“Nós entendemos que esse não é o momento de nos manifestarmos [contra o aborto]” – D. Steiner, Secretário-Geral da CNBB!

closeAtenção, este artigo foi publicado 5 anos 5 meses 6 dias atrás.

Todos os católicos brasileiros minimamente informados sabem que atualmente está em curso no Legislativo uma proposta de reforma do Código Penal que escancara as portas para que o aborto seja praticado impunemente no Brasil. Todos estão acompanhando apreensivamente o caso; a votação do ante-projeto que seria no último dia 8 de Março acabou sendo adiada – por pressão dos pró-vida – para o dia seguinte [p.s.: a audiência do dia seguinte, apenas com os juristas, já estava agendada. A audiência do dia 8 de março ocorreu normalmente].

No dia 9 de março, o ante-projeto foi aprovado quase que por unanimidade. Segundo informa o Brasil Sem Aborto, a comissão de juristas reunidas para avaliar o texto aprovou-o “em uma votação de 16 votos favoráveis e 1 único contra”.

Todo o movimento pró-vida do Brasil está mobilizado para frustrar estas manobras abortistas do Governo. Os blogs as estão atacando com firmeza, o clero – p.ex., o pe. Paulo Ricardo e Dom Odilo Scherer – está informando os fiéis católicos sobre a reforma do Código Penal, os leigos estão ligando para o Senado e enviando emails e faxes para os senadores manifestando a sua desaprovação. O assunto está sendo amplamente discutido internet afora. Estamos travando uma verdadeira guerra ideológica contra aqueles que querem acabar com a proteção da vida humana nos estágios iniciais da sua existência.

Impressionantemente, contudo, há quem despreze tudo isso. E não são os nossos adversários ideológicos: estamos falando de membros da própria Igreja Católica. Não é um membro qualquer: é parte do clero e, ainda mais, é um bispo. E não é qualquer bispo: trata-se de Dom Leonardo Steiner, secretário-geral da CNBB.

Exatamente. Sua Excelência, em matéria publicada no Diário de Pernambuco (aqui para assinantes, reproduzida aqui), disse achar que este “não é o momento” de se manifestar sobre o assunto (!!). Reproduzo:

Dom Leonardo Steiner, secretário-geral da CNBB, evitou atacar a proposta abertamente, mas ressaltou que “todos sabem a opinião da entidade sobre o aborto”. “Nós entendemos que esse não é o momento de nos manifestarmos. Quando o Congresso Nacional começar a discutir efetivamente um projeto de lei, nós participaremos das audiências públicas”, disse o bispo. Apesar da posição mais reservada, a CNBB enfatizou ontem, último dia de reunião do Conselho Permanente da entidade, instância de decisão abaixo apenas da Assembleia Geral, que os bispos participem ativamente das discussões sobre a reforma do Código Penal, tanto no Senado quanto na comissão da Câmara que está finalizando relatório sobre a matéria. A ideia é pressionar pela não aprovação de temas sobre aborto, redução de maioridade penal, entre outros assuntos em pauta.

Se agora – quando as discussões estão iniciando – não é o momento de se manifestar, quando é que vai ser, Excelência? Quando a hegemonia de pensamento for construída na base da repetição unânime do pensamento abortista sem que os seus adversários se apresentem porque Vossa Excelência “entende” (!) que eles não devem se manifestar agora? Quando é que a gente deve se manifestar, Dom Steiner? Depois que o aborto for aprovado? Depois que o caminho para a sua aprovação no Congresso já estiver todo pavimentado pelos subseqüentes pareceres favoráveis (um já foi dado!) apresentados exatamente nestes “momentos” em que Vossa Excelência prefere que fiquemos calados?

Entende-se que Sua Excelência não queira dar a cara a tapa. Isto nos envergonha, é pusilânime e é degradante, mas é de se esperar. O que não se entende é que o Secretário Geral da CNBB não queira defender a Cristo e ainda venha a público desqualificar aqueles que O estamos defendendo. O que não se entende – e nem se pode admitir – é que um bispo que não queira ajudar os católicos utilize a imprensa para os atrapalhar. Sua Excelência faria muito melhor se tivesse ficado calado.

