua verdade descrita de forma completa. O momento atual será lembrado mais tarde como o erro que foi corrigido.

  11. R. B. Canônico

    Ygor,

    O comportamento dela é histriônico.

    Se ela quer tanto aparecer, com uma melancia no plenário seria ao menos mais simpática do que essa crise histérica.

    Esses são nossos parlamentares… triste.

  12. Benjamin Bee

    Essa história me lembra a Lei do Silêncio. Tá lá, no Disc Psiu (se é que isso ainda existe). Que resumindo quer dizer: “Barulho é tudo aquilo que não quero ouvir”.

    Não se trata apenas de medir decibéis no ponto de chegada do som.

    Minha vizinha ouvia rock a noite toda, baixinho baixinho. Se fossem medidos os decibéis seria um direito dela. Mas eu não conseguia dormir porque mesmo baixinho o som vazava até meus ouvidos. Que neura!

    Por isso são renovadas as leis que alteram os decibéis permitidos. De tempos em tempos o volume de som vem caindo.

    Agora, no meu entorno, nossa Associação Amigos de Bairro decidiu que, entre nós, num acordo de cavalheiros, os decibéis de chegada deverão ser zero. Beleza. À noite chego a ouvir as batidas do meu coração. Acreditem se quiser.

    Bolsonaro quis chamar a atenção dentro de um fato que não lhe cabia. Mas ele precisa aparecer na mídia. Sabemos que é assim. Então, a senadora Marinor entendeu que tinha que neutralizá-lo.

    Esses barracos não são raros no Congresso. No mundo todo. Quem ganhou com ele foi Marta, que foi flagrada visivelmente constrangida. Cheguei a ter pena dela naquela situação.

    Pra mim, Ferraz, às vezes, o barulho aqui chega a ser ensurdecedor e quando um diz que precisa vomitar com que um outro escreve, isso é gritaria no meu monitor.

  13. juliete

    Segundo a reportagem o senador Bolsonaro responde a mais 04 denúncias de homofobia, será que essas denuncias são porque ele não aceita a imposição cartilha onde os mesmos são intocado? Como se isso fosse mais uma de um intonerante sem razão.

  14. Carlos

    “À noite chego a ouvir as batidas do meu coração.”

    Pois lá vou eu vomitar de novo!

    “Esses barracos não são raros no Congresso. No mundo todo. Quem ganhou com ele foi Marta, que foi flagrada visivelmente constrangida. Cheguei a ter pena dela naquela situação”

    Rauuuullllll!!!

    Se depender de mim,
    Fica acordado o Benjamim

    Rauuuullllll!!!

  15. Benjamin Bee

    Carlos

    Se eu transcrevesse o Sermão da Montanha com outras palavras você continuaria enjoado e votimando. Deve ser o fígado. ;)

  16. Pingback: Tolerância intolerante: o que Nova York tem a ver com Brasília | Foco Católico

Deixe um comentário: