Divulgação: Revista “In Guardia” nº 04

closeAtenção, este artigo foi publicado 5 anos 6 meses 10 dias atrás.

Foi lançada a quarta edição da revista In Guardia (01/02/2012). Utilizem o link abaixo para acessá-la e divulgá-la:

http://is.gd/3aj423

A revista católica é direcionada exclusivamente para a internet (há opções para download ou para leitura online) e sua equipe conta com a presença de ilustres nomes provavelmente já conhecidos dos católicos: Rafael Vitola Brodbeck, Ives Gandra da Silva Martins, Marcio Antonio Campos e Lenise Garcia, entre outros.

Esta edição sofreu melhoras significativas na diagramação e no layout da revista. Não deixem de conferir.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

12 thoughts on “Divulgação: Revista “In Guardia” nº 04

  1. lucas

    Acessei o blog In Guardia e achei muito estranho que recomendem o livro do Pe Kramer “O derradeiro combate do demônio”. Está no lado direito da tela no twiter.

    abraços,
    lucas

  2. Wilson Ramiro

    Caro jorge li apenas o “Preâmbulo”.

    “O derradeiro combate do demônio”

    Sinto, mas o autor usa o milagre de Fátima para tentar colocar a Igreja refém de decisões que ele determina que a Igreja tem que tomar.

    O autor não conhece a intenção da Igreja, mas coloca “o mundo” como mais importante.
    Então, porque continua a Igreja a desprezar a Mensagem, sabendo que arrisca o mundo inteiro a sofrer consequências tão catastróficas?

    O autor, se fosse católico, saberia o seu lugar.
    O que irá no coração e no espírito desses Prelados do Vaticano, conspiradores que desprezam a Mensagem de Fátima?

    Acusação tipica dos ressentidos.
    essa cerimónia iria contra a Ostpolitik (que o aparelho de estado do Vaticano adoptou, por respeito para com o Comunismo internacional e a Igreja Ortodoxa Russa)

    Nem protestante é tão arrogante.
    Vista de longe e do exterior, a Igreja parece continuar a exercer normalmente a sua função salvífica; mas isso é só na aparência

    A joia do preâmbulo!
    O lugar de Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, que dantes era ocupado por pessoa idónea cujo compromisso à conservação da Doutrina Católica era absoluto e indiscutível, está hoje nas mãos do Cardeal Joseph Ratzinger – e em que acredita ele? As suas entrevistas e pronunciamentos contêm afirmações tão cheias de ambiguidade que em muitas áreas nem os peritos em Teologia conseguem afirmar, com exatidão, em que é que ele acredita.

    Li o preâmbulo, para mim chega!

  3. lucas

    O livro não está mais lá, acho que a medida que o twiter é atualizado os assuntos são mudados.
    Não foi nenhuma crítica ao blog mas achei estranho a citação deste livro sendo que muitos dos colaboradores, como o Brodbeck, não concordaria com tais devaneios do Padre Paul Kramer.
    Este livro é muito citado pelos radtrads de diversos tipos para argumentar suas teorias conspiratórias.
    O Wilson fez um ótimo resumo !

    abraços,
    lucas

  4. Durval

    Esse livro é maravilhoso, pois denuncia a OMISSÃO dos Papas pós-conciliares. Em Fátima foi revelado que a não consagração da Rússia seria que o comunismo espalharia seus erros pelo mundo (isso já se vê)e como castigo várias nações seriam aniquiladas.

    Somente os cegos pela heresia modernista não está vendo a profecia se cumprindo.

    Se a Russia não for consagrada ao Imaculado Coração de Maria diante de todos os bispos do mundo inteiro, tragédias inimagináveis virão por aí.

  5. lucas

    Caro Durval,

    Este livro do padre Paul Kramer é subjetivo, especulativo e cheios de devaneios conspiratórios.
    Um exemplo: “…membros poderosos do aparelho de Estado do Vaticano têm-se
    recusado, propositada e deliberadamente, a consagrar a Rússia pelo seu nome ao
    Imaculado Coração de Maria, promovendo, antes, uma campanha sistemática
    para neutralizar a Mensagem de Fátima, de modo a subjugá-La à nova
    orientação que eles têm vindo a impor a grande parte da Igreja – a orientação
    deles, a adaptação deles da Igreja aos ideais maçónicos e comunistas –, enquanto
    os Católicos fiéis, que não seguem a Linha do Partido, são perseguidos…”

    De quem é a culpa ? Diz padre Kramer: “…Especialmente em vista dos acontecimentos de 26 e 27 de Junho de 2000 e dos
    meses que se lhes seguiram, temos agora provas suficientes para identificar os quatro
    homens que, em consciência, devemos acusar neste livro. São eles: Cardeal Angelo Sodano ,Cardeal Joseph Ratzinger ,Arcebispo Tarcisio Bertone ,Cardeal Dario Castrillón Hoyos…”
    E conclui: “… Porquê estes quatro homens, e não outros? Como já demonstrámos, são eles que
    estão à frente da iniciativa de nada mais, nada menos que o assassínio da Mensagem de
    Fátima e, com ela, da esperança enviada pelo Céu para o Mundo de hoje. Conspiraram
    combinados entre si e, em seguida, actuaram publicamente para impor à Igreja uma
    versão da Mensagem de Fátima que não se parece com a profecia católica que a Mãe de
    Deus enviou ao Mundo para auxílio de toda a Humanidade…”
    ??????????? Malucóco total !!!!!!!!!
    Nesta rabeira muitos outros seguem com suas próprias teorias para afirmar que o CVII e a missa “nova” são heterodoxas e heretizantes. Maluco !

    Devo seguir isto ou seguir o que diz o Magistério da Igreja. Vejamos:

    “…Ela respondeu à interpelação mediante o Servo de Deus Pio XII (cuja ordenação episcopal se realizara precisamente a 13 de Maio de 1917), o qual quis consagrar ao Imaculado Coração de Maria o género humano e especialmente os Povos da Rússia. Com essa consagração não terá ele, porventura, correspondido à eloquência evangélica do apelo de Fátima?…”
    fonte:
    http://www.vatican.va/holy_father/john_paul_ii/homilies/1982/documents/hf_jp-ii_hom_19820513_fatima_po.html

    Ou seja, em 7 de julho de 1952 o Papa Pio XII consagrava a Rússia ao Imaculado Coração de Maria.
    Sacro vergente anno – CONSACRAZIONE DELLA RUSSIA
    AL CUORE IMMACOLATO DI MARIA 7 luglio 1952
    “…Noi, pertanto, affinché più facilmente le Nostre e le vostre preghiere siano esaudite, e per darvi un singolare attestato della Nostra particolare benevolenza, come pochi anni fa abbiamo consacrato tutto il mondo al Cuore immacolato della vergine Madre di Dio, così ora, in modo specialissimo, consacriamo tutti i popoli della Russia al medesimo Cuore immacolato…”
    fonte:
    http://www.vatican.va/holy_father/pius_xii/apost_letters/documents/hf_p-xii_apl_19520707_sacro-vergente-anno_it.html

    “…Mas, para responder mais plenamente aos pedidos de Nossa Senhora, o Santo Padre quis, durante o Ano Santo da Redenção, tornar mais explícito o acto de entrega de 7 de Junho de 1981, repetido em Fátima no dia 13 de Maio de 1982. E, no dia 25 de Março de 1984, quando se recorda o fiat pronunciado por Maria no momento da Anunciação, na Praça de S. Pedro, em união espiritual com todos os Bispos do mundo precedentemente « convocados », o Papa entrega ao Imaculado Coração de Maria os homens e os povos, com expressões que lembram as palavras ardorosas pronunciadas em 1981…”
    fonte:
    http://www.vatican.va/holy_father/john_paul_ii/homilies/1982/documents/hf_jp-ii_hom_19820513_fatima_po.html

    A Irmã Lúcia confirmou pessoalmente que este acto, solene e universal, de consagração correspondia àquilo que Nossa Senhora queria: « Sim, está feita tal como Nossa Senhora a pediu, desde o dia 25 de Março de 1984 » (carta de 8 de Novembro de 1989). Por isso, qualquer discussão e ulterior petição não tem fundamento.
    fonte:
    http://www.vatican.va/roman_curia/congregations/cfaith/documents/rc_con_cfaith_doc_20000626_message-fatima_po.html

    Repetindo o que foi dito é sem fundamento e muito ofencivo o livro “O derradeiro combate do demônio” do padre Kramer.

    abraços,
    lucas

  6. Wilson Ramiro

    ainda sobre o livro “O derradeiro combate do demônio”, linkado no site da revista.

