#JMJ2013EuApoio nos TT-Br – sucesso!

closeAtenção, este artigo foi publicado 5 anos 7 meses 3 dias atrás.

Sucesso: o “twittaço” em apoio à Jornada Mundial da Juventude 2013 atingiu rapidamente esta tarde o primeiro lugar nos Trending Topics Brazil. O fato foi registrado (com os devidos printscreens) tanto pelo Cadú quanto pelo Celito Garcia.

#JMJ2013EuApoio atinge o primeiro lugar nos TT-Br

A mobilização foi idealizada para promover este grande encontro católico que terá palco no Rio de Janeiro; foi também uma resposta à Rede Record que, em dezembro passado, tentou colocar os brasileiros contra a Jornada ao “denunciar” uma proposta (da deputada Myrian Rios) de utilização de recursos públicos para a promoção do evento. Na época, desmascaramos a cretinice da emissora do Edir Macedo. E, hoje, realizamos este bonito gesto de apoio à JMJ nas redes sociais.

O site TTBr.info explica a hashtag: “Jornada Mundial da Juventude católicos d todo mundo vão se reunir com Bento 16 na cidade de Santa Cruz RJ – RT”. A divulgação cumpriu o seu objetivo – parabéns a todos os que nela estiveram envolvidos! E arregacemos ainda um pouco mais as mangas, pois a Jornada está às portas e resta muito por fazer. Como disse o Celito: Te esperamos, Santo Padre! Aqui, nesta Terra de Santa Cruz que terá esta incrível chance de honrar o seu nome de Batismo.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

3 thoughts on “#JMJ2013EuApoio nos TT-Br – sucesso!

  1. Jorge

    QUando chegar a JMJ, seria legal combinarmos um lugar para nos apertarmos a mão. Seria legal vero Jorge Ferraz a vivo!

  2. Susana

    Quem não apoiar a JMJ não é um verdadeiro católico…
    Pior é quem incita o povo contra a JMJ. Toma, o Brasil quer a Jornada!

  3. Leniéverson Azeredo

    Aqui na minha diocese(Campos/RJ), a cruz deve chegar no ano que vem ainda, estarei esperando-a com o orgulho no peito de ser católico.Concordo com a Susana, todo mundo quer a jornada, menos a Seita Universal do Reino de Deus, outros protestantes recalcados, ateus, agnósticos e invejosos.