Para os que não concordam com este “fogo amigo” do secretário-geral da CNBB, os contatos da Secretaria estão aqui. O email de Dom Leonardo Steiner – que consta no site da Conferência – é o [email protected]. Escrevamos – respeitosamente! – ao Secretário-Geral da CNBB. Façamos com que ele perceba o mal que está causando. Digamo-lhe, em alto e bom som, que não estamos dispostos a deixar o mal triunfar pelo silêncio dos bons. Digamos a Dom Steiner que não aceitamos o “cala-boca” dele, porque não temos o direito de ficarmos calados. A situação é grave, e seremos cobrados tanto por nossas ações quanto por nossas omissões.

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

15 thoughts on ““Nós entendemos que esse não é o momento de nos manifestarmos [contra o aborto]” – D. Steiner, Secretário-Geral da CNBB!

  1. Pasant_99

    É como diz o Olavo de Carvalho. Esse orgão deveria se chamar CNBBdoB.

  2. Pingback: Brasil a um passo da legalização do aborto « Vida sim, aborto não!

  3. Hugo VS

    D. Steiner é uma vergonha para o episcopado brasileiro. Só lembrando que ele é o mesmo bispo que recebeu alegremente os membros da Associação Patriótica chinesa, aquela que persegue os bispos Católicos (com ‘C’ maiúsculo ao contrário de Sua Excelência) chineses. Lamentei profundamente quando de sua nomeação como bispo auxiliar de Brasília…

    Na minha opinião, não devemos aguardar coisa alguma da CNBB, para nossa tristeza. Quanta diferença, por exemplo, com a conferência de bispos dos EUA, que afronta o Obama…

    A verdadeira hierarquia, ou seja, bispos individualmente em suas dioceses, é com quem devemos contar e, se preciso, cobrar.

  4. Vanderley

    Os chineses tem a “igreja” do partido.
    Nós, quase isso. Temos membros do partido, na Igreja.

  5. Pingback: Aumento de manifestações contra o aborto no Alô Senado | Deus lo Vult!

  6. Adriana

    é lastimável!!!!!! sem comentários, triste!! os protestantes são mito mais afincos qdo vão defender o Evangelho de Jesus, e a nossa Igreja Católica da uma dessa!! aff!!!!!!!!

  7. Totonhopaixao

    Jorge,

    Você tem ido a missa?
    Já ouviu os hinos referentes a campanha da fraternidade que estão figurando no folheto?
    Ainda não se chocou com quão comunistas e políticos são estes hinos?

    O teor político está inclusive invadindo as orações da missa ! Leia com atenção!

    Está claro pra mim que a CNBB tem profunda inclinação esquerdista!

    Abs! Paz e bem!

  8. Pingback: Legalização do aborto em pauta no Senado « Ecclesia Una

  9. Apolo

    Mas o que podemos esperar da CNB do B.  O negócio deles é FIDEL CASTRO, Frei BETTO, LULLA,  BOFF e por aí vai. 