    Caríssimos, posso ter tido algum problema de interpretação, mas me pareceu haver a necessidade de um sinal de Deus e uma futura e clara solicitação posterior pela consagração da Rússia.… virei pedir a consagração ….

    Quando virdes uma noite, alumiada por uma luz desconhecida, sabei que é o grande sinal que Deus vos dá de que vai a punir o mundo de seus crimes, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre. Para a impedir virei pedir a consagração da Rússia a meu Imaculado Coração e a comunhão reparadora nos primeiros sábados. Se atenderem a meus pedidos, a Rússia se converterá e terão paz, se não, espalhará seus erros pelo mundo

  7. lucas

    Wilson,

    Não entendi seu ponto ? Vc quis dizer que o pedido ainda nãi foi dado por Nossa Senhora ?

    abraços,
    lucas

  8. Wilson Ramiro

    Caro Lucas

    Sim foi isso que eu entendi, na mensagem original existe o …virei pedir a consagração… (futuro) e isto está depois de uma condição …Quando virdes uma noite, alumiada por… (futuro)

    Claro que eu não sou nenhuma autoridade no assunto, mas mesmo que uma revelação possa induzir mais de uma interpretação, isto não deveria vir de uma falha no uso do idioma que se produz.

  9. lucas

    Wilson,caríssimo

    Seguindo o mesmo princípio de Irmã Lúcia:
    « Porquê o limite de 1960? Foi Nossa Senhora que indicou aquela data? ».Resposta da Irmã Lúcia: « Não foi Nossa Senhora; fui eu que meti a data de 1960 porque, segundo intuição minha, antes de 1960 não se perceberia, compreender-se-ia somente depois. Agora pode-se compreender melhor. Eu escrevi o que vi; não compete a mim a interpretação, mas ao Papa »

    Bom ,no dia 7 de julho de 1952 o Santo Padre Pio XII consagrou a Rússia como queria Maria Santíssima. Podemos até achar que não foi de maneira perfeito mas assim fez o Papa.

    Após o acto de entrega de 7 de Junho de 1981, repetido em Fátima no dia 13 de Maio de 1982. Então, diz Irmã Lúcia: desde 25 de março de 1984, está feita tal como Nossa Senhora a pediu.

    O Magistërio da Igreja tem todo dever de interpretar as revelações particulares.

    Saiu uma vez no blog FU esta matéria:
    Medjugorje, a história definitiva (IV): Fala o Bispo Diocesano de Medjugorje.
    Trechos de uma declaração de Dom Pavao Zanic *, Bispo de Mostar-Duvno, publicada em maio de 1990.(http://fratresinunum.com/page/9/)
    Uma conversa com Vicka.

    Padre: Você disse ao bispo que a culpa é dele e que aqueles dois (Vego [leia mais aqui] e Prusina) são inocentes e que eles podem exercer suas funções sacerdotais.

    Vicka: Sim, eu falei.

    Padre: Eles podem ouvir confissões? Nossa Senhora mencionou isso?

    Vicka: Sim.

    Padre: Se Nossa Senhora disse isso e o Papa diz que eles não podem…

    Vicka: O Papa pode dizer o que ele quiser. Eu estou dizendo o que é!

    Padre: Veja, é por isso que podemos chegar à conclusão que não é Nossa Senhora… quando o Papa diz não, eles não podem celebrar Missa, eles não podem ouvir confissões e, por outro lado, Nossa Senhora afirma que eles podem fazer ambas as coisas! Isso não pode ser!

    Vicka: Eu sei o que é certo! (O que Nossa Senhora disse).

    Padre: Isso não pode ser verdade. Eu coloco a minha mão no fogo de como essa não é Nossa Senhora falando. Quando uma pessoa tem um dom maior, há também um maior perigo do demônio agir nessa pessoa.

    Assim, podemos concluir que a primeira Consagraçào da Rússia ao Coração Imaculado de Maria já foi o suficiente talvez não de uma maneira perfeita mas foi.

    abraços,
    lucas

  10. Wilson Ramiro

    Caro Lucas concordo contigo.

    Isto sem contar que, provavelmente, muito pouco sei de tudo o que se passou desde então até agora.

  11. lucas

    Wilson,

    A Santa Sé já virou esta página da história e as pessoas que esperavam algo apocalíptico cairam do cavalo e ao contrário de Saulo permaneceram cegos pelo orgulho.

    abraços,
    lucas