  10. Pingback: E a Nau continua avançando… | Humanitatis – a internet para o homem

  11. LILIAN CRISTINA DE CLARIS

    LEONARDO STEINER
     
    TENHO VERGONHA QUE MINHA IGREJA TENHA UM BISPO COMO VOCÊ. DÁ ATÉ PARA CONFUNDI-LO COM LEONARDO BOFF
     
    QUERO MANIFESTAR MEU REPÚDIO PELA SUA OMISSÃO. E DE SEUS COMANDADOS MARIONETES.
    A CNBB SÓ SERVE PARA BAJULAR POLÍTICOS E FAZER CONCHAVO.
    NÃO PRESTAM PARA MAIS NADA.
    ESSA ENTIDADE NÃO SERVE PARA OS CATÓLICOS NEM MESMO PARA DEUS.
    UM BANDO DE MARIONETES PRÓ-MORTE, MANIPULÁVEIS, COVARDES E DESENCORAJADORES DOS LEÕES DE CRISTO DO PRÓ-VIDA.
    TENHAM VERGONHA NA CARA.
    E LEMBREM-SE QUE O JUIZO PARTICULAR E COLETIVO VIRÁ E NÃO ESCAPARÃO DO ÚNICO JUSTO JUIZ.
    ELE VOS MOSTRARÁ A IMENSIDÃO DE ALMAS QUE POR VOSSA OMISSÃO TERÃO SUAS MORTES DECRETADAS POR MILITANTES QUE ODEIAM AS CRIANÇAS E SUAS MÃES.
    FARÁ COM QUE OUÇAM O GRITO APAVORADO DELAS AO SEREM ESMAGADAS, ENVENENADAS, PICADAS NO VENTRE DE SUAS ASSASSINAS.
    SAIBAM TAMBÉM, QUE HÁ CATÓLICOS “NÃO OTÁRIOS” COMO EU QUE ESTAMOS VERIFICANDO SUA OMISSÃO NA CAUSA DO NASCITURO.
    E DEUS PELAS NOSSAS ORAÇÕES NÃO DEIXARÁ ISTO IMPUNE. ELE AGIRÁ.
    ESTA INSTITUIÇÃO SE NÃO SE IMENDAR SERÁ DESTRUÍDA POR NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, QUE NÃO CONSEGUE NASCER POIS, SE LEVANTAM VÁRIOS HERODES E OS MEMBROS DESTA ENTIDADE ESTÃO GRITANDO: ABORTE-O ! ABORTE-O ! UMA ALUSÃO AOS GRITOS DOS FARISEUS DE CRUCIFICA-O ! CRUCIFICA-O !
    DIANTE DE UMA INVESTIDA DAS TREVAS TÃO GRAVE, VOCÊ (POR QUE NÃO LHE TENHO NENHUM RESPEITO!) SE OMITE E AINDA POR CIMA DEIXA TRANSPARECER QUE TODOS OS CATÓLICOS NÃO ESTÃO NEM AI. ISTO É DEPLORÁVEL VINDO DE UMA ENTIDADE SUPERIOR QUE DEVERIA REFLETIR O PENSAMENTO DE TODOS OS CATÓLICOS MAS, QUE NÃO SÃO DIGNOS NEM DE SER CHAMADOS COMO TAL. UMA LIDERANÇA VIL E PODRE.
     
    NÓS CATÓLICOS DE VERDADE IREMOS CRESCER EM NÚMERO E CONSEGUIREMOS EM BREVE EXPULSAR TODOS OS TRAIDORES DA IGREJA DE CRISTO E TODO SUPERIOR HIERÁRQUICO QUE NÃO REFLETIR A CONSCIÊNCIA DE NÓS CATÓLICOS SERÃO IGUALMENTE EXPULSOS.
     
    QUE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO CONTINUE DERRAMANDO O ESPÍRITO SANTO SOBRE TODOS OS CATÓLICOS E ASSIM DESPERTANDO CADA VEZ MAIS MENTES PARA A DEFESA DA FACE MAIS IMPORTANTE DESTA, QUE É O CORPO DOS EMBRIÕES E FETOS, CUJOS MESMOS MEMBROS, COMPÕEM O CORPO VIVO DE CRISTO !
     
    UMA CATÓLICA INDIGNADA
     
    Lilian Cristina de Claris

  12. Muito Distraida

    Horrivél né?  Ver um bispo  calar e querer que o povo se cala também , engraçado para salvar o planeta, a mãe terra , animais eles fazem campanha e estão sempre dispostos, para salvar vidas viram as costas, e querem ver esses inocentes serem mortos antes mesmo de nascer, senhor Bispo em especial, 
    Dom Leonardo Steiner os sangue destes inocentes clamam ao céus por justiça, e acredite Deus é o Deus da vida e não da morte, da morte tu sabes bem quem és, se é que o senhor acredita em demônio, pois vejo que este ser do inferno esta cegando as pessoas do clero,Por favor faça a vontade de Deus e não do Demonio… para que não venha sofrer quando a justiça Divina cair pelo mundo inteiro… pois a taça da ira de Deus transborda e logo se derramará por toda terra.
    Que Deus toca em seu coração acovardado e tome a coragem de lutar pela vida, pois a vida é um dom de Deus e cabe só a Deus tirar e não da o direito aos homens descidir quem deve viver ou morrer!
    Que a Paz de Deus esteja contigo!

  13. Pingback: O Supremo e o aborto – algumas notas breves « Ecclesia